Faltam quatro jogos.

-“limpinho” foi como Jorge Jesus classificou a vitória do Benfica. “Inclinado” foi como Moutinho e Costtinha (um clube diminuído tem os porta-vozes em diminutivo) tentaram desculpabilizar-se da derrota. O Benfica jogava e ganhou mais 3 pontos com o intuito de ser campeão. O Sporting jogava e perdeu a última oportunidade de tentar atenuar a crise e a depressão que as vitórias do Benfica provocam naquela gente. Vi na preparação do jogo, no jogo e no pós-jogo, o ADN de dois clubes rivais: o Benfica tem como razão do seu viver a busca da vitória; o Sporting tem o Benfica como razão do seu viver. Venceu quem vive em razão da vitória. Foi justo e limpo.

 

- sobre inclinações, foi interessante ver como a equipa de produção / realização / comentadores da Sporttv continua a mostrar uma inclinação estranha para criar realidades convenientes. Depois admiram-se que o universo benfiquista esteja farto daquilo e que não nos mereçam qualquer credibilidade. Haverá lá gente honesta? Certamente. Há motivos para mandar a subscrição da Sporttv às malvas? Certamente.

 

- vamos a Coimbra (que saudades!) com o objectivo de trazer mais uma vitória e conquistar mais três pontos. O campeonato ainda não está ganho e o primeiro passo para que algo não corra bem é o convencimento de que as coisas se conquistam antes de estarem conquistadas. Para apoiar o Glorioso, nunca seremos demais. A nossa equipa merece o nosso apoio e perder a oportunidade de ver este Benfica ao vivo é perder a oportunidade de vivenciar a história.

 

- faltam 4 jogos. Faltam 4 jogos... parecem tão poucos jogos e ainda são tantos. Faltam apenas 4 jogos. Ainda faltam 4 jogos.

por Pedro F. Ferreira às 12:00 | link do post | comentar