25 de Janeiro

 

Em 1942 nasce Eusébio. Em 2004 morre Fehér.

 

Um e outro tornam-se símbolos do Benfica. Eusébio acrescenta glória ao Benfica, ajuda a dar-lhe nome internacional e transforma-se, após José Maria Nicolau, no novo aglutinador de vontades benfiquistas. Eusébio trouxe uma nova vida ao Benfica. Fehér morreu após sorrir, com o nosso símbolo ao peito, em jogo, no campo, ajudando à conquista de mais uma vitória, debaixo de chuva.

 

Festeja-se hoje a vida de um e lembra-se, com saudade, a vida do outro.

 

Que os seus exemplos sirvam para ajudar a unir os benfiquistas em torno do Benfica.

por Pedro F. Ferreira às 00:50 | link do post