Um açor no ninho da águia?

De repente - como quem não quer a coisa, enquanto se comenta, inocentemente, a ida do Postiga para o Sporting, e enquanto se vai dizendo que o Postiga acabou por fechar as portas de Alvalade ao Pauleta - o meu interlocutor diz que, possivelmente, foi a recusa do Pauleta em ir para Alvalade que abriu as portas ao Postiga. Obviamente, surge a pergunta “Então e o Pauleta, vai para onde?” O sorriso da resposta foi de tal forma evidente que nada teve de enigmático.

 

Veremos se a duração do contrato e o montante do ordenado não impedirão um açor de voar no ninho da águia…

por Pedro F. Ferreira às 20:17 | link do post