VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quinta-feira, 16.09.10

Pergunta parva, mas com (muito) fundamento!

Se a Federação vai buscar o Mourinho por dois jogos, será que o Benfica não consegue resgatar o Pierluigi Collina?

por Corto Maltese às 21:14 | link do post | comentar | ver comentários (29)
Segunda-feira, 10.05.10

Palhaçada! Depois de tantos meses de silêncio, o post que eu não queria escrever!

Sem menosprezar todos os outros Campeões, queria dar os maiores parabéns ao Carlos Martins pela raça, ao Quim pela segurança, ao Rúben Amorim pela polivalência e ao Nuno Gomes pela liderança!

Eu podia escrever linhas e linhas de texto a questionar esta miserável convocatória, mas o palerma do nosso Seleccionador não merece o meu tempo!

Voltando ao início do post... muitos parabéns Coentrão! E quanto aos outros 4 que referi... vocês seriam sempre (bons) elementos da minha selecção!

Cada vez mais acredito que não sou português! Sou sim, é do Benfica!

por Corto Maltese às 20:36 | link do post | comentar | ver comentários (110)
Sábado, 13.12.08

Taça de Portugal

Depois de uma goleada muito saborosa, e que bem me soube o jantar subsequente, temos mais uma deslocação que se prevê muito complicada ao campo do 2º classificado do campeonato, Leixões.

 

Quique Flores, e bem, não irá efectuar grandes mexidas na equipa e muito menos irá optar por fazer descansar alguns jogadores. A conquista da Taça de Portugal deve ser um dos grandes objectivos do Benfica esta época e portanto carga máxima hoje no Estádio do Mar. Por carga máxima dever-se-á entender uma atitude semelhante à demonstrada nos Barreiros, ou seja como se o apito inicial do árbitro* mais não fosse do que o sinal de que estava a começar a 2ª parte e o teimoso empate subsistisse.

 

Foi assim que entramos em campo no Funchal e foi por isso, e não porque aos 16 minutos ficamos a jogar com mais um jogador uma vez que isso foi somente o reflexo da atitude mandona do Benfica desde o primeiro minuto, que o jogo se acabou por revelar tão fácil. Recordo que com um quarto de hora de jogo já Suazo tinha falhado um golo certo e Ruben Amorim tinha obrigado o guarda-redes do Marítimo a uma excelente intervenção.

 

Para hoje portanto muito mais importante do que constatar os jogadores que farão parte da equipa inicial, será vital que a atitude se mantenha.

 

Até porque penso ser relativamente pacífico esperar um 11 muito semelhante ao da semana passada. Moreira deverá continuar na baliza (não creio que numa altura destas se justifique utilizar Moretto em nome de uma rotatividade que neste momento pouco sentido faz uma vez que é o próprio Moreira quem precisa de minutos de competição), e à sua frente o quarteto defensivo deverá continuar a ser constituído por Maxi, Luisão, Sidnei e David Luiz.

 

É uma pena tudo o que tem acontecido ao Leo, sobretudo em termos pessoais, até porque se há posição em que eu gostava de observar o David Luiz seria na lateral direita. Pese o facto de este ano não ter nada a apontar ao Maxi, que na generalidade tem cumprido muito bem a função. Considero no entanto o jovem central brasileiro um dos grandes valores do nosso plantel e pelo facto de termos 3 centrais muito bons uma das sugestões seria experimentá-lo numa das laterais, só que se já é difícil a um central dextro se adaptar à lateral desse lado, essas dificuldades exponenciam-se tremendamente se a adaptação (que nunca passará disto e confesso que tendencialmente sou  contra as adaptações pelo que compreendo perfeitamente todos os que discordam desta sugestão/adaptação) é tentada do lado contrário.

 

No meio-campo será altura de comprovar a subida de forma de Katsouranis, à qual não será alheia a entrada em cena de Binya que ao jogar mais recuado liberta o grego para acções mais ofensivas. Além disso a própria atitude de Katsouranis para com o jogo tem sido bem diferente da que tinha vindo a demonstrar nos últimos meses, na verdade em quase toda a época passada e em alguns jogos desta época antes da dura conversa tida com Quique após o jogo com o fcp (confirmada pelos próprios).

 

Amorim actuará mais uma vez sobre a direita e Reyes será novamente o apoio mais directo a Suazo e Aimar. Por falar no Ruben Amorim, caso se confirme a subida de forma de Balboa (e é virtualmente impossível, garanto-vos já, que ele só valha aquilo que tem demonstrado desde que chegou ao clube), vai sendo tempo de experimentá-lo no centro do terreno com o ex-madrilista a fazer de extremo.

 

Para este jogo no entanto há um factor especial a ter em conta e daí a importância vital de Binya jogar a titular. É que o elemento mais perigoso do adversário tem tendências sado-maso (ver foto) e ao camaronês exigir-se-á uma marcação cerrada ao mesmo, para além da supracitada missão que permitirá libertar o Katsouranis. Será ele o nosso joker hoje. Força Binya, mostra (lhe) o material de que és feito!

 

 

 

*

 

 

 

por Superman Torras às 08:28 | link do post | comentar | ver comentários (13)
Segunda-feira, 01.12.08

Equipa para logo e pergunta (de retórica) do dia

Depois de uma derrota traumática, logo à noite recebemos o Vitória de Setubal com a possibilidade de voltarmos a atingir o lugar que é nosso por direito adquirido: o 1º.

 

A esperança é que o trauma já seja parte do passado e que os jogadores entrem para a partida com vontade de a resolver cedo. Que é coisa que não se tem visto na maior parte dos jogos desta época, daí o meu desejo.

 

Quanto ao 11 que na minha opinião deveria entrar em campo mais logo, ele seria qualquer coisa como isto:

 

Quim, Maxi, Sidnei, Miguel Vitor, Jorge Ribeiro; Katsouranis, Yebda, Amorim; Reyes, Suazo e Cardozo.

 

Hesitei nas seguintes posições: na baliza se o Quim voltar a mostrar a mesma passividade que exibiu na Grécia apresentava-lhe o banco. Estando definitivamente apto, Moreira tem tudo para ser o guarda-redes do Benfica nos próximos 10 anos.

 

No centro da defesa faria aquilo que já deveria ter sido feito para o jogo de 5ª feira, isto é, reeditava a dupla que tão boa conta deu de si nos poucos jogos em que jogaram juntos. David Luiz esteve muito mal nesse jogo e se bem que os 12 meses de ausência possam ajudar a explicar muitas coisas, por outro lado as ambições do Benfica não podem ser postas em causa devido à inexperiência de um jogador que não saberá, eventualmente, admitir perante o treinador que ainda não se encontra em condições de jogar.

 

Do meio para a frente e com as lesões de Nuno Gomes e Aimar (um Aimar não lesionado é que começa a ser uma visão longínqua) penso que é chegada a hora de apostar na tripla Reyes, Cardozo e Suazo. Com o hondurenho a descair preferencialmente para a ala direita a fim de baralhar as marcações dos sadinos. Cardozo deve de uma vez por todas ser entendido como o homem-poste, aquela espécie de avançados que ficam na frente apenas para dar o último toque na bola. Não creio que a equipa ganhe grande coisa quando ele recua no terreno para tabelar com os companheiros ou para fugir às marcações.

 

Já Suazo tem dado muito boas indicações sempre que cai para uma das alas, até porque só dessa forma tem encontrado espaços para galgar metros e para fazer gala da sua velocidade. Ou alguém de bom senso acredita que o Vitória não vem hoje colocar o autocarro à frente da sua baliza, na Luz?

 

E para finalizar, a pergunta do dia: é feriado nacional, os jogos da Superliga já se disputaram praticamente todos, há algum motivo que não a simples e egoísta razão televisiva que quer aproveitar o prime-time para exibir o campeão de audiências para este jogo não se realizar às 16h?

 

 

 

 

por Superman Torras às 10:39 | link do post | comentar | ver comentários (23)
Sábado, 22.11.08

E amanhã, o 11 será este

De volta aos assuntos do pontapé na bola, no fundo aqueles que nos interessam a todos em primeiro lugar, pese a importância dos outros que têm dado pano para mangas nos últimos dias, vou tentar entrar na cabeça de Quique Flores e dar-vos em primeira mão (ou em segunda, vá, porque a primeira está destinada ao Quique) a constituição do nosso 11 para amanhã em Coimbra.

 

Na baliza continua o Quim do Benfica, esperando nós que o Quim da selecção só volte em meados de Março do ano que vem. O quarteto defensivo manter-se-á, pese alguns jornais terem alvitrado uma possível entrada do David Luiz para o centro da defesa. Nunca por nunca Quique faria uma alteração suicida destas em vésperas de confronto decisivo para as competições europeias.

 

No meio campo e ataque irá apostar na mesma equipa que defrontou o Vitória de Guimarães. Ou seja, Katsouranis, Yebda, Ruben Amorim e Reyes no meio campo e Aimar e Suazo na frente.

 

E agora, para algo completamente diferente, seguem-se alguns pensamentos que se têm entretido a jogar pingue-pongue do meu neurónio direito para o esquerdo (e vice-versa).

 

Assim, ao ver os últimos jogos do Benfica e tendo sempre presente o percurso do Suazo desde os tempos em que brilhava no Cagliari, penso que uma das formas de encaixar Cardozo no 11 seria o de fazer com que o hondurenho caísse para uma das alas de forma a dar uso à sua enorme velocidade (chegam a ser impressionantes alguns dos lances que ele ganha aos adversários mesmo partindo com vários metros de atraso) e aproveitando a presença tranquilizante de Ruben Amorim para fechar no flanco direito. A dúvida maior seria perceber se a dinâmica do conjunto permitia a saída de um dos dois médios (Katsouranis/Yebda) para a entrada de Aimar, sendo que ao argentino seria exigida uma prestação muito mais equilibrada do que a que tem sido obrigado a desempenhar quando actua no apoio ao ponta de lança.

 

Mais uma vez e como tenho dito desde que vi os primeiros jogos de Amorim no clube, eu que duvidava da bondade da sua contratação, é ele que tem nas suas mãos o decisivo papel de joker do Benfica. É sobre ele que recaem as maiores responsabilidades de equilibrar a equipa. Devido às suas características e também à forma como encara o jogo, procurando sempre a melhor solução para a equipa mesmo quando isso por vezes possa ir contra os seus interesses pessoais imediatos (frase que pode parecer um contra-senso mas estejam atentos a alguns jogadores e vejam se muitas vezes não optam pelo mais difícil em detrimento do mais fácil, não porque estejam a defender os interesses da equipa mas sim porque o adorno lhes pode dar outra visibilidade), penso que a sua presença em campo pode de facto validar um 11 com Suazo, Reyes, Aimar e Cardozo.

 

Pensando numa equipa tão ofensiva parece-me óbvia a necessidade da defesa subir 10/15 metros e aí poderá entrar em jogo o joker nº 2, David Luiz. Com a defesa actual não me parece sensato pedir a tal subida no terreno uma vez que a velocidade não é uma das características do Luisão e com tanto espaço nas costas e sabendo nós que grande parte das equipas portuguesas optam por jogar em contra-ataque o mais certo seria esta táctica se revelar suicida. No entanto, se juntassemos um David Luiz completamente restabelecido ao surpreendente Sidnei talvez ela tivesse pernas para andar. Ou melhor, para correr.

 

Tudo ideias à desgarrada, quem não se julga o melhor treinador de bancada qu'há, portanto, mandem vir os vossos onzes e digam de vossa justiça. Aproveitem o espaço, ele é vosso. Ou nosso, se quiserem (agora parecia o Joaquim Rita).

por Superman Torras às 08:29 | link do post | comentar | ver comentários (18)
Sábado, 15.11.08

Pensamento do dia e a minha equipa para amanhã (ou vice-versa)

Deixando sair o treinador que há dentro de mim, estas seriam as minhas apostas para o jogo de amanhã com o Estrela da Amadora.

 

Na baliza, o indiscutível Quim. De resto no que à defesa diz respeito não faria qualquer alteração. Manter-se-iam portanto Maxi na direita, Luisão e Sidnei no centro e o actual melhor lateral esquerdo português Jorge Ribeiro compunha o quarteto. Uma breve nota para dar conta da imensa dor de cabeça (mas daquelas boas) que vai ser quando se confirmar a total recuperação do David Luiz. Confesso que nesta altura hesito na melhor dupla de centrais do Benfica quando assim for. Se por um lado Sidnei e David me parecem ser os que à partida dão maiores garantias de sucesso, tanto no presente como no futuro, por outro lado não é de descurar o capital de experiência e a preponderância sobre os restantes colegas e mesmo adversários do Luisão.

 

No meio penso que seria de apostar na dupla Katsouranis/Yebda, assumindo capital importância a colocação de um deles (quiçá, alternando) uns metros à frente do outro para estender o jogo da equipa e ajudá-la (à equipa) a pressionar alto. Não faria actuar o habitual 4x4x2 com dois extremos porque optaria por Carlos Martins a fazer a meia direita e Aimar a fazer o mesmo do lado contrário. Na frente apostaria na dupla Cardozo/Suazo. Reyes para já não entraria directo na minha equipa porque quanto a mim se não é nestes jogos e nesta altura que se dá oportunidades ao Cardozo de readquirir a confiança que parece um pouco abalada corremos o risco de perder aquilo que hoje em dia nesta era das SAD's se habitou a designar de "um excelente activo".

 

Em suma, Suazo ficaria responsável por descair para as alas aproveitando os ressaltos e o jogo aéreo do seu companheiro de ataque e Aimar juntamente com Carlos Martins ficariam com a responsabilidade de os municiar.

 

Quanto ao pensamento do dia, aqui vai ele: ao assistir às primeiras transmissões da Benfica TV, tendo as últimas duas consistido em belas vitórias do futsal do Benfica (por falar nisso, amanhã não há desculpas para não enchermos o pavilhão pois o jogo decisivo com aquela que é provavelmente a melhor equipa europeia é imediatamente antes do jogo com o Estrela), apercebo-me de que foi preciso chegar o canal do clube para finalmente assistirmos a comentários imparciais em jogos do Benfica. E mai'nada!

 

 

sinto-me:
por Superman Torras às 10:54 | link do post | comentar | ver comentários (23)

escribas

pesquisar neste blog

 

links

arquivos

recentes

tags

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com

Visitas




blogs SAPO

subscrever feeds