VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Sexta-feira, 11.01.08

Teoria da Evolução

 

Já vi o Rui Costa "Adepto" e o Rui Costa jogador. Pura classe. Agora tenho o sonho de o ver como Presidente.

Espero que quando o Rui chegar ao patamar mais alto dentro da orgânica do nosso Benfica,que faça jus a toda a classe que nos tem habituado dentro e fora dos relvados, e que engrandeça ainda mais o nosso clube.

 

Com a pura classe á qual nos habituou a todos, hoje  falou assim de um assunto  que já se estava a tornar nauseabundo...

 

 

por Cantona às 00:02 | link do post | comentar | ver comentários (12)
Terça-feira, 24.07.07

Noção do ridículo* (Parte III)

Ontem foi a 'Marca'. Hoje é o 'Record'. Ao fazer a minha "ronda" matinal pelos desportivos portugueses, deparo-me com esta 1ª página.

Caros benfiquistas, tirem as vossas conclusões. Entretanto deixo aqui algumas sugestões:

  • a) O Record "armado" em nossa reserva moral, com claro sinal de desaprovação, dizendo "Assim não se faz"?

  • b) A vontade de ver o Simão fora do Benfica é tanta, que em toada de desespero, o Record lança uma parangona destas?

  • c) Quem é o Costinha, afinal?


*Sequela do post anterior do S.L.B. e do post do Anátema Device.

por Cantona às 11:05 | link do post | comentar | ver comentários (21)
Quinta-feira, 05.07.07

Welcome Home Rui!

No momento em que um dos meus ídolos de infância regressa ao seu clube do coração para uma função fulcral no futebol actual como é a prospecção de novos talentos, só me resta "pedir" ao Rui Águas que seja tão certeiro a descobrir novos talentos para o nosso clube como o foi naquela noite mágica, em Abril de 1988 contra o Steaua de Bucareste. E nós agradecemos quem vier por bem.
Boa sorte, Rui!

por Cantona às 02:09 | link do post | comentar | ver comentários (8)
Sexta-feira, 25.05.07

Falando de Formação



Estamos na altura do ano em que "milhentos" nomes de jogadores são apontados como putativos reforços do nosso plantel principal, sejam eles provenientes do mercado interno ou do mercado externo. Muitos jogadores são de qualidade inegável, outros são "craques" em potência e outros que não têm muitas qualidades para triunfar em grande, mas que se "ancoram" ao nome do SLB para ver se conseguem um razoável contrato numa equipa de médias dimensões.

E a nossa formação? Possuímos um Centro de Estágio dos melhores da Europa. É cedo estarmos a pedir resultados, mas neste momento estamos a jogar a Fase Final de Júniores, Juvenis e Iniciados, com hipóteses de vencer qualquer escalão. Será um indicador positivo a ter em conta para o futuro? Espero bem que sim. É tempo de apostarmos na "prata da casa" que tenha inegável qualidade para vestir a nossa camisola principal.

Como diz o povo, "é de pequenino que se torce o pepino", e neste caso é logo nas escolinhas que a "Mística" do Benfica deve ser implementada. Com os miúdos a viverem intensamente a camisola que vestem. E com resultados proveitosos!

Boa sorte a todos os jovens que envergam a camisola do nosso clube nas camadas jovens



P.S. Ao falar num tema como este, só podia colocar uma foto de uma equipa que ganhou nas Antas e se sagrou campeã em 1988/1989.
Vejam lá se reconhecem algumas caras
por Cantona às 21:01 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Segunda-feira, 21.05.07

1 Ano Depois...


O primeiro post que escrevo neste honroso blogue é sobre Fernando Santos. Há um ano atrás (20 de Maio de 2006), Fernando Santos foi apresentado como Treinador principal do nosso clube. Lembro-me perfeitamente desse dia. Estava a jantar na Covilhã, numa tertúlia futebolística salutar, entre adeptos dos dois "grandes" de Lisboa.

Sabia que nesse dia iria ser apresentado o novo treinador do nosso clube, e confesso-vos que estava com as expectativas bastante altas. Para mim, o regresso do melhor treinador de futebol que vi no comando do nosso plantel principal, o sueco Sven-Goran Eriksson, era a opção mais válida. Estava mesmo confiante nessa opção. Qual foi a minha surpresa, quando nesse jantar de amigos, num momento em que estava bastante descontraído, um amigo meu, adepto do outro clube da 2ª circular, dá-me uma palmada no ombro e diz-me para olhar para a televisão. No momento, pensei que fosse alguma notícia relacionada com a nossa equipa de Futsal, visto que nesse dia havia um jogo importante.

Mas não foi. Vejo, de rompante, José Veiga e Luís Filipe Vieira no écran. Só vejo o 3ºelemento (Fernando Santos) alguns segundos depois. Fiquei em estado de choque.

Sabia perfeitamente que Fernando Santos possuía e possui amor filial ao nosso SLB. Mas per si isto não basta. É necessário ser o mais profissional possível. A racionalidade sobrepor-se ao coração e não o contrário.


Fernando Santos começou a sua carreira de treinador no Estoril-Praia (julgo que começou como treinador-jogador tal como o José Torres), onde esteve algumas épocas e fez trabalho interessante com os recursos que tinha à sua disposição. Mas Fernando Santos não se coíbia de dizer que o futebol era para ele um hobby, porque toda a gente sabia que ele era Engenheiro Electrotécnico e não pensava seguir carreira.
Em Maio de 1994, o Estoril desce e Fernando Santos segue para a Amadora, para treinar o Estrela, onde fez 2 ou épocas com resultados positivos com planteis bastante humildes.


Nessa altura, o seu pragmatismo ganhou adeptos. Não tardou muito até ter o presidente portista como seu admirador. Da Amadora ao Porto foi um pulo. Primeiro teve que fazer a sua "barba de mendigo". Depois teve que adaptar o discurso conforme as circunstâncias (tal como o prof. Jesualdo recentemente), treinar um plantel feito pela direcção e contar com as ajudas de terceiros. Ganhou sem saber como. Na 2ª época, com maior margem de manobra, não consegue ser campeão. Vai para a Grécia, onde em dois anos ganha uma Taça da Grécia pelo AEK. Em 2003, volta a Portugal para treinar o outro clube que tem sede na 2ª circular, onde não conseguiu atingir os objectivos propostos pela direcção do clube. Na época a seguir, volta para a Grécia, para o AEK, conseguindo colocar o clube grego na Liga dos Campeões, devido ao 2º lugar conseguido na época de 2005-2006.

Falei bastante na trajectória feita até agora de Fernando Santos como treinador, mas ao nível de perfil ainda não dei a minha opinião, que vai ser sucinta, porque penso que os leitores do blogue podem consubstanciar a minha opinião, ou pensar de forma diferente.

Falo de Fernando Santos hoje, sem me lembrar da época 2006-2007 do nosso SLB.

Faz hoje precisamente um ano que deixei a minha previsão no ar: com Fernando Santos não vamos ser campeões. Por mais palavreado bonito de circunstância que utilizasse para dizer que o "Benfica está no meu coração" ou "que vamos ser campeões", para mim Fernando Santos foi sempre onde esteve, um treinador pouco ousado, quer ao nível táctico, quer ao nível de aproveitamento dos jogadores que tinha à sua disposição. Vejam a pouca rotatividade que deu ao plantel esta época e os efeitos nefastos que proporcionaram. Num espaço de 15 dias, Campeonato Nacional e Taça UEFA, os dois grandes objectivos desta época foram por "água abaixo", numa clara quebra de rendimento por motivos físicos.


Passado um ano, faço uma transcrição do que disse Fernando Santos. Num discurso em que pretende limpar a sua imagem (devido ao facto de ter estado nos nossos 2 grandes rivais) e onde tenta passar a imagem de Benfiquista imaculado:
"Fernando Santos foi hoje apresentado como o novo treinador do Benfica para as próximas duas temporadas. Depois de ter passado pelo Porto e Sporting, o treinador português vai agora orientar a sua equipa do coração. Na conferência de imprensa da sua apresentação, Fernando Santos assumiu que no Benfica só há um objectivo, que é ganhar, e por isso estava ali para vencer todas as provas em que entre. Falou ainda do seu Benfiquismo da memória do seu pai, que o levou com 50 dias aos Estádio da Luz e ainda afirmou "Mas tenho de trabalhar com a cabeça, pois se fosse só com o coração era campeão já hoje."



Passado um ano, gostaram do trabalho de Fernando Santos? Eu não...
por Cantona às 01:20 | link do post | comentar | ver comentários (12)

escribas

pesquisar neste blog

 

links

arquivos

recentes

tags

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com

Visitas




blogs SAPO

subscrever feeds