VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Sexta-feira, 26 de Março de 2010

Pimpões de algibeira

Sempre tive para mim que a qualidade de um homem – a sua indisfarçável e íntima natureza, a sua essência - vem inevitavelmente ao de cima quando este é confrontado com o sucesso. Mais, por vezes - e contrariamente ao que sói dizer-se - do que quando passa por dificuldades, que a necessidade é amiga do aperfeiçoamento do animal humano.

 

Gente bem formada, de qualidade e bom fundo, encara o sucesso como o corolário do seu esforço e estima-o com a humildade de quem sabe exactamente qual a sua génese e com a percepção de quem sabe que este pode ser replicado noutras circunstâncias, com o mesmo volume de trabalho e dedicação. Trata-se de pessoas cujas estimáveis qualidades inatas são exacerbadas pela felicidade do êxito, e a quem os inevitáveis e apetecíveis efeitos do sucesso não inebriam nem corrompem o espírito, mas – muito pelo contrário – lhe aumentam a generosidade.

Ao invés, gente sem valor, mesquinha e invejosa - criada no ódio e no convívio com as mais desprezíveis características do vício humano - normalmente alcança o sucesso por factores fortuitos ou que nada têm a ver com o mérito, e como tal encara o sucesso como um tesouro que lhes caiu nas mãos, sendo dominados por um pavor irracional que este acabe a qualquer momento. Sabem que foi acidental e imerecido e agarram-se a ele desesperadamente, sabem que há que o espremer ao máximo enquanto dura, e vêem em toda a gente uma potencial ameaça, um eventual salteador da fugidia ribalta. O sucesso exacerba-lhes os mais infames atributos: tornam-se tratados de arrogância, fanfarronice, petulância e presunção.

Resta como conforto para quem tudo isto percebe que, normalmente, o Universo trata de emendar o que entorta a ordem normal das coisas, pelo que os arrogantes cagarolas normalmente acabam por se espetar ao comprido e partir as trombas no chão (porra, que estava a ser difícil manter o tom distante e mais elevado).  

 

Lembrei-me de tudo isto ao ler, entre vómitos, as declarações do fanfarrão cagarolas do Domingos no âmbito do Glorioso – Porto B de amanhã (com as devidas adaptações, porque – apesar da forma como começa o texto - não se trata de um homem, mas de um animal de trela que já vendeu a dignidade há muito).

 

Estou desertinho para ver o Universo a corrigir-lhe o focinho.

 

publicado por Carlos Miguel Silva (Gwaihir) às 18:45
link do post
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Exemplar

Madrugadora

Pouco

Inconsistência

Confrangedora

Arrasador

Sofrível

Solidez

Escasso

Profundidade

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds