VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quarta-feira, 12 de Maio de 2010

And now for something completely different

Para o exercício do nosso benfiquismo aqui no blogue, nós, os escribas, como o próprio nome indica, usamos necessariamente o registo escrito do português, e, neste sentido, não podemos ser insensíveis à existência de um Acordo Ortográfico para a nossa língua. Ao longo destes anos, tivemos sempre o cuidado de apresentar textos que respeitassem a nossa língua, em primeiro lugar porque entendemos ser esse o nosso dever enquanto cidadãos, e, em segundo lugar, porque, no contexto do blogue, é ela o meio de que nos servimos para defender o Benfica. Aliás, frequentemente, o nosso exercício da cidadania confunde-se com o nosso benfiquismo e vice-versa, e por isso talvez aquelas duas razões sejam apenas uma. Na nossa última reunião tertuliana, recusámo-nos, unanimemente, a adoptar o Acordo Ortográfico, por estarmos em profundo desacordo com as alterações aí previstas, como aliás uma parte significativa da população portuguesa. Não adianta estar aqui a elencar as razões que nos conduziram a essa decisão, basta dizer que entendemos o Acordo Ortográfico como uma falta de respeito pela língua portuguesa.

 

Ficou também decidido nessa mesma reunião que, por uma questão de honestidade para com os nossos leitores, tornaríamos essa recusa expressa no blogue, e, porque entendemos ser esse o nosso dever cívico, iríamos disponibilizar o nosso meio de protesto – o laço que a partir de hoje surgirá no canto superior direito do blogue – para quem o quiser usar nos respectivos blogues. O código é o seguinte:

 

<div style="position: absolute; top: 0; right: 0;">
<a href="http://tertuliabenfiquista.blogs.sapo.pt/1060793.html" target="_blank"><img alt="origem" src="http://c7.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/o4705f5fa/7176469_EqZYv.png" border="0"/></a></div>

 

Cada um faça como entender. E pronto, o blogue segue como previsto dentro de momentos.

publicado por pv às 17:45
link do post | comentar
92 comentários:
De Alexandre Calado a 12 de Maio de 2010 às 18:39
Boas,

Não resisto a fazer dois ou três comentários a este post.

O primeiro é que acho muito bem. As poucas experiências que li de tentativas de aplicação do acordo ortográfico revelaram-se uma leitura frustrante. Gosto muito mais de ler sem as novas nomenclaturas. Pode ser uma questão de hábito, mas é o hábito que tenho. Portanto, e numa perspectiva completamente egoísta, excelente decisão.

O segundo comentário é que acho que há aqui alguma confusão sobre o tema. Se este post é um posicionamento político (e entenda-se o político como acção cívica de participação na pública) sobre o tema, acho que faz todo o sentido e aplaudo. Agora, sublinhe-se, ninguém vai ser obrigado a adoptá-lo. A menos que por opção política no local de trabalho. Os blogues, livros e jornais podem continuar a escrever em português sem adoptar o acordo. Podem e devem, quanto a mim. Eu digo já: vou continuar a escrever da mesma forma e eventualmente integro as novas nomenclaturas à medida que as for interiorizando. O que é obrigatório é que os documentos oficiais e o ensino da língua portuguesa adoptem o acordo.

Notem que também foi criada a TLBES, que na prática funciona como um acordo gramatical, e a sua adopção só é obrigatória no ensino da língua portuguesa nos ensinos básico e secundário.

O terceiro comentário tem que ver com a própria adopção do acordo. Já entrou em vigor?

Saudações,

Alexandre Calado
De falsolento a 12 de Maio de 2010 às 18:41
Apoiado!
De Arquivo Vivo a 12 de Maio de 2010 às 18:41
De fato não deveriamos ter aderido ao pato.
De pv a 12 de Maio de 2010 às 18:54
Alexandre,

não há nenhuma confusão. Ao contrário do que se pensa, o Acordo Ortográfico está em vigor, mas durante um certo período - creio que dez anos - ele poderá conviver com a norma antiga. Portanto, não é verdade que os documentos oficiais tenham de seguir o acordo, aliás basta consultar o Diário da República e ver que eles ainda não o adoptaram. O que acontece é que alguns órgãos podem ter já adoptado o acordo (como é o caso do Record) e outros não, mas todos acabarão por assumi-lo (se não tomarmos uma posição). Também não é completamente verdade que não vamos ser obrigados a segui-lo, a não ser que consideres que também não és obrigado a escrever "farmácia" em vez de "pharmacia". Quanto à TLEBS, como o próprio nome indica, é uma Terminologia criada para o ensino e foi construída apenas por Portugal, não pretende uniformizar nada internacionalmente. Além disso, foi substituída recentemente por um "Dicionário Terminológico".
De rcoelho a 12 de Maio de 2010 às 19:05
da mesma forma que não concordo com brasileiros na selecção. também não concordo com o acordo ortográfico.

APOIADO.
De Arquivo Vivo a 12 de Maio de 2010 às 19:07
Já que estamos numa do "Acordo", alguém me sabe informar o que quer dizer "ABRIDO"?

Pergunto isto porque no "Dia Seguinte" ouvi o pickle que dá pelo nome de dias do palito, a pronunciar isto e como o meu curso não é da Independente, não quero comentar sem ter a certeza do que se trata.

Alguém me pode esclarecer?
De Alexandre Calado a 12 de Maio de 2010 às 19:08
Pedro,

Obrigado pela resposta. Efectivamente não sabia do período de convivência, quer dizer sabia da sua existência, não sabia da duração. É informação útil.

Eu posso escrever pharmácia. Ninguém me impede de o fazer. O que nós temos é (na minha opinião) um uso tendencialmente conservador da língua. Não digo se é bom ou mau, mas basta comprarmos com a literatura americana e a adopção de neologismos e de variações de palavras tem uma dimensão muito maior que em Portugal.

Como referi, não vou adoptar intencionalmente. Inevitavelmente, com o tempo, acabarei por fazê-lo. Integralmente, parcialmente, não sei.

Pelo que escreves estamos de acordo. O que está em causa é um debate público se devemos ou não adoptar este ou qualquer Acordo Ortográfico. E sobre essa matéria aplaudo a tomada de posição do bllogue, ainda que não saiba bem qual é a minha.

Quanto à TLBS, permite-me o comentário, mas fico agradado da sua adopção se ter tornado pacífica. ; )

Desta vez um abraço,
Alexandre Calado
De xingado a 12 de Maio de 2010 às 19:23
Concordo plenamente e só abro uma excepção. Posso escrever Bemfica, como antigamente, ou Benfica, porque o Bemfica foi, é e será sempre o Benfica (perdoem a repetição)
De Luís Bernardo Rolo a 12 de Maio de 2010 às 19:30
Acordo Ortográfico = Olegário Benquerença

Como é que alguém se pode lembrar de chamar estes nomes a qualquer das expressões anteriores? Só com muita imaginação!
De carlos peres a 12 de Maio de 2010 às 19:33
Concordo plenamente, que se Piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, o acordo ortográfico.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Cinzenta

Frustrante

Lamentável

Desnecessário

Desilusão

Estrelinha

Paciência

Incontestável

Difícil

Serenata

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds