VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

Erros

Já é longa a malapata do Benfica em jogos na Alemanha. Hoje tivemos uma boa oportunidade para acabar de vez com ela, mas as coisas voltaram a correr mal. Acima de tudo, julgo que ficamos com a sensação de que foi um jogo muito mal perdido. Mal perdido porque o adversário pareceu estar perfeitamente ao nosso alcance, mas os nossos erros acabaram por impedir uma vitória. Não posso considerar o resultado como injusto, porque o jogo foi relativamente equilibrado, e o Schalke soube simplesmente aproveitar as oportunidades que se lhe proporcionaram.

A mesma equipa do Funchal a jogar de início, e praticamente a mesma atitude também. O Benfica teve uma boa entrada no jogo, impondo o seu jogo e limitando o Schalke, apesar de jogar em casa, a tentar explorar o contra-ataque. Ao contrário do Funchal, no entanto, o Benfica não conseguiu muitas vezes traduzir o seu ascendente no jogo em lances de real perigo para a baliza alemã, sobretudo por culpa de maus últimos passes. Das vezes em que realmente conseguimos situações de finalização, os remates saíram tortos ou houve alguma hesitação na altura do remate, dando tempo para a intervenção de um adversário. A grande excepção foi a oportunidade flagrante de que o Saviola dispôs aos quinze minutos, em que após uma bola vinda da direita ele surgiu solto ao segundo poste, mas o seu remate de primeira saiu ao lado da baliza. Depois das oportunidades falhadas na Madeira, este falhanço parece mostrar que o argentino atravessa uma fase pouco habitual de desinspiração na finalização. Os primeiros vinte e cinco minutos foram de domínio do Benfica, mas depois disto o Schalke equilibrou o jogo e conseguiu construir também uma grande oportunidade de golo, já perto do intervalo, onde o Raúl atirou ao poste e depois o Roberto fez uma boa defesa à recarga.

A segunda parte, com o Salvio no lugar do apagado Gaitán, teve no equilíbrio a nota dominante. O Benfica até voltou a entrar bem, mas sem nunca atingir os níveis daqueles primeiros vinte e cinco minutos, e passado algum tempo comecei a convencer-me que o mais provável seria o jogo acabar com um empate. O Benfica substituiu a sua dupla de avançados - um por opção (Saviola) e outro por necessidade (Cardozo) - e parecia que as coisas iriam ficar por ali, com ambas as equipas mais ou menos conformadas. Só que aos setenta e três minutos de jogo, numa altura em que mostrava algum ascendente, o Schalke marcou, aproveitando um mau alívio de cabeça do Peixoto, que deixou a bola nos pés de um adversário solto ao segundo poste, e o Benfica pareceu acusar o golpe, já que jamais se reencontrou. O número de passes falhados aumentou e também a própria organização da equipa pareceu sofrer, com os sectores a ficarem mais desligados - quando uma bola era perdida no ataque, muitos jogadores já quase não recuavam. E foi a partir de uma perda de bola - infantil - do David Luiz a meio campo que o Schalke montou um contra-ataque que matou o jogo, permitindo uma finalização fácil ao Huntelaar.

O melhor do Benfica terá sido o Luisão, que fez um grande jogo no centro da defesa, cortando tudo o que podia. Foi bem secundado pelo Javi García, que foi incansável quer no trabalho no meio campo defensivo, quer nas muitas dobras que foi obrigado a fazer aos colegas da defesa, sobretudo nas laterais. Boa primeira parte do Coentrão, mas depois apagou-se um pouco na segunda, apesar de nunca ter baixado os braços. Pela negativa ficam o Peixoto e o David Luiz, por estarem directamente ligados aos golos sofridos.

Nada está perdido, excepto uma oportunidade flagrante para facilitarmos as nossas contas de apuramento, e acabarmos com esta história ridícula que temos nos jogos disputados em solo alemão. De positivo neste jogo fica para mim a capacidade do Benfica para ter ido a casa do Schalke jogar descomplexado e tentar impor o seu jogo. Podíamos ter ganho, mas apesar do resultado ser frustrante, já que julgo que o Schalke mostrou estar perfeitamente ao nosso alcance, também não seria correcto classificá-lo de injusto. No futebol, e sobretudo a este nível, os erros costumam pagar-se caro. É um chavão, mas não deixa de ser verdade.

publicado por D`Arcy às 01:05
link do post
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Confortável

Matura

Sólida

Contra-senso

Confirmação

Desconsolo

Raça

Cinzenta

Convincente

Melhorias

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds