VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Domingo, 19 de Dezembro de 2010

Rumo

Uma mão cheia de golos argentinos deu expressão à justíssima vitória do Benfica sobre o Rio Ave, num jogo bastante aberto e agradável de seguir, e que em certas alturas certamente terá trazido à memória dos adeptos flashbacks do melhor com que o Benfica nos presenteou a época passada.

A presença do Salvio na direita terá sido a única meia surpresa no onze inicial. O Rio Ave terá tentado o deselegante e já um pouco gasto truque de nos trocar as voltas na escolha de campo, mas isso de nada lhe serviu: com cinco minutos de jogo decorridos, já a bola morava no fundo da sua baliza, por obra e graça do Aimar, que aproveitou da melhor maneira um passe soberbo do David Luiz para marcar com um remate cruzado. A entrada do Benfica no jogo foi avassaladora: o Rio Ave praticamente não conseguia sair do seu meio campo, devido à pressão do Benfica, que jogava com as linhas bastante adiantadas, e os nossos ataques sucediam-se uns aos outros, quase todos levando bastante perigo à baliza adversária. No minuto seguinte ao golo, o Saviola já estava a meter a bola na baliza outra vez, mas o golo foi invalidado por fora-de-jogo. Mas dois minutos depois, o mesmo Saviola rematou de primeira para o fundo da baliza após um cruzamento largo do Gaitán na esquerda, e desta vez contou mesmo. Dois golos em menos de dez minutos, e o Benfica a não dar sinal de querer abrandar. A pressão sobre o Rio Ave era intensa, e as oportunidades continuavam a surgir em catadupa, sendo as perdidas mais escandalosas as do Javi García, de cabeça após livre do Aimar, e do Cardozo, a atirar ao lado quando um passe do Saviola o deixou só perante o guarda-redes. Neste período, e para manter a tónica desta Liga, pareceu-me ter ficado um penálti claro sobre o Coentrão por marcar. No último quarto de hora o Benfica abrandou um pouco, e o Rio Ave conseguiu aparecer finalmente no jogo, conseguindo mesmo reduzir já à beira do intervalo, num bom contra-ataque finalizado pelo João Tomás.

Se o golo do Rio Ave a fechar a primeira parte lhes poderá ter dado algumas ilusões em discutir o resultado, estas depressa se esfumaram na segunda parte, muito por culpa da entrada em cena em grande estilo do Salvio. Com sete minutos decorridos ele ganhou uma bola ainda no nosso meio campo, foi por ali fora deixando os adversários para trás, e quando se esperava um remate cruzado ele com um passe rasteiro assistiu na perfeição o Saviola no centro da área para um golo fácil. Este golo terá dissipado a maior parte das dúvidas sobre o vencedor do jogo, mas este estava longe de ter terminado. O Rio Ave nunca desistiu de lutar, e assistimos a um jogo bastante aberto, em que o Benfica, sem nunca chegar ao brilhantismo da primeira parte, ameaçava voltar a marcar, mas o Rio Ave também ia criando perigo, obrigando mesmo o Roberto a uma grande defesa quando tudo indicava que o João Tomás (pode estar velho, mas para mim mostrou que continua a ser um ponta-de-lança muito bom) ia voltar a marcar. Não marcou o Rio Ave, marcou com naturalidade o Benfica, pouco passava do primeiro quarto de hora. O Gaitán teve uma bela jogada individual pela esquerda e já sobre a linha de fundo tirou um cruzamento largo para o segundo poste, onde apareceu o Salvio a finalizar de cabeça. Eu sei que qualquer tipo de comparações deste tipo são injustas e muitas vezes não fazem muito sentido. Mas sinceramente, se eu não soubesse que tinha sido o Gaitán a fazer aquela jogada, poderia facilmente pensar que o Di María tinha vindo fazer uma perninha esta noite à Luz, porque o estilo foi praticamente o mesmo.

Pensar-se-ia que na meia hora que faltava até final nos limitaríamos a ver o quanto mais o Benfica conseguiria ampliar o resultado, mas conforme disse, o Rio Ave nunca deixou de tentar, e a vinte minutos do final foi recompensado com um penálti por mão do Coentrão - no estádio todos ficaram convencidos que teria havido um fora-de-jogo evidente dos jogadores do Rio Ave a preceder a mão do Coentrão, mas ainda não tive oportunidade de confirmar se tal aconteceu de facto. O penálti foi convertido pelo inevitável João Tomás, ganhou novo fôlego o Rio Ave, mas nem sequer teve tempo para se regozijar, porque três minutos depois já a bola morava outra vez no fundo das suas redes, e uma vez mais por 'culpa' do Salvio. Aproveitando uma defesa do guarda-redes com os punhos, com uma cabeçada ainda de fora da área fez a bola passar sobre os adversários e só parar dentro da baliza. E o festival Salvio poderia ter tido ainda maior expressão, mas a sua tentativa de chapéu (depois do Jara, isolado, ter falhado o sexto golo do Benfica) acabou por bater na barra. Antes do final, nota ainda para a expulsão auto-forçada do Coentrão, de forma a evitar a suspensão que cumpriria no próximo jogo da Liga, em Leiria, devido ao amarelo que viu no lance do penálti.

Poder-se-iam destacar vários jogadores esta noite, mas julgo que a distinção de melhor em campo pode ser atribuída, com inteira justiça, ao Salvio. Marcou dois golos, deu outro a marcar, e mostrou uma garra notável, nunca dando um lance por perdido. O Fábio Coentrão foi outro jogador que esteve num nível muito bom, interrompendo assim uma pequena série de jogos em que tinha estado mais discreto. O Gaitán fez duas assistências e teve vários pormenores de classe, mas apesar de mostrar melhorias na ajuda defensiva ao lateral, parece-me que ainda precisa de evoluir neste aspecto. Saviola, com dois golos, e Aimar num nível muito bom, e o Maxi, Javi e David Luiz a comprovarem estar a subir de forma (a acção do David Luiz no primeiro golo é brilhante). O mais apagado esta noite foi o Cardozo, o que aliás se pode comprovar pelo facto de não ter conseguido marcar qualquer golo (ou sequer estar envolvido em alguma das jogadas dos golos) num jogo em que o Benfica faz cinco golos.

O nosso treinador prometeu que a nossa equipa estará a entrar na sua melhor fase da época até agora, e pelo que vi, a equipa vai cumprindo. Gostei mesmo muito da primeira meia hora do jogo de hoje, e mesmo não tendo sido possível manter o nível durante os noventa minutos, a verdade é que pelo menos naquela meia hora vi um Benfica que já não via há uns meses. E durante todo o jogo vi uma alegria em jogar e uma garra de que já sentia saudades. Vi o Maxi e o Coentrão a fazer piscinas por aqueles corredores laterais, vi o Saviola não parar quieto pela frente de ataque, o David Luiz cheio de confiança, ou o Javi a dominar toda a sua zona. Depois do que vi contra o Braga, foi muito bom ver logo a seguir um jogo assim. Quero acreditar que isto seja um indicador de que a nossa equipa terá reencontrado o seu rumo.

publicado por D`Arcy às 02:41
link do post | comentar
74 comentários:
De Portillo a 19 de Dezembro de 2010 às 03:32
Curiosamente o melhor benfica sem Luisão ( é na minha opinião quem tem feito camas sucessivas a treinadores sucessivos ) em campo
De Gonçalo a 19 de Dezembro de 2010 às 10:04
Excelente 1ª meia hora do Benfica mas acho que este jogo explica o Benfica deste ano, e os maus resultados do inicio de epoca (relembrar que nos ultimos 10 jogos do campeonato ganhamos 9!).
O Benfica sofreu 2 golos e até podia ter sofrido mais. NUm jogo em que o ataque nao carbure, nao ganhamos. E depois, há (quase) sempre a intervencao do arbitro, que nao ve penaltys para um lado, mas para o outro nao ha duvidas (lembra alguma coisa naquelas 3º primeiras derrotas?).
O meio campo do benfica como foi apresentado hoje é demasiado ofensivo. Se apanhamos uma equipa boa, nao marcamos os 5 e sofremos pelo menos os mesmos 2. Gaitan ou Salvio tem de sair para dar entrada ao Amorim ou a um reforço de inverno para uma daquelas posicoes mas com outra vocacao defensiva.

Aproveito para deixar um feliz Natal a todos e um 2011 cheio de saude e sucessos.
De marcorijo a 19 de Dezembro de 2010 às 10:46
Foi sem dúvida dos jogos mais bem conseguidos desta época.
Viu-se passes a rasgar a defesa, viu-se força e clarividência na elaboração dos ataques.
Embora o Benfica tenha tido alguns altos e baixos, mas nota-se que desde o assumir do JJ, que o ambiente anda mais calmo e descomprimido, o que só melhora e muito o ambiente.
Gostei em garal da equipa , mas ressalvo pela positiva o Sálvio, fez um belo jogo.
Em sentido contrário penso que ontem o Cardozo fez um dos seus jogos menos bem conseguidos.
Nota geral positiva para toda a equipa.
Por fim quero ressalvar o Rio Ave que foi um digno vencido,e ainda abrilhantou mais a vitória.
De jbranco SOCIO9728 a 19 de Dezembro de 2010 às 11:06
Concordo inteiramente, com a analise . O SLB , fez os melhores 30 minutos, da época , nota-se que a arte e os princípios de jogo estão lá .
Agora torna-se mais claro, que algo não andava bem no balneário , e, nas duas ultimas semanas, foram evidentes os sinais, que o problema estava , a ser resolvido..
Espero bem que sim!..
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Concordo inteiramente, com a analise . O SLB , fez os melhores 30 minutos, da época , nota-se que a arte e os princípios de jogo estão lá . <BR>Agora torna-se mais claro, que algo não andava bem no balneário , e, nas duas ultimas semanas, foram evidentes os sinais, que o problema estava , a ser resolvido.. <BR>Espero bem que sim!.. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>saudacoes</A> benfiquistas e, para todos um feliz Natal.
De conceição a 19 de Dezembro de 2010 às 11:16
Olá D`Arcy e Tertúlia

Quero tamém acreditar que a nossa equipa tenha ganho, definitivamente, um novo rumo.
De facto, ontem por momentos vi uma equipa cheia de confiança, avassaladora, com determinação, com jogo rápido e muitas, muitas bolas na área...um cheirinho do que assistimos na época passada e que todos nós desejamos que esta época torne a acontecer...um Benfica demolidor!!!
Sálvio foi, para mim, uma agradável surpresa, Saviola a confirmar a subida de rendimento, Javi um patrão (passa o homem não passa a bola...se passa a bola não passa o homem), David Luis mais confiante e concentrado...gostei.
Temos motivos para estarmos optimistas, confiantes e crentes de que 2011 poderá ser muito melhor do que 2010!
Bom era aqueles cães hoje perderem com o Paços...haja FÉ!

Desejo a todos, desde já, um FELIZ NATAL!!!
Viva o Benfica!
De Arquivo Vivo a 19 de Dezembro de 2010 às 11:22
As pazes entre a equipa e os adeptos parecem estar definitivamente feitas.

Foi simpática a prenda que nos foi oferecida, especialmente nos primeiros 40 minutos.

Vamos todos desejar que as férias e as rabanadas não venham a quebrar este elan, para que possamos encarar com ânimo o “assalto” a todos os títulos em aberto.

Como nem tudo são rosas, não posso deixar de deplorar mais um “tiro nos pés” dado por quem tem obrigação de saber dirimir eventuais conflitos com funcionários ao serviço do clube.

A triste rábula da águia Vitória em nada nos dignifica e pelo que veio a público, apenas vem “dar razão” a quem repisa histórias de túneis e chefes de segurança.

À mulher de César não basta ser séria, também tem de o parecer, logo esta patética situação tinha de ser evitada, ou pelo diálogo ou pela suspensão e inquérito ao prevaricador (se o foi).

O problema de muitos reinos, muitas vezes não é o próprio rei; são os cortesãos.

Infelizmente, o nosso querido clube está infestado deles que gravitam, como borboletas, à luz de um candeeiro, numa noite de Verão
.
Nos próximos dias a notícia não será um eventual desaire dos corruptos ou a situação miserável das osgas pindéricas, serão as agressões (verdadeiras ou não) perpetradas no túnel ou na garagem.

Este fetiche de nos estarmos sempre a pôr a jeito…
De Rafa a 19 de Dezembro de 2010 às 11:26
Excelente crónica, como sempre, apenas com um pequeno pormenor: podias ter colocado o Sidney ao lado do Cardoso. Depois do jogo com o Braga, não estava à espera que o Sidney fizesse aquela espécie de jogo ontem.
Em primeiro lugar, uma palavra para a Direcção por finalmente ter colocado um jogo a horas decentes. Graças a isso, pela primeira vez esta época consegui levar TODA a família à Luz, pese embora o frio e a chuva. Venham mais destes a esta hora!!
E pela primeira vez na nova Luz levei o pessoal para o 3.º piso da Meo, com um frio de rachar lá em cima, para o miúdo ver o arranque da Vitória "in loco". Qual não é o meu espanto quando vejo uma espécie de palhaçada lá embaixo e a águia a "ir-se". Depois de ter conhecimento do circo, ninguém me tira da cabeça que este palhaço do Bernabé, depois da história da Lázio, não se esteja a fazer ao piso para rescindir o contrato e ir ganhar mais para Itália. Deixem-no ir, porra. Aquelas lágrimas de crocodilo aos jornalistas mais as declarações do Advogado (??) na zona mista (como é que o Benfica permitiu uma destas?) fazem-me acreditar que este tipo já não possui idoneidade para fazer espectáculo ou sobreviver às custas do Glorioso.
Isto leva-nos a ponderar a hipótese de igualmente arranjarmos observadores de treinadores de águias. atentas as movimentações de mercado que também parecem existir por estas bandas.
Por fim, deixo igualmente aqui os melhores desejos de Boas Festas para os membros da Tertúlia.
Um forte Et Pluribus Unim para 2011.
De Luis Agostinho a 19 de Dezembro de 2010 às 11:29
Mais uma arbitragem nojenta, em caso de dúvida, por mais pequena que fosse, sempre contra o Benfica. Um penalty por marcar sob o Coentrão e um penalty muito duvidoso do Coentrão . Grande Salvio , o homem do jogo, Saviola também esteve bem e o David Luiz também. Muito fracos esteve o Cardozo e o Sidney com falhas de concentração. Alguém me sabe dizer o que se passou com o tratador da águia? Irra, o Benfica jogou bem, goleou e até foi prejudicada por uma arbitragem nojenta, e mesmo assim tiveram de dar alimento aos pasquins! Bolas.
De Afonso a 19 de Dezembro de 2010 às 11:34
Não só foi penalti sobre o Coentrão, como não foi penalti do Coentrão. A bola bate-lhe no peito e é por isso que os jogadores reclamam.
De Diamantino Duarte a 19 de Dezembro de 2010 às 11:45
Excelente Post . Quero acrescentar uma coisa sobre o Jara . O JJ devia dizer ao Jara que futebol é um jogo de equipa e que se ele quiser vingar nesta equipa terá de jogar para a equipa. Eu entendo que ele queira mostrar serviço mas terá de jogar simples e só quando sentir que ganhou confiança então aí poderá jogar e pensar individualmente.
O nosso clube tem sempre que ter alguma coisa que falar ou de notícia. Expliquem-me por favor, porquê que o tratador da águia vitória está proibido de entrar no estádio? É que a águia sempre que sobrevoa o nosso estádio sinto-me bastante comovido e vem-me lágrimas aos olhos e é algo que é único em Portugal e no Mundo a não ser agora a uns meses atrás com a lazio . Por favor resolvam esse problema porque dá-me imenso orgulho ver a águia a sobrevoar a LUZ. Saudações Gloriosas.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

#Reconquista

Um

Crer

Proveitosa

Pujante

Deplorável

Firme

Soberba

Complicado

Merecida

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds