VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Domingo, 24 de Abril de 2011

Terceira

Vitória natural e esperada na final da Taça da Liga, frente a um Paços de Ferreira que valorizou essa vitória porque nunca desistiu, e num jogo com duas partes muito diferentes. O mais importante foi mesmo a conquista da terceira Taça da Liga consecutiva que, espero, possa devolver à nossa equipa alguma da confiança que parece andar algo arredada dos nossos jogadores.

O Benfica apresentou um onze onde apenas a titularidade do Moreira terá sido algo inesperada. De resto, e face aos impedimentos, poderia haver alguma dúvida sobre se o Peixoto jogaria de início ou não. Como não jogou, foi o Jara quem ocupou o lado esquerdo, cabendo ao Carlos Martins jogar na direita do meio campo. Desde o apito inicial que o Benfica quis justificar o seu natural favoritismo, e tomou conta do jogo. Com o Aimar a jogar um pouco mais recuado do que o habitual, aparecendo mais próximo do Javi, e com o Saviola a recuar também, o Benfica ocupava eficazmente os espaços e submetia os jogadores do Paços a uma forte pressão quando tinham a bola, remetendo o adversário ao seu próprio meio campo. Aproveitando o pendor ofensivo dos laterais do Paços, o Benfica conseguia explorar bem as faixas laterais, sendo só de lamentar o mau aproveitamento que depois tinha das várias ocasiões em que conseguia libertar alguém nas laterais e ganhar a linha - sendo de destacar nesse aspecto o Carlos Martins, que só nos primeiros minutos deve ter tido uma meia dúzia de ocasiões para centrar a bola à vontade, e -lo quase invariavelmente mal. O golo acabou por surgir pois com naturalidade, e relativamente cedo - pouco após o primeiro quarto de hora - depois de uma insistência do Fábio Coentrão na esquerda, concluída com um centro para a entrada da pequena área, onde surgiu o Jara à vontade a finalizar de cabeça. Com vantagem no marcador, o Benfica continuou a dominar o jogo com alguma facilidade, e parecia que esta final decorreria conforme o esperado.

Mas um pouco antes da meia hora parecemos abrandar um pouco, e o Paços conseguiu finalmente acercar-se da nossa área. E já deveríamos estar fartos de saber que sempre que facilitamos um pouco, ficamos ao alcance de qualquer imprevisto, como por exemplo da arte do Proença, que à meia hora de jogo, e para aí na segunda vez que até aí um jogador do Paços conseguiu entrar na nossa área com a bola controlada, decidiu, com um rigor enorme, assinalar penálti do Maxi - a propósito de penáltis, não sei se muitos terão reparado, mas para aí aos dez minutos de jogo um defesa do Paços, já com a bola longe, empurrou e derrubou ostensivamente o Saviola dentro da área, o que seria um penálti claro porque a bola ainda estava em jogo, mas como é óbvio e normal nenhum membro da equipa de arbitragem viu o lance. Felizmente para nós, o Moreira defendeu o penálti, e este lance pareceu despertar novamente a nossa equipa, que voltou a dominar o jogo, e acabou por chegar ao segundo golo a três minutos do intervalo. Depois de um livre do Carlos Martins, o Luisão tocou para o centro da área, onde surgiu o Javi com tempo para tudo, incluindo para falhar o primeiro remate e depois marcar à segunda, apesar dos esforços do Cardozo para estragar o lance. E mesmo sobre o intervalo, Proença ao seu melhor estilo, esquecendo-se do rigor com que tinha assinalado o penálti contra nós minutos antes, e fechando os olhos a um penálti claro sobre o Saviola, que foi ceifado por um defesa do Paços.

Com dois golos de vantagem e uma superioridade clara demonstrada durante a primeira parte, poucos esperariam algum sobressalto na conquista da terceira Taça da Liga. Mas esta equipa do Benfica, actualmente, está longe daquela equipa que, ainda há poucos meses atrás, nos encantou e estabeleceu um novo recorde de vitórias consecutivas. E está longe sobretudo, parece-me, no aspecto mental. É que fica-se com a sensação que à menor contrariedade a equipa treme e começa a duvidar de si própria. O que, por outro lado, deve dar bastante confiança a quem nos defronta. A contrariedade neste jogo foi um autogolo do Luisão, num lance perfeitamente controlado e sem qualquer perigo para a nossa baliza. A partir daí o jogo foi outro. O Paços passou a ter muito mais posse de bola e a jogar no nosso meio campo, enquanto que nós fomos quase inofensivos no ataque. É verdade que nunca fomos propriamente sufocados, mas quem quer que visse o jogo apostaria mais facilmente no golo do empate do que no golo da tranquilidade para o Benfica. Ao fim de uma hora de jogo veio mais uma vez (já lhes perdi a conta - eu não estou a brincar sempre que escrevo isto) a rábula das dificuldades físicas do Carlos Martins, forçando a entrada do Peixoto e a passagem do Jara para a direita. Parece-me estranho que, sendo o Jara dextro, pareça complicar muito mais o seu jogo quando passa para o lado direito. E quando faltavam pouco mais de vinte minutos para o final, o Benfica pareceu admitir claramente que a prioridade era conservar a vantagem mínima, fazendo entrar o Aírton para o lugar do Saviola: a substituição deu resultado, pois se o Benfica continuava a não insistir muito no ataque - ainda esboçou alguns contra-ataques que deveriam ter tido melhor finalização - a verdade é que o Paços também não voltou a conseguir pressionar tanto como vinha fazendo até então, e foi com alguma tranquilidade que se escoaram os minutos até ao apito final.

O melhor do Benfica foi o Moreira. Não foi propriamente massacrado durante todo o jogo, mas defendeu um penálti e correspondeu sempre de forma muito segura quando foi chamado, fazendo ainda uma defesa espectacular a um remate do Manuel José. Não merecia ter sido traído pelo Luisão. Bom jogo também o Fábio Coentrão, para não fugir à regra. Confiança e força de vontade nunca lhe faltam, e luta por cada bola até ao limite. Quanto ao pior, claramente o Cardozo. Aliás, a exemplo do que tem acontecido quase sempre nos últimos jogos do Benfica. Praticamente não ganha um lance a um adversário, não consegue segurar uma bola, não consegue fazer um passe em condições, anda a finalizar mal - normalmente quando tudo o resto falhava, nisto pelo menos ele acertava - e até atrapalha os colegas. E o que é pior, anda por ali tristonho, parecendo que conformado com uma qualquer má sorte que lhe pesa nas costas, em vez de lutar. Já disse várias vezes que gosto muito do Cardozo
mas sinceramente, nos últimos tempos, quando ele joga tem sido quase como jogar com um jogador a menos.

Salvio e Gaitán fazem mesmo muita falta, mas temos é que contar com quem temos. E é com estes que teremos que ser fortes e já na próxima quinta-feira começar a conquistar um lugar em Dublin. Esperemos que a conquista desta taça tenha servido para motivar e dar confiança à nossa equipa para esse jogo tão importante. E se precisarem ainda de uma pequena motivação extra, é lembrarem-se que o árbitro não será português.

publicado por D`Arcy às 02:08
link do post | comentar
51 comentários:
De AGUIA DE OURO a 24 de Abril de 2011 às 02:11
Ganhamos mais um titulo, espera se que a equipa se fortaleça pois tem a liga europa para ganhar.
De diabos82 a 24 de Abril de 2011 às 02:38
Na minha opinião, mais um jogo fraco por parte do Benfica, exceptuando até ao um a zero...a partir daí, fraco...rodam-se jogadores desde á um mês para cá e mesmo assim parece que andam sempre cansados e desmotivados...não percebo, nunca percebi...
A equipa parece-me desconcentrada, e com muitos passes falhados, o que me parece grave tendo em conta que o passe é o mais essencial do futebol (veja-se o exemplo do Barcelona...).

Quanto ao jogo de quinta-feira, é outro jogo, outro adversário e teremos ( e iremos !!!) que melhorar visto também a sua qualidade ser superior. O facto de o árbitro não ser Pportuguês, admito, dá-me mais tranquilidade...



P.S.1- já agora, que ganhamos um troféu, é a minha vez de dizer (parafrasenado o presidente LFV) que quem não tem " memória curta" sou eu. Não é este troféu que ma vai tirar (á memória) do que já se passou esta temporada...

P.S.2- Esta competição que ganhamos foi a única - PARECE-ME, NÃO TENHO A CERTEZA - em que o Roberto não participou, pelo menos na maioria dos jogos...dá que refletir... esperemos que ele me cale brevemente...
De miguel a 24 de Abril de 2011 às 03:04
agora eles que vaiam em busca desse record sao 3 taças da liga consecutivas meus "amigos" eles vao acabar o campeonato sem derrotas o benfica ja acabou por duas vezes o campeonato sem derrotas eles ganharam a meia final da taça de portugal na luz o benfica ja ganhou uma taça de portugal contra eles nas antas lol eles vao ser campeoes outra vez o benfica ja o foi 32 vezes eles ja ganharam 17 supertaças olha se essa taça e importante e é so um jogo ke dizer entao da taça da liga onde o benfica ja derrotu o scp por 3 vezes o porto o guimaraes eles ja ganharam 5 campeonatos seguidos o benfica ja ganhou 14 campeonatos em 18 anos enfim isso tudo pra dizer ke a historia não se faz so durante um ano ou 20 anos faz-se durante anos e anos miseraveis foram os adeptos do porto ke levaram 19 anos sem ganhar um campeonato ate hoje record de jejum mas enfim quando um gajo com uma suposta fina ironia e declamador de poemas de meia tigela enfim é portugal sem duvida eles ja ganharam tudo o ke havia pra ganhar e eu gostaria ke o benfica ganhasse a taça uefa a supertaça europeia a taça intercontinental ke ja nao existe mas a competiçao é isso mesmo e cabe ao benfica ser sempre forte e competitivo mas nao posso falar de historia ke nao foi feita e kem sabe um dia pode ser esse ano o benfica ganha a taça uefa a supertaça europeia e entao faça-se historia outra vez no benfica tem de haver é sempre motivaçao pra ganhar e ai elogio o porto ke mesmo tendo ganho tudo menoss a ta ça das taças encontra sempre motivaçao pra ganhar principalmente ao benfica epa deume uma branca eu sou velho lol força benfica pra taça uefa pelo menos a final e na final tudo é possivel ah e ja ganhamos 4 taças de ortugal seguidas se eles igualarem o record ou ultrapassarem pronto o benfica tem de recuperar e vencer outra vez mais e mais
De sofia a 24 de Abril de 2011 às 03:13
Mais um jogo em que vi o Benfica sem brilho,sem velocidade e parece-me a mim sem vontade de estar ali. O Cardozo anda contrariado no benfica quer ir embora pois que vá só faz falta quem cá está. Espero sinceramente que com o portoB joguem há benfica
De sofia a 24 de Abril de 2011 às 03:25
Eu detesto fazer críticas destrutivas ao meu benfica mas sinceramente não consigo entender a minha equipa,jogam mal,falham passes,não há velocidade,não há brilho naquela equipa tirando um ou outro jogador anda tudo a arrastar-se pelo campo. O cardozo anda contrariado pois que vá embora só faz falta quem cá está. Espero sinceramente k contra o portoB JOGUEM À BENFICA! Viva o Benfica sempre
De Sport Azores Benfica a 24 de Abril de 2011 às 05:15
Epá que, vergonha de arbitragem!!!

Estes gajos precisam é de levar um belo de um encher-te de pancadaria, ou até pior. Para ver se acabam com essa merda de roubalheiras, que têm matado o futebol em Portugal.
Não há paciência!!! ARBITROS ESTRANGEIROS JÁ PARA A PRÓXIMA ÉPOCA!
Senão vai ser roubalheira pela certa para a próxima época. Como nesses últimos 30 anos.

CARREGA BENFICA!!!
De Paulo a 24 de Abril de 2011 às 06:07
Á que criticar aqueles ditos adeptos, que fizeram uma birra com o nosso Capitao, ele não merecia isso.
De FireHead a 24 de Abril de 2011 às 08:37
Também eu espero bem que esta conquista possa ser um tónico para o que falta desta época, ou seja, para a Liga Europa que é o (único) grande objectivo que temos. É bom que a equipa descanse bem e se prepare para os importantes confrontos com o Sporting de Braga. Quanto ao árbitro não ser português, nem sei se isso é bom ou não, pois na Liga Europa temos também tido arbitragens para esquecer. Vamos esperar que a mentalidade do Benfica mude e depressa e que os jogadores se convençam de que é possível chegar a Dublin e conquistar a Liga Europa.
Não fiquei particularmente eufórico como a generalidade dos benfiquistas com a vitória de ontem. Tínhamos de ganhar e fizemos a nossa obrigação, ainda que na segunda parte sofremos a bom sofrer. Para poder considerar esta época como boa é forçoso ganharmos a Liga Europa. Para mim até só bastava a Liga Europa para salvar a época. Vamos, pois, torcer para que tudo corra bem.
A todos uma Páscoa Gloriosa.
De Luis P. Almeida a 24 de Abril de 2011 às 08:47
Mais um caneco pró Benfica!!! Isto é o que muitos dirão, cheios de alegria....
Pois é, e eu, como benfiquista que me orgulho de ser, também o digo; mas faço-o com uma alegria muito "aziada". Esta é a tal competição, que no inicio de época, o presidente LFV ameaçou boicotar. Este troféu é mais um daqueles que se não o ganharmos, não ficamos muito chateados e se o conseguimos não lhe atribuimos grande importância...
Importante sim, era conseguirmos ganhar competições que nos desse prestigio e não taçazecas que mais não servem para encher os bolsos de alguns. Ganhámos 2-1 ao Paços de Ferreira e o que interessa é o resultado, é o que fica para a História. Porém, é bom não esquecer que o melhor foi o MOREIRA e não recebeu o prémio de melhor adepto mas sim de melhor jogador em campo. Perante isto, tudo o que se venha dizer, que o Benfica fez e aconteceu fica sempre com umas reticências.
Eu não me considero afectado pela "bipolaridade" daí que continuo a achar que o Benfica joga pouco, tem pouca atitude e treme como varas verdes quando alguma equipazeca lhe começa a bater o pé. Por isso, é que com equipas mais fortes levamos no lombo forte e feio.

PEC no Benfica e depressa!!!!
De FranciscoB a 24 de Abril de 2011 às 09:21
O Moreira sai mal no golo do Luisão...

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

#Reconquista

Um

Crer

Proveitosa

Pujante

Deplorável

Firme

Soberba

Complicado

Merecida

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds