VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Segunda-feira, 27 de Agosto de 2012

Fácil

Vitória muito fácil do Benfica em Setúbal, num jogo em que a nossa natural superioridade ainda mais ficou evidenciada com a expulsão madrugadora de um adversário. Foram cinco sem resposta, poderiam ter sido ainda mais.

Para este jogo o nosso treinador deu a entender que a aposta em dois avançados de início deverá ser para manter: apenas uma alteração no onze que a semana passada defrontou o Braga, que foi a entrada do Enzo Pérez para a esquerda, no lugar que tinha sido ocupado pelo Bruno César. O Benfica entrou forte desde o apito inicial, empurrando o Setúbal para a sua área, e o domínio territorial cedo ficou ainda mais claro, quando aos oito minutos, após uma entrada perfeitamente disparatada do Amoreirinha sobre o Melgarejo, surpreendentemente o Jorge Sousa expulsou o jogador do vitória. E escrevo 'surpreendentemente' não por causa do cartão vermelho em si, dado que aquela entrada é claramente merecedora desta punição, mas sim pelo facto de ter sido o Jorge Sousa a mostrá-lo. Cinco minutos após a expulsão, a superioridade do Benfica no campo ficou também expressa no marcador. Momento de redenção para o Melgarejo, que desmarcado pela esquerda a passe do Pérez ofereceu o golo ao Rodrigo, que se limitou a empurrar para a baliza deserta. Fiquei contente com este momento, que pode ter sido muito importante para o jogador, e gostei muito de ver a união de toda a equipa em redor do Melgarejo, quase parecendo ter sido ele o autor do golo.

A resposta do Setúbal foi o único remate que conseguiu fazer na direcção da baliza ao longo de todo o jogo, obrigando o Artur a uma defesa apertada. Mas o jogo só dava Benfica, com uma ala direita muito activa, onde o Maxi já não precisou de assumir as despesas em exclusividade, dado ter a companhia do Salvio. Do outro lado era o Melgarejo quem, em constantes subidas, aproveitava bem os espaços que as movimentações do Pérez lhe iam abrindo. Com muita mobilidade no ataque, bem apoiado pelo Witsel em funções de organização, o segundo golo era apenas uma questão de tempo. Surgiu à meia hora, através do Salvio (segundo golo em igual número de jogos), na recarga a uma cabeceamento à queima-roupa do Cardozo, após bom trabalho do Rodrigo do lado direito. Como o Benfica nunca pareceu fazer tenção de abrandar, o avolumar do resultado era quase uma certeza, e foi mesmo no fecho da primeira parte que o terceiro golo surgiu. Mais uma recarga, desta vez do Enzo Pérez, a um remate do Salvio, que tinha arrancado disparado por ali fora sem que ninguém o conseguisse travar.

A segunda parte nada trouxe de novo. O Benfica continuou a mandar no jogo como quis, e o Setúbal continuou a ser simplesmente inofensivo. Ataques constantes do Benfica e mais golos a adivinharem-se. Deu para poupar o Javi e o Cardozo (entraram o Carlos Martins e o Nolito), testar momentaneamente o Salvio como segundo avançado, e sobretudo para apreciarmos mais algumas pinceladas de classe do Pablo Aimar. Entrou a vinte e cinco minutos do final para o lugar do Pérez, e segundos depois, no primeiro toque que deu na bola, assistiu de cabeça o Nolito para o nosso quarto golo. Nesta fase final as situações de golo sucediam-se quase em catadupa, houve mesmo alguns lances em que a bola chegou a entrar que foram (bem) anulados, mas a dez minutos do final o inevitável quinto golo aconteceu mesmo. Assistência do Aimar, que na altura certa libertou o Rodrigo sobre a esquerda, e este com muita calma fez cair o guarda-redes com uma simulação e depois picou-lhe a bola por cima. Mesmo com cinco golos de vantagem nem por isso o Benfica abrandou, e até final continuou sempre a ameaçar o avolumar do resultado. Como escrevi no início, foram cinco, mas até podiam ter sido mais.

Numa vitória por cinco golos sem resposta, evidentemente que a equipa num todo deverá ter estado bem. Mas a destacar algum jogador, escolho o Salvio. Quem o tenha visto jogar no Atletico e o veja fazer jogos como o de hoje, deve ficar a pensar que são dois jogadores diferentes. Não parou quieto um momento, criou inúmeros lances de perigo, marcou um golo numa recarga oportuna, tal como na primeira jornada, e teve intervenção directa no terceiro golo. Foi bem acompanhado pelo Rodrigo, Pérez, Witsel, Maxi e Melgarejo. E conforme referi antes, os minutos do Aimar em campo foram muito bons de ver - sem surpresa.

Este jogo e este resultado foram a melhor resposta possível à má imagem deixada na estreia. Terá sido também muito importante para o Melgarejo que o jogo lhe tenha corrido bem, depois das infelicidades contra o Braga. Agora será importante aproveitar esta embalagem e injecção de confiança. Na equipa e nos adeptos.

publicado por D`Arcy às 00:57
link do post | comentar
21 comentários:
De inês Lima a 27 de Agosto de 2012 às 12:06
É tão bom voltar ao familiar, ao JJ aliviado nas suas certezas, o mundo não lhe foge, e segue de acordo com o que ele pensa...Que ternura, ver o seu ar de reconforto!
Que querem, eu gosto do nosso treinador, das suas reacções á menino, sofro quando as coisas não lhe correm bem, e logo não nos correm bem também a nós.
Fico feliz por começar uma semana assim, o Benfica ganhou bem, tudo parece fazer sentido...e pronto!
Sempre Presente
De Henrique Teixeira a 27 de Agosto de 2012 às 13:06
A arbitragem de Jorge de Sousa não merece os reparos do treinador e do presidente do Vitória. A expulsão foi justa e não me surpreendeu, porque também no jogo do título na luz com o Rio Ave, mais ou menos no mesmo minuto, mostrou justamente um vermelho direto a um jogador do Rio Ave.
Penso que Jorge de Sousa é o menos mau dos árbitros do Porto.
Talvez o Benfica até ao fim do campeonato não volte a ter um jogo tão fácil.
Melgarejo confirmou ser um excelente médio ala ofensivo, mas ontem não foi testado defensivamente; contudo, teve uma falha na 1ª parte, que frente a jogadores mais valorosos podia resultar em golo.
Sálvio é um excecional jogador; aínda bem que alguém andava distraído no Atlético de Madrid.
De marcorijo a 27 de Agosto de 2012 às 13:49
Boa vitória sem dúvida,mas atenção , foi contra uma equipa fraca, e há assuntos a resolver, caso do defesa esquerdo e direito.
A moral desta vitória que sirva para aumentar a conçentração.
De Águia Eterna a 27 de Agosto de 2012 às 13:54
Depois de ouvir as BACORADAS tanto do treinadorzeco de 456789ª categoria josé mota como do presidente bronco do Setúbal fernando oliveira, que MALHAM, MALHAM MALHAM no apitador - que até foi amigo deles - com o intuito de APEQUENAR a vitória JUSTÍSSIMA do Nosso BENFICA, que até deveria ser mais dilatada, fico TRISTÍSSIMO e REVOLTADÍSSIMO de NINGUÉM, - repito, NINGUÉM do BENFICA vir rebater todas as situações faladas por esses submissos verdes ao porco de contumil, e daxarem "vender" a imagem de que o BENFICA foi beneficiado.

MAS QUE ESPÉCIE DE GENTE TEM O NOSSO BENFICA à sua frente???!!! então essa gente não se sente???!! só os adeptos e sócios que pagam para o clube é que têm de o defender, mesmo não tendo os meios de comunicação que tem a Direcção???!!!
como diz o ditado, QUEM CALA CONSENTE, e dessa forma estamos a dar força aos anti-BENFICA para atacarem o Nosso BENFICA mesmo n~~ao tendo a mínima razão para isso.

É essa APATIA e falta de DETERMINAÇÃO que eu critico no L.F. Vieira.

Parece que Nós BENFIQUISTAS temos de seguir a política do COMER E CALAR. Ora eu sou totalmente contra isso.
se alguém me insulta leva no mínimo uma INSULTADELA AINDA PIOR.

esta PASSIVIDADE DO BENFICA só revela que não temos a melhor estratégia e que vamos continuar a ser roubados em jogos futuros.

Com a "estória" do Calabote passou-se a mesma coisa, isto é, deixarem que se INVENTASSE a tramóis de que o BENFICA foi beneficiado, etc,etc,etc, NUNCA NINGUÉM DO BENFICA se "chateasse" a NEGAR e a ATACAR FORTEMENTE os MENTIROSOS PROFISSIONAIS, e o resultadoi disso ´e que hoje, passadas já dezenas e dezenas de anos, muita gente tem a IDEIA que o BENFICA TEVE MAIS 9 MINUTOS DE JOGO PARA ser campeão quando isso é um FALSIDADE DE TODO O TAMANHO.

penso que o Benfica precisa de uma direcção menos formal e mais activa na defesa do benfica.

Benfica, sempreeeeeeeeeeeeeee
De pfox a 27 de Agosto de 2012 às 15:29
Porque não comento apenas nas derrotas, deixo aqui a minha opinião sobre a exibição e o resultado. Continuo a não gostar do esquema táctico escolhido para este início de época. Continuamos sem meio campo empreendedor. Se ontem as coisas até correram bem (não esquecer que jogámos com mais uma unidade logo aos 8 minutos de jogo), preocupa-me os próximos confrontos com equipas fortes (que me desculpe o Setúbal, mas é uma equipa fraquinha), que coloquem realmente à prova a nossa Equipa. Já nem falo no defesa esquerdo. Ontem, quase não foi preciso defender.
1- O Luisão parece-me pouco concentrado, distraído, e por vezes até abstraído do jogo;
2- O Cardoso é uma unidade a menos;
3- Apesar de até ter gostado (parece-me cada vez mais à vontade, querendo mostrar o seu real valor), colocar o Enzo à esquerda, quando temos o Nolito e o Ola John. 8 M Euros, para ficar na bancada ou no banco?
4- Sálvio. Palavras para quê! É de facto uma mais-valia. Oxalá assim continue!
5- Rodrigo, cheio de “ganas” de mostrar serviço. É outra mobilidade e acutilância. E ajuda a defender.
6- Aimar: pouco minutos, mas que perfume!
7- Nolito: velocidade e garra, mas continua a descair demasiado para o centro, e esquecer-se de defender.
8- Witsel: o meio campo e o jogo não podem depender só dele. Não é um construtor de jogo.
Para mim, sem dúvida que o onze inicial deveria incluir o Carlos Martins (ou Aimar) e o Nolito, em detrimento do Cardoso e do Enzo Peres. No entanto, pareceu-me que o Enzo é mais disciplinado a defender que o Nolito, e com a adaptação do defesa esquerdo, é importante que haja alguém que o saiba ajudar e compensar as suas subidas.
Em suma, ontem tudo correu bem. Mas a Equipa que jogou inicialmente, não é decididamente, a Equipa que mais garantias nos dá de ser mais objectiva, realista e segura.
PS: O Sr. Jesus não passou de besta a bestial. Continua demasiado bazofo, arrogante e teimoso, com laivos de burrice.
De Manuel Lampreia a 27 de Agosto de 2012 às 15:32

JJ comentou novamente a arbitragem positiva do homem do apito.
Creio que deveria abster-se de o fazer, mesmo que os jornalistas lhe peçam.

Espero, todavia que, quando formos ROUBADOS, o que não deve tardar muito, ele tome a iniciativa de verberar, com a mesma facilidade que tem
tido para elogiar...
De francisco pereira a 27 de Agosto de 2012 às 16:16

Olá D `Arcy.

Completamente de acordo, tendo como suplemento o "alerta" para o futuro, manter os pézinhos no chão, pois jogámos contra uma pequena equipa, desfalcada de vários titulares e do seu jogador melhorzinho, o "Cristiano". O facto de termos jogado todo o jogo contra 10 também tem o seu peso para o espaço que sobrou para os jovens jogadores do nosso Benfica, se sentirem mais livres para fazerem uso da sua técnica sem grande oposição.

Uma boa vitória também pelos seus números

Quanto ao JJ, de quem me divorciei hà pouco, continua com as suas bocas parvas, de tal forma que parece ser ele a única pessoa que classifica mal o "Melgarejo", tendo passado a semana toda a classificar os seus erros de ordem "técnica e não táctica". E tudo isso, acrescido das babuseiras a esse respeito ditas também no fim do jogo, apenas para juistificar a razão estúpida de Melgarejo a defesa esquerdo !!!! É que Melgarejo, a médio-ala, dado que é mais rápido, é até melhor que Enzo Perez. Também o louvor aos 2 avançados, justificando, talvez, com isso, a ausência de C.Martins (jogador que estava em grande forma e, assim, a poderá perder...), é descabido, dado que cada jogo tem as suas nuances e hà jogos, como infelizmente já sabemos, a maior parte deles, que necessitam dum meio-campo mais forte e preenchido.

Bom, o nosso Benfica ganhou, isso é que é importante para mim, esperemos que continuemos vitoriosos em todos os restantes jogos.

VIVA O BENFICA.
De moleculasdeamor... vermelhosangue a 27 de Agosto de 2012 às 17:44
Salvio (esquecendo todo o envolvimento; o preço, etc etc) é um enorme jogador, uma enorme contratação... talvez o Ola John é que ... né???

Ontem: Salvio, Perez, Rodrigo, Aimar... Martins... e Melga... o Melguinha é um excelente atleta!

Equipa mantém-se desequilibrada...todos já vimos isso! Imaginem o Javi sair...imaginem esta equipa sem Javi ou Witsel...ui ui ui... ah e tal era a única alternativa a fazer dinheiro...ok...
De Carlos a 27 de Agosto de 2012 às 20:05
Grande exibição do Benfica, e embora tenha jogado 80 minutos contra dez, e isso nos tenha facilitado a vida, a mim o que me agradou mais neste jogo foi a enorme entrega dos jogadores. Temos ali jogadores com muita raça e que acredito que nos podem dar muitas alegrias.

De resto, e como nas derrotas, continuo a achar que Jesus é um bom treinador e é o treinador certo para o Benfica. Aliás, tenho muita dificuldade em imaginar o Benfica sem ele neste momento... seria como começar do zero. E como ele diz e bem, embora muitas pessoas não admitam isso, ele é que treina os jogadores durante a semana e ele sabe quem tem melhores condições para jogar, embora, como todos, ele também se engane. Tudo bem que muitas vezes o discurso não lhe flui da melhor forma, mas a mim pelo menos o que me interessa é ter um treinador que consiga sacar o melhor dos jogadores e não um que seja um orador de alto gabarito, mas que de bola pouco entenda...

Quanto a tácticas cada um tem a sua opinião... Opinions are like assholes, everybody has one!

VIVA O BENFICA!
De Clara a 27 de Agosto de 2012 às 23:14
Feliz com o resultado...no entanto continuo apreensiva com a construção do meio campo, e que o defesa esquerda se resolva rápido.

Benfiquista nortenha

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

#Reconquista

Um

Crer

Proveitosa

Pujante

Deplorável

Firme

Soberba

Complicado

Merecida

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds