VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Domingo, 25 de Novembro de 2012

Relaxada

Sexta vitória consecutiva para a Liga num jogo sem grande história, que se resumiu à superioridade do Benfica do princípio ao fim. A exibição foi bastante relaxada, já que nunca pareceu necessário carregar muito no acelerador para levar de vencida este Olhanense.

 

 

Carlos Martins e Rodrigo foram as novidades num onze que assumiu as despesas do jogo desde o apito inicial. Apesar do ritmo de jogo adoptado ser relativamente calmo, foi mais do que suficiente para remeter o Olhanense ao seu meio campo e controlar a posse de bola quase em exclusivo. Os algarvios nem sequer adoptaram uma táctica excessivamente defensiva, mas mostraram-se completamente incapazes para causar o menor incómodo ao Benfica, mesmo em contra-ataque, cabendo ao Artur o papel de mero espectador. A velocidade a que o Benfica jogava não dava para sufocar o Olhanense ou criar muitas ocasiões claras de golo, mas o Benfica ia-se acercando da baliza adversária, rematando e conquistando pontapés de canto em grande quantidade, que mostravam algumas fragilidades do Olhanense a defendê-los. Com vinte e cinco minutos decorridos o Olhanense acabou por facilitar-nos ainda mais a tarefa, ao cometer um penálti tão evidente quanto estúpido sobre o Maxi Pereira. O Cardozo encarregou-se de fazer o primeiro golo, marcando o penálti de forma exemplar, com a bola a entrar bem junto da base do poste (ao contrário da forma como tem marcado os penáltis ultimamente, com remates para o meio da baliza). O golo em nada alterou a tendência do jogo: a reacção do Olhanense foi nula (nem sei se terão chegado a fazer um remate que fosse durante a primeira parte), e foi o Benfica quem continuou a controlar o jogo como queria, deixando no ar a ideia de que o segundo golo acabaria por surgir mais cedo ou mais tarde, de forma perfeitamente natural.

 

 

Na entrada para a segunda parte o Olhanense pareceu vir mais decidido, tentando pressionar um pouco mais alto, e logo nos primeiros minutos obrigou o Artur à primeira defesa mais apertada, depois de um bom remate de fora da área na sequência de um canto. Mas isto não durou muito, e depressa voltámos ao cenário anterior, com o Benfica a dominar e até a criar oportunidades em maior número do que o tinha feito durante a primeira parte, obrigando o guarda-redes do Olhanense a bastante trabalho. A meio desta segunda parte o Benfica fez duas alterações, e as entradas do Lima e do Pérez para os lugares do desinspirado Rodrigo e do Carlos Martins trouxeram mais alguma animação ao jogo. Os pontapés de canto continuavam entretanto a aparecer, e o Olhanense a defendê-los de forma pouco convincente. Já depois do Garay ter estado muito próximo de marcar na sequência de mais um - só uma grande defesa do guarda-redes Bracali evitou o golo, ao décimo terceiro canto o Benfica marcou mesmo o golo da tranquilidade, num cabeceamento do Luisão, que surgiu solto no centro da área a cabecear de cima para baixo, não deixando possibilidade de defesa. Foi ao minuto setenta e dois, e com o jogo efectivamente resolvido o Benfica até final ainda desperdiçou várias ocasiões para ampliar o resultado, enquanto que o Olhanense se manteve inofensivo para a nossa baliza, o que nos permitiu terminar o quarto jogo consecutivo na Liga sem sofrer golos.

 

 

Num jogo sem grandes destaques individuais realço as exibições da dupla de centrais, seguríssima, e do inevitável Matic, que está a atravessar um óptimo momento de forma. O Ola John continua a justificar a manutenção da titularidade, parecendo-me que o plano do Jorge Jesus será fazer dele na equipa desta época aquilo que o Di María era na equipa de 2009/10. O Rodrigo continua a atravessar um momento de clara falta de confiança, e deve estar a precisar urgentemente de marcar um golo - embora me pareça que ele é prejudicado quando tem que jogar como segundo avançado.

 

Cumprida a obrigação de vencer, e com o bónus de o termos feito sem ter sido necessário despender um esforço considerável - pelo menos aparentemente - resta-nos agora esperar calmamente pelo resultado entre o actual segundo e terceiro classificado da tabela, com a certeza de que lucraremos com qualquer resultado que saia desse jogo - ou nos destacamos do Porto, ou o Braga ficará quase irremediavelmente afastado desta discussão.

 

P.S.- O Jorge Jesus completou hoje cem jogos na Liga aos comandos do Benfica. Nesses cem jogos, conquistou setenta e três vitórias. Goste-se ou não da personagem, do estilo ou do trabalho desenvolvido, na minha opinião estes números dizem muito, e revelam pelo menos uma estabilidade em termos de resultados e nível exibicional que poucos treinadores terão conseguido no Benfica nas últimas décadas.

publicado por D'Arcy às 01:12
link do post | comentar
26 comentários:
De Clara a 25 de Novembro de 2012
E assim cumprimos a nossa obrigação, com uma 1ª parte agradável e com boa pressão onde faltaram mais golos, e uma 2ª parte com bom controlo e com menor desgaste.
Se no passado se pedia rotação dos jogadores, este ano isso acontece sem que se note insegurança da equipa muito pelo contrário. Acho que é mérito do treinador que consegue aproveitar e fazer evoluir o que há de melhor em cada jogador que entra para dar o seu contributo.

À que continuar neste caminho...

Benfiquista nortenha
De garcias a 25 de Novembro de 2012
Muito bem a equipa
Aquele Ola John nunca me enganou...
Jorge Jesus sempre o defendi desde que chegou ao Benfica(aquele primeiro ano foi qq cosisa de estraordinário em termos exibicionais)
Mas uma coisa que eu gostava que esta direcção resolve-se e depressa era o problema dos petardos no estádio.
Mas quem são os abutres que vão para o estádio mandar petardos? O Benfica vai acabar por ser multado ou ver interditado o estádio por causa de um/uns palhaços "fogueteiros"
Por favor ponham mão nisto
A partir do dia em que aconteceu aquela tristeza da taça de Portugal quem de direiro devia ter tomado medidas para que nunca mais entrassem petardos ou objectos similares nos estádios portugueses, mas não andam á espera que tal volte a acontecer...
E mais uma vez boa análise D'Arcy contiua o excelente trabalho.
De Tommy_Gun a 25 de Novembro de 2012
Tirando uma má entrada na 2ª parte, que foi corrigida depois de uns 5 a 10m, nada mais a acrescentar ao que já foi dito. Foi um triunfo merecido, tranquilo, e que já se esperava. Mas para se cumprir mesmo o que se dá como certo tem que haver muito trabalho nesse sentido, e o Benfica fez isso, na linha do que tem vindo a fazer... Venha agora o derby com o Sporting, que com a trapalhada na Taça de Portugal será mesmo o próximo jogo ;)
De pge a 25 de Novembro de 2012
Goste-se ou não da personagem, só depende da ordem onde colocamos o nosso benfiquismo e o nosso ego, basta ler essa blogosfera.
Mas teremos tempo de falar do assunto.
Pra já foi deixa-los falar até ás eleições, na altura certa cá estaremos pra este assunto, pra discutir com os especialista de coisa nenhuma. Os tais que criticam a poupança do Coentrão contra o Liverpool e que criticam porque o gajo é um vaidoso dos Liga dos Campeões e depois nao entendem porque joga o Rodrigo em vez do Cardozo contra o Celtic. É um amontoado de incongruências sem fim, que só não vê quem tem as palas não ao lado dos olhos mas á frente dos olhos.
Cada vez mais especialistas do próprio ego.
Houve uns ate que disseram que o Jesus não estava a saber lidar com o Ola John, é assim a ignorância. Se há coisa que tenho como certa é que um extremo escolhido pelo Jesus, demorando mais ou menos, nunca baixará de rendimento nas suas mãos e eu não devo ser nenhum visionário.
De Águia Velha a 25 de Novembro de 2012

SEM ESPINHAS...

O treinador do Olhanense reconheceu isso, até uma certa altura. em que veio o habitual choradinho dos clubes pequenos.

Para ele, o penalty foi duvidoso, e que se fosse ao contrário não era assinalado...

Aprendeu depressa com Ulisses Morais, José Mota, e outros quejandos...

Como diria Herman José, não havia necessidade!
De 4starstarget a 25 de Novembro de 2012
Tranquila!
Mas era tão lindo assistir a mais finalizações com sucesso...
Quanto ao próximo fim de semana: que se faça um jogo antecipado, em casa, libertando um fim-de-semana lá mais para a frente.
De Henrique Teixeira a 25 de Novembro de 2012
A exemplo do que se passou no jogo contra o Celtic, o Benfica voltou a vencer por números muito inferiores ao caudal de futebol produzido e às flagrantes oportunidades desperdiçadas. Foi pena o resultado não corresponder ao futebol produzido, porque, desta maneira pode muito bem acontecer, que o Porto continue à frente na diferença entre golos marcados e sofridos. No global, acho que o Benfica esteve certinho, descontando as tais falhas na finalização. Não sei o que se passa com o Rodrigo, pois nunca mais voltou a ser o mesmo depois da grave lesão de São Petersburgo. Parece-me que com o Lima de início o Benfica teria ganho por mais. É apenas a minha opinião.
De Manuel Afonso a 25 de Novembro de 2012
Não foram precisos mais de 5 minutos para perceber que este era um daqueles jogos em que a bola não quer entrar.
E não queria, a teimosa de um raio. Muito ajudada pela trapalhice dos nossos jogadores, lá conseguiu só cair nos braços das redes por duas vezes.
Resultado completamente imerecido pela equipa do Olhanense, que tudo fez para ver muito mais golos na Luz. Excepção feita ao senhor que estava na baliza, visivelmente do contra. Em todos os grupos há um individuo assim.


Falando de extremos, no início da época, quando muitos falavam da estupidez que era comprar o Sálvio e o Ola John, que já tinhamos 50 extremos(pelo menos), eu perguntava que extremos seriam estes?
Continuo sem perceber. Fora o Nolito e o Yackanicka Djadjacko, este último que por terras de França se pode encontrar(e que ainda nos vai render um bom dinheiro), eu não via no nosso plantel nenhum outro extremo, e continuo a não ver.
Isto para dizer que agora sim a Águia tem asas para voar, e que este Ola John está a deixar de ser uma enorme desilusão, para começar a ser uma enorme certeza. Este jogador não começou a carreira ontem. A época passada na Holanda foi digna de ser seguida, e ou nos chegavamos à frente quando o fizemos ou nunca mais cá vinha parar.

O Matic, tenho vindo a dizer que o Matic tem tudo para vir a ser melhor que o Javi Garcia. Retiro parte do que disse, o Matic É melhor. Não, não é melhor, é MUITO melhor porque é nosso.


Como não há bela sem senão, lá terei que falar outra vez DA claque. Só que desta vez com todas as letras para não haver dúvidas.
Caros imbecís dos No Name Boys,

Começando por falar do vosso motivo, do vosso único motivo, daquele que
sempre foi o vosso motivo desde que esta direcção chegou ao clube, desde que esta direcção arrancou o poder das garras do vosso bem amado líder Vale e Azevedo.
Se querem benesses, se querem apoios, se querem DINHEIRO, legalizem-se. É que é mesmo assim tão simples. LEGALIZEM-SE. O benfica não vai ser albergue de grupos de delinquentes nunca mais.

O vosso único motivo está agora à vista de toda a gente. O "verdadeiro benfiquismo", a "defesa intransigente do benfica", o "benfica acima de tudo", todas estas balelas que brotam das vossas bocas a cada bafo, são desmentidas pelos vossso actos.

Rebentar petardos com plena consiência das consequências que isso tem para o clube, é acto de quem se está nas tintas para o Benfica.
Mais, o número de petardos que rebentaram ontem no estádio foi um recado muito claro desses enormes palhaços, um recado a todos nós Benfiquistas.
Têm a coragem de criticar o que fazemos? fazemos a dobrar.
Têm coragem de assobiar as nossas atitudes? fazemos a triplicar
É que quando eles dizem que o Benfica é nosso, não é nosso dos sócios, é mesmo DELES.

Mas não, não é, não é nem nunca vai ser, seus porcos acéfalos.
O Benfica nunca vai ser de delinquentes, de criminosos traficantes de droga e armas, de recos neo-nazis e outros que tal.
Vocês não passam de uma espinha atravessada na garganta de tantos de nós, que mais cedo do que mais tarde vai ser cirurgicamente removida e posta onde merece, no lixo.

E a este respeito, ainda não percebi bem o que anda a fazer a direcção?
À espera do quanto pior melhor para tomar medidas?
Com medo de tomar medidas a tão curto espaço de tempo das eleições contra a sua oposição organazada?

Acredito mais na segunda hipótese do que na primeira, mas não gosto de nenhuma.
Uma direcção eleita com os votos de 4 em cada 5 sócios, não pode nem deve ter medo de tomar medidas em defesa do Benfica. E se têm comprem um cão e tomem as medidas à mesma.
De inês Lima a 25 de Novembro de 2012
Venho só aproveitar a oportunidade para elogiar o JJ. Gosto deste homem, aprecio os resultados do seu trabalho. Até gosto quando tem tiradas do género: "...então tchau!"
Se quisesse sugerir-lhe alguma coisa, era que sorrisse mais, o seu rosto ilumina-se, fica mais novo, desconcerta os "sabões"...
Sempre Presente!
De Treinador Adjunto a 25 de Novembro de 2012
Vamos a uma parceria amigos?

Somos um blogue novo sobre futebol português e europeu no geral.

http://treinadoradjunto.wordpress.com/

Passem por lá e deixem o vosso comentário que imediatamente vos adicionamos à nossa blogroll.

Um abraço!

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Confrangedora

Doloroso

Inequívoca

Tristeza

Deplorável

Descanso

Cumprido

Entradas

Regresso

Inadmissível

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds