VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Sábado, 23 de Agosto de 2008

Um angelito que dança tango.

 

É sempre agradável ver um angelito de ouro olímpico dizer que o seu futuro depende do Benfica (link). É claro que nós sabemos que isso de depender do Benfica é verdade… depende da quantidade de dinheiro que oferecerem pelo Angelito. Não sei se os anjos têm sexo, mas este tem preço: 30 milhões de euros ou 30 kilos como gostam de dizer os espanhóis de Madrid, nem um cêntimo a menos. Por mim, o rapaz fica… com tango e sem algumas tangadas do ano passado.

sinto-me: confiante
música: Daniel Melingo
tags:
publicado por Pedro F. Ferreira às 18:15
link do post | comentar | ver comentários (7)
Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008

O Projecto Olímpico do Benfica.

Um êxito retumbante. Os únicos atletas tugas a trazer medalhas são do Sport Lisboa e Benfica. Quero aplaudi-los, como merecem, no próximo jogo em casa da nossa equipa. Espero que eles possam dar uma volta de honra ao estádio, para receber o aplauso reconhecido de toda a nação benfiquista.

Contínuo a acreditar também na Telma Monteiro. E acho que o projecto olímpico do Benfica está de parabéns. Por isso, parabéns a quem o pensou e executou. E sobretudo, parabéns ao Nélson Évora e à Vanessa Fernandes, campeões portugueses, atletas do maior clube português.

publicado por PR às 21:15
link do post | comentar | ver comentários (10)

Parabéns, Nélson

O 'projecto olímpico' do Benfica já deu alguns frutos. O Nélson Évora acabou de conquistar a primeira medalha de ouro portuguesa em Pequim e, mais do que isso, a primeira medalha de ouro olímpica de um atleta do Benfica. Podemos juntar-lhe a prata da Vanessa, e a medalha que o Di María ainda vai conquistar, e dizer que foram uns J.O. agradáveis sob o ponto de vista benfiquista (cuidado: não festejem muito o facto do ouro ter sido conquistado por um atleta do Benfica, porque já se sabe que, desta vez, e desta vez só, a medalha é de todos os portugueses e não temos o direito de nos 'apropriarmos' dela). Só foi pena a Telma ter falhado as medalhas. Parabéns ao Nélson em particular, e a todos os nossos atletas em geral.

publicado por D'Arcy às 15:36
link do post | comentar | ver comentários (16)
Segunda-feira, 18 de Agosto de 2008

Parabéns, Vanessa!

publicado por p às 16:41
link do post | comentar | ver comentários (19)
Sábado, 16 de Agosto de 2008

Eusébio Cup

Já se sabe que jogar contra uma equipa treinada pelo Mourinho nunca é fácil, e o jogo de ontem para a Eusébio Cup foi mais um exemplo disso. Foi um jogo em que me pareceu haver dificuldades para impormos o nosso jogo, e em que vi uma diferença algo significativa entre a primeira e segunda parte. Voltei a ver alguma das coisas boas que já mostrámos este ano, mas também vi coisas menos boas, que seguramente terão que ser corrigidas.

Conforme disse, houve diferenças da primeira para a segunda parte, sendo que me pareceu que estivemos melhor durante a primeira. Aquilo que de mais positivo vejo é uma preocupação da equipa em jogar futebol quando ataca. Já quase nunca se vê o recurso à opção de fazer passes longos para a frente, como vinha acontecendo nos anos anteriores. A tentativa é sempre de sair a jogar, com um futebol apoiado e trocas de bola constantes. A equipa parece saber aquilo que quer em campo, mas ontem foi difícil conseguirmos fazer isto, porque qualquer equipa treinada pelo Mourinho é perita em anular o jogo adversário. Isto tornou-se mais evidente na segunda parte, em que foi claramente o Inter quem controlou o jogo, ficando-se o Benfica por tentativas de contra-ataque quase sempre mal sucedidas.

O que me agradou mais:

- Quim: deve estar motivado por finalmente ver corrigida a injustiça na selecção. Esteve perfeito ontem, e podemos agradecer-lhe o facto de não termos perdido o jogo, já que teve pelo menos três defesas absolutamente decisivas;

- Regresso (finalmente!) do David Luís. Não que se lhe tenha visto muito durante o tempo que jogou, mas foi bom vê-lo de volta, e não pareceu que tivesse qualquer tipo de limitação;

- Katsouranis: para mim foi sem dúvida o melhor da defesa, e provavelmente até o melhor jogador do Benfica em campo ontem à noite. Continuo a achá-lo imprescidível para a equipa, e com o regresso do David Luís pode ser que volte à sua posição natural à frente da defesa;

Do que menos gostei:

- Pouca inspiração no ataque. Criámos poucas oportunidades de golo (o remate do Cardozo ao poste terá sido a grande excepção), e é preciso ter em conta que, mesmo considerando a qualidade dos jogadores utilizados, o Inter utilizou uma defesa remendada, que incluiu a adaptação do Cambiasso a defesa-central (nunca o tinha visto jogar ali, e mais depressa esperaria ver o Zanetti adaptado àquela posição);

- Demasiado espaço dado nas laterais da defesa. Fomos completamente incapazes de lidar com as situações em que o Ibrahimovic (acho que aquilo que o Quique deseja que o Luís Garcia viesse fazer para o Benfica será exactamente aquilo que o sueco fez ontem vezes sem conta) fugiu para os flancos. Os nossos defesas foram incapazes de lidar com as trocas de posições dos adversários, o que resultava no Ibrahimovic a conseguir ter uma liberdade enorme nos flancos, e depois os extremos (Figo e Mancini) a conseguirem aparecer libertos de marcação no centro da defesa para receber a bola;

- Yebda: ao contrário dos jogos anteriores, ontem o francês não me impressionou. Pareceu-me um pouco apático, complicando lances, fazendo passes errados, perdendo bolas e sendo pouco atrevido nas saídas para o ataque, acabando por optar quase sempre por passes para trás;

- Não sei até que ponto a opção Amorim/Pereira no lado direito será para manter. O Amorim oferece alguma solidez no meio campo quando a equipa não tem a bola, mas revela algumas dificuldades naturais na parte atacante, e o Maxi Pereira também parece mostrar dificuldades a atacar.

Enfim, acho que acabou por ser um bom teste. Naturalmente, ainda há muita coisa a melhorar, mas parece-me que as diferenças para um passado recente são evidentes. Para a semana já é a sério.

publicado por D'Arcy às 12:31
link do post | comentar | ver comentários (9)

A Tertúlia dos leitores

        VS    

 

 

Apesar de por enquanto ainda não haver crónica, não queríamos privar os leitores da Tertúlia de deixarem as suas impressões sobre a Eusébio Cup que se disputou ontem entre o Benfica e o Inter de Milão. Por isso, não se acanhem e deêm uso ao teclado!

 

 

sinto-me: expectante
publicado por Superman Torras às 09:11
link do post | comentar | ver comentários (8)
Domingo, 10 de Agosto de 2008

Esta não é (um)a crónica do d'arcy

Jogo de apresentação do Benfica 2008/09, oportunidade para cumprir dois objectivos primordiais:

  • Matar as saudades que já se faziam sentir após algumas semanas sem visitar o nosso estádio e estar, com as nossas gentes, a apoiar o nosso Benfica;
  • Verificar inloco o estado evolutivo da equipa treinada por Quique Sanchez Flores.

Começando pelo primeiro item, talvez o mais importante dos dois uma vez que dizia respeito a uma necessidade básica que me estava a ser suprimida por forças alheias à minha vontade (maldito Euro), poder-se-à dizer que ela começou a ser saciada quando faltavam cerca de 2 horas para se iniciar a partida. Sim, é verdade, eu estava lá ainda antes de terem aberto as portas ao público.

 

E foi bonita a festa, pá!

 

Não houve extravagâncias ou surpresas de última hora (o "Homem Invisivel" já teria sido contratado para o jogo de apresentação de um dos nossos rivais pelo que só nos restava o inalcançável "Homem Elástico") mas estiveram mais de 40 mil dos nossos todos unidos pela mesma paixão e, acredito, munidos do mesmo sentimento de esperança que se auto-renova todas as épocas por piores que tenham sido as épocas anteriores.

 

E, talvez por a  época 2007/08 se ter aproximado perigosamente daquilo que os extremistas tendem por epitetar de "8", será importante não incorrer em erro semelhante ao procurarmos encontrar entre os vários factores positivos que nos foram dados a ver no último sábado motivos para embandeirarmos em arco e julgarmos que súbitamente nos aproximamos vertiginosamente do "80". Assim não é de facto, aliás, usando de uma analogia rodoviária (sempe útil, sobretudo quando não se ingeriu bebidas alcoólicas antes), nesta estrada imensa que o autocarro que simboliza o futuro do futebol do Benfica se prepara para percorrer após ter aproveitado uma oportuna rotunda para inverter o rumo que levava, a esperança maior é que se encontre rapidamente a saída para a auto-estrada, essa sim fundamental para se atingir a velocidade de cruzeiro que todos almejamos.

 

No entanto, há que dizê-lo com frontalidade, não pude evitar um ligeiro sorriso de satisfação quando abandonei a Catedral. E com isto entramos directamente no ponto nº 2, isto é, o que eu vi, ou me pareceu ter visto, do alto do 3º anel no sábado à noite.

 

Por ter ficado agradavelmente impressionado com toda a equipa que jogou, precisamente por me ter parecido aquilo que já há muitos meses (anos?) eu não via a equipa do Benfica parecer, isto é, uma equipa, optarei por mencionar individualmente apenas os elementos do meio-campo, ou não fosse este geralmente considerado o sector nerválgico do terreno de jogo. E aproveito desde já para mencionar aquele que contra todas as previsões, minhas incluídas, poderá se tornar o joker da equipa: Ruben Amorim. O jogador que através do seu espírito de sacrifício poderá equilibrar o jogo da equipa, o pêndulo que se saberá mover de acordo com as necessidades momentâneas da equipa. O tal "Homem Invísivel" (olhem, afinal sempre terá vindo!). Não será com toda a certeza titular absoluto mas, a confirmarem-se algumas das impressões com que fiquei não só neste jogo mas também no anterior com o Vitória de Guimarães, poderá ser de uma utilidade extrema.

 

No sábado formou um tridente muito interessante com Yebda, a rever o jogador francês apesar de me ter deixado boa impressão sobretudo pela estampa física, e com Carlos Martins. Carlos Martins que vem confirmar, como se isso fosse necessário, a transformação imediata que se processa num jogador assim que deixa de vestir a camisola de um rival do Benfica para passar a envergar o manto sagrado. A faceta de execrável vai-se com uma rapidez assinalável. Quase que seria motivo para um estudo aprofundado por parte das melhores universidades do país. Adiante.

 

A verdade é que o ex-sportinguista tem feito de tudo para caír no goto do comum adepto benfiquista. Assim, a juntar à reconhecida capacidade futebolística tem exibido igualmente uma consistência exibicional e uma aplicação competitiva a toda a prova. No entanto confesso que ainda não estou rendido. Contínuo com um pé atrás e sempre à espera do momento em que o castelo de cartas ruirá. Se assim não for então poderão, poderemos (!), estar certo de uma coisa: Rui Costa não estava a ser irónico quando apresentou Carlos Martins como o seu sucessor.

 

Quanto às estrelas Aimar e Reyes, o primeiro vai mostrando cada vez mais entrosamento com a equipa em geral e com Cardozo e Martins em particular, e o segundo fez 10 minutos que no mínimo dos mínimos deixaram água na boca ao mais relutante dos adeptos.

 

E como na altura em que escrevo estas linhas eu estou absolutamente convicto de que pelo menos mais uma estrela se juntará à festa (chamem-lhe um feeling se quiserem), aproveito para abrir um pequeno parêntesis: se me dissessem há uns meses que em Agosto de 2008 iríamos ter estes atacantes o mínimo que lhe chamaria era a alcunha pela qual o Aimar não gosta de ser conhecido. Acredito que a inflexão provocada pela nomeação de Rui Costa como director desportivo é parte importante, se não fundamental, nestas contratações, mas confesso que estou pasmo com a disponibilidade que o nosso clube demonstra por fechar estas contratações. Se estas se devem realmente somente à capacidade negocial de Rui Costa então não posso deixar de maldizer os últimos anos de Rui Costa como jogador do clube. Por muito que o adorasse como jogador (e como o adorava, desde os tempos em que ía para o café todos os domingos às 14h para ver os jogos da Fiorentina) a verdade é que nos teria dado muito mais jeito como dirigente.

 

Obviamente que o passado está repleto de situações em que equipas constituídas na sua maioria por jogadores maravilhosos não atingiram os seus objectivos porque cometeram o erro capital neste tipo de casos: nunca conseguiram ser uma equipa e o todo acabou por ser menor que a soma das partes. Mas essa é uma tarefa que até ver me parece estar em excelentes mãos. Na verdade Quique Flores e restante equipa técnica parecem-me uma verdadeira pedrada no charco do marasmo no qual o Benfica mergulhou. Correndo o risco de me aproximar perigosamente do supracitado "80", confesso que neste momento não coloco de parte a eventual reedição do fenómeno Eriksson em tudo o que o sueco significou para o Benfica e para o futebol português aquando da sua primeira passagem pelo clube, ao ver os sinais que me são transmitidos não só pelos métodos de trabalho da referida equipa técnica mas também pela forma como todos se expressam quando questionados pela comunicação social.

 

A noite foi portanto agradável, sexta-feira surgirá o último jogo da pré-temporada com o Inter de Mourinho. Acredito que a equipa que iniciar esse jogo será basicamente aquele que atacará a 1ª jornada do campeonato pelo que será uma excelente oportunidade para aquilatar de uma forma definitiva a forma com que vamos encarar as competições oficiais.

 

Termino com a satisfação de ter ajudado a cumprir um sonho de infância, ou de uma semana vá, de um correligionário da Tertúlia, por lhe ter permitido visionar um jogo sentado ao meu lado.

 

sinto-me: Relativamente confiante
tags:
publicado por Superman Torras às 23:09
link do post | comentar | ver comentários (23)
Sábado, 9 de Agosto de 2008

Com os cumprimentos do nosso Shéu Han...

 

No dia em que se apresenta o plantel aos sócios aqui fica um pequeno presente para os leitores deste blogue. E, se não for pedir muito, que este grupo de futebolistas saiba honrar a camisola e dar aos adeptos as alegrias que nos deram as grandes equipas do Benfica de que o senhor Shéu fez parte.

sinto-me: honrado
publicado por Pedro F. Ferreira às 12:55
link do post | comentar | ver comentários (10)
Sexta-feira, 8 de Agosto de 2008

Aquisição consumada.

Aquele emblema. O meu nome nas costas. Já cá canta. Let the games begin. Rumo ao Título!


Mai'nada.

publicado por PR às 22:36
link do post | comentar | ver comentários (9)

O animal modesto.

Também eu estou entusiasmado e confiante com a contratação de nomes como Reyes e Aimar. Também estou confiante quando vejo miúdos como Urreta ou Miguel Victor. Também estou confiante no trabalho de Rui Costa.

 

E o resto? Não nos iludamos. A coisa não mudou. Não mudou! Nada mudou apesar de, aparentemente, muito ter mudado. E não mudou porque, tal como escreveu o Alexandre O´Neill,

 

"O animal modesto trota ao lado do dono. Se toma a dianteira é por distracção. Não ousaria pensar em querer avançar demais. Coraria de vergonha se deixasse o dono para trás. Ao dono, que, por acaso, é um homem, bastaria uma assobiadela para fazer regressar o animal modesto, que, por sinal, é um cão, à posição devida: ligeiramente à frente, imperceptivelmente atrás.

Se o dono diz: «Busca! busca!», o animal modesto sente-se autorizado (diria incitado) a avançar. Então corre, doidivanas de todo, [...]. Pára volta a cabeça e, lá de longe, põe uns olhos de interrogativa mansuetude nos olhos muito divertidos do dono. Este manda-o regressar. Outra corrida. O dono, enquanto diz: «Meu maluco!», faz-lhe a gentileza de uma festa no pescoço.

É assim entre o homem e o seu cão.

De animais modestos, bem mandados, está cheio o mundo, pelo menos este que se estende, estica, espraia por 88 000 quilómetros quadrados. [...]"

_____

 

in "Uma Coisa Em Forma De Assim"

publicado por Anátema Device às 13:00
link do post | comentar | ver comentários (6)

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2024

Abril 2024

Março 2024

Fevereiro 2024

Janeiro 2024

Dezembro 2023

Novembro 2023

Outubro 2023

Setembro 2023

Agosto 2023

Maio 2023

Abril 2023

Março 2023

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Apropriado

Despedida

Vergonha

Emendar

Calendário

Poucochinho

Gestão

Curta

Perdido

Frustrante

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds