VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Terça-feira, 6 de Julho de 2010

Esclarecimento Importante - Uma questão de nome

Uso, desde 24 de Agosto de 2004, o nick Gwaihir pela blogosfera, inicialmente através do blog ‘O Ninho das Águias’. Em 2009, por circunstâncias que não vêm ao caso, mas que se prendiam essencialmente com o facto de evitar confusões desnecessárias com outros escribas e com a crescente exposição televisiva, passei a assinar como Carlos Miguel Silva (Gwaihir).

 

O ‘Gwaihir’, como muitos devem saber, é ‘emprestado’ dos Senhor dos Anéis de J.R.R. Tolkien. Gwaihir é o Senhor das Águias na Terceira Era da Terra Média, descendente de Thorondor. Coisa de geeks, é certo, mas de geeks de barba rija e caneca na mão (não confundir com merdas escritas por esta irritante onda Fantasy New Age, literatura de cordel onde pululam feiticeiras com o cio apaixonadas por fanchonos de collants em mundos imaginários ou resultantes de reinvenções das balelas de Avalon). Trata-se de uma ‘alcunha’, um nick, um cognome - o que quiserem - que me diz muito.

 

Gosto de pensar (deixem-me viver na ilusão) que esse nick passou a ser associado a um estilo muito próprio, cujos textos passaram a fazer escola no que se pode chamar de 'parvoíce desbocada'. Gosto também de pensar que muitos leitores associam imediata e inevitavelmente um determinado texto – violento quanto baste, sentido, disparatado às vezes (muitas vezes) – ao Gwaihir. Foi um capital que se construiu ao longo de 6 anos. À custa de muito texto. E, lá está, muito disparate, mas também alguns posts profundamente sentidos sobre a forma como vivo o Benfica.

 

Acontece que, de há uns tempos para cá (pelo menos desde Junho), reparei hoje, há alguém que se identifica como Gwaihir que coloca posts no blog ‘O Antitripa’. Penso que será particularmente fácil, para quem me conhece e para quem acompanha regularmente o que escrevo, perceber que não sou, definitivamente, eu. O Antitripa é um blog que aprendi a respeitar, construído por algumas pessoas que conheço e com quem inclusivamente falo de vez em quando. 

 

Torna-se, portanto, ainda mais inexplicável a situação. Digo isto com toda a frontalidade: não a aceito e considero que o uso do nick é não só abusivo como uma profunda e inacreditável falta de respeito. Não tenho, evidentemente, quaisquer direitos legais ao uso exclusivo do ‘Gwaihir’, como não o terão sobre os seus nicks os outros 99,99% de bloggers. Trata-se de uma questão da mais básica observância das leis do respeito e decência. Não encontrei no referido blog nenhum contacto por email para enviar este reparo. Fica aqui feito. Também por respeito a quem me dá o prazer de me ler desde 2004.

 

Serve, portanto, o presente post não só para manifestar a minha estupefacção e indignação perante tudo isto, mas sobretudo para vincar isto de forma muito clara:

 

O Gwaihir que tem escrito para o blog 'O Antitripa' não sou eu. É alguém que aparentemente acha piada a apropriar-se dos nicks que outras pessoas usam há largos anos pela blogosfera.

 

Os únicos textos que podem confiar como sendo meus são colocados aqui e n’ 'O Ninho das Águias' e estarão sempre assinados como 'Carlos Miguel Silva (Gwaihir)'.

 

Espero que isto seja claro e que não deixe a mínima margem para dúvidas.

 

Muito obrigado pela atenção.

 

 

_________________________

ADENDA

 

O teor (ordinário) e conteúdo (ofensivo) de um comentário entretanto recebido do indivíduo que se denominava como ‘Gwaihir’ no blog ‘O Antitripa’ são exemplificativos da ‘pinta’ e do carácter do bicho. Filho, daqui não levas nada. E com o blog em questão, penso que o assunto fica definitivamente encerrado. Assim como quaisquer diálogos futuros. Passem bem.

 

publicado por Carlos Miguel Silva (Gwaihir) às 09:24
link do post | comentar | ver comentários (29)
Sábado, 3 de Julho de 2010

Um dia histórico para o SCP.

Confirmando-se a venda de João Moutinho para o FCP, confirma-se que o SCP é agora, oficialmente, um clube ao nível do Braga, do Setúbal, do Nacional ou do Portimonense: um clube de segunda linha que está unicamente preocupado em garantir o título de clube que melhor serve a casa-mãe. Só não é um crime de lesa-juba, pois este leão já nem juba tem.

 

Posso, agora, dizer que eu ainda sou do tempo em que o Sporting era um rival do Benfica.

 

publicado por Pedro F. Ferreira às 22:45
link do post | comentar | ver comentários (67)

Como contratar um internacional português inegociável a um clube rival (por metade da cláusula de rescisão)

30 de Abril de 2010 - Pinto da Costa atesta que, no plantel encarnado, ninguém lhe interessa nem que estivesse livre. Do Sporting, no entanto, admite que João Moutinho é um "jogador à Porto" e que gostaria de o contratar mas que, para a SAD lagarta, o capitão é um jogador "inegociável" - com uma cláusula de rescisão de 22.5 milhões de euros.

 

A imprensa avençada, conivente com uma estratégia delineada e cujos contornos alguns atentos começavam já a descortinar, faz repetidamente passar a noção de que o gnomo de jardim está a fazer uma má época, quando dentro da mediocridade gritante da lagartada ainda é dos mais regulares, um jogador de qualidade, um atleta livre de lesões, porventura desmoralizado (quem não estaria jogando na agremiação das camisolas parecidas com barracas da Nazaré?).

 

10 de Maio de 2010 - Carlos Queirósz arruina o que resta da reputação de João Moutinho, convocando em vez disso grandes nomes do futebol mundial como o Ricardo "Passador" Costa, Zé Castro ou um jogador parado há 6 meses, que vai jogar fora da sua posição natural e que - asserções de qualidade à parte - precisava de ritmo competitivo para estar ao seu melhor... e nunca teve tempo para estar. Perde cotação Moutinho, cuja presença no Mundial de 2010 daria margem de manobra negocial ao sportem para se aproximar da cláusula de rescisão e vender de forma digna, sem ter que abrir a pernoca e oferecer um jogador "inegociável" a um dos seus supostos "rivais", concorrente directo pela supremacia como maior potência desportiva nacional.

 

Convençam-me agora que Queirósz é o treinador da selecção portuguesa de futebol e não da FPF/braço federativo da porcalhagem, ou ainda não perceberam por que é que o minorca não foi convocado? É que em...

 

3 de Julho de 2010 - ... a clubeta regionalóide do norte contrata João Moutinho por 11 milhões de euros.

 

É assim que o polvo se move. É assim que um clube outrora digno se prostitui definitivamente assumindo uma parceria que lhe traz proveitos tão fantásticos quanto a aquisição inquinada de um jogador magnífico como é o Hélder Postiga e a venda por metade da cláusula de rescisão de um capitão-gnomo-mal-amado pela lagartage pelo qual já teriam recebido propostas mais elevadas vindas do estrangeiro.

 

E a lavagem cerebral está tão bem feita que entre spaghetti (massa daria a ideia que era maior) adepta o negócio lhes pode parecer proveitoso porque, como se sabe, é muito melhor despachar um benfiquista como o João Moutinho para trazer para o clube sportinguistas desde pequeninos como o portentoso triple-chin "Maniche" (ler ch como x, para não confundir com a antiga glória benfiquista Manniche que terá estado na origem da alcunha).

publicado por Onyros às 13:31
link do post | comentar | ver comentários (33)
Sexta-feira, 2 de Julho de 2010

Benfiquismo no Benfica.

 

A imagem que mais o marcou: “Ver jogadores como o Saviola, o Javi Garcia ou o Aimar, que foram campeões em grandes clubes, ficarem com uma cara de espanto e verdadeiramente emocionados é algo de inexplicável. Para mim foi um orgulho chegar ao Marquês e dizer-lhes, em tom de brincadeira: isto é o Benfica.” Ruben Amorim in “Mística”, nº 11.

 

Ler / ouvir o Ruben falar sobre o Benfica demonstra bem o que é viver com ADN benfiquista e ter águias no sangue. É sempre um prazer ver um dos nossos a servir o Benfica. O benfiquismo genuíno, abnegado e incondicional é como o algodão… não engana. Todos são importantes, todos são dignos, mas os benfiquistas que servem o Benfica merecem-me um respeito “especial”.

 

Se dependesse de mim, Ruben seria a grande aposta para, a médio / longo prazo, ser o capitão de equipa.

publicado por Pedro F. Ferreira às 19:26
link do post | comentar | ver comentários (44)
Quinta-feira, 1 de Julho de 2010

Imaginemos…

Imaginemos que o treinador pretende um jovem promissor. É um futebolista jovem, comunitário, atacante e internacional espanhol nas camadas jovens. É um daqueles futebolistas que, com o enquadramento adequado e com um caminho seguro, poderá, em três anos, valorizar-se ao ponto de ser vendido pelo quádruplo do preço da compra.

 

Acham que vale a pena comprar este perfil de futebolista? E se for um futebolista do Real Madrid?

 

Atendendo ao actual contexto… a coisa promete mais alguma polémica. Vai quentinho este Verão.

[link]

publicado por Pedro F. Ferreira às 09:34
link do post | comentar | ver comentários (64)

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Confrangedora

Doloroso

Inequívoca

Tristeza

Deplorável

Descanso

Cumprido

Entradas

Regresso

Inadmissível

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds