VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

Nulo

O nulo de ontem contra o Braga foi aquele que me deixou mais desapontado desde que o Camacho regressou ao clube. Não foi por uma questão de atitude, porque até me pareceu que o Benfica quis sempre vencer o jogo. Foi mesmo pela qualidade do nosso jogo, sobretudo na construção das jogadas de ataque, já que, e ao contrário dos outros jogos, raramente conseguimos criar oportunidades de golo.


Duas alterações em relação ao jogo de Milão, com a entrada do Binya para o lugar do Miguel Vítor, com o consequente recuo do Katsouranis para a posição de central, e do Nuno Gomes para o lugar do Cardozo (parece que o Camacho já se apercebeu que o paraguaio não estará nas melhores condições físicas, visto que a participação na Copa América não lhe permitiu ter férias). No meio campo, e apesar de jogarem os mesmos de Milão, o seu posicionamento foi diferente, com  o regresso do Maxi Pereira à direita, recuo do Rui Costa, e colocação do Di María nas costas do avançado (trocando frequentemente com o Rodríguez). A primeira parte foi um espelho daquilo que o jogo seria durante praticamente todos os noventa minutos. Ambas as equipas a jogarem para ganhar, mas nenhuma delas a conseguir criar muitas oportunidades claras de golo. Foi o Braga quem começou melhor o jogo, mas após os dez minutos o Benfica até conseguiu ter aquela que viria a ser a sua melhor oportunidade durante todo o jogo, quando uma iniciativa do Di María na esquerda deixou o Rodríguez isolado. Infelizmente ele acabou por demorar demasiado, e optar por um remate de ângulo reduzido quando a melhor opção seria um passe atrasado para o Rui Costa, que estava isolado na área. Este lance marcou o início de um período de maior equilíbrio no jogo, com a bola a ser sobretudo disputada na zona do meio-campo. Isto queria dizer que apesar do jogo ser disputado a um bom ritmo, e com ambas as equipas interessadas na vitória, estranhamente estava a ser um jogo aborrecido devido à falta de oportunidades. Só mesmo no último minuto é que houve um sobressalto, com o Quim a fazer uma grande defesa a negar o golo ao Linz.


A segunda parte foi mais do mesmo. Aliás, foi ainda mais monótona. Os guarda-redes praticamente não tiveram trabalho, sendo a única excepção mais uma boa defesa do Quim após um remate de fora da área. As alterações feitas pelo Camacho pouco ou nenhum efeito surtiram na nossa produção ofensiva, e estranhamente quando o Rui Costa foi substituido pelo Romeu Ribeiro, a cinco minutos do fim, foi quando o Benfica conseguiu empurrar mais o Braga para o seu meio-campo, mas ainda e sempre sem conseguir causar grande perigo para a baliza adversária. O nulo final foi uma expressão justa para a falta de qualidade ofensiva mostrada por ambas as equipas, e sinceramente esta incapacidade para criarmos situações de golo deixa-me preocupado.


Quanto aos jogadores, foi uma boa estreia a titular do Binya. É um jogador a rever. Recuperou bastantes bolas, e posicionou-se sempre bem defensivamente. Parece no entanto um bocado 'verde', já que pareceu-me que entra muitas vezes aos lances de uma forma um bocado exuberante, que pode ser explorada por adversários experientes para sacarem faltas (o amarelo que viu, diga-se de passagem, foi ridículo). Acho que assistimos também ao melhor jogo que o Edcarlos fez até agora pelo Benfica. Foi bastante mais interventivo, apareceu muitas vezes no sítio certo a matar os lances, e até tentou o golo num pontapé de bicicleta que não passou longe do alvo. No entanto às vezes parece continuar a ter paragens cerebrais sem explicação, de que é exemplo um lance na primeira parte em que já no interior da nossa área ele abandona a marcação ao adversário e o deixa ir à linha de fundo centrar à vontade (depois viu-se o Katsouranis a repreendê-lo). Já que menciono o grego, diga-se que ele foi mais uma vez um dos melhores em campo, o que começa a ser uma constante de cada vez que ele joga a central. Bem também esteve mais uma vez o Quim, que apesar de não ter tido muito trabalho esteve sempre perfeito. Pela negativa esteve o Maxi Pereira. Falhou inúmeros passes, e esteve completamente desastroso nos centros. Foram diversas as vezes em que os companheiros (sobretudo o Rui Costa) o desmarcaram sobre o lado direito, e apesar de estar completamente à vontade, sem adversários a estorvá-lo, os seus centros acabavam sempre por sair compridos demais e sobrevoar toda a área sem que ninguém lhes pudesse chegar.


Se calhar um empate em Braga não deveria ser considerado mau de todo, mas para mim sempre que o Benfica não ganha o resultado é mau. Particularmente porque o FCP, que já leva seis pontos de vantagem, ganhou em Braga. Mas mais do que o mau resultado, o que me deixou mais preocupado foi mesmo a qualidade do nosso jogo ofensivo. O próximo jogo do campeonato é contra um adversário directo, e vai ser preciso melhorar muito, porque não podemos ficar a oito ou nove pontos do líder ao fim de apenas seis jornadas.

publicado por D`Arcy às 14:44
link do post | comentar
15 comentários:
De pjff1 a 24 de Setembro de 2007 às 15:07
Boas D'Arcy, já estávamos preocupados com a tua ausência, até porque mais uma vez a tua crónica reflecte bastante bem o que se passou. Vou copiar grande parte do que já escrevi noutro blog, fica a minha opinião:

Quanto ao jogo:
Positivo:
-Quim: grande início de época, não sou fã dele, mas tem sido um dos nossos melhores jogadores
-Defesa: Luis Filipe e Edcarlos fizeram os seus melhores jogos desde que chegaram (o Luis jogou bem melhor que o João Pereira que agora parece ser adorado por muitos que o assobiavam) e o Kat e o Léo estiveram ao seu nível normal, muito bom
-Gilles: bom jogo, faz bem o lugar do Petit

Negativo:
-Maxi Pereira: Podem dizer que é discreto, fecha bem ao meio, blá, blá, blá, para mim é cepo e dos grandes! Fecha mas quase não ganha bolas, e na ala é um desastre! Teve pelo menos 2 ocasiões em que centrou sozinho e a bola nem na área entrou!!! Com um médio direito assim ter o Drogba ou o Dabao a ponta de lança vale o mesmo
-Opções de Camacho:
- Gilles, R. Ribeiro, Maxi Pereira, Nuno Assis, Rodriguez. Foi com este quinteto que acabámos o jogo em que devíamos estar a pressionar uma equipa com menos 48 horas de recuperação que nós. Com estes nem em 5 horas marcávamos
-Maxi Pereira 90 minutos em campo
-Nuno Assis como primeira arma do banco para o lugar de Nuno Assis
-Romeu Ribeiro como última arma a 5 minutos do fim
-Adu mais uma vez fora dos convocados
-Foda-se Camacho estás a brincar ou quê??? Adu desadaptado, em ideia do esquema táctico, provavelmente vendado e com uma perna às costas tem mais possibilidades de resolver um jogo que estes 3 juntos! Para os que compreendem esta opção, falam do período de adaptação e de outras histórias lindas, fiquem à espera que o puto venha resolver em Dezembro quando estivermos a 15 pontos do Porto. Eu começo a desconfiar que o puto nem sequer conta para o Camacho, 4ª feira espero não confirmar estas suspeitas.

Venha a taça da Liga, se ganhar 2 taças este ano já me dou por muito satisfeito.


Americano
De Artur Hermenegildo a 24 de Setembro de 2007 às 15:20
Americano

Já te começo a dar razão. Até eu já começo a não perceber porque o Adu nem convocado é. Acho que merecia pelo menos uma oportunidade.

De dezazucr a 24 de Setembro de 2007 às 15:24
Americano. Continuo a dizer, o Luis Filipe não jogou bem, defendeu foi melhor do que tinha feito nos jogos anteriores, o que diga-se, era difícil piorar. De resto não o viste nenhuma vez a apoiar o ataquue e, no futebol actual, os laterais são muito importantes nesse aspecto, criando superioridade numérica de outra forma impossível. Ao lateral do Benfica exige-se bem mais do que defender certinho.

De resto, tirando o Quim, não vejo ninguém na equipa que tenha jogado pouco mais que mediano, para não dizer que TODA a gente jogou mal. Ao Benfica exige-se mais. Aos jogadores do Benfica exige-se mais. Exige-se por exemplo que não sejam dominados por uma equipa que descansou menos 48 horas que nós. Exige-se que pelo menos criem oportunidades de golo, coisa que não sucedeu.

A equipa jogou sem garra e sem rasgos. Os laterais (nem Léo se safa) não subiram e o meio campo jogou manietado (bastou cercarem o Rui). O meio campo, apesar do bom jogo (pela extreia) de Binya, jogou muito colado aos centrais, pelo que se perderam metros. Assim os avançados nem cheiraram a bola.

Faltou experiência, pois grande parte dos jogadores da equipa são putos e principalmente desconhecedores do campeonato português. Não sabem que as equipas quando jogam contra o Benfica são bem mais rijinhas (aquele pontapé do Linz, ui) e não dão nada de borla. Nem têm que dar. Os jogadores do Benfica é que têm de se fazer valer.

Foi um jogo à Fernando Santos, sem chama. A equipa do Benfica foi presa demasiado fácil e se continuar assim, com a série que teremos a seguir (zbortem, leiria, maritimo e paços), não sei não.

Mas enfim, acredito que a gente se vinga no zbortem. Isto apesar de já os termos ganho a última vez e normalmente nos derbis ninguém ganhar 2 seguidos.
De Antas a 24 de Setembro de 2007 às 15:24
É uma pena este espaço ser muito "soft" para o nosso mister Camacho.
De pjff1 a 24 de Setembro de 2007 às 15:33
Obrigado Artur, espero juntar mais alguns para uma manifetação no Seixal :)
A sério que não compreendo, a integração tem que passar por estar nas convocatórias, fazer uns minutos aqui e ali, não é no Seixal a marcar golos aos juniores que vai lá. Com a Navl tivemos 30 minutos tranquilos, com muito espaço para jogar, podia ter descansado o Maestro e o puto adaptava-se, e com sorte conquistava o 3º anel. Ontem para meter o Romeu Ribeiro a 5 minutos do fim, sempre lhe dava mais uma oportunidade, dum momento para o outro pode tirar um coelho da cartola e resolver o jogo. Porra, até o burro do Jesualdo faz isso com o Leando Lima, não é preciso ser nenhum génio! E para ter jogadores como o Maxi em campo, prefiro desequilibrar a equipa com o Adu em campo e ter esperanças em ganhar o jogo, em vez de perceber que o 0-0 é o melhor que vamos conseguir.

Americano
De superman_torras a 24 de Setembro de 2007 às 15:44
Até q'enfim!

Ora vamos lá então. Confesso que me está a ser muito dificil encaixar o jogo de ontem e tudo aquilo que ele me permitiu "ler". A meu ver, e se bem que concorde que o Camacho não deve ser poupado a críticas só porque é o melhor treinador do Benfica desde que ficamos sem...o Camacho quando ele voltou para o Real Madrid, ontem foi a prova provada de que o facto de termos iniciado a época com outro treinador e de portanto não ter havido o dedo do espanhol na maior parte das transferências por nós efectuadas e de portanto não lhe poder ser imputada a qualidade, ou falta dela, existente no nosso plantel, se irá revelar desastrosa para as aspirações do Benfica esta época.

A contratação "a martelo" dos 2 uruguaios e a não-contratação de um avançado nos últimos dias de mercado estão aí para o provar à saciedade. Ao passo que Cristian Rodriguez me está a surpreender bastante, e acredito que esteja a provocar semelhante reacção a Camacho, Maxi parece, tal como o Andres Diaz (quem? perguntam alguns de vós, mais desatentos à constituição do 11-base da equipa que costuma jogar com o colete cor-de-laranja nos nossos treinos de conjunto), uma contratação feita sem qualquer sustentação técnica, do género "se der, deu, se não der, paciência". E para extremo direito, digam o que disserem, não dá. Coloque-se o rapaz a defesa direito, mas para médio-ala de um clube como o Benfica exige-se outro nível. E ainda para mais se tivermos em linha de conta que é, e passo a citar, "O melhor Benfica dos últimos 10 anos".

Já a contratação falhada de Soldado e/ou Chevanton provocou, ou parece-me que provocou, em Camacho um sentimento de desresponsabilização relativamente ao futebol ofensivo do Benfica, mais parecendo que o espanhol faz gala em exibir através da foma como vai mexendo no conjunto essa sua maneira de encarar o tal melhor plantel da última década. Bergessio não conta, Dabao não conta, Mantorras não conta, Cardozo já deu para ver que não enche as medidas ao técnico e não é com toda a certeza o típico avançado para o tipo de futebol defendido por Camacho, e Nuno Gomes, bem, para ser soft, direi apenas que são memórias distantes aquelas que nos levam aos tempos em que ele era apelidade de Nuno Golos.

Portanto, ontem Camacho entendeu que 1 ponto não era óptimo, mas também não era péssimo, e daí ter feito as substituições que fez. E a nível interno, se LFV decidir questionar as opções tomadas, o que acredito que não faça, porque com este ele não faz farinha, então a resposta só poderá mesmo ser um encolher de ombros e um "Não dá para mais" dito no mais perfeito espanholês de que há memória...

E é que não dá mesmo.
De Pedro a 24 de Setembro de 2007 às 15:45
Caro D'Arcy tiveste, com aquelas substituições, mais uma prova da fraca qualidade táctica e de leitura de jogo de Camacho.

Muita falta de ambição...

De Afectado a 24 de Setembro de 2007 às 15:50
Nunca gostei do Fernando Santos, mas que diriam grande parte dos benfiquistas que desesperavam para ter Camacho no Benfica, se as frases "não ganhamos, mas também não perdemos" e "temos que fazer o nosso trabalho e conseguir o objectivo que é ir à liga do campeões... o que pode ser pelo 1º ou 2º lugar", tivessem sido proferidas por Fernando Santos? Caia-lhe tudo em cima certamente!!!

Assim, preferem assobiar para o lado e fazer de conta que não ouviram. Se o treinador já não acredita, como podemos ainda esperar lutar pelo 1º lugar??
De pjff1 a 24 de Setembro de 2007 às 15:56
Desculpa super_mantorras, mas não dá para mais??? Quer dizer o ano passado quase se crucificava o Fernando Santos por não dar mais oportunidades ao Manú, Paulo Jogre, etc. e agora este ano um plantel que se dá ao luxo de deixar de fora um dos melhores jogadores do último Mundial Sub-20, o nosso ponta de lança goleador dos juniores do ano passado, o Miguelito (outro não aproveitado pelo Fernando Santos), etc e não dá para mais??? Tem de dar para mais, agora com este 11 que acabou o jogo aí estou de acordo, não dá para nada mesmo. E parece-me que o Camacho já cá estava quando os 2 uruguaios foram escolhidos, o ponta de lança ontem não foi problema, se a bola não chega lá é indiferente quem lá está.

Americano
De superman_torras a 24 de Setembro de 2007 às 16:15
Boas, Americano :)

Os urugaios foram "escolhidos" em detrimento de outros ou vieram por força das circunstâncias, isto é já com o campeonato à porta e com todos os jogadores decentes já contratados por outros clubes?

Bem sei que o Adu é um dos teus cavalos de batalha mas vou-te já dizendo que embora tenha esperança que o americano (ele, e não tu) ainda nos venha a dar jeito esta época, a sua contratação poderá ser sobretudo útil numa óptica um pouco mais futurista. Tal como Di Maria. Ou Cardozo. Ou, a julgar pelos 90 minutos de ontem, Binya.

Ficamos sem jogadores que rendiam pontos, já, agora, no imediato, e contratamos outros aos quais será muito complicado, e mesmo desumano, pedir que venham resolver os problemas crónicos do futebol do Benfica. Sob pena de a máquina vermelha os trucidar tal como já fez a muitos outros. E quem sabe se não é isso que o Camacho está a impedir que seja feito ao Adu?

Não defendo Camacho a todo o custo, e nem quero centrar as nuvens negras ou os raios de sol que pairam sobre o Benfica no treinador, porque quanto a mim os problemas estão lá mais em cima, na "estrutura" (tive mesmo que colocar aspas) que gere o nosso futebol. Não escondo de ninguém a minha opinião de que o anterior treinador não fazia nada para esbater essas dificuldades, mais parecendo alimentá-las, ao passo que com este se passará precisamente o contrário. Agora se a conquista do campeonato será possível ao mesmo tempo que lutamos contra estas nossas incoerências desportivas aí é que já coloco sérias reservas.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

#Reconquista

Um

Crer

Proveitosa

Pujante

Deplorável

Firme

Soberba

Complicado

Merecida

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds