VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

Mau

Primeiro minuto de jogo: o Di María progride pelo centro e remata, obrigando o guarda-redes do Estrela a uma defesa difícil. Quatro minutos depois, um livre do Maxi Pereira passa muito perto da baliza adversária. E pronto. O Benfica na primeira parte não foi mais do que isto. Mau demais para ser verdade. É certo que foram várias as alterações em relação à equipa que tem jogado habitualmente (entradas de Butt, Nélson, Luisão, Zoro, Miguelito, Nuno Assis e Yu Dabao), mas isto não pode justificar uma produção tão fraca da nossa equipa. É que durante essa primeira parte mal conseguimos sequer entrar no meio-campo adversário. Pelo contrário, foi o Estrela quem controlou a partida, e quem construiu as oportunidades para marcar. Esteve perto disso, quando quase à boca da baliza o Butt conseguiu negar o golo ao Moses, mas acabou por conseguir o merecido prémio através de um livre directo do Maurício, num lance em que o Butt não fica isento de culpas. Acho que a capacidade do Maurício para tentar o golo daquela distância é conhecida (e aliás já o tinha tentado neste jogo). Antes do livre, vi o Nélson na barreira (formada apenas por três jogadores) chamar a atenção do Butt para que este desse alguma indicação sobre como a queria, e o Butt pouco ou nada lhe ligou. Depois pagou por essa sobranceria. A desvantagem ao intervalo era um resultado justo, sobretudo tendo em conta que fomos quase inofensivos no ataque.


Para a segunda parte surgiu o Freddy Adu no lugar do desapontante Maxi Pereira, indo jogar mais perto do até então desacompanhadíssimo Dabao. O Benfica pouco ou nada melhorou na qualidade do seu jogo, mas pelo menos passou a conseguir ter mais bola, e jogar dentro do meio-campo adversário (após pouco mais de cinco minutos da segunda parte já comentava com o tma que provavelmente já teríamos conseguido estar mais tempo dentro do meio-campo do Estrela do que em toda a primeira parte). De qualquer forma, não se vislumbrava qualquer possibilidade do Benfica conseguir marcar um golo. Só mesmo nos últimos quinze minutos, e após a saída do Nuno Assis para dar o seu lugar ao Andrés Díaz, é que o Benfica conseguiu carregar mais sobre a área adversária, também por consequência de um excessivo recuo do adversário. O problema é que com apenas um homem na área (Dabao), e ainda por cima com ele a ter que sair desta frequentemente para vir buscar a bola, apesar do esforço do Adu raramente apareciam jogadores nossos na zona de finalização, e o golo parecia uma miragem.


No último minuto de jogo, quando a eliminação era praticamente uma certeza, foi assinalado um penalti a nosso favor, quando uma bola rematada pelo Díaz embateu num defesa do Estrela dentro da área. Ainda não vi qualquer repetição do lance, por isso a minha opinião é formada apenas a partir daquilo que vi no estádio (e o lance foi mesmo à minha frente). E a minha opinião é que não houve qualquer motivo para que esse penalti fosse assinalado. Não vi absolutamente nada de ilegal no lance, e aliás quando o árbitro apitou pensei que ele estivesse a assinalar alguma falta à entrada da área, numa disputa de bola pelo ar. Os meus colegas de bancada, tma e S.L.B., também nada viram que justificasse o penalti. Acho por isso que o Benfica foi muito beneficiado por este erro de arbitragem, porque evitou uma eliminação quase certa (e cuja justiça dificilmente poderia ser contestada). Indiferente a isto, o Adu cumpriu a sua obrigação e marcou o penalti decisivo exemplarmente (achei curioso que me pareceu que nenhum dos jogadores estava com grande vontade de marcá-la, e o Adu pareceu acabar por ser quase empurrado pelos colegas para a marcação). No desempate que se seguiu, a sorte sorriu-nos (ou então foram os cânticos benfiquistas de 'Vais falhar!' que fizeram o jogador do Estrela chutar a bola para a bancada) e vencemos por 5-4, sendo que o único penalti falhado foi do Butt, que mais uma vez me pareceu demasiado sobranceiro.


Na mediocridade geral que foi este jogo acho que uma das poucas coisas positivas foi a entrada do Adu, que veio dar mais algum apoio ao avançado (é apenas uma opinião minha, mas eu não gosto de nos ver jogar apenas com um avançado, sobretudo com o Di Naría nas suas costas, já que me parece que ele rende muito mais na esquerda) e veio mexer com o nosso ataque, sempre interventivo e nunca se escondendo do jogo. Além disso mostrou poder ser uma boa opção para as bolas paradas. Não vejo razão para que ele não seja, pelo menos, uma opção no banco. O Rodríguez também não esteve particularmente mal, embora hoje me tenha parecido que abusou um pouco do individualismo. Pela negativa podia mencionar a maioria dos jogadores, mas ainda assim destaco a inenarrável primeira parte do Maxi Pereira, que a exemplo do jogo em Braga pouco ou nada fez, e a irritante inoperância ofensiva do Nuno Assis. É inacreditável que a primeira coisa que ele pense assim que recebe a bola seja olhar para trás. Não estou a exagerar se disser que mais de 90% dos passes que ele fez esta noite foram para trás ou para os lados. É que mesmo que ele tenha opções à frente, a tendência que ele tem para segurar a bola e rodopiar sobre si mesmo faz com que os contra-ataques morram nos seus pés, e que a bola siga inevitavelmente para trás.


Não estou particularmente satisfeito com o que se passou esta noite. Não gosto de ganhar assim, à custa de erros de árbitros. Além disso ja sei, já todos sabemos muito bem qual vai ser o aproveitamento feito deste lance. Este penalti erradamente assinalado a nosso favor na taça da carochinha vai-nos ser arremessado à cara e usado como arma contra nós até ao final da época. Inevitavelmente, pelas virgens arrependidas que choram lágrimas amargas e batem no peito de cada vez que alguma coisa lhes corre mal nestas cenas da arbitragem, e que depois se calam que nem ratos quando são elas as beneficiadas.


P.S.- E nestas coisas de penaltis inexistentes, como este foi assinalado pelo fiscal-de-linha, continuo a considerar que o Duarte Gomes está em dívida para connosco. É que eu nunca conseguirei esquecer o mergulho do Jardel para cima do Caneira na Luz ;)

 

publicado por D'Arcy às 03:21
link do post | comentar
11 comentários:
De bomdebola a 27 de Setembro de 2007
Apesar do resultado final não tenho a menor vontade de recordar os momentos vividos no jogo de ontem. De positivo apenas alguns bons pormenores do Freddy Adu e a boa exibição de Zoro, constituindo-se este como mais uma sólida alternativa para o sector.

As declarações de Camacho no final do jogo merecem-me um destaque especial em:

http://atribulacoeslocais2.blogspot.com/2007/09/benfica-um-clube-grande-em-adeptos.html

MFQ

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2024

Abril 2024

Março 2024

Fevereiro 2024

Janeiro 2024

Dezembro 2023

Novembro 2023

Outubro 2023

Setembro 2023

Agosto 2023

Maio 2023

Abril 2023

Março 2023

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Apropriado

Despedida

Vergonha

Emendar

Calendário

Poucochinho

Gestão

Curta

Perdido

Frustrante

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds