VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

Lata

Artigo do jornaleiro Carlos Pereira Santos n'A Bola de hoje:

"O País andava numa tristeza lamentável, farto das cambalhotas do ministro da Saúde, cansado de se rir com os tiques de honestidade exclusiva por parte da oposição. principalmente do ar snob do príncipe laranja da marginal de Gaia, até que... o Benfica foi a Guimarães e livrou-se da pressão, com uma excelente primeira parte e uma bomba de Cardozo (e vá lá saber-se porque é que o Tacuara só joga de vez em quando. Alguém sabe...). A vitória implacável do Benfica ressuscitou a alegria a seis milhões, mas teve ainda o mérito de reanimar o presidente do clube, Luís Filipe Vieira. Enfim, há que perdoar a frágil identificação que ele tem com a língua portuguesa - calinadas quem as não dá?[...]

O glorioso LFV falou de novo, levado pelos ventos que sopram em Alcochete, na nova casa do Benfica. Para se queixar, exactamente, das arbitragens. Irritou-se porque diz que em Guimarães o que fizeram a Rui Costa foi um atentado. Lá está, um dos méritos desta vitória do Benfica é ter colocado de novo o País a rir sem ser por causa destas coisas da política.

LFV, o glorioso, andava sossegado ou preocupado. A vitória abriu-lhe uma porta para falar da arbitragem, embora se tenha esquecido, por exemplo, do jogo da Amadora para a Taça da Liga. Mas um lapso de memória, quem não tem? É deixá-lo falar, porque o povo merece rir."



É preciso ter lata. Ou melhor, é preciso não ter mesmo vergonha nenhuma na cara para se escrever isto. LFV falou de arbitragens, por acaso num evento com benfiquistas, e para benfiquistas, fazendo apenas algo que os próprios benfiquistas já reclamam há muito tempo, dadas as proporções grotescas que a coisa começa a tomar. Foi precisa uma vitória para que LFV visse uma porta ser-lhe aberta para falar de arbitragens? Essa porta já está escancarada há muito, muito tempo! Difícil mesmo é não falar de arbitragens depois de se perderem jogos e pontos às custas de habilidades das mesmas. Difícil é ficar-se em silêncio a seguir a um autêntico assalto como o que foi perpetrado em nossa casa, na última jornada, por um sócio de um clube que, sem dúvida, está habituado a rir muito com estas coisas das arbitragens. E
claro que num artigo destes a menção ao jogo da Taça da Carochinha - que eu, como todos os benfiquistas, soube no preciso momento em que o penalti inexistente foi assinalado a nosso favor que isso seria utilizado até à exaustão ao longo de toda a época como cavalo de batalha contra o Benfica - não poderia faltar. Como se confirmação fosse necessária do móbil do artigo.

O 'país' que eventualmente se estará a rir com isto, sem dúvida boçal e alarvemente, já o deve estar a fazer há muito tempo, que para esse país devem ser muito divertidos os autênticos compêndios de arbitragem a que o Benfica tem sido sujeito semana sim, semana sim. E de certeza que nesse país se incluirá o próprio Carlos Pereira Santos, juntamente com a corja de jornaleiros que escrevem artigos destes. E vá lá saber-se porque é que eles só escrevem artigos destes de vez em quando. Alguém sabe...
publicado por D`Arcy às 13:24
link do post
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Obrigação

Banco

Exemplar

Madrugadora

Pouco

Inconsistência

Confrangedora

Arrasador

Sofrível

Solidez

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds