VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Segunda-feira, 31 de Março de 2008

Regresso

Regresso após o interregno de duas semanas. Parou o campeonato, e aproveitei também para me desligar de todo o circo montado pela imprensa em redor do futuro treinador do Benfica, sobre se o Rui Costa deixa mesmo de jogar ou não, se o Léo e o Rodríguez ficam, quem será contratado, etc. Interrompi o afastamento para ir à Luz ver a nossa equipa jogar, mas infelizmente parece que muitos benfiquistas resolveram manter-se afastados, já que esta noite apenas perto de 24.000 espectadores estiveram no estádio a apoiar a equipa, naquela que foi seguramente a pior assistência esta época num jogo para o campeonato.

Não se notaram grandes diferenças para o tempo do Camacho no onze escalado esta noite pelo Chalana, pelo menos nos jogadores escolhidos. Tacticamente sim, já que o Benfica joga agora em 4-4-2, com dois avançados na frente. O Benfica iniciou o jogo com boas intenções, mas a denotar alguma dificuldade em dar objectividade ao seu jogo. Quanto ao Paços, apresentou-se de uma forma muito atípica para aquilo que habitualmente costuma ser o Paços de Ferreira: muito pouco atrevidos no ataque, e preocupados sobretudo em segurar o empate. Logo no primeiro minuto de jogo, na marcação de um pontapé de baliza, começaram a queimar tempo. O jogo do Benfica foi assentando com o passar do tempo, com os dois laterais a mostrarem-se muito ofensivos (muito por culpa também do Paços, que estranhamente parecia optar por dar liberdade quase total ao Léo e ao Nélson para subirem), e aos vinte e cinco minutos apareceu o golo, com naturalidade, após um remate fabuloso do Rodríguez a uns bons trinta metros da baliza (boa recuperação de bola do Petit no início da jogada, e bom trabalho dos dois avançados a abrirem nas alas e a proporcionarem espaço para o remate).

O golo pareceu injectar confiança nos nossos jogadores, e a qualidade do nosso jogo melhorou com isso. Começaram a ver-se várias jogadas de futebol dignas desse nome, e alegria no jogo, pelo que a maldição dos jogos em casa este ano parecia estar perto de terminar. O Paços não existia ofensivamente, e pouco podia aliás incomodar porque praticamente não tinha a bola - a posse de bola do Benfica durante a primeira parte deve ter sido avassaladora. Por isso fiquei à espera do avolumar do resultado para o nosso lado. Só que perto do intervalo, num lance completamente inofensivo, o árbitro do jogo resolveu equilibrar as coisas e conseguiu ver um penálti num lance em que o jogador do Paços tropeça em si próprio. Eu estava lá em cima no terceiro piso e vi isso, tal como viu toda a gente. O árbitro estava a cinco metros e viu uma coisa completamente diferente, ou então viu o que quis muito bem ver e pronto (na jogada anterior também não quis ver um possível penálti a nosso favor, por isso não se percebe bem o excesso de zelo demonstrado na área contrária). Ainda amarelou o Rui Costa e o Nuno Gomes, e o Paços, sem saber ler nem escrever, lá se viu novamente empatado, o que foi uma benesse caída do céu para um equipa que após ter perdido a situação de empate ficou sem saber o que fazer. Nós até podemos estar a fazer uma época horrível, termos o campeonato perdido e termos que sujeitar-nos à infâmia de disputar o segundo lugar para, vá lá, salvar minimamente a época. Mas é vil tentarem pisar-nos quando já estamos em baixo. E foi isso que aquele senhor madeirense fez naquele momento, foi o que eu senti, e fiquei com a sensação que foi aquilo que os nossos jogadores sentiram também. Mais: aquela vilania teve o condão de aproximar ainda mais o público da equipa. Por isso, de alguma forma, fiquei confiante que iríamos dar a volta à situação, e até vencer folgadamente. Aliás, o Benfica ainda conseguiu estar perto de marcar no par de minutos que decorreram até ao intervalo, mas o cabeceamento do Cardozo passou ao lado do poste.

De orgulho ferido, o Benfica iniciou a segunda parte na mesma toada da primeira, pressionando o Paços, que defendia o empate com unhas e dentes. Foram vários os cantos consecutivos conquistados, mas o Paços defendia-se com onze e o problema estava em conseguir furar novamente aquela muralha defensiva (e desejar que nalgum lance fortuito o Paços não voltasse a marcar). Foi preciso esperar vinte cinco minutos para que tal acontecesse, e de uma forma fortuita, já que o remate do Cardozo acabou por tabelar num membro da tal muralha defensiva e trair o guarda-redes Peçanha. A partir daqui as coisas ficaram mais fáceis, já que o Paços teve que abrir e sair lá detrás. O guarda-redes deles passou a ser capaz de chutar a bola para a frente (até então tinha precisado sempre da ajuda de um defesa), os seus jogadores passaram a correr para sair do campo quando eram substituídos, as bolas eram repostas em jogo mais rapidamente, etc. E mais fácil ainda ficou quando o Rui Costa, aproveitando a única falta assinalada sobre o Cardozo nas imediações da área durante todo o jogo, marcou o respectivo livre de forma exemplar, levando a bola a entrar junto ao poste. Com um quarto de hora a faltar para o final, restava saber quantos mais marcaria o Benfica. Ficou-se por um, um raríssimo golo de cabeça do nosso Rui após centro do Rodríguez e um grande frango do Peçanha. Dois golos no dia seguinte ao seu 36º aniversário parece-me ser uma bela prenda para o nosso maestro. No final, um merecido aplauso para a equipa por parte do público presente, que esta noite acabou de certa forma por fazer jus ao adágio de 'poucos mas bons'.

Melhores no Benfica: Rui Costa (claro), Léo (mais um dos suspeitos do costume) e Rodríguez, com este último a realizar uma exibição ao nível das melhores que lhe vi fazer pouco tempo depois de ter chegado ao Benfica, tendo sido essas exibições que lhe permitiram conquistar imediatamente a admiração dos adeptos. Hoje nem faltou aquela garra e vontade de disputar cada bola como se fosse a última que lhe são tão características. Já agora, e porque eu normalmente nunca perco uma oportunidade para bater no rapaz, tenho que ser justo e dizer que o Edcarlos fez uma exibição bastante positiva. Não lhe vi nenhum daqueles erros de palmatória que me costumam deixar de cabelos em pé, e fez ainda vários bons cortes, jogando muitas vezes em antecipação. No plano negativo, continuo a não perceber muito bem as funções e a utilidade do Maxi em campo. O Nuno Gomes também não teve uma noite para recordar.

Esta noite foi no fundo o regresso à normalidade. O Benfica vencer o Paços folgadamente na Luz é o que é normal, e espero que isto possa significar o fim das anormalidades que tivemos que suportar nos últimos jogos. Gostei da atitude da equipa, mesmo quando a tentaram derrubar de uma forma infame. E já que falo nisto, eu sei que como o Benfica até ganhou folgadamente de certeza que pouco ou nada se vai falar do que o madeirense fez esta noite na Luz, porque é muito mais importante, sei lá, o penálti da Amadora há quatro ou cinco meses. Mas é preciso não deixar que coisas destas caiam no esquecimento. Eu não tenho dúvidas que, assegurado que está o campeão, haja muito interesse em afastar-nos do segundo lugar. E pelo que o Chalana disse no final do jogo, parece-me que o próprio plantel terá noção disso.
publicado por D`Arcy às 00:49
link do post | comentar
27 comentários:
De eagleheart a 31 de Março de 2008 às 01:59
MEUS AMIGOS NÃO VAMOS AGORA EMBANDEIRAR EM ARCO E VOLTARMOS NOVAMENTE A EXCITARMO-NOS POR CAUSA DUMA VITÓRIA QUE DEVERIA E ÉRA NO PASSADO UMA VITÓRIA PERFEITAMENTE NORMAL DO GLORIOSO. CUMPRIRAM A OBRIGAÇÃO DELES E MAIS NADA.
QUANTO Á ARBITRAGEM AÍ SIM, HAVERIA MUITO PARA SE FALAR. VAMOS ESTAR TODOS MUITO ATENTOS. ESTA ESCUMALHA AQUI DO NORTE JÁ NEM SEQUER PENSAM NO TITULO QUE ESTÃO PRESTES A CONQUISTAR, MAS ANDAM TODOS EMPOLGADOS COM O V. GUIMARÃES NO SEGUNDO LUGAR, E TODAS AS FORÇAS DO AINDA BEM VIVO SISTEMA, MESMO A ESPERNICAR CONTINUAM A SEREM FORTES. JÁ AGORA REPARARAM BEM NAQUELA ABOMINAÇÃO QUE FOI O PENALTI A FAVOR DESTES CABROES?
ASSIM É FÁCIL GANHAREM-SE TITULOS.
AGORA QUANTO Á VITÓRIA DESTA NOITE, DEVER CUMPRIDO E NADA MAIS DO QUE A OBRIGAÇÃO DESTA NOSSA EQUIPA.
De Glorioso Adepto a 31 de Março de 2008 às 02:02
Concordo a 200%! (Até na apreciação ao Nuno Gomes, vê lá! )

Mesmo achando, como tu, que o Maxi continuou a ser um dos mais fraquinhos, hoje nem foi das piores exibições dele.

Tenho para mim que hoje era dia de Bar Aberto em Lisboa para quem visitasse a capital! É que em Belém também andaram a oferecer penalties...

De resto, e voltando ao que interessa, o GLORIOSO, houve algo que não é habitual há, vá lá, anos e que hoje aconteceu... Sempre que marcámos um golo continuámos à procura de mais. Eu, que já não estou habituado a estas coisas passei o tempo todo a sorrir (excepto naquelas situações em que o senhor da ilha tentou fazer-nos perder o jogo). Deve ser porque Camacho, Fernando Santos, Koeman e Trapattoni, enquanto jogadores, eram defesas, e portanto "meia-bola e força" e "há-que guardar a vantagem" e o Chalana era mais "dá cá a bola que a baliza é em frente!". Filosofias de base diferentes!!!

Mas hoje até foi agradáevl, lá isso foi!

De Anónimo a 31 de Março de 2008 às 02:03
De referir, aí vão 20 do Cardozo. Na primeira temporada na Europa e passando o campeonato a jogar sozinho na frente. Para o ano são 30.
De moondog a 31 de Março de 2008 às 02:31
"Eu não tenho dúvidas que, assegurado que está o campeão, haja muito interesse em afastar-nos do segundo lugar. E pelo que o Chalana disse no final do jogo, parece-me que o próprio plantel terá noção disso."

caríssimo, é que nao há mesmo dúvidas nenhumas em relaçao a isso.
o antitripa já tinha descodificado a teia, a 14 de março . leiam: aqui (http://oantitripa.blogspot.com/2008/03/agora-entendem-alguns-fenmenos.html).
De Torres Ferreira a 31 de Março de 2008 às 03:12
O que se passou no Estádio da Luz com o "apitador" elmano santos, que é mais um dos que estão ao SERVIÇO do clubeco da trafulhice/corrupção, o fc porco é de facto uma TRISTEZA e uma VERGONHA, e só vem demonstrar e CONFIRMAR o que ao longo de anos eu tenho dito em todo o lado, e que se resume a isto:

Ninguém neste país, e principalmente APITADORES e JORNALEIROS, tem o mínimo de respeito pelo BENFICA e pela sua MASSA ASSOCIATIVA. Infelizmente somos o Maior clube de Portugal mas é só em teoria, pois PARADOXALMENTE somos os mais ROUBADOS. Razões??? Eis algumas: Presidente FRAQUÍSSIMO; nÃO TEM DISCURSO (O discurso dele hoje na casa do Benfica de Alhandra dizendo que talvez tivesse feito mal o Benfica ter sido Campeão em 2004 é de ARREPIAR, só demonstra a PEQUENEZ e a COVARDIA DESSE "presidentezeco", que de facto anda a nadar completamentè À DERIVA); Portanto e concluindo, nós a presidir ao clube temos apenas um "sargentola" bronco e covardola mas ao mesmo tempo VAIDOSÍSSIMO, quando de facto precisávamos de um VERDADEIRO GENERAL, pessoa de grande prestígio e de DISCURSO INTELIGENTE, ELOQUENTE E CORAJOSO, que fosse CAPAZ de efectivamente DEFENDER O BENFICA e a VERDADE DESPORTIVA que está a ANOS LUZ de distância do Futebol Português.
quanto à nossa MASSA ASSOCIATIVA, o que vejo hoje é apenas CONFORMISMO, RESIGNAÇÃO, já nem somos capazes de fazer com que os apitadores nos respeitem mesmo no Estádio da Luz; roubam-nos DESCARADAMENTE e com LAIVOS de quem nos está a PROVOCAR E a GOZAR e nós não fazemos nada de nada a não ser alguns pequenos LAMENTOS, como o fez agora o Chalana no final do jogo.

Enquanto assim continuarmos vamos ser SEMPRE ROUBADOS, GOZADOS E O campeão vai ser sempre o mesmo, em bora seja um CAMPEÃO FANTOCHE que é o fc porco.

Por isso estou muito desiludido. Preferia que o BENFICA TOMASSE UMA MEDIDA RADICAL, por exemplo entregar as CHAVES DO CLUBE ao Presidente da República e que dissesse ALTO E BOM SOM a toda a IMPRENSA que o BENFICA SÓ VOLTARIA A COMPETIR NAS PROVAS NACIONAIS quando de facto fosse ASSEGURADO que as regras do Jogo seriam IGUAIS PARA TODOS e que A VERDADE DESPORTIVA FOSSE UMA GARANTIA EFECTIVA.
a não ser assim, vamos continuar RESIGNADOS, CONFORMADOS e a ver os CORRUPTOS cada vez Maiores e MAIS fortes e nós Benfica a DEFINHAR de ano para ano.

Pensem nisso e se alguém puder fazer chegar este texto ao Rui costa ao ao presidente L.F.Vieira que o faça, ou que pelo menos lhes comuniquem que este Blog de Benfiquistas EXISTE e que portanto eles que leiam aqui o SENTIMENTO DOS QUE VERDADEIRAMENTE AMAM O BENFICA.
Um abraço a todos os BENFIQUISTAS DE PURO SANGUE.
De hermione a 31 de Março de 2008 às 10:34
Ontem não fui ao estádio vi o jogo na sport tv e depois da forma como empurraram o fcp ( incrível o penalti e a forma como os jornaleiros assobiaram para o ar) para a vitoria, só faltava a cereja no topo do bolo aquele penalti é de bradar aos céus em casa também me pareceu que quem esteve no estádio percebeu e apoiou a equipa .
Faltam seis jogos e além dos nossos adversários não tenhamos dúvidas que a arbitragem vai continuar o seu trabalho de qualquer forma ontem gostei da atitude dos jogadores e da forma como tentámos jogar .
Foi bom há algum tempo que não ficava satisfeito depois de ver o Benfica jogar.
De pjff1 a 31 de Março de 2008 às 10:38
Quando entrou o Di Maria e passámos a jogar 11 contra 14 lá conseguimos vencer o jogo, 10 contra 14 era muito díficil.

P.S. - Para mim vai ficar como um daqueles mistérios do desporto que nunca perceberei, porque é que Maxi joga sempre. Volto a dizer que se nos juniores (ou até nos iniciados), se não tivermos jogadores melhores estamos muito mal!

P.P.S. - Parabéns Chalana, não precisaste de 24 jornadas para perceber que o losango que FS tão bem mecanizou é o melhor esquema para esta equipa. Só te falta perceber que Maxi não é jogador de futebol, e que o Adu pode ser uma excelente alterantiva ao lado do Cardozo, ou atrás dos 2 avançados para rentabilizares o nosso plantel.

Americano
De Jorge Ventura a 31 de Março de 2008 às 10:45
Gostei de ler a crónica porque não vi o jogo, estava no aeroporto para voar para a Madeira e assim fiquei com 1 ideia do que aconteceu...afinal ganharmos ao Paços por 4-1 como foi dito é normalíssimo ...e parece que já deu para perceber que o Sr.Camacho como treinador é de facto 1 nulidade completa...!!!
Estranho sinceramente o que aconteceu com o Elmano Santos pois conheço-o pessoalmente aqui na Madeira, o filho mais velho dele, tem 12 anos é colega de turma do meu mais novo desde o infantário e é do Benfica tal como o meu...se o filho é do Benfica presumia que o Pai....mas enfim já não digo nada...só espero que o Tomás (nome do puto) tenha dado bastante p'rá cabeça do Pai...!
Como sempre...saudações Benfiquistas
De Helena Ramos a 31 de Março de 2008 às 11:10
Logo hoje que não fomos, golearam...
Jogaram bem, mas mais uma vez foi preciso sofrer para arrumar a questão. É inacreditável o que se passa neste campeonato. Ainda dizem que agora que o Apito foi denunciado as coisas vão mudar, mas quando??? Na nossa casa, fomos enxovalhados por um árbitro merdoso e, por pouco, o Rui Costa não foi para a rua.
Soubemos aguentar a pressão de sermos os últimos a jogar e ter obrigatoriamente de ganhar. Gostei da forma como jogámos.
Uma palavra de destaque para a forma como o Rodriguez respondeu ao jornalista da Sporttv (finalmente alguém bateu o pé aqueles chulos!!) e para o Chalana que, no entanto, podia ter sido mais contundente e acusado claramente os árbitros de nos prejudicarem.


PS - Alguém me explica por que é que o Tiui não está fora-de-jogo no 2º golo??
De Telmo a 31 de Março de 2008 às 11:18
3 notas:

- notou-se que a equipa está mais alegre e calma, não sei se o mérito é do Chalana, mas não encontro outro possível responsável por esse feito;

- até ao fim do campeonato os árbitros têm uma missão: levar o Guimarães ou Sporting para o 2º lugar, e se possível levar o Benfica para trás do Sp.Braga ou V.Setúbal;

- o Benfica tem que começar seriamente a pensar em tomar medidas drásticas que acabem com a corrupção em Portugal, normalmente quando um país não tem justiça, a justiça tem que ser feita de qualquer outra maneira, depois não venham dizer mal de quem a fez.......não podemos continuar a ver os criminosos impunes enquanto nos roubam e festejam sobre títulos comprados. LFV tome medidas em vez de falar ou saia do clube!!

Saudações Vermelhas!

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Receio

Passeio

Natural

Pouco

Absurdo

Controlo

Tranquila

Desconcentração

Cinzenta

Frustrante

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds