VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

Absurdo

Resultado perfeitamente absurdo contra uma equipa pouco mais do que mediana. Temos a mania de tentar fazer bichos-papões dos nossos adversários, mas do que vi esta noite o PAOK é uma equipa muito inferior ao Benfica. Foi preciso uma dose industrial de incompetência, no ataque e na defesa, para conseguirmos não só não ganhar este jogo mas também não sair desta noite com a eliminatória praticamente resolvida.

 

 

Nem vou escrever muito mais sobre o jogo. Há muito, muito tempo que não saía do estádio tão irritado com tanto desperdício. Se me pusesse a falar dos lances de golo cantado que a nossa equipa desperdiçou, ficaria aqui até de madrugada. E depois bastou baixar a guarda uns momentos e o PAOK ter uma ocasião para sofrermos um golo. Com a agravante deles terem tido não uma, mas duas oportunidades na mesma jogada. Livre lateral, e primeiro rematam à barra para depois terem todo o espaço no centro da nossa área para fazerem a recarga. Isto enquanto assistimos a 95% dos nossos cantos e livres laterais serem sistematicamente cortados logo pelo defensor mais próximo da bola. Somos incapazes de levantar a bola para o coração da área, e esta quase nunca passa do primeiro defesa. Há jogos em que uma pessoa sai frustrada porque teve uma grande dose de azar, ou o guarda-redes adversário teve uma noite memorável. Hoje foi apenas e só incompetência na finalização por parte dos nossos jogadores. Só chegámos ao golo através de um penálti marcado pelo Pizzi, e antes disso já ele tinha falhado pelo menos três situações flagrantes de golo. E então aquele lance perto do final do Ferreyra é de bradar aos céus. O João Félix levanta a cabeça e mete-lhe a bola redondinha para o deixar isolado em frente ao guarda-redes, e ele faz o favor de rematar praticamente à figura. Em contraponto, o PAOK marca no único remate que faz à baliza - o nosso guarda-redes não fez uma defesa.

 

Espero sinceramente que consigamos corrigir isto na segunda mão - face ao volume de oportunidades criadas, bastaria acertar para aí 10% para termos um jogo tranquilo. Porque ser eliminado da Champions pelo PAOK seria mais ou menos equivalente a sermos eliminados pelo Rio Ave ou pelo Marítimo, sem desprimor para estas equipas. O PAOK pareceu uma equipa do meio da tabela no campeonato português. Vem jogar para o pontinho, tenta sobreviver, e depois arranjar algum contra-ataque ou bola parada para fazer o golinho salvador. Têm um central que jogava no Feirense e a figura da equipa jogava no Setúbal. O autor do golo é outro jogador que nem no Feirense ficou. E nós conseguimos ser incompetentes ao ponto de os deixar em vantagem para o jogo em casa. O empate final a um golo é um resultado profundamente injusto e imerecido, mas quem falha tanto como nós nos dedicámos afincadamente a fazê-lo durante noventa minutos está sujeito a estas coisas.

tags:
publicado por D`Arcy às 23:12
link do post | comentar
23 comentários:
De Anónimo a 22 de Agosto de 2018 às 00:08
Parece que vamos ter a repetição da época passada, que começou com um "Há mais vida para além da LC", a que se seguiram outras 3 "vidas" e no fim, BOLA!
De Dias Pereira a 22 de Agosto de 2018 às 00:09
Boa noite.
Como o D'Arcy, também eu estou profundamente desagradado com o que foi o jogo desta noite. A diferença é que eu, como optimista cauteloso, não acredito que as coisas mudem por obra e graça do Espírito Santo...
O nosso futebol está, de novo, reduzido ao seu real valor: medíocre, a tender, objectivamente, para o mau!
Nem a embalagem dos últimos resultados – que não as exibições… – serviu para empurrar a equipa para jogar futebol…
A entrada em jogo foi horrível, com o regresso daquilo que tem sido tão característico no nosso futebolzinho medíocre: perdas de bola em zonas proibidas, brindes aos adversários na nossa zona defensiva – agora com a particularidade de serem mais a prevaricar (Fejsa, Jardel, Grimaldo, Zivkovic, Cervi, Ferreyra… e até Odysseas!) do que tem sido habitual – saídas para o ataque sempre muito mastigadas, lentas e lateralizadas, e a mesma falta de qualidade e eficácia no ataque.
Aos cinco minutos de jogo, já me tinha desesperado por outras tantas vezes, com as asneiras não forçadas da equipa.
Apesar de ter melhorado qualquer coisa com o passar do tempo, nunca fomos suficientemente consistentes para manter o adversário condicionado, e qualquer perda de bola resultava em transições fáceis dos gregos, embora eles não estivessem suficientemente focados em atacar. De facto, a defender somos pouco mais do que infantis e, em consequência, qualquer um corre o sério risco de marcar golo, desde que remate e seja minimamente eficaz. Revoltou-me especialmente o facto de, muito repetidas vezes, os nossos jogadores não serem decididos na disputa dos lances, não acompanharem os adversários em progressão, com ou sem bola, e se desligarem do jogo, em prejuízo da equipa. Mesmo quando são eles a perder a bola. Neste particular, Zivkovic foi irritantemente ostensivo na reiteração desses comportamentos e, se fosse eu o treinador, ou o menino atinava e se fazia à vida, ou sentava-se de imediato. E se isso tivesse de acontecer logo aos 15 minutos de jogo, seria nessa altura que aconteceria!...
A qualidade defensiva do nosso futebol foi paupérrima, mesmo que o adversário nem estivesse particularmente virado para o ataque. Para não destoar, o ataque afinou pelo mesmo diapasão. E mesmo se as coisas foram melhorando qualquer coisa, em especial ao longo da meia hora final da primeira parte, a finalização foi miserável. É verdade que jogamos com poucas unidades no ataque, mas não é menos verdade que os jogadores que temos na frente não merecem a camisola que vestem. Ferreyra é, objectivamente, pior do que a maioria dos pontas de lança do nosso campeonato. Custa-me muito entender que se persista em ir buscar pontas de lança que não têm estaleca física para jogar sozinhos na frente, e que embora possam ter alguma valia técnica, não marcam golos. Tenho saudades dos tempos em que se iam buscar uns gajos altos e louros lá ao norte da Europa e eles, mesmo sem serem tecnicamente virtuosos, chegavam e marcavam golos!
O nosso futebol, enquanto tiver Rui Vitória no comando, não irá a lado nenhum. Mete dó ver jogar esta equipa, servida por atletas incapazes de discutir fisicamente o jogo, incapazes de ser consistentes, de rematar de forma minimamente decente, de aproveitar os lances de bola parada e de defender convenientemente os lances de bola parada do adversário, enfim… de conseguir resultados. Com Rui Vitória, vai ser sempre esta mediocridade. E o que mais assusta é que ele acha que este futebol é o certo para o Benfica…
E, pelos vistos, também a maioria dos adeptos acha isso, pelo menos a avaliar pelos aplausos que se ouviram no estádio, no final do jogo. Quanto a mim, são totalmente despropositados! E contraproducentes! Como contraproducente foi o facto de termos herdado o 2.º lugar na Liga, caído do céu por demérito do adversário directo. Se tivéssemos ficado no lugar que, pela lógica, face às evidências, nos estaria destinado, talvez hoje tivéssemos emendado alguns erros de casting, reposto alguns níveis de exigência e, até, talvez tivéssemos arranjado um treinador…

(continua)
De Dias Pereira a 22 de Agosto de 2018 às 00:10
(continuação)

Sim, porque, Rui Vitória continua, com grande eloquência, a querer dar razão a quem, sobre ele, no passado mais ou menos recente, disse que não o reconhecia como treinador. Quem se permite deixar Zivkovic em campo durante 65 minutos, ou quando mexe na equipa, a sério, é para tirar Pizzi e Cervi e meter João Félix e Seferovic, não é, certamente, treinador. Ou, então, só pode estar a gozar com os adeptos. Rui Vitória vai, de idiotice em idiotice, comprovando que, além de não ter condições objectivas para pôr uma equipa como o Benfica a jogar futebol, também já não tem, claramente, os jogadores consigo.
Muito sinceramente, já não o consigo suportar, seja pela escassez de resultados, seja pela mediocridade exibicional. Não o consigo ouvir, nem tolerar a sua presença e a sua postura...
E, curiosamente, também já não consigo ouvir os comentadores da BTV, sempre na linha da frente para branquearem a mediocridade que está à vista de todos. Todos eles passaram esta noite a elogiar a exibição do Benfica. Porém, depois, quando se tratou de pontuar a exibição dos jogadores – de 0 a 5 – acabaram por atribuir 3 à generalidade dos mesmos, 4 a Jardel, e 2 a Zivkovic, Rafa, Cervi, Seferovic e Ferreyra. Fantástica coerência…
Acorda, Benfica! Acorda, porque o que o futuro nos irá trazer – a avaliar pela amostra, e pelo passado recente – é a falta de resultados e de qualidade exibicional.
E o futuro imediato não é são jogos com o Napredak ou com o Swindon Town…
Viva o Benfica!
Saudações benfiquistas!
De Antonio Campos a 22 de Agosto de 2018 às 00:12
Estou muito triste com o comando desta equipa, RV não tem mão para isto, deixei de acreditar, ponto. Vai ser mais uma época para esquecer. Leituras erradas, substituições erradas, e depois equipa rebentada e aos papéis a partir dos 70m. E vamos pagar isto bem pago là para a frente. Não sei se vale a pena investir na equipa com esta equipa técnica. Temos jogadores mas falta estratégia, jogam sempre os mesmos, logo a conclusão é que só temos onze com qualidade. Vamos jogar com lagartos todos rotos, e depois vamos á Grécia jogar com esta equipa fraca mas cheia de vontade e nós a velos correr.
Desculpem este desabafo talvez algo injusto, mas estou fodido, acho que RV é boa pessoa mas falta-lhe competêcia a parte importante.
De Anónimo a 22 de Agosto de 2018 às 00:17
É isso tudo.
9 remates enquadrados contra apenas 1 deles. O Odisseia não fez uma defesa!
Um golo mal anulado, Ferreyra não estava off side.
4 titulares lesionados.
Enfim, esperamos lá ter mais sorte, porque o que se passou hoje foi falta de sorte. E azelhice. Apenas!
De E Pluribus Unum a 22 de Agosto de 2018 às 01:54
O costume. Jogamos muito, criamos muitas oportunidades, apresentamos vários lances de grande criatividade geométrica, mas marcar golos....... NADA. ZERO. NICLES.
Para ainda mais piorar as coisas temos uma defesa e sistema defensivo ao nível de uma equipa feminina da 3ª divisão de Andorra.

Fraquérrimos nos lances aéreos defensivos e ofensivos. Não é por acaso que se contam pelos dedos de uma só mão os golos que marcamos em remates de cabeça!!!

Não é por acaso também que qualquer equipa média que consiga dois ou três livres laterais nos consegue marcar golos!!!

Nem com um SUPER JOGADOR (Gedson Fernandes), que joga e corre por dois ou três, os outros conseguem tirar vantagem dessa realidade e ganharem os jogos.
UMA VERGONHA.
No golo sofrido Fejsa não pode fazer aquela falta. Entrava à bola com muita atenção para não fazer falta e se o jogador grego passasse logo deveria estar um segundo jogador do Benfica a dobrar o Fejsa e o lance morreria nesse momento.

EquiPA FRÁGIL no jogo aéreo e comete falta estúpidas e desnecessárias que podem dar golos aos adversários, e DÃO MESMO.

oS NOSSO JOGADORES SALTAM POUCO, NÃO TÊM VONTADE A SÉRIO NEM AGRESSIVIDADE no ataque à bola.

Muito lentos e passivos no ataque às segundas bolas.
é só olhar, olhar, e tornar a olhar a ver no que vai dar. DEU GOLO que pode custar ao Clube 40.000.000,00 de €UROS.

Uma VERGONHA.

Não é por acaso que uma equipa que perde em casa com o Feirense (Vit. Guimarães) por 0-1, vai à nossa Catedral e, sem muito esforço marca dois golos ao Benfica, e não marcou mais um ou dois porque porque porqueeeeeeeeeeeeeeeeee.....

Já disse que gosto do guarda-redes Odysseas Vlachodimos, que me parece muito bom dentro dos postes mas a sair aos cruzamentos não me convence, pois é muito lento e indeciso.
Que peça umas lições ao grande Ederson Moraes, pois me parece que os BATATAS da equipa técnica do Benfica não têm competência para o ensinar a jogar fora dos postes.
uma vergonha.

O golo que sofremos é uma VERGONHA. Quando a bola vem da trave depois de cabeceada no coração da pequena área quase à vontade pelo jogador grego, só se vêem jogadores do Paok a tentar ganhar a segunda bola.
Os nosso jogadores só olham, olham e olham. UMA VERGONHA.

Ali ninguém é RESPONSABILIZADO por nada. Está sempre tudo muito bem. Os cheques ao fim de cada mês ou as transferências bancárias são certinhos.

FICO À ESPERA DUM MILAGRE PARA A PRÓXIMA 4ª-FEIRA.

Só um?! Nunca fiando. Por precaução espero que o DIVINO ESPÍRITO SANTO NOS CONCEDA UMA MEIA DÚZIA DE MILAGRES, pois é a única forma que temos de conseguir eliminar o Paok e chegar à fase de grupos da Champions League.

BENFICA BENFICA BENFICA, até ao último SUSPIRO DA VIDA.
Mesmo com esta bandalheira e incompetência endémicaque tomou conta do Maior e Melhor Clube de Portugal.
De Anónimo a 22 de Agosto de 2018 às 09:47
"Resultado perfeitamente absurdo contra uma equipa pouco mais do que mediana." - Tão mediana que despachou o Spartak Moscovo e o Basileia que nos tinha goleado o ano passado, não sofrendo qualquer derrota nesses quatro jogos;
"Há jogos em que uma pessoa sai frustrada porque teve uma grande dose de azar, ou o guarda-redes adversário teve uma noite memorável. Hoje foi apenas e só incompetência na finalização por parte dos nossos jogadores" - Se a noite do guarda redes não foi memorável então ganhámos o jogo por 9-1, fez apenas 8 defesas de remates para golo. Estaria preocupado é se não criássemos oportunidades de golo, com 50% de eficácia tínhamos resolvido a eliminatória ontem.
De antonioSLB a 22 de Agosto de 2018 às 09:48
"Resultado perfeitamente absurdo contra uma equipa pouco mais do que mediana." - Tão mediana que despachou o Spartak Moscovo e o Basileia que nos tinha goleado o ano passado, não sofrendo qualquer derrota nesses quatro jogos;
"Há jogos em que uma pessoa sai frustrada porque teve uma grande dose de azar, ou o guarda-redes adversário teve uma noite memorável. Hoje foi apenas e só incompetência na finalização por parte dos nossos jogadores" - Se a noite do guarda redes não foi memorável então ganhámos o jogo por 9-1, fez apenas 8 defesas de remates para golo. Estaria preocupado é se não criássemos oportunidades de golo, com 50% de eficácia tínhamos resolvido a eliminatória ontem.
De D`Arcy a 22 de Agosto de 2018 às 11:52
Lá está a mania de fazer bichos-papão dos adversários. O Basileia do ano passado não é o Basileia deste ano. O facto de termos feito uma exibição deplorável o ano passado em Basileia não faz do Basileia um colosso europeu, e muito menos do PAOK uma equipa excepcional. O PAOK seria uma equipa do meio da tabela em Portugal, e o Fenerbahce tinha um conjunto de jogadores muitíssimo superior a estes gregos. Repito, o PAOK tem jogadores que eram do Feirense.

O guarda-redes fez oito defesas? Pois, se um jogador isolado lhe remata praticamente à figura, até podia fazer mais. A mim preocupa-me tanto a incapacidade de criar situações de golo como a incapacidade para as concretizar, porque o resultado final é exactamente o mesmo. Sobretudo quando os adversários raramente mostram tamanha capacidade de desperdício. Se eu já achava que o Benfica tinha praticamente a obrigação de eliminar o PAOK, depois do jogo de ontem essa convicção saiu reforçada. Sermos eliminados da Champions por esta equipa seria um supremo exercício de incompetência.
De E Pluribus Unum a 22 de Agosto de 2018 às 12:26
Assino por baixo este teu comentário, caro D'Árcy.

Temos dois grandes handicaps: maus finalizadores ( ou rematam para o lado / núvens ou então é mesmo contra o "boneco" ), e defesas centrais que mal se elevam do relvado nos lances aéreos, para além de, tal como quase todos os outros jogadores, serem muito ADINÂMICOS no ataque às chamadas segundas bolas.

Fico à espera que o DIVINO ESPÍRITO SANTO me/nos conceda um verdadeiro MILAGRE na Grécia.

Para finalizar volto a citar Renato Paiva, treinador da Formação do nosso Benfica:

"A História e a Grandeza do BENFICA exige-nos ganhar SEMPRE".

Cabe aos profissionais do Benfica dar cumprimento a esta mâxima e passar das palavras aos actos.


BENFICA BENFICA BENFICA................. Sempreeeeeeeeeeeeeeeeeee até ao último suspiro da minha vida.
De antonioSLB a 22 de Agosto de 2018 às 13:18
Gonçalo, a única coisa que podemos criticar no jogo do Benfica é a falta de eficácia. Com uma taxa de eficácia de 50% teríamos resolvido ontem a eliminatória. E depois veio ao de cima uma máxima muito batida no futebol, "quem muito desperdiça e não marca arrisca-se a sofrer". Se temos feito um ou dois golos antes do penalti, estávamos agora todos contentes com a eliminatória ganha, o jogo teria sido bem diferente. O Benfica jogou bem a maioria do tempo, faltou as bolas entrarem.
O Benfica tem um erro na defesa e sofre 1 golo, 100% de eficácia para os gregos. O nosso guarda redes faz zero defesas no jogo. Em contrapartida o grego fez 8(!), uma ou outra mais fácil mas a maioria grandes defesas, bolas de golo.
É evidente que ontem ficou demonstrado que o Benfica é muito superior ao PAOK, técnica, táctica e fisicamente. No entanto isso não quer dizer que o PAOK seja uma equipa fraca como se quer fazer crer. O PAOK pode não ter individualmente os nomes do Fenerbahçe, mas funciona muito melhor como EQUIPA. Entrou em campo a querer algo do jogo e a tentar fazer um golo, ao contrário dos turcos que desde o início jogaram para o 0-0 e no final até tentaram segurar a derrota por 1-0. Para mim este PAOK que eu vi ontem e nas pré eliminatórias anteriores com o Basileia e Spartak era equipa perfeitamente para se bater em Portugal pelo 3º lugar com Braga e Sporting. O 10 Pelkas que jogou no Vitória de Setúbal evoluiu muito e está um jogador muito interessante. Dos que falas do Feirense, o Varela que cabeceou à barra no lance do golo é internacional por Cabo Verde e é um jogador muito possante. O outro, o egípcio Warda que fez o golo, é muito rápido e bom tecnicamente, agitou claramente o jogo deles. Estranho não ter jogado de início. E não chegou a jogar no Feirense, só lá esteve 2 dias, começou a assediar as mulheres dos companheiros e foi despedido!
O Sálvio estava em grande forma, fez muita falta, é o jogador que mais acelera o nosso jogo no ultimo terço do campo e já deverá jogar, não foi lesão mas sim indisposição gástrica. E seria muito bom que o Jonas já pudesse ser convocado, embora deva ter muita falta de ritmo.
Vamos ter confiança, se o passado nos diz algo, é que nas duas vezes que jogámos no estádio deles, vencemos as duas. Somos melhores, vamos ter esperança.
Agora o importante é pensar e concentrar a 100% em vencer os lagartos no sábado. Até para dar mais moral e confiança para Salónica.
De D`Arcy a 22 de Agosto de 2018 às 13:47
Tudo isso está certo. Mas já agora pergunto se o Pelkas, o Varela ou o Warda teriam sequer lugar no plantel do Benfica (o Varela, já agora, marcou-nos um golo quando estava no Feirense).
De antonioSLB a 22 de Agosto de 2018 às 14:51
Gonçalo, a ver se nos entendemos, eu acho que nenhum jogador do Sporting por exemplo, teria lugar no plantel do Benfica, e isso não quer dizer que alguns não tenham qualidade. E o mesmo se passa em relação a jogadores de outros clubes, que também têm qualidade.
Uma equipa com 11 jogadores de menor qualidade que outra até pode funcionar melhor como EQUIPA e ser superior COLECTIVAMENTE. Para isso é preciso que seja mais comprometida e solidária e que cada jogador pense exclusivamente na equipa e não em si próprio. É isso que a nossa equipa precisa de ser sempre e que tenha o que faltou ontem, eficácia, para traduzir em golos o bom jogo e as oportunidades criadas. Uma equipa que cria oportunidades de golo e não marca não é o mesmo que outra que não marca porque não cria. A primeira pode ser campeã Nacional ou até Europeia, a segunda não ganhará nada nunca, não há esperança que a salve.
De E Pluribus Unum a 22 de Agosto de 2018 às 14:11
Devo dizer também que concordo muito com a visão que fazes dos acontecimentos. No fundo no fundo, para além de sermos uns ANJINHOS /ANJOLAS a defender, principalmente bolas aéreas, o que nos faltou foi mesmo um NADINHA DE SORTE, pois se ela estivesse em MODO ISENÇÃO teríamos ganho o jogo com um mínimo de dois golos de diferença.

Para mim o mais importante no entanto é isto e apenas isto: VIVA O NOSSO GLORIOSO E INIGUALÁVEL SL-BENFICA, de longe e em tudo o Maior e o Melhor Clube de Portugal.

BENFICA BENFICA BENFICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
De Dias Pereira a 22 de Agosto de 2018 às 14:57
Caro antonioSLB,
Respeito, obviamente, a sua visão das coisas. Não posso, contudo, deixar de ficar de abismado quando diz que o Benfica é superior ao PAOK "... fisicamente.". Terá sido por isso que os jogadores dos gregos ganhavam sempre as disputas individuais quando era preciso puxar pelo físico, ou que os gregos progrediam longas distâncias como bem queriam e lhes apetecia, sem que os nossos lhes tirassem a bola ou se opusessem aos seus intentos? Terá sido por isso que as jogadas aéreas nos lances de bola parada foram sempre favoráveis ao PAOK, tanto ofensivas como defensivas?
E se reconheço que tecnicamente somos superiores aos gregos, já não estou tão certo que o sejamos tacticamente. Na verdade, quando uma equipa tecnicamente inferior consegue disputar o jogo, ou lograr os seus intentos, então terá sido porque tacticamente jogou bem. Ou, lá está, fez prevalecer sobremaneira os aspectos físico-tácticos...
Meu caro, o nosso Benfica está, nesta altura, servido por uma série de jogadores com handicaps físicos notórios, e que, para além disso, se têm na conta de grandes craques. Em consequência, e como não são trabalhados no sentido certo, quer pela estrutura, quer pela equipa técnica (existe?...), estão cada vez mais incapazes de se impor pela vertente física, não são assertivos nem agressivos na disputa dos lances, nem compensam, de forma nenhuma, as suas características morfológicas deficitárias com posicionamento, antecipação, etc.
A tudo isto acresce, para desgraça nossa, um treinador (será?...) que insiste num modelo de jogo (existe mesmo?...) que, se existe, se mostra totalmente desajustado às nossa necessidades - porque não produz os efeitos desejados!... - e é incapaz de suprimir, por via do treino e do trabalho diário, as repetidas e reincidentes (imensas!...) falhas do nosso jogo, tanto defensivo como ofensivo.
Que queira acreditar, eu não acho mal; também eu quero. Contudo, para se acreditar é necessário algo em que se possa alicerçar a crença. E nós, como temos constatado nos últimos tempos, não temos nada de substancial em que nos possamos agarrar...
A equipa tem bons momentos nos jogos? Tem, sim senhor! Mas, de que serve isso se, invariavelmente, também tem, sempre, momentos que deitam tudo a perder? E o mais desesperante é que esses momentos resultam de situações estruturais, e não dependem da conjuntura; repetimos os mesmos erros, seja dentro de portas, seja fora, seja em jogos nacionais, seja internacionais, com o Freixo-de-Espada-à-Cinta ou com o Barcelona...
daremos a volta a isto se formos suficientemente objectivos para discernir sobre o que está mal e tem de ser mudado - no sistema, nas pessoas e nos procedimentos... - e nos deixarmos de auto-comiserações, sentimentalismos e devoções eternas. Nesta altura, objectivamente, Rui Vitória é incapaz de pôr a equipa a jogar o futebol que o Benfica tem de jogar, ou seja, dominador e eficaz, tanto defensiva como ofensivamente; por isso, tem de ir à sua vida, e nós temos de arranjar quem venha pôr a equipa a jogar futebol. Uma eventual saída de Rui Vitória está - quanto a mim, obviamente... - já atrasada em 2 anos. Ou seja, depois de ter sido campeão na primeira época, como o foi, tinha sido dispensado, porque, apesar de ter conseguido ser campeão, foi-o mais à custa dos erros dos outros e não da qualidade e eficácia do nosso futebol. Só não vê que foi assim, quem não o queira ver. Se quiserem ser verdadeiros, sabem que foi assim que as coisas aconteceram.
O futebol do Benfica não pode continuar a ser o que está, repetidamente, a ser. Humilhações sempre aconteceram; tantas quantas as dos últimos tempos é que são absolutamente intoleráveis para a dimensão do Benfica!
E se não nos apurarmos para a Champions League, será uma humilhação ao nível dos 0 pontos registados na fase de grupos da época passada!
Viva o Benfica!
Saudações benfiquistas!
De E Pluribus Unum a 23 de Agosto de 2018 às 03:07
Oh meu caro Benfiquista Dias Pereira, LAPIDAR este seu comentário / leitura, sobre o futebolzinho actual do nosso Benfica.
Devia passar a ser DOCUMENTO, e obrigatoriamente ser lido por todos os jogadores, e PRINCIPALMENTE pelo "Presidente" e "treinador" e seus assistentes.

Uma pessoa como você, e com o seu OLHO DE ÁGUIA e verdadeira inteligência na análise do futebol jogado e não jogado, devia ser o CONSELHEIRO Nrº 1 do treinador principal do nosso BENFICA.
Digo isto com toda a sinceridade. Infelizmente só temos no nosso Glorioso Clube FALSOS COMPETENTES a aguardar os fins de mês.

Peço a alguém que seja BENFIQUISTA e frequente este ESPAÇO DE BENFIQUISMO REAL, e que de alguma maneira tenha contacto quer com o Presidente L.F. Vieira, quer com o treinador , lhes dê conhecimento deste seu comentário, e eles que o leiam e releiam, a ver se essa gentinha começa de facto a crescer e a ter nível para estarem ao serviço do Maior e Melhor Clube de Portugal.

Da minha parte, o meu sincero agradecimento por ser o BENFIQUISTA que é, e ajudar a ABRIR OS OLHOS E O CÉREBRO a muita gente que pensa que apoiar o Benfica é dizer Ámen a tudo e bater palmas e palminhas, quer se jogue À BENFICA quer se jogue como um clubezinho das divisões Distritais.

Espero meia dúzia de milagres até à próxima quarta-feira, 29-08-2018, que culminem com a passagem do nosso Benfica à fase de grupos da Champions League.
E que o primeiro, seja o Presidente e principalmente o treinador principal e jogadores, a LEREM e a ENTENDEREM o que nos diz neste seu comentário que, repito, é LAPIDAR.

Mais uma vez, obrigado e parabéns.

BENFICA BENFICA BENFICAAAAAAAAAAAA Sempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
De Redpower a 22 de Agosto de 2018 às 12:18
Concordo com quase tudo o que disse D'Arcy. Não acho que o PAOK seja assim tão fraco, mas acho que temos muito melhor equipa. Mas isso não basta, é preciso demonstrá-lo e concretizá-lo em golos. Infelizmente, de três avançados só temos um disponível e este parece estar a demorar a provar os créditos de que vinha rotulado. Depois, quando não concretizamos, damos oxigénio ao adversário e o oxigénio começa a faltar-nos a nós. O golo do PAOK surge de uma evidente quebra física da nossa equipa.
Este resultado é mau, na medida em que o PAOK pode remeter-se a defender na segunda mão e fazer extamente o que fez no Estádio da Luz, enquanto uma vitória nossa obrigá-los-ia a correr atrás do resultado...
Não obstante tudo isto, se conseguirmos ser inteligentes na forma como abordamos a segunda mão, a passagem está ao nosso alcance.

Se fosse treinador daria prioridade a esse jogo em vez do jogo do campeonato, pois o campeonato ainda vai no começo e os 40 milhões parecem-me bem mais importantes nesta altura... sobretudo depois do investimento que foi feito.

VAMOS BENFICA!
De Anónimo a 22 de Agosto de 2018 às 12:20
Caros Benfiquistas,

Todos nós temos de admitir que não jogamos nada de especial, se o não passado levámos 5 do Basileia, significa que o Basileia é o Real Madrid da Suíça? Claro que não. Também já clubes portugueses nos ganharam, mas eles continuam a ser clubes de meia tabela, esforçam-se tanto com o nosso Benfica, que logo a seguir perdem para o último classificado.
Nós temos obrigação de ganhar estes jogos, tal como o ano passado tínhamos obrigação de passar a fase de grupos.
Não podemos continuamente nos desculparmos com a falta de sorte e com as lesões, porque isso revela o quão incompetentes a nossa estrutura está a ser. Não sei, mas à 3 anos que andamos sempre em lesões, algo está mal, não? Temos jogos importantes e estamos todos sem força ao minuto 60, é normal? Fazemos substituições sempre devido a lesão e nunca com uma estratégia, ou de jogo, ou de futuro ou de algo, mas é sempre forçada e não pensada, pelo menos é assim que passa.

Ontem temos alguns bons momentos, mas de que serviram, não marcamos mais que 1 e não descansamos para o jogo de sábado, por isso foi um mau jogo. Um bom jogo e de acordo com o nosso valor seria, bom domínio de bola, no mínimo 2 golos, controlo do jogo e substituições para o jogo de sábado. Mas não, tudo é sempre feito em extremo sofrimento...

Que Deus nos ajude e tenhamos muita sorte, só assim acho possível.
Estou como a maioria, intelectualmente não consigo ver luz ao fundo do túnel, a sorte é que o Benfica é uma "religião", assim ainda temos a fé.

Espero honestamente estar muito errado e que todos nós estejamos que este ano tenhamos uma época com bons jogos e muito bons resultados.

Saudações para todos vós e viva o Benfica

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Normalidade

Selado

Horrível

Sem comentários

Cruel

Competente

Batalha

Masoquismo

Péssimo

Fácil

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds