VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2019

Agonia

Mais uma etapa na lenta agonia da nossa equipa. Fizemos noventa minutos que foram a continuidade exacta daquilo que tínhamos feito contra o Aves. Ou seja, praticamente nada. 

 

 

Um jogo paupérrimo, com todos os defeitos que já se tornaram hábitos no nosso futebol, aos quais conseguimos acrescentar ainda mais algumas novidades. Nomeadamente dois autogolos, um de cada um dos centrais, perfeitamente escusados e evitáveis. O primeiro, do Rúben Dias, numa tentativa de interceptar um cruzamento que não levava qualquer perigo e que iria morrer nas mãos do Odysseas. O segundo, do Jardel, de tal forma patético que quase que pareceu que foi de propósito. Depois de uma má tentativa de chapéu ao nosso guarda-redes o Jardel ficou com todo o tempo do mundo para fazer o que quisesse e afastar a bola da forma que muito bem entendesse. Em vez disso, cabeceou a bola para dentro da própria baliza. Não há nada a acrescentar a tudo o que eu já escrevi sobre o que o nosso futebol tem de errado, porque os defeitos mantêm-se e agudizam-se. Já escrevi também antes que não acredito que o nosso treinador tenha capacidade para corrigir estes erros e inverter a actual situação. E como se não bastasse todo o disparate, depois ainda somos presenteados com um vermelho directo ao Jonas por um lance normal de futebol, que quando muito valeria um amarelo. Enfim.

 

Os únicos jogadores que escaparam à mediocridade foram o Odysseas (sem ele o resultado poderia ter sido ainda mais humilhante) e o Fejsa.

 

Conseguimos pela primeira vez na história perder com o Portimonense. E se algo não for feito e continuarmos a assobiar para o ar à espera que miraculosamente tudo entre nos eixos, o mais provável é que continuemos a fazer história com feitos como este.

tags:
publicado por D`Arcy às 00:02
link do post | comentar
14 comentários:
De Dias Pereira a 3 de Janeiro de 2019 às 00:23
Boa noite.
Foi, de facto, uma verdadeira agonia, como escreve o D’Arcy
De desilusão em desilusão, vamos delapidando o (pouco!) que resta da crença numa equipa – direcção, treinador e jogadores – que, sejamos sinceros, vem a piorar o seu rendimento – exibições e resultados! – globalmente, desde que Rui Vitória foi contratado. Em minha opinião, obviamente…
E, infelizmente, a exibição de hoje em Portimão, tal como o resultado, não pode considerar-se propriamente uma surpresa. Todos os indicadores apontavam precisamente para um desfecho dessa natureza. E só não vê isso quem não quer ver. Ou quem, por outra ordem de razões, insista em continuar a tapar o sol com a peneira e a desculpar o indesculpável.
Este jogo voltou a mostrar um futebol muito pouco assertivo, desesperantemente previsível e lento, sem qualquer pressão sobre o adversário – e muito menos sobre o portador da bola! – com perdas de bola inacreditáveis, com uma enormidade de passes falhados – mesmo em situações fáceis, e independentemente do traquejo dos protagonistas, fossem Jonas, Fejsa, Pizzi, Zivkovic ou Gedson… – e com erros individuais grosseiros, arrastando-se dentro do campo, sem garra, sem atitude e sem concentração…
De Rui Vitória, já há muito que não espero nada. Pela simples razão de já ter provado que não tem nada mais para dar: nem liderança do grupo, nem capacidade de alterar qualitativamente as exibições nem os resultados, nem a sensatez de perceber que está, claramente, a mais nesta equação.
E de Luís Filipe Vieira também já não espero rigorosamente nada, porque já provou a total inabilidade para gerir situações delicadas de per si . Como é típico de pessoas da sua estirpe – que são muito de fezadas e afins, como se percebe pelo famoso apelo, em plena AG, “acreditem, c*r*lh*!!!”… – não acredito que seja capaz de racionalizar sobre um problema e de o tentar solucionar com alguma base lógica… a não ser que lhe dê “… uma luz…”.
Por isso, já só acredito no que possa resultar da pressão que exerçam os sócios, os adeptos e os simpatizantes, ou seja, da pública expressão da real vontade da nação benfiquista!
Para grandes males, grandes remédios! Se só quando o negócio do merchandising começar a diminuir e os estádios começarem a ter menos gente, é que SAD e direcção vão perceber que há, obrigatoriamente, de corrigir o que já todos perceberam que não está bem, então é para isso que apelo. Façamo-nos ouvir assim, se insistem em ignorar-nos de outra forma!
Não posso – não consigo!... – aceitar um Benfica humilhado por todo e qualquer um, com jogadores que não correm nem suam a camisola, que se vulgarizam nos confrontos com adversários de (muito!) menor valor, e que mantêm níveis de desempenho consistentemente abaixo das suas reais capacidades, em contraciclo com os chorudos rendimentos que auferem do clube!
Não posso – não consigo!... – aceitar uma orientação técnica incapaz de reajustar as coisas, no sentido de melhorar desempenhos – individuais e, sobretudo, colectivos – e conseguir os resultados expectáveis, e naturais, face ao valor do grupo, ou que se mostra inábil na gestão dos recursos humanos de que dispõe o grupo, a grande maioria dos quais mereceu o seu prévio aval!
Não posso – não consigo!... – aceitar uma direcção cuja gestão expôs o clube a uma série de situações lamentáveis, se rodeou de colaboradores – em várias áreas – com passados e orientações clubísticas altamente comprometedores, e que insistiu numa série de relacionamentos altamente discutíveis – na forma e no conteúdo – com diversas entidades do fenómeno futebolístico (FPF, Liga, Conselho de Arbitragem…) e, também, com alguns dos seus pares, designadamente com muitos clubes declarada, e inequivocamente, hostis ao Benfica!
É hora de tocar a reunir! Ou melhor, já estamos para lá da hora de tocar a reunir! É imprescindível tudo fazer para reverter a inadmissível – e persistente… – situação do nosso futebol! Isso, podemos, e devemos fazer!
Quanto ao escrutínio do mérito da gestão desportiva, esse terá de ser feito mais tarde. Mas importa não esquecer nada, e dar a devida resposta na altura certa…
Viva o Benfica!
Saudações benfiquistas!
De Anónimo a 3 de Janeiro de 2019 às 10:34
Os Benfiquistas têm o dever de pedir explicações à Direcção, pela Vergonha a que estão a expor o Glorioso. É tempo de expulsar do Benfica quem não é do Benfica, ou quem não defende o Glorioso como merece ser defendido. O Benfica é essencialmente um Clube de Futebol, não é uma empresa de projectos. Sou sócio do Benfica, não sou sócio de quaisquer "teixeiras duartes". BENFICA SEMPRE

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Deplorável

Firme

Soberba

Complicado

Merecida

Susto

Distinção

Bomba

Ridículo

Amorfo

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds