VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Domingo, 22 de Maio de 2016

Consagração

O jogo que permitiu ao Benfica conquistar a sua sétima Taça da Liga em nove edições e vincar ainda mais o seu domínio incontestável nesta competição - que, precisamente por via deste domínio, continua a 'não ter interesse' para os outros - serviu também como uma nova consagração da equipa que com todo o mérito se sagrou tricampeã nacional.

 

 

Num jogo em que o Benfica se apresentou com algumas alterações no onze - Luisão, Grimaldo e Samaris foram titulares, deixando de fora Lindelöf, Eliseu e Fejsa - o Marítimo teve uma entrada muito forte, que permitiu desde logo verificar a falta de ritmo do Luisão e a enorme qualidade do Ederson na nossa baliza. Mas depois de uns primeiros cinco minutos complicados, o Gaitán pegou na batuta e assim que o Benfica se chagou à frente, num ápice deixou o jogo praticamente resolvido. Três golos na primeira parte, da autoria da nossa dupla de avançados, com o Jonas a abrir o activo e o Mitroglou a somar dois golos, poucas dúvidas deixaram sobre o vencedor do jogo. A nossa ala esquerda funcionou muito bem, com o Gaitán a abrir o livro e a ser muito bem acompanhado pelo Grimaldo, e fez do lado direito da defesa do Marítimo uma verdadeira auto-estrada. O Marítimo nunca baixou os braços, jogou olhos nos olhos com o Benfica e pagou por isso, mas mesmo a fechar a primeira parte ainda conseguiu marcar um golo, aproveitando uma má saída do Ederson, que lhes deixava uma réstia de esperança para a segunda parte. Por isso mesmo o Marítimo voltou a entrar decidido, em busca do golo que relançasse a partida, mas foi perdendo ímpeto e tudo ficou definitivamente resolvido com o grande golo do Gaitán, a treze minutos do final, numa jogada bem iniciada pelo Talisca que ainda passou pelo Jonas. O Gaitán foi substituído imediatamente a seguir a este golo e saiu em lágrimas do campo, porque terá sido este o último jogo que fez com a nossa camisola. Parece-me por isso muito apropriado que o último toque que ele deu numa bola com a camisola do Benfica vestida tenha sido para marcar este golo. O Marítimo ainda reduziu de penálti, mas já nos instantes finais o Benfica marcou por duas vezes de rajada e construiu um resultado bastante expressivo. Primeiro marcou o Jardel, de cabeça após livre do Pizzi, e depois o Jiménez, de penálti, que ele próprio tinha conseguido.

 

Um jogo enorme do Gaitán para se despedir de todos nós, e da parte que me toca digo que estou já com saudades. Foi um privilégio vê-lo jogar cá durante seis anos, e apesar de saber que um jogador com o talento dele estava destinado a deixar-nos mais cedo ou mais tarde, à medida que os anos passavam e ele ia ficando cada vez mais alimentava a esperança que ele fizesse o resto da carreira por cá, até pela sua personalidade, pouco típica para um jogador de futebol. O Grimaldo deixou muito boa imagem, a mostrar que é um candidato à titularidade. Ederson (apesar da falha no primeiro golo do Marítimo), Pizzi, Jonas e Mitroglou em bom nível, e o Renato Sanches também um pouco melhor do que naqueles pouco conseguidos jogos da fase final da época. O Talisca entoru bem no jogo. Luisão e Samaris foram os que estiveram menos bem.

 

E em ambiente de grande festa se fechou uma época que à partida quase todos esperavam que fosse para esquecer, mas que acabou por ser memorável. Acabámos por conquistar um tricampeonato que nos fugia há quase quarenta anos, manter o título da Taça da Liga, e ter uma presença mais do que condigna na Champions League. Isto enquanto vimos fortalecer-se a unidade entre clube e adeptos, e um espírito de equipa como há muito não via. Agora resta-me aturar a sempre insuportável silly season e ver quantos dos nossos jogadores serão vendidos duas ou três vezes cada. Para a próxima época teremos como motivação extra a possibilidade de um inédito tetra.

tags:
publicado por D`Arcy às 21:33
link do post | comentar
11 comentários:
De jorge a 23 de Maio de 2016 às 11:03
A vitoria do Benfica no campeonato e taça da liga,é uma prova de que o Benfica não precisa de jj para ganhar. Por mais que a central sportinguista da sic, se esforce para puxar jj para cima, os resultados mostram a irrelevância do antigo treinador em que ganhou (BOLA, Bola).O tempo de antena miserável de rui santos a jj veio demonstrar que estão sózinhos aquando da votação final à pergunta : qual o melhor treinador? Alcançando Rui Vitória o dobro da votação do labrego.A audiência deste tempo de antena de rui santos a jj com a votação final, demonstrou o quanto esta gente está isolada da realidade.
De Henrique Teixeira a 23 de Maio de 2016 às 11:47
Uma época muito boa encerrada com chave de ouro.
Dois títulos alcançados numa semana de sonho, enquanto os outros rivais ganharam "bola", não é verdade Jorge Jesus?
Agora vamos assistir às habituais novelas realizadas entre o fim de uma época e o início de outra. Renato Sanches já está vendido, Gaitán parece também estar. É pena porque são dois extraordinários jogadores, sendo o argentino, quanto a mim, o melhor de todos que nos últimos anos jogaram no nosso campeonato.
Gostaria imenso que o Benfica não vendesse Ederson, Lindelof, Jardel, Fejsa, Talisca e Jonas.
Que bom se conseguirmos o inédito tetra!
De Sérgio a 23 de Maio de 2016 às 12:04

Obrigado D'Arcy. Houve alguma desconcentração, mas a qualidade da equipa foi suficiente para marcar mais golos do que o adversário.

Que venha rapidamente o Campeonato da Europa de Futebol para entreter o pessoal, pois não havendo futebol só se fala de transferências. E pelo andar da carruagem, vamos ficar quase sem jogadores e já existem também propostas milionárias para o treinador. A época foi muito positiva, mas muitos benfiquistas entram em depressão com o período de transferências. Depois de se venderem alguns titulares, lá começaremos a próxima época com as espectativas muito em baixo. Tem sido assim nos últimos anos.

Quando começar o campeonato o Benfica já entrará com uns 10 pontos virtuais de atraso. Logo no primeiro jogo os jogadores do Sporting vão entrar com as faixas de campeão, serão a super equipa, com um super treinador. Só é pena que este ano não tenham uma Supertaça para disputarem. Neste ano não tiveram um Marco Silva para lhes dar uma Taça de Portugal e lhes proporcionar a possibilidade de disputar uma Supertaça. Mas isso não interessa nada, porque o atual treinador é muito melhor.

Portanto, caros benfiquistas, vamos ter uns meses muito deprimentes pela frente. O Benfica é apenas tri-campeão, mas o que é isso comparado com a super-equipa que recebeu o título de equipa de melhor futebol e que se está a preparar para na próxima época massacrar todos os adversários? O Barcelona, o Bayern e o Real Madrid que se cuidem.

Só espero que daqui a um ano haja outra vez benfiquistas deprimidos porque depois de terem ganho o campeonato e mais uma ou outra competição, a equipa está outra vez a ser vendida. É só isso que desejo.
De Joao Coelho a 23 de Maio de 2016 às 12:58
Só passei aqui para dedicar estes títulos às viúvas do Jorjuz. Devem ter ficado muito contentes com a entrevista (?) do Rui Santos ao treinador do 1º dos ultimos do nosso campeonato. E mais contentes ficaram, diria mesmo muito emocionados, com o troféu dado por aquele lambe-coisas, troféu esse que nomeou o melhor treiandor do ano ! Estou certo que foram a correr a ligar para a coisa, porque isto de ser viuva com marido vivo é trágico!

Viva o Benfica !

PS: Também tenho a certeza que o Vieira não vai ter mãos a medir com as vendas. Está na praia dele e comissões são comissões !
De Lagarto da Musgueira a 23 de Maio de 2016 às 15:40
Coitados, "melhor treinador do ano" sem ganhar NADA! A merda da sic é o facebook oficial do badochas e restante carneirada. Rui Santos (Ribeirinho) tem de fazer papel de moço de recados... a very very sic tv, mais uma vez apostaram no cavalo errado... vocês merecem....
De jorge a 23 de Maio de 2016 às 17:31
As criticas a Vieira ,e as desculpas a Rui Vitoria feitas pelo Ricardo Araújo Pereira,só merecem que os Benfiquistas o mandem... bardamerda.
De Manuel Afonso a 23 de Maio de 2016 às 18:35
Chegou então a altura de fazer o balanço da época.

E o primeiro balanço é muito positivo. Tem a ver com o trabalho do D'Arcy ao longo da época, que tenho que reputar de muito positivo. Obrigado.

O Segundo é um balanço inconclusivo. E porquê:

1-Pensava que esta ano serviria para ver se era a estrutura do Benfica que ganhava campeonatos, ou se era o Jesus. Mas afinal não.
Afinal ganhamos por mera sorte. É preciso mais uma época para se ter a certeza. Se perdermos haverá a certeza. Se ganharmos, será precisa mais uma época para se ter a certeza.

É assim como com a estória da hegemonia no futebol Português. Quando fomos campeões era um caso isolado. Teríamos que ser bicampeões para colocar em causa a hegemonia do Porto. Conquistado o bi, também não queria dizer nada. O tri sim, seria a prova do fim da hegemonia do Porto. Conquistado o tri, não quer dizer nada à mesma. Agora parece que temos que provar que a hegemonia não é do campeão nacional da época de 2016/2017, o ceportêm. E a continuar assim podemos ser campeões navcionais 20 anos seguidos que a estória vai ser sempre a mesma.

Mas se à 21ª época perdermos, então sim, essa vai ser a prova definitiva que nunca tivemos a hegemonia do futebol nacional.
Assim são os nossos inimigos jornaleiros e comentadeiros.
E vendo bem até é merecido.
Se ditos Benfiquistas como o palhaço, quero dizer, o cómico, acham que nós fomos campeões porque tivemos sorte ao atravessar uma autoestrada, porque é que os nossos inimigos não hão de dizer o mesmo.
Se ditos Benfiquistas como o cómico, cómico ou palhço, não sei muito bem, continuam a afirmar orgulhosamente que nós temos uma "estrutura", ou seja, que não temos uma estrutura, porque é que os nossos inimigos hão de dizer outra coisa.

2-Pensava que o Rui Vitória tinha provado que era treinador para o Benfica.
Mas afinal também não. Como já se sabe ganhou com sorte, e beneficiando do trabalho deixado pelo melhor treinador do campeonato, segundo a sua amante mais conhecida, o cagalhão santos.

3-Pensava que o Benfica partia de uma boa posição para a conquista do próximo campeonato. Mas afinal não. Parece que vamos vender a equipa toda, contratar miseravelmente, fazer uma pré-época incompetente, e não teremos hipóteses de derrotar o campeão nacional 2016/2017, o ceportêm, que apenas terá que lutar contra a equipa com o melhor plantel do universo, o clube da fruta.

Em suma, campeões, bicampeões, tricampeões, tetracampeões ou pentacampeões, é tudo a mesma coisa.
Não temos estutura, não temos plantel, não temos treinador, não temos hipóteses.
Para jornaleiros, comentadeiros, taliban, palhaços cómicos e cómicos palhaços, as nossas vitórias são sempre fruto do acaso, e a desgraça aguarda-nos na próxima esquina.

Só que cada vez enganam menos de nós, porque por muito que inventem, por muito que queiram baixar os ãnimos dos Benfiquistas, por muito que ultrapassem os limítes da decência em exercícios de auto elogios à la lagartagem, há uma coisa que não conseguem esconder.

NÓS SOMOS TRICAMPEÕES!!!


De Tricampeões a 24 de Maio de 2016 às 01:31
Terminou a época e é altura de fazermos um balanço comparativo com a época passada. É verdade que no início da época passada éramos "muitos fracos" e a equipa campeã tinha sido "destruída", mas no início desta época ainda éramos piores e "o 35 era uma miragem". Aqui vai:

2014/2015
Treinador: Jorge Jesus (salário de 4M€/época)
Total gasto em reforços: 39M

Campeonato: Campeão, 85 pontos
Taça: 1/8 final, derrotado em casa pelo Braga
Taça da Liga: Vencedor
Liga dos Campeões: Último lugar na fase de grupos

2015/2016
Treinador: Rui Vitória (salário de 950.000€/época)
Total gasto em reforços: 17M

Campeonato: Campeão, 88 pontos (recorde nacional)
Taça: 1/16 final, derrotado em Alvalade após prolongamento
Taça da Liga: Vencedor
Liga dos Campeões: 1/4 de final

Cada um que tire as suas conclusões.
De antonio fonseca a 24 de Maio de 2016 às 21:27
Boa noite,

belo comentário Só me resta dizer: foi uma época memorável deixamos os viscondes a falar sozinhos e a espumar pela boca, e não só.

Parabens a todos os verdadeiros benfiquistas que tanto apoiaram a nossa equipa.

Saudações benfiquistas.
De Francisco Pereira a 26 de Maio de 2016 às 02:17

Olá D ´Arcy.

Mais uma vez demorei mais que costume. Enfim, a história dos pessimismos torna as festas muito mais loucamente gloriosas.

Agora não hà bela sem senão. Não percebo que tenhamos perdido o MÁGICO jogador mais mágico em todo o Portugal - NICO GAITAN - apenas por 25 milhões e, logo, quando faz uma exibição circense fantástica nesta final da Taça da Liga. Mas, os jogadores jovens estrelas, essas é que ainda só deveriam ser vendidas daqui a 2 ou 3 anos, casos do Emerson, Lindelof e R. Sanches. De resto, podem ir todos, para o Benfica fazer o tão necessário encaixe financeiro.

Mesmo assim, ver anunciados, como se fossem mato, tudo em montantes de 20 e 25 milhões de euros, enquanto vejo o Zbording a negar já, como no ano passado, tudo que seja abaixo do valor de venda decretado nos seus contratos.

Enfim, deixemos isso para mais tarde.

MAIS UMA TAÇA PARA O GLORIOSO.
a) Marco Silva no F.C.Porto ???!!!! que grande desgosto que isso me provoca. O treinador que, agora, mais que nunca, não queria nada que voltasse para um dos 3 grandes portugueses.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Desnecessário

Desilusão

Estrelinha

Paciência

Incontestável

Difícil

Serenata

Crença

Evidente

Talento

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds