VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Domingo, 19 de Agosto de 2018

Controlo

Uma vitória indiscutível num jogo em que o Benfica assumiu o controlo desde o apito inicial e não mais o largou. Os dois golos de vantagem até acabam por ser um resultado escasso tendo em conta o quanto fomos superiores ao Boavista.

 

 

O onze apresentado já é o esperado nesta altura da época. Desta vez foi o Ferreyra a jogar na frente em vez do Castillo, que está lesionado. O jogo até começou praticamente com uma grande ocasião de golo para o Boavista, quando o Falcone não aproveitou uma hesitação do André Almeida no corte a um cruzamento e sozinho ao segundo poste não conseguiu acertar na baliza. Mas esta acabou por ser a única ocasião de golo digna desse nome do Boavista em todo o jogo. A partir daí só deu Benfica. Mesmo apresentando por vezes um futebol demasiado confuso e com dificuldades em alinhavar jogadas, remetemos facilmente o Boavista para dentro do seu meio campo. Boavista que foi fiel à sua imagem tradicional, ou seja, os seus jogadores nunca se encolheram e metiam sempre o pé e jogadores como o Salvio ou o Gedson bem sofreram com isso. Apesar do domínio territorial, o golo não se adivinhava fácil. Por um lado voltámos a mostrar debilidades no último passe, por outro era complicado ultrapassar a floresta de jogadores do Boavista que se iam acantonando em frente à sua área. Mas a persistência em pressionar e empurrar o adversário para o seu meio campo acabou por ser recompensada a dez minutos do intervalo, quando a pressão do Ferreyra sobre um defesa lhe permitiu recuperar a bola dentro da área adversária, para depois desferir um remate rasteiro colocado para o poste mais distante que inaugurou o marcador. Um golo de classe e importante também por ser o primeiro deste nosso novo avançado, que esperemos que sirva para lhe aumentar a confiança. O golo em nada alterou o cenário em campo. O Benfica continuou a ter o controlo absoluto e poderia ter mesmo ampliado a vantagem ainda antes do intervalo.

 

 

A vontade de colocar uma maior certeza no resultado voltou com a nossa equipa dos balneários. Tivemos uma entrada muito forte e logo nos minutos iniciais estivemos muito perto de marcar, valendo ao Boavista uma defesa por instinto do seu guarda-redes, que evitou o golo do Salvio. Só dava Benfica no jogo, a única vez em que o Boavista deu alguma ilusão de perigo foi num livre lateral que enviou a bola na direcção da baliza, e o segundo golo do Benfica era quase uma inevitabilidade - não convinha no entanto facilitar, porque ainda me recordo bem da forma como perdemos no Bessa o ano passado. Também dominámos por completo o jogo, chegámos ao intervalo com uma magríssima vantagem de um golo, e depois o Boavista empatou na primeira oportunidade que teve, para depois aquele erro monumental do Varela lhes fazer a vitória cair no colo. Desta vez a história seria diferente, e com pouco mais de um quarto de hora decorrido o Benfica fez o segundo golo. O mérito da jogada é quase todo do Salvio, que interceptou um primeiro passe de um defesa do Boavista e depois pressionou-o e recuperou a bola, para de seguida ganhar a linha de fundo e fazer um passe atrasado para a entrada da área, onde o Pizzi rematou rasteiro e colocado para o golo. Tudo bem feito. A partir daqui o Benfica foi gerindo sem nunca abdicar do controlo, fez descansar o Salvio e o Gedson, proporcionou a estreia na equipa principal ao miúdo João Félix, e mesmo assim poderia ter dilatado mais o resultado. Em particular nos minutos finais, quando vimos o guarda-redes boavisteiro a negar o golo a um Pizzi isolado, e depois o Jardel a cabecear por cima quando apareceu completamente sozinho na pequena área. Um terceiro golo seria uma expressão bem mais adequada da nossa superioridade neste jogo.

 

 

Achei que a equipa no geral esteve bem, e a destacar alguém terá que ser o Salvio. Foi dos jogadores mais activos e perigosos durante todo o tempo em que esteve em campo, e a persistência e o trabalho dele no lance do segundo golo foram fantásticos. O Gedson continua a mostrar que está de pedra e cal no onze e o Pizzi continuará certamente a agradecer a presença dele, já que o liberta para aparecer mais vezes em situações de finalização.

 

Uma boa vitória num campo que nos costuma trazer algumas dificuldades, mas nem há tempo para grandes celebrações porque o calendário não pára. Segue-se um dos jogos de maior importância desta época, em que iremos jogar o acesso a muito dinheiro. Gostei do que vi neste jogo, e isso dá-me confiança para terça-feira.

tags:
publicado por D`Arcy às 02:59
link do post | comentar
5 comentários:
De Anónimo a 19 de Agosto de 2018 às 09:07
E vergonhoso como as entradas assassinas dos de xadrez não deram em cartões vermelhos o Gedson deve estar a gelo de tanta pancada maldosa levar com o VAR a gozar o filme de terror
De E Pluribus Unum a 20 de Agosto de 2018 às 02:28
Vergonhoso e CRIMINOSO.
Jogadores do Benfica a terem de enfrentar CARROCEIROS / CACETEIROS profissionais disfarçados de jogadores de futebol, que de forma COVARDE E IMPUNE chutam em tudo o que mexe dentro do relvado.

É um verdadeiro MILAGRE os nossos jogadores ( GEDSON FERNANDES que o diga, por exemplo) chegarem ao fim do jogo inteiros.

E a nossa direcçãozinha a ver e a nada fazer para DENUNCIAR ESSA AFRONTA e exigir a todas as entidades do futeboleco PORCOguês respeito pelos atlatas do Benfica e pelas regras do jogo.
UMA VERGONHA SEM LIMITES.

Vejam a diferença de jogo praticado - aplicação, dureza, agressividade, intensidade, concentração, etc,etc,etc, - de praticamente todas as equipas, quando jogam contra o nosso Glorioso Benfica e quando "jogam" contra o oporco corruptus!!!!

Contra o nosso Benfica MATAM-SE TODOS E TENTAM INTIMIDAR E LESIONAR OS NOSSOS JOGADORES.
Contra o oporco corruptos é o frete e a vassalagem do costume, submissão que não se vê em mais parte nenhuma do Mundo.

Cada vez ODEIO mais o futeboleco PORCOguês.
Só não o mandei ainda FODER DE VEZ porque existe o SL-BENFICA.
Não dou um cêntimo que seja em nenhum campo de futebol - nem distritais nem nada - a não ser quando vou à Catedral que é o nosso Estádio da Luz.

Jornais-pasquins desportivos, out, fora, nada com essa merda.
Apenas o jornal o BENFICA.

Sendo as coisas - como se pode facilmente constatar - como eu aqui digo, vai ser MUITO, MUITO, MUITO DIFÍCIL o nosso Glorioso Benfica, mesmo com os melhores jogadores e com tudo de melhor em relação a todos os adversários conseguir ser CAMPEÃO NACIONAL.
O "TAPETE" está montado para o opoorco corruptus "ganhar" o tituleco.

Os apitadores são uns COVARDES E AMESTRADOS ao senil corrupto-mor bimbo da bosta.

Os jornaLIXEIROS, esses são HIPER-COVARDOLAS.

A nossa Direcção, enfim, é o que é, ou melhor, é o que não deveria ser, e não é o que deveria ser, isto é, muito mais pro-activa e eficiente na DEFESA INTRANSIGENTE do nosso Benfica e da VERDADE DESPORTIVA.
Enfim, uns amadores COM FORÇA, DINÂMICA, ESTRATÉGIA, EXIGÊNCIA, ETC,ETC,ETC, praticamente igual a ZERO.

Resta-nos a consolação de sermos de longe e em tudo o Maior e o Melhor Clube Português, e um dos dez mais importantes do Mundo.

Mas cuidado BENFICA e BENFIQUISTAS, que outros querem tomar o nosso lugar, e não olham a meios para o tentar conseguir.

QUE NINGUÉM DURMA NA FORMA. TODOS EM DEFESA DO NOSSO GLORIOSO SPORT LISBOA E BENFICA.
De E Pluribus Unum a 20 de Agosto de 2018 às 11:50

Comentário enviado contra mais um ATAQUE COVARDE do clubeco da fruta pôdre, o oporco corruptos de contimuil/antas/freixo:


"De facto o corrupto-mor bimbo da bosta já deve dezenas de anos à CADEIA. Num país a sério, Espanha, Inglaterra, França, etc,etc,etc, tinha lá lugar reservado e nunca mais de lá saía e o seu clubeco oporco corruptus estava nas divisões distritais.

BENFICA BENFICA BENFICA SEMPREEEEEEE O MAIOR E O MELHOR.

P.S. A "vitória" do oporco corruptus contra o Belenenses prova, - se é que tal era preciso - que os melhores "jogadores" do oporco são os apitadores vassalos e submissos, os artures soaes dias, os jorges dousas, os hugos miguéis, os xistremas, etc,etcetc,..

Não jogam a ponta de um corno e são "campeões"?!?!?!

Só mesmo num país da TRETA, uma república das bananas issso pode acontecer.

Este futeboleco PORCOguês não merece um Clube Enorme como o Glorioso SL.BENFICA.

OSL-BENFICA devia CAGAR PARA ESTE FUTEBOLECO AZUL-PÔDRE-CORRUPTO e ir jogar para a Liga Espanhola.

BENFICA BENFICA BENFICA.SEMRPEEEEEEEEEEEEEEEEEEE O MAIOR E O MELHORRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR"

Nota. BENFIQUISTAS temos de defender o nosso gLORIOSO E iNIGUALÁVEL CLUBE ATÉ À MORTE.

SOMOS OS MAIIORES E OS MELHORES. EM TUDOOOOOOOOOOOOOOOOO
De António Madeira a 20 de Agosto de 2018 às 20:28
Olá, D`Arcy.
Só tive oportunidade de ver a segunda parte no ecrãn de um telemóvel a muitos quilómetros de distância, mas gostei muito do que vi.
Equipa muito sólida, muito unida e motivada e jogadores já numa forma assinalável para esta altura do campeonato, fruto de uma pré-temporada bem planeada.
Nota mais para duas estreias auspiciosas: a de Ferreyra nos golos no campeonato e a do Félix, que será mais uma pérola a integrar este grupo.
Vitória num campo que nos é tradicionalmente difícil, sem casos técnicos, e com aquilo que já vimos no jogo contra o Setúbal: porrada de meia-noite com a cumplicidade do árbitro sobre o Gedson. E, ou muito me engano, ou vai ser assim até o lesionarem, porque se estivermos à espera da intervenção dos árbitros (como fizeram com o Mantorras neste preciso estádio, onde o miúdo foi literalmente espezinhado e massacrado), bem podemos esperar sentados.

Mais um excelente trabalho a olhos vistos do Rui, que está a montar uma equipa novamente unida e com muita qualidade. Falta afinar o entrosamento na frente, e depois resolver o "problema" Jonas.
Agora é vencer o PAOK na Luz e receber os lagartos do lamuriar para mostrar que não precisamos de benesses no calendário para jogar à bola e impor o nosso futebol.
De Dias Pereira a 21 de Agosto de 2018 às 01:43
Boa noite.
Concordo, em absoluto, com a crónica do D'Arcy.
Foi, de facto, um jogo que controlámos de princípio ao fim, sem desfalecimentos, e sem desnecessários refúgios nas nossas zonas mais recuadas. Apesar de algum atabalhoamento, individual e colectivo, em especial na acção ofensiva, bem como de uma performance terrivelmente pobre, em termos de eficácia de concretização, o nosso desempenho foi suficiente para lograr a vitória.
O golo de Ferreyra não resulta propriamente de uma jogada fantástica, mas define a codícia e o leque de recursos técnicos do jogador. O golo de Pizzi, pelo contrário, é resultado de uma jogada de recorte técnico bem mais interessante, da qual se percebe que Salvio é, efetivamente, um grande jogador, especialmente quando pode - e quer... - jogar futebol.
Positiva foi, também, a (quase) inexistência de perdas de bola em zonas proibidas, de passes falhados - ou endossados aos pés dos adversários... - em áreas complicadas, e do recurso excessivo a lateralizações e a atrasos de bola.
Apraz-me registar que quando se joga concentrado e mais focado no objectivo de colocar a bola na baliza adversária, normalmente os resultados são a contento dos nossos desejos...
Por fim, registo que, independentemente do Boavista ter ficado aquém do que eram as minhas expectativas, esta foi uma das vitórias mais tranquilas do Benfica no Bessa, nas últimas décadas.
Agora é capitalizar o embalo para os jogos com o PAOK e com os Viscondes falidos, sendo certo que, com qualquer dos adversários, vai ser necessário jogar bem mais do que se tem jogado até agora. E qualquer desses três jogos é absolutamente fundamental para esta época desportiva!...
Viva o Benfica!
Saudações benfiquistas!

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Receio

Passeio

Natural

Pouco

Absurdo

Controlo

Tranquila

Desconcentração

Cinzenta

Frustrante

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds