VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Terça-feira, 23 de Outubro de 2018

Cruel

No regresso a Amesterdão repetiu-se a sina da final da Liga Europa, e fomos derrotados com um golo mesmo ao cair do pano. É uma derrota cruel, sobretudo porque já era completamente inesperada naquela altura e porque o Benfica jogou e lutou para merecer outro resultado.

 

 

Com o Rúben Dias suspenso, coube ao Conti ocupar a sua vaga no centro da defesa, formando dupla com o regressado Jardel. A outra alteração foi o Gedson no meio campo, quando muitos apontavam o Gabriel à titularidade. Quanto ao jogo, acho que raramente vi jogos com tão poucos golos que me tivessem entretido tanto. Desde o primeiro minuto que vimos duas equipas a tentar marcar e ganhar este jogo. O Ajax com algum ascendente, ou não estivesse a jogar em casa, mas com o Benfica a conseguir sempre dar resposta e a manter os holandeses em sentido. Houve quase sempre espaço para atacar, um ritmo elevado e a bola a andar de uma área à outra. Que diferença para aqueles jogos a que estamos mais habituados, com uma equipa apenas interessada em destruir. O intervalo chegou com 0-0 mas podia estar facilmente 1-1 ou 2-2, porque as equipas contruíram ocasiões de perigo suficientes para isso. No Benfica eram os homens da frente, sobretudo Rafa e Seferovic, quem aproveitava o espaço e as muitas situações em que se apanhavam em um para um com os seus marcadores directos, já que cautelas defensivas houve sempre poucas, para se soltar e criar as jogadas mais perigosas. Pouco mudou na segunda parte e continuei com a sensação de que qualquer uma das equipas poderia marcar um golo que seria quase de certeza decisivo. Nenhum dos treinadores mostrou sequer vontade de alterar grande coisa, porque foram guardando as substituições para os minutos finais do jogo, e acabaram por nem sequer as gastar todas. E no último minuto do tempo de compensação, quando já nada o fazia prever, o Ajax chegou ao golo num remate de fora da área que fez a bola desviar no Grimaldo e trair o até então intransponível Odysseas. O lance começa numa falha do Conti (talvez a única no que até então estava a ser um jogo muito positivo) que não conseguiu um corte que parecia fácil, mas imediatamente antes houve um outro lance que me deixou muitas dúvidas na área do Ajax, já que me pareceu que o Cervi foi tocado em falta.

 

 

No geral achei que toda a equipa fez um bom jogo e não mereceu perder de uma forma tão cruel. Destaques maiores para o Odysseas, Rafa e Seferovic. O Conti também fez um jogo bastante bom e não merecia a mancha que foi o último lance do jogo.

 

Este resultado deixa-nos numa posição muito complicada no que diz respeito ao apuramento, pois deixámos de depender de nós próprios. Temos obrigatoriamente que vencer os dois jogos em casa e depois ver o que acontece nos outros jogos. Não tenho grandes críticas à forma como o Benfica se apresentou a jogar em Amesterdão. Acho que fizemos um bom jogo e procurámos ganhar. Fomos traídos por um lance de infortúnio, mas isso não altera a minha opinião sobre todo o jogo. Agora é fundamental não deixarmos que isto afecte a equipa, e que regressemos às vitórias já no próximo jogo.

tags:
publicado por D`Arcy às 23:25
link do post | comentar
16 comentários:
De Anónimo a 23 de Outubro de 2018 às 23:34
Foi vergonhoso como o Benfica foi ROUBADO não foi só o penalti foi também numa expulsão do jogador do ajax e um boi do apito a ter dualidade de critério nos amarelos
De E Pluribus Unum a 24 de Outubro de 2018 às 00:41
Tens ABSOLUTA razão.
Pergunto: O que fazem, quer a "Direcção" do Benfica, que o seu "Presidente" ?!?!?!!!!

Fazem ZERO X ZERO = ZERO = NADA.

Clube tão Grande, um clube que é mesmo dos DEZ MAIORES de todo o Mundo e tem gentinha pequenérrima, covarde e medrosa, ABSOLUTAMENTE INCAPAZ de defender o nosso querido Clube.
E isto não foi só neste jogo. Tem sido praticamente sempre assim, agora também na Europa.
Há uma descarada e inexplicável CAPACIDADE para não se revoltarem.
Veja-se que os nossos jogadores são ROUBADOS DENTRO DE CAMPO COM FALTAS E FALTINHAS ASSINALADAS SOBRE ELES SEM EXISTIREM, E aceitam tudo e não se revoltam COM MEDO DE LEVAR COM O CARTÃOZINHO AMARELO.
Ora isto, este comportamentO de RESIGNAÇÃO, são ORDENS que vêm de cima, ordens que vêm do COVARDOLA E MEDROSO que faz de conta que é Presidente.

Repito o que disse L.V. de Camões há cerca de 500 anos:

"Um FRACO Rei faz FRACA a FORTE gente".

Para bom entendedor meia palavra basta.

BENFICA BENFICA BENFICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA SEMPRE POR TI, SEMPRE DO TEU LADO, MESMO COM ESTA GATAFUNHADA DE MEDROSOS E COVARDES A FAZEREM DE CONTA QUE TE DEFENDEM E PROTEGEM.
De E Pluribus Unum a 24 de Outubro de 2018 às 00:26
Cruel?!?!???? Sim, CRUEL para os verdadeiros Benfiquistas.
Natural e merecido para esse proto-treinador rui DERROTA, que, como aqui tenho dito e repetido não sabe defender como uma equipa de primeiro nível Europeu, apenas ACANTONANDO os seus jogadores em cima da linha da sua grande área ou mesmo dentro dela, permitindo espaços e mais espaços e mais espaços e mais espaços para o adversário rematar à vontade sem ninguém por perto a dificultar-lhe a acção.
O Benfica esta noite apenas jogou com dois verdadeiros jogadores: Rafa e Odysseas Vlachodimos.
O nosso guarda-redes merecia ser o jogador MAIS BEM PAGO do Benfica.Tantas e tantas foram as auto-estradas e espaços dados próximo da nossa grande área, que à sua conta o nosso Odyseas evitou QUATRO OU CINCO golos.
Somos muito MACIOS E LENTOS DEFENDER A NOSSA BALIZA.
A zona da meia-lua da nossa grande área NUNCA tem protecção de um nosso jogador. Os adversários apanham nessa zona sempre as segundas bolas que lá apareçam. UMA VERGONHA. Mandem esse proto-treinador vestir uma farda de ferroviário e que vá guardar uma passagem de nível a levantar e a baixar a bandeirola quando os comboios passam.

Pois é, tantas vezes o cântaro vai à fonte que nalguma delas acaba por partir-se.
Foi o que aconteceu. Tantas vezes deram espaços e mais espaços nas proximidades da nossa grande área para os holandeses rematarem que uma delas deu GOLO.
TREINADOR DE MERDA QUE FOI JOGAR PARA O EMPATE como um MEDROSO E COVARDE que é e teve o que MERECEU.

Pena que os Benfiquistas ainda não se aperceberam, que este "treinador" desde que "treine" uma equipa de nível imediatamente superior ao Vilafranquense ou ao Fátima, logo aí esgota a sua competência e torna-se um INCOMPETENTE.

Ademais dizer que este nosso ataque apeans serve para ganhar a Sertanenses e pouco mais. SAFOU-SE o grande RAFA SILVA.

Não temos NINGUÉM que saiba marcar um livre em condições. Livres frontais é sempre para as COUVES ou para as NÚVENS, deixo cada um escolher a definição!!!!
Livres laterais emrpe mal marcadas e de forma a facilitar que está a defender.
Quando o livre é marcado no lado direito do ataque deve ser um pé esquerdo a marcar com a bola a fazer arco/curva na direcção da baliza, o que torna muito mais difícil a acção dos defesas que estão até mais sujeitos a fazerem auto-golo.
Quando é do lado equerdo deve ser um pé direito a marcar o livre pelas mesmas razões.
NOVENTA E CINCO POR CENTO das equipas é assim que marcam os livres.
Só esse "inteligente" do rui DERROTA é que fica contente e realizado por o Benfica os marcar ao contrário!!!!!! FODA-SE, QUE GAJO MAIS BURRO.
A ÚNICA "virtude" que vejo neste INCAPAZ é a graça de ter caído no goto da figurinha INÓCUA que faz de Presidente, e beneficiar de uma Massa Associativa resignada e passiva que pouco mais sabe fazer do que dizer ÁMEN e BATER PALMAS.

Continuo a dizer, e di-lo-ei sempre - NEM QUE SEJA O ÚNICO -, que enquanto tivermos este rui DERROTA a "treinar" a nossa equipa, seremos sempre um Clube ADIADO em termos Europeus.

Já disse tudo e não vale a pena dizer mais nada, pois isso é CHOVER NO MOLHADO.

Apenas lamento que um Clube tão Grande, Enorme, o Maior e o Melhor de Portugal, esteja entregue a uma equipa "técnica" absolutamente MEDIANA ou ainda pior do que isso, e que a sua Massa Associativa e Adepta, PARADOXALMENTE, tenha uma capacidade tão grande, mesmo enorme, de não se REVOLTAR contra esta constante MEDIOCRIDADE na Europa, e aceitem tudo ou quase tudo, parecendo com isso colocarem-se ao nível dos lagartixos de alvaLADRA.

P.S. Não tendo sido uma espécie de artur soares dias, que baptizaram - os jornaLIXEIROS afectos ao oporco corruptus - de "melhor apitador" PORCOguês, LOL LOL LOL LOL, este apitador francês foi um FILHO DA PUTA caseirote quanto baste.

Mas é fácil roubar o Benfica!
Ninguém o defende. Há anos que é "dirigido" por MEDROSOS e COVARDES, que seguem o "politicamente correcto" do COME E CALA.
É ISSO, O NOSSO BENFICA COME E CALA E RESIGNA-SE. COM ESTES MANSOS QUE " DIRIGEM" O NOSSO CLUBE NUNCA MAIS SEREMOS ALGUÉM NO MUNDO EUROPEU DO FUTEBOL. ANDAMOS LÁ APENAS A FAZER DE FIGURANTES E A DAR DESILUSÕES E TRISTEZAS AOS BENFIQUISTAS.

BENFICA BENFICA BENFICA SEMRPEEEEEEEEEEEEEE

"VERITAS FILAE TEMPORIS"
De Dias Pereira a 24 de Outubro de 2018 às 00:36
Boa noite.
Foi, de facto, uma derrota cruel e, na altura em que se materializou, já algo inesperada. É verdade.
Porém, ao contrário do D'Arcy, não acho que tenhamos jogado e, vá lá, nem sequer lutado assim tanto para merecermos outro resultado. Na minha opinião - de adepto, doente e normalmente pouco optimista... - a equipa foi montada para não perder, atacou sempre com pouca gente e voltou a revelar muito pouco crer na altura decisiva para atacar a baliza adversária. No fundo, manteve um futebol com o cunho do treinador que temos: pouco ambicioso - medroso, mesmo - rotineiro e ronceiro no desenvolvimento ofensivo, e muito lento e permissivo na manobra defensiva. E o resultado é invariavelmente o mesmo: sempre que o adversário não é um dos Sertanenses desta vida, marcamos um golinho e ficamos a gerir, ou nem sequer desejamos assim muito marcar e ficamos a tentar não sofrer...
E, como nos ensinou a vida - embora muitos continuem a não querer aprender... - quem não joga deliberadamente para ganhar, arrisca-se a perder. Foi precisamente o que aconteceu hoje em Amsterdão...
Depois da derrota caseira com o Bayern, e do empate do Ajax em Munique, tínhamos que ter tido outra atitude e ir à Holanda disputar o jogo para, realmente, ganhar. Mas não foi, de facto,isso que aconteceu...
Rui Vitória já não precisa de provar mais nada quanto à sua (in)capacidade para levar o Benfica ao lugar que lhe pertence. Mais do que os resultados - realmente miseráveis!!!... - dos jogos disputados com adversários da estirpe e do nível do Benfica - e, sim, estou a referir-me, por exemplo, a Bayern e a Ajax, por exemplo! - é a qualidade do futebol que a equipa (não) apresenta, a falta de ambição que revela, os princípios que norteiam a sua actuação em campo e, agora também, o discurso das vitórias morais e a lamechiche do treinador. Qualquer sportinguista não faria muito melhor...
Além do referido anteriormente, Rui Vitória continua a persistir em opções que, sendo legítimas, porque é ele o treinador, só continuam a ter validade para ele próprio e para mais uma ou duas excepções, justamente para justificar a regra. Por exemplo, como é possível continuar a manter Pizzi na equipa, qualquer que seja o adversário que se tenha pela frente? Como é possível apresentar-se a jogar num 4-5-1 tão degradante e ineficaz, por essa Europa fora, sem que dele se tire qualquer proveito notório? (Basta recordar que, como toda a gente nos recorda, dos últimos 10 jogos na fase de grupos da CL, perdemos 9, com Basileias e CSKAs à mistura...) Como é possível que uma equipa com jogadores com algum traquejo e reconhecida capacidade técnica persistam na táctica do pontapé para a frente, desde a sua área defensiva, sempre que pressionados pelo adversário? Ou que os mesmos jogadores, em situação de construção ofensiva, sem oposição adversária, persistam no inconsequente e inqualificável passe para o lado ou para trás? Ou como se explica que esses mesmos jogadores sejam recorrentes nos passes falhados a 5 metros do companheiro, e no total desaproveitamento das bolas paradas ofensivas? Sincera, e infelizmente, em tudo isto só vejo um denominador comum: Rui Vitória, as suas opções e estilo de jogo, e o seu trabalho.
Tenho um amigo - com muito mais conhecimentos de futebol do que eu, nas vertentes técnica e táctica... - que tem repetido, por inúmeras vezes, apontando exemplos, que os jogadores que chegam às mãos de Rui Vitória ficam invariavelmente estragados e até parece que passam a jogar pior, muito pior. Pudera! Eles só jogam se se ajustarem às ideias e ao futebol do treinador...
Infelizmente, seguir para a fase seguinte da CL este ano já não é para nós. Este ano, e os vindouros... enquanto por cá tivermos de levar com Rui Vitória...
Como costuma escrever aqui o E Pluribus Unum, "Um fraco Rei faz fraca a sua forte gente"...
Será que ainda teremos a suprema graça de ver o nosso Benfica treinador por alguém que esteja à sua altura? A esperança é a última a morrer...
Viva o Benfica!
Saudações benfiquistas!
De E Pluribus Unum a 24 de Outubro de 2018 às 03:51
CINCO ESTRELAS.
Subscrevo na ÍNTEGRA.

Pelo que aqui escreve e tem escrito em vários outros comentários, meu caro Dias Pereira, vê-se até da Galáxia Andrómeda, que não sendo o meu caro companheiro de luta pelo Benfica, treinador profissional, mesmo assim tem uma visão muito mais real, avançada, correcta e superior do Futebol Profissional, do que tem esse proto-terinador rui DERRRRRROTA!

Diz você, Dias Pereira, e diz muito bem o que passo a transcrever abaixo:

"Será que ainda teremos a suprema graça de ver o nosso Benfica treinado por alguém que esteja à sua altura? A esperança é a última a morrer..."

Oh caro amigo, a esperança está muito cara. Caríssima.
com este presidentezeco que temos, e que, afirmou ele próprio em várias ocasiões que " não percebo nada de futebol". isso é quase como ter esperança que nos saia o euro-milhões.
BEM QUE TEREMOS DE ESPERAR não sentados, mas ainda pior, TEREMOS É DE ESPERAR DEITADOS.

E PLURIBUS UNUM.............. Ad Eternummmmmmmmmmmmmmmmmmmm.
De Anónimo a 24 de Outubro de 2018 às 01:13
«Pior do que um cego é aquele que não quer ver»
E por aqui andam muitos que vêm muito bem, mas estão piores que os cegos.
Cada vez mais parecidos com os vizinhos da 2 circular...
De Dias Pereira a 24 de Outubro de 2018 às 23:11
Boa noite.
Por norma, não costumo responder a outros comentários, e ainda menos a comentários que não são assinados. Contudo, porque me pareceu que talvez houvesse alguma indirecta ao comentário que deixei acima, e porque não sou de calar a defesa dos meus pontos de vista, entendi que deveria esclarecer, adicionalmente, o que escrevi - e tenho escrito em outras ocasiões... - nesse comentário que ontem deixei aqui.
Eu não tenho a pretensão de que "... vejo muito bem...", mas tenho a certeza de que não estou "... pior que os cegos...". O que é facto é que penso pela minha cabeça, não estou formatado por nenhum dogma de qualquer facção benfiquista que eventualmente exista, não vejo qualquer programa de debate desportivo que não os da BTV - e muitas vezes me arrependo de os ter visto, tantas são as barbaridades e afrontas que por lá alguns dizem!... - e não emprenho pelos ouvidos, ao ritmo dos sucessos ou das desgraças, como acontece com muitas pessoas.
O modo como sinto o Benfica, como avalio o actual momento - no futebol e no resto... - e como perspectivo o futuro, imediato e mediato, funda-se em factos e realidades constatáveis, e na minha já longa vida de benfiquismo, sempre intensamente vivida. Sou daqueles que não se conseguem contentar com a miséria das nossas prestações futebolísticas, no plano internacional, mas também no nacional, sendo que estas têm sido mitigadas por algumas conquistas - nos últimos tempos ainda mais esparsas, ao contrário do que seria expectável... - mau grado os recursos que temos serem manifestamente superiores aos nossos rivais directos. Tal como, aliás, a situação económica, financeira e patrimonial...
Se há entre os benfiquistas alguém "... parecido com os vizinhos da 2.ª circular..." seguramente que não serei eu. Eu não daqueles que se contentam com vitórias morais, com vitórias por contabilização de mais remates feitos à baliza do que o adversário, nem com goleadas de 1-0, tal como me indigno com a satisfação - agora assaz frequente!... - de perder por poucos, de não ter sido massacrado pelo adversários ou de ter sofrido a derrota já em período de compensação.
Esses sim, parecem-se com os vizinhos da 2.ª circular que, de tão habituados a perder, quando perdem da maneira acima referida ficam capazes de fazer um festa, mesmo se envergonhada...
Caro Anónimo de 24 de Outubro de 2018 às 01:13, experimente ir ali ao "Guachos Vermelhos"; lá, certamente, irá encontrar muitos a comungar dos seus pontos de vista...
Viva o Benfica!
Saudações benfiquistas!
De Anónimo a 24 de Outubro de 2018 às 23:43
Os jornalistas estrangeiros devem ter visto outro jogo.

Na "Marca", com o título “Ajax vence duelo de canteras”, considerando que estiveram frente a frente “duas das mais profícuas academias do Velho Continente" e apontar Gedson como o “jogador que mais perigo criou”, principalmente devido à sua “mobilidade” e “incursões pela direita que colocaram a cabeça do Ajax em água”.
Ficou sempre a ideia de que o Benfica poderia chegar ao golo a qualquer momento, nomeadamente pelas “rapidíssimas alas”.

O vizinho "As", seguiu na mesma toada: elogios a Gedson e registo da ousadia de se apostar na juventude. Assistiu-se a “uma partida frenética no Johan Cruijff Arena”, muito devido a dois treinadores que tiveram a coragem de apostar “em jogadores jovens para o onze inicial”.

Destaca ainda a exibição de Gedson. “Incansável, o médio-centro português fluiu no último terço”, elogiou.

Na Catalunha, o "Sport" reconheceu que o Benfica saiu “a zeros de um jogo em que teve mais oportunidades de golo do que os de Amesterdão”, principalmente através das sempre venenosas saídas em transição.

O "L’Équipe" teceu rasgados elogios a Odysseas. “O guarda-redes alemão Odysseas Vlachodimos esteve brilhante. Só não conseguiu parar o remate de Mazraoui”, realçou.

O diário "La Gazzetta dello Sport" seguiu pelo mesmo diapasão, “Onana parou os remates de Rafa e Seferovic”, escreveu, acrescentando de seguida: “Odysseas parou duas vezes Van de Beek.”

O "De Telegraaf", o maior diário dos Países Baixos, “Rafa Silva colocou Onana em sentido e obrigou o guarda-redes a grandes intervenções.”, salientou a intensidade da primeira parte, com oportunidades para os dois emblemas. “As equipas foram para o descanso empatadas a zero, mas o resultado até poderia ser 2-2”, lembrou.

Estes estrangeiros sem agendas próprias devem ter visto outro jogo.
De D`Arcy a 25 de Outubro de 2018 às 00:34
Toda a gente é melhor treinador no sofá do que o Rui Vitória. Toda a gente é melhor presidente da sua sala do que o Vieira do Benfica. Se eu já fiquei lixado com o resultado, mais lixado fico ainda com muitos dos comentários no dia seguinte, porque esses são na sua generalidade ainda mais injustos.

O Benfica foi jogar o jogo pelo jogo. O resultado poderia ter caído para qualquer um dos lados, mas infelizmente uma carambola no último minuto ditou que caísse para os holandeses. O próprio treinador do Ajax disse no final que tinha sido um jogo 50/50. Mas aqui em Portugal a ânsia e a sanha de atacar o Benfica falam mais alto.

Eu estou longe de ser o maior fã do Rui Vitória, mas o chorrilho de críticas disparatadas que muita gente aproveitou para fazer depois deste infeliz resultado não tem qualquer cabimento. O Ajax não é o Sertanense. É surreal estar à espera que o Benfica fosse a casa deles massacrá-los durante 90 minutos. Jogámos para ganhar, mas infelizmente isso não aconteceu. Se a atitude for sempre a deste jogo, vamos ganhar muito mais vezes do que perder.
De E Pluribus Unum a 25 de Outubro de 2018 às 01:08
cARO d'aRCY, com essa mentalidade que evidencias, infelizmente vais ter de escrever muitos posts com o título de CRUEL ou ainda PIOR.

Ninguém quer que o Benfica massacre o Ajax, pois isso já não se usa, hoje em dia as equipas cresceram todas e já não há mais nada para inventar no jogo de futebol.
O que se quer, o que qualquer Benfiquista com cérebro quer, é que a equipa SAIBA DEFENDER COMO HOMENS E COM COMPETÊNCIA, e não a monte e à espera que seja só o guarda-redes ODYSSEAS VLACHODIMOS - que esse sim, deveria ser o jogador mais bem pago da equipa -, a safar a equipa e a pedir ao divino Espírito Santo que o ajude pois os defesas que tem à sua frente e o sistema defensivo imposto "ensinado" pelo proto-treinador rui DERROTA é uma MISÉRIA que já nem nas divisões distritais se usa.

O treinador do Benfica que olhe para a Juventus - por exemplo - e veja como é que se DEFENDE A SÉRIO. Ora eu acho que os defesas da Juventus não são ET,s. São Humanos do Planeta Terra tal como os do Benfica, e ingerem as mesmas calorias diariamente, nem mis nem menos.
Mais: os nossos joigadores ainda por cima têm melhores, muito elhores condições de treino do que os jogadores da Juventus.
A diferença está em que eles, lá na sua bela Itália TRABALHAM MAIS, ESFORÇAM-SE MAIS, SÃO MAIS "HOMENS", e sobretudo têm uma mentalidade superior e técnicos modernos e competentes.

nO BENFICA A EXIGÊNCIA ESTÁ-SE a dissipar. Está a ESVAIR-SE. A continuar assim, mais ano menos ano estamos iguais aos lagartinóides.

FARTO DE desculpas e vitórias morais. QUERO VITÓRIAS REAIS. À BENFICA.
JOGOS GANHOS A EQUIPAS MÉDIAS E PEQUENAS SÃO PARA CLUBES DA MESA IGUALHA FAZEREM GRANDES FESTAS.

O BENFICA TEM OUTRA GRANDEZA E PRECISA E MERECE MUITO MAIS.

Veritas Filae Temporis.
De Anónimo a 25 de Outubro de 2018 às 03:00
Bem copiado (quase na integra) do site do clube.
Fui tentar encontrar essas "notícias" mas só encontrei a do As, que escreve que Franco Cervi salvou uma bola sobre a linha de golo.
Estes estrangeiros sem agendas próprias viram mesmo outro jogo.
De D`Arcy a 25 de Outubro de 2018 às 13:13
"Cara a cara dos de las canteras más prolíficas del Viejo Continente. Cara a cara dos de las fábricas de talentos más imponentes de Europa y dos exponentes de la oportunidad a los jóvenes futbolistas. Un choque distinto en un estadio bajo el nombre de un gran abanderado de la filosofía de cantera como Johan Cruyff. Así, se daban cita Ajax y Benfica. Dos conjuntos que hacen de sus futbolistas más jóvenes sus mejores avales de éxito. En tierras neerlandesas se disputaban algo más que tres puntos. El Ajax, con seis canteranos (Mazraoui, De Ligt, Blind, van de Beek, de Jong y Dolberg) ante un Benfica que tenía en Gedson Fernandes la mayor prueba de la calidad de su fábrica de futbolistas.[...]

Fue el propio Gedson el que generó más peligro en la primera parte. Sus internadas por la derecha y su movilidad por todo el frente ofensivo apareciendo en la línea de tres cuartos llevaron de cabeza a un Ajax que, en cuanto se apoderaba del balón sometía a las águilas.[...]

Con la ocasión repitiéndose en la cabeza de los tulipanes, el Benfica fue generando peligro poco a poco. De Jong y van de Beek ya no monopolizaban el juego y las águilas entraban por sus rápidas alas. Con el partido abierto y ocasiones en los dos bandos, se puso final a la primera parte.[...]

https://www.marca.com/futbol/champions-league/cronica/2018/10/23/5bcf8cddca4741415d8b465f.html
De D`Arcy a 25 de Outubro de 2018 às 13:16
Não fui à procura dos outros porque não tenho tempo para isso, mas gosto sempre de verificar posição 'trumpiana' de que quando as notícias não são convenientes à nossa opinião, é mais fácil classificá-las de 'fake news'.
De Redpower a 24 de Outubro de 2018 às 10:50
Bom jogo de futebol entre duas equipas muito equilibradas. Com um pouco mais de calma e definição podíamos ter vencido. No entanto não há muito a apontar aos jogadores. É com esta atitude e empenho que se tem que jogar, sobretudo na Champions.

Todos falam em ganhar os jogos em casa como se o jogo na Alemanha estivesse perdido. Pois eu acho que temos capacidade e qualidade para causar uma surpresa e desequilibrar ai as contas. Basta sermos fortes mentalmente e jogar sem complexos. Qualidade temos nós! Não é fácil, não, mas é possível.

VIVA O BENFICA!
De E Pluribus Unum a 24 de Outubro de 2018 às 17:24
Caro Benfiquista, QUALIDADE temos nós, é de facto verdade. O que não temos é um treinador que saiba pôr a equipa a marcar livres como deve ser, não temos treinador que não conhece outra maneira de defender, que não seja a MONTE e FÉ em DEUS, etc,etc,etc,.....

Não há nenhuma equipa na Europa que dê tanto espaço aos adversários para manobrar à vontade, mesmo a cinco metros da sua grande área!!!
É raríssimo o Benfica ganhar uma segunda bola.
Infelizmente o nosso Benfica com este "treinador" à altura de Fátimas e Vilafranquenses não é capaz de mais.
Atingiu o seu MÂXIMO. Não dá mais. com ele seremos sempre uma equipazinha a fazEr o papel de FIGURANTE , e pior ainda, FIGURANTE de segunda linha na Liga dos Campeões.

Pena que os BENFIQUISTAS da actualidade sejam tão pouco exigentes e se resignem a um proto-treinador INCOMPETENTE para treinar a principal equipa de futebol do Clube.

O Clube tem tudo. DÁ TUDO AOS JOGADORES. TUDO DO BOM E DO MELHOR, MAS INFELIZMENTE tem este ARREMEDO de treinador que parece que está a dirigir infantis ou iniciados e que BANALIZOU completamente o Benfica!!!

Vamos dizer as VERDAADES. e a verdade é esta: O nosso Benfica está na Liga dos Campeões não por mérito deste falso-treinador, mas porque caíu-nos em cima da cabeça o MILAGRE de o ano passado o Marítimo no último jogo do campeonato ter vencido o riporting de alvaLADRA, QUANDO A ESTES BASTARIA O EMPATE PARA SEREM ELES a ficar em 2º lugar.

Por muito boa vontade que tenha, os erros são tantos e a incompetência tão grande que eu não consigo de nenhuma forma apoiar esta MEDIOCRIDADE protoganizada pelo proto-treinador rui DERROTA. Ganhar a Aroucas Sertanenses, oporcos etce cketc, cá na paróquia, quase que nem preciso treinador.

Enfim, continuamos a ser um Clube ADIADO em termos Europeus.

BENFICA BENFICA BENFICAAAAAAAAAAAAAA Sempreeeeeeeeeeeeeeee
De Redpower a 25 de Outubro de 2018 às 09:12
Respeitando o seu benfiquismo deixe-me dizer-lhe que o benfiquista quer sempre melhor, quer sempre ganhar. Só que isso não é possível porque não jogamos sozinhos. E há aqueles que fazem um drama quando perdem e pedem a cabeça de tudo e todos. Esses teriam 3 ou 4 treinadores por época e um presidente por ano. São os tais que vão para a porta do Estádio da Luz insultar os nossos. Não são mais nem menos benfiquistas do que eu mas não me identifico com essa forma de estar. Dito isto, acho muito exagerados alguns dos comentários aqui feitos, visto que fizemos um bom jogo e a jogar assim vamos ganhar muitos jogos!

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Normalidade

Selado

Horrível

Sem comentários

Cruel

Competente

Batalha

Masoquismo

Péssimo

Fácil

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds