VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quarta-feira, 25 de Setembro de 2019

Descolorida

Exibição descolorida de uma equipa secundária do Benfica e um nulo final que até podemos considerar um pouco feliz, já que o Vitória poderia perfeitamente ter ido em vantagem para o intervalo e parece-me que seria particularmente complicado para o Benfica recuperar dessa situação.

 

 

Foi uma equipa do Benfica muito transfigurada, na qual houve apenas três 'sobreviventes' da última equipa do campeonato: Rúben Dias, Taarabt e Seferovic. De resto, Zlobin na baliza, Jardel na dupla com o Rúben Dias, e laterais entreges aos miúdos Tavares, Tomás e Nuno. Samaris, Gedson, Jota e Caio completaram o onze. Ao ver a constituição da equipa pensei que o plano fosse entregar uma ala ao Jota e colocar o Gedson no apoio mais directo ao avançado, mas de início foi ao contrário, tendo o Gedson jogado na direita. Mas a meio da primeira parte trocaram mesmo de posição, e o nosso jogo até melhorou um bocadinho. Não muito, porque em geral o nível foi sempre abaixo do exigível. Na minha opinião faltaram várias coisas ao nosso futebol: envolvimento ofensivo dos laterais, velocidade nas transições, agressividade e verticalidade. Acho que na primeira parte em termos ofensivos nos ficámos por um remate do Gedson para a bancada e uma cabeçada do Jardel para fora num canto. O Vitória apostou numa estratégia paciente, não se importando de ficar a trocar a bola atrás por longos períodos de forma a chamar a equipa do Benfica e depois tentar a transição rápida. Mesmo antes do intervalo podia ter chegado ao golo, num lance caricato em que a nossa equipa foi pouco expedita a afastar a bola da sua área e a bola acabou por bater nos ferros duas vezes - instantes antes já a bola tinha embatido no poste depois de uma defesa do Zlobin. Na entrada para a segunda parte não houve alterações na equipa, mas notei um maior atrevimento dos laterais. Conseguimos também controlar melhor o jogo, e o Vitória viu-se muito menos no ataque do que aquilo que tinha acontecido durante a primeira parte. Mas o Benfica só ficou realmente por cima no jogo quando, entre os sessenta e os sessenta e cinco minutos de jogo, o Rafa e o regressado Gabriel renderam o Jota e o Samaris. O Rafa veio trazer velocidade e o Gabriel a qualidade de passe que lhe conhecemos, permitindo variações de flanco e passes a rasgar para as costas da defesa adversária. Durante os vinte e cinco minutos finais começámos a criar ocasiões de perigo e a estar no ataque de forma mais consistente e prolongada - nos minutos finais já com o De Tomas no lugar do Caio - mas não houve acerto para chegar ao golo. As ocasiões do Caio, do Seferovic e do Rafa (as duas últimas resultantes de subidas do Tomás Tavares pela direita, realçando a importância do envolvimento ofensivo dos laterais) mereciam melhor finalização.

 

 

A primeira parte do Benfica teve tão pouco de relevante que acho que o Rafa e o Gabriel conseguiram ser dos melhores jogadores do Benfica, apesar de terem jogado menos de meia hora. Dos que jogaram de início, talvez o Taarabt mereça o destaque por ter sempre jogado a uma rotação mais alta que os restantes.

 

Não foi o melhor começo para a Taça da Liga, e é provável que o apuramento possa vir a decidido pela diferença de golos. Vamos ter que jogar mais e melhor do que isto para no próximo sábado ultrapassarmos uma das defesas mais complicadas da Liga - em seis jogos apenas sofreram golos num deles.

tags:
publicado por D`Arcy às 23:46
link do post | comentar
12 comentários:
De Dias Pereira a 26 de Setembro de 2019 às 01:28
Boa noite.
Não existe nada mais confrangedor do que (re)confirmar-se aquilo que se sabe ser o que é...
O nosso futebol é paupérrimo, incapaz, triste e sensaborão. E agora os resultados começam, também, a condizer...
Voltámos hoje a ser reduzidos à condição de equipa pequena, mesmo dentro da nossa própria casa. Na verdade, isso já deixou de ser factor preponderante. Onde quer que joguemos - seja na nossa casa (mesmo quase às moscas), ou em Moreira de Cónegos, num estádio vestido de vermelho (onde também estiveram dois táxis de adeptos do Moreirense...) - a nossa equipa desaparece completamente do relvado, qualquer que seja a valia real do adversário!
Mais grave é o estado de alucinação colectiva que a máquina da propaganda se propõe instalar, que já atingiu até o treinador principal. Sim! Porque, quem viu, hoje, uma equipa que fez uma exibição "... sólida, consistente e em crescendo..." e que, por isso, vê "... uma equipa que tem presente, e futuro...", só pode estar tremenda, e comprometidamente, alucinado!
Bruno Lage, que não é - tal como nunca foi, nem nunca será! - um grande treinador, perdeu por completo a noção da realidade, e embarcou num propósito de construção de um delírio colectivo - conscientemente, ou empurrado! - que lhe está a custar uma cada vez maior oposição da massa adepta. Acharia Bruno Lage que, depois de "gerir" a equipa como tem gerido - desconsiderando, objectivamente, competições onde o Benfica está por direito, mas também com a obrigação de não se deixar humilhar, e de lutar pela vitória - de se mostrar incapaz de pôr a equipa a jogar futebol e a vencer os seus desafios, de forma categórica, e de se permitir agir como se fosse a estrela maior e o centro do universo, os sócios, adeptos e simpatizantes se manteriam impávidos e serenos, assistindo à degradação galopante do nosso futebol?
A nação benfiquista já não engole os discursos requentados de um presidente-vendedor-de-banha-da-cobra, nem acolhe as tiradas futebolísticas pseudo-intelectuais de mais um professor de ginástica cujo currículo engloba passagens por esses colossos futebolísticos que são o Fazendense, o 1.º de Maio, o Comércio e Indústria, o Estrela de Vendas Novas, ou mesmo o Al-Ahli Dubai FC, o Sheffield Wednesday ou o Swansea City. Nesses colossos, sendo adjunto, ou técnico principal, poderia permitir-se ao ridículo de dar conta das suas actividades circum-paternais, referir-se ao Canal Panda ou ao Dragon-Ball, ou ao "empregado do mês" que fritou mal as batatas. No Benfica, não! No Benfica, o mais importante é, mesmo, o Benfica, o seu futebol e os seus resultados, mesmo que seja na Taça de Alguidares de Baixo.
Eu acho que Bruno Lage entrou em roda livre. E que só vai parar depois de nos fazer bater no fundo. É por isso que teremos de ser nós a acordar o doente do seu delírio!
Hoje lixou-nos a Taça da Liga. Sábado, se calhar, vai começar a cavar a cova para enterrar o campeonato. E na 4.ª feira será, muito provavelmente, a Liga dos Campeões...
Como eu gostava que o Pai Natal nos trouxesse um treinador... antes de 23 de Outubro, de preferência!
Acorda, Benfica! Acordem, benfiquistas!
Viva o Benfica!
Saudações benfiquistas!
De Anónimo a 26 de Setembro de 2019 às 12:02
Lage hoje lixou-nos a Taça da Liga, no Sábado o campeonato e depois a liga dos Campeões. Como eu gosto destes doentes que inventam teorias da conspiração e prevêem o fim do mundo.
Anda muita gente há centenas de anos a prever o fim do mundo. Alguma vez irão acertar. Mas não é agora.
A minha previsão? Que não é benfiquista.
De D`Arcy a 26 de Setembro de 2019 às 13:19
Eu gosto particularmente da teoria de que o Lage 'não é treinador para o Benfica'. Um tipo que pegou numa equipa com o campeonato praticamente perdido e recuperou de sete pontos de atraso para ser campeão, que perdeu um jogo em 25 disputados para a Liga, não é treinador para o Benfica. Não sei quem será. Aliás, acho que não há mesmo no universo treinador para o Benfica enquanto o LFV for presidente. O objectivo parece ser mesmo que nenhum sirva, de forma a que vão sendo despedidos um atrás do outro e com sorte, num desses despedimentos, leve o LFV atrás.

Se roda a equipa é porque roda e não joga com a equipa mais forte. Se não roda é porque não roda e usa sempre os mesmos e depois eles ficam cansados e com problemas físicos. Se não lança jovens é porque não aposta neles e eles estão a perder-se. Se lança jovens é porque não estão preparados para jogar a este nível. Com boa vontade dá sempre, mas sempre para arranjar um argumento para atacar o treinador. Mesmo se ganharmos por 10-0, dá sempre para arranjar qualquer coisinha para o criticar.
De BI-Campeão EUROPEU a 26 de Setembro de 2019 às 15:31
Deus por vezes é muito injusto, e neste caso foi mesmo, pois deu a inteligência toda ao Dias Pereira, tendo-se esquecido completamente de ti, pobre indigente.

Acorda DE VEZ, Benfica.
De Anónimo a 26 de Setembro de 2019 às 18:10
Eu cá diria que, já não é a primeira vez, que você sonha com o Dias Pereira, e ao acordar pensa: Quem me dera que o Dias Pereira fosse o Burro da Barroca e me levasse ao céu. Ui!!!!!...que bom seria.

Ass: Ogamaras
De BI-Campeão EUROPEU a 27 de Setembro de 2019 às 00:49
Mentecapto, sem querer confessas os teus vícios e os teus desejos.se o teu burro da Barroca já não te consegue encher os buracos, anda cá ao Norte que eu tenho aqui uns belos BOIS DE COBRIÇÃO que facilmente resolvem o teu problema, pois já nem o teu burro com priapismo te consegue razer feliz.Ah,ah,ah,ah,,,,,,,,,,,,,,,,

BENFICA DOS SÉRIOS E INTELIGENTES E EXIGENTES. sempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
De BI-Campeão EUROPEU a 27 de Setembro de 2019 às 00:54
Oh INDIGENTE e sub-nutrido da cabeçola de burro "ogamaras", o que é que o teu "comentário" tem a ver com futebol e sobretudo com o Benfica?! seu MONTE DE ESTERCO sempre a pensar no BURRO DA BARROCA.

BENFICA SEMRPEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE.. o Benfica dos Benfiquistas EXIGENTES E COM VERDADEIRA MENTALIDADE DE UM CLUBE verdadeiramente CAMPEÃO.
Tu és mais um tipo de adpeto do riporting de alvaLADRA ou do Cabeça Gorda ou Sarilhense de Baixo, já que em cima de ti tens o teu BURRO DA BARROCA. Ah,ah,ah, ah,ah,,,

BENFICA BENFICA BENFICA BENFICA BENFICA BENFICA BENFICA BENFIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.
De antonio fonseca a 26 de Setembro de 2019 às 09:25
Bom dia,

Melhor o resultado que a exibição. Esta, foi mais uma medíocre na linha de anteriores. Como no início da época passada e na era Vitória, as exibições são de arranhar os cabelos a todos nós benfiquistas.

Tarda em encontrar o caminho para os níveis exibicionais alcançados quando Lage tomou conta equipa.

Espero que se encontre esse ritmo bem depressa porque assim não sei se conseguiremos aquilo que pretendemos.

Saudações benfiquistas.
De Artur Hermenegildo a 26 de Setembro de 2019 às 10:56
Digo-o com grande pena, mas o Jota arrisca-se a ser o grande flop deste plantel. Não percebo o que se passa com ele, dada a qualidade que lhe conhecemos.
De Planeta Terra a 26 de Setembro de 2019 às 11:28
Completamente de acordo.
As segundas linhas têm obrigação de mostrar mais. Lage deve estar a pensar como irá fazer, mais tarde, as rotações necessárias se as primeiras linhas estão a carburar lento e estes também pouco mais vão mostrando, tirando uma ou outra rara excepção a espaços.
Não ter visto o Zivko ontem (nem no banco) deu-me alguma pena do que anda o rapaz a tentar fazer da vida. Será que é por o Lage que não "ir à bola" com o tipo de futebol dele? Será que é ele que não dá realmente o litro nos treinos? Tanto potencial que o miúdo apresentava...
De Luís Manuel a 26 de Setembro de 2019 às 23:23
Olá D'Arcy, e obrigado pelo post.

Boa análise, concordo por inteiro. Primeira parte para esquecer, melhor a segunda parte, mas acho que o resultado é justo. Se fosse 1-1 ou 2-2, também o seria. Não nos superiorizámos ao Vitória, que está a jogar bom futebol, mas acho que o nosso treinador fez bem em lançar os miúdos, os jogadores menos utilizados e outros que felizmente estão a voltar de lesões. Se é fundamental dar-lhes minutos, jogos como estes são uma boa oportunidade para isso mesmo. Muito importante o regresso do Gabriel e do Gedson mas não podemos esperar que logo no primeiro jogo estejam ao mais alto nível. Os miúdos Tavares "soltaram-se" mais na segunda parte , tal como dizes, e acho que têm tudo para evoluir. Gostei igualmente do Zoblin. Também pensava que o Gedson ia apoiar o avançado; na minha opinião o RDT e o Seferovic não combinam muito bem, e acho que se jogássemos com um avançado, apoiado pelo Gedson ou pelo Taarabt, talvez as coisas saíssem melhor. Mas que sei eu?... Amanhã os dois avançados começam a engrenar e depois o que é que vou dizer? :) O importante mesmo é que comecem a regressar os lesionados (que venha também depressa o Florentino, porque estava em grande forma), que os miúdos ganhem minutos e percebam que podem ser alternativa em qualquer jogo, e que o nosso treinador tenha cada vez mais opções. Por mim, volto a dizer que compreendo e aceito as escolhas que tomou. Temos mais dois jogos para decidir a passagem à final four e seria muito bom que o conseguíssemos fazer com esta equipa de miúdos e jogadores menos utilizados.

Mas agora, como dizes, é concentração total no próximo jogo. Vamos enfrentar uma equipa que se está a defender bem, e temos de dar tudo porque vai ser difícil.

Força, Benfica!
De Adepto Benfiquista a 29 de Setembro de 2019 às 01:00
Faço já este comentário referente ao jogo de hoje - Benfica x Setúbal:

Jogo bem disputado, contra um Setúbal bem organizado defensivamente.
Na pressão e tempo de recuperação de bola o Benfica melhorou bastante neste jogo, mas ainda falta criatividade.
Apesar de tudo já vi pizzi a vir mais para zonas interiores a tentar criar rupturas, Rafa muito bem a acelerar jogo.
E num duns comentários que fiz num post anterior indicava que Vinicius devia jogar. E aí está! Decidiu o jogo.
Acho que Caio lucas devia jogar e pizzi mudava para o meio.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Confortável

Matura

Sólida

Contra-senso

Confirmação

Desconsolo

Raça

Cinzenta

Convincente

Melhorias

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds