VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Sábado, 11 de Agosto de 2018

Desconcentração

Podíamos ter entrado no campeonato com uma goleada, tamanha foi a superioridade sobre o Guimarães durante mais de uma hora. Mas bastou um curto período de excessivo relaxamento nos últimos minutos para permitir ao Vitória reentrar num jogo onde nunca tinha estado, e manter a incerteza no resultado até final.

 

 

Apresentámos um onze inicial bastante familiar, com apenas três jogadores que não estavam no plantel a época passada: o Vlachodimos na baliza, o Gedson no meio campo, e o Ferreyra na frente. As equipas do Luís Castro normalmente tentam jogar futebol e são pouco amigas do antijogo, mas desde os minutos iniciais que o Benfica deu muito poucas possibilidades para que o Vitória jogasse. Depressa empurrámos o adversário para dentro do seu meio campo, com uma pressão agressiva que nem sequer dava espaço para grandes oportunidades de contra-ataque. A atacar, muita liberdade de movimentos para os laterais e médios centro, com os laterais a aparecer frequentemente em zonas anormalmente centrais, o Gedson a cair frequentemente na frente e o Pizzi em zonas perto da área. O Vitória foi literalmente atropelado durante toda a primeira parte, e a marcha do marcador reflectiu isso mesmo. O primeiro golo surgiu logo aos dez minutos, com o Pizzi a aparecer no centro da área para aproveitar uma bola solta depois de um centro do Gedson na direita. Cinco minutos depois uma oportunidade enorme para aumentar a vantagem, quando o Salvio foi derrubado na área. O Salvio seria o marcador natural mas deixou que fosse o Ferreyra a fazê-lo, só que o nosso novo avançado rematou de forma denunciada e permitiu a defesa ao guarda-redes. Este momento poderia ter sido decisivo no desenrolar do jogo, porque logo a seguir uma desconcentração do Fejsa resultou numa perda de bola que só não acabou em golo porque o Vlachodimos defendeu o primeiro remate e a recarga acabou no poste da nossa baliza. Mas o Benfica continuou a ser imensamente superior e à meia hora de jogo o Pizzi bisou. Mais uma vez na zona central da área, finalizou uma jogada fantástica entre o Salvio e o André Almeida pela direita, com a assistência a pertencer a este último. Nesta fase o Benfica criava perigo quase em cada ataque que fazia e a sete minutos do intervalo, sem qualquer surpresa, chegou o terceiro golo. O Pizzi a ser o improvável autor de um hat trick, com um remate colocado à entrada da área a aproveitar uma boa simulação do Ferreyra, que deixou passar entre as pernas o passe do Grimaldo. Três golos de vantagem ao intervalo que até eram escassos para tanto domínio, e o jogo parecia mais do que resolvido.

 

Na segunda parte, e com toda a naturalidade, o Benfica abrandou o ritmo. Mas continuou completamente por cima no jogo, mesmo depois do Luís Castro ter tentado estancar a avalanche do Benfica pela direita, trocando o extremo esquerdo Ola John para colocar naquela posição um jogador mais agressivo a acompanhar as subidas do André Almeida (Davidson). Até achei que as coisas estavam a ser bem feitas. Gestão de esforço e do resultado mantendo a posse de bola, com o quarto golo a parecer muito mais próximo do que qualquer tipo de reacção da parte do Vitória - a verdade é nem sequer me consigo lembrar de qualquer situação de ataque por parte do nosso adversário durante este período. A parte pior veio nos minutos finais. A nossa equipa adormeceu demasiado e as substituições não resultaram. Primeiro começou a ser notório que o Gedson estava a perder gás, e com isso começámos a perder o meio campo. Depois, a troca do Cervi pelo Rafa significou uma muito maior liberdade para o lateral direito adversário, e o Grimaldo começou a sentir cada vez mais dificuldades ao ser frequentemente confrontado com sucessivas situações de inferioridade numérica. E quando já estávamos a perder o meio campo, tirar o Fejsa era arriscado. O que é certo é que a quinze minutos do final o Vitória marcou e começou a acreditar. Logo a seguir trocámos o Salvio pelo Zivkovic (eu teria preferido que o Zivkovic tivesse entrado para o lugar do Gedson) e o Vitória voltou a marcar, num lance em que me pareceu haver demasiada apatia dos nossos jogadores e um buraco enorme do lado esquerdo. Felizmente, este segundo golo adversário pareceu servir de despertador para a nossa equipa, que até final não voltou a permitir que o o Vitória tivesse qualquer situação de perigo. No final fica a vitória e os importantes três pontos, mas também uma sensação de frustração pelo facto do resultado não espelhar o quanto melhores fomos neste jogo.

 

O homem do jogo tem que ser o Pizzi pelos três golos que fez mas os destaques vão, na minha opinião, para o Salvio, Grimaldo e Gedson como os maiores dinamizadores do nosso jogo. O Fejsa, André Almeida e Cervi também estiveram bastante bem, mas no geral durante a excelente primeira parte que fizemos todos estiveram bem, talvez com a excepção do Ferreyra, que ainda parece um corpo estranho na equipa.

 

Era importante começar a ganhar, e isso foi conseguido. Era também importante resolver cedo o jogo para permitir a gestão de esforço a pensar no jogo na Turquia, e isso também foi conseguido. Pena apenas aquele curto período de desconcentração que acabou por colocar em causa uma vitória que até então era mais do que indiscutível.

tags:
publicado por D`Arcy às 19:27
link do post | comentar
13 comentários:
De Pedro Gomes a 11 de Agosto de 2018 às 20:04
Benfiquistas, venho aqui divulgar um novo espaço benfiquista na blogosfera: benficabenfica.blogs.sapo.pt. Se puderem deixem a vossa crítica. Abraço!
De Anónimo a 11 de Agosto de 2018 às 22:50
Caro D`Arcy,
Como gostava que tudo fosse diferente,para o bem de todos os Benfiquistas.O facto e muito mais triste de que fazer comentarios simpaticos.No sistema de jogo que apresentamos,jamais,mesmo jamais ganharemos coisa nenhuma.Podemos comprar os Ferreiras ou os Castilhos melhores do mundo,que os desgracados jamais tocarom na bola,pois a desgracada anda sempre longe deles,bem se esforcam,mas,coitados.E ja agora,o Pizzi de facto a 1 parte,ate parecia que tinha mudado,mas na 2,por acaso reparou por onde ele andou?Um ZERO,a atacar e a defender,e sem o Fejsa foi o descalabro,contra outra equipa mais madura,era possivel ainda perder os 3 pontos e o Salvio,voltou a ser o jogadore de 45 minutos,depois e so olhar em frente e correr,fazer um centro com medida para o tal Ferreira,coisa nunca vista.
De Anónimo a 13 de Agosto de 2018 às 20:27
Caro anónimo, permita a pergunta: se nada está bem, nenhum jogador do Benfica tem valor, o que faz aqui?
Uma dica: Há um clube fantástico, do outro lado da segunda circular, com jogadores maravilhosos e que ganham sempre. Por que espera?
De Dias Pereira a 12 de Agosto de 2018 às 00:22
Boa noite.
Gostaria, em primeiro lugar, de cumprimentar o dono da casa, bem como todos os que aqui costumam vir ler as crónicas do D'Arcy e deixar os seus comentários, num saudável exercício da cidadania benfiquista.
Depois, desejar que tenhamos uma época desportiva repleta de sucessos, não só no futebol, mas também nas modalidades ditas amadoras. Qualquer coisa será sempre melhor do que a época passada, que foi má demais para ser verdade...
Quanto ao nosso futebol... infelizmente não me parece que haja motivos para estar, sequer, expectante...
Foi-se ao mercado, contrataram-se jogadores que, pelo menos aparentemente, terão valor, mas o resultado continua a ser o mesmo dos anos anteriores. A equipa comete os mesmos erros, arrasta-se em campo com a mesma falta de alegria, continua a jogar devagar e parado, para os lados e para trás, com as individualidades a embrulharem-se continuamente com a bola e com os adversários até ficarem sem ela, enredados em passes de calcanhar e em desmarcações para os fantasmas, enfim... a jogar de modo penoso e deprimente, como tem sido habitual desde há tempo (demais!...) a esta parte.
E eu não estou a falar apenas do jogo de ontem. Estou a referir-me a todos aqueles que o Benfica realizou esta época, aos quais, naturalmente, assisti, mesmo se na televisão.
Eu não consigo ter estômago para contemporizar com a mediocridade, nem para aceitar a mediania como bitola. É por isso que já não dou qualquer crédito a Rui Vitória. Infelizmente, esta será mais uma época para se minimizar as perdas, em vez de ser uma época para recolocar o Benfica no lugar que é seu por direito. Vai ser mais uma época de sufoco, de correr sempre atrás dos outros e de andar continuadamente a colar os cacos para tentar sobreviver o mais inteiro possível.
É absolutamente inacreditável como é que um treinador há mais de três anos no clube, com condições e infraestruturas de excelência, com atletas de reconhecido valor e com uma situação financeira e directiva estável, consegue estar agora pior do que antes...
Rui Vitória é educado, suficientemente objectivo - embora me aborreça, particularmente, a sua falta de tomates para pôr as coisas no devido lugar e chamar os certos nomes aos bois!... - politicamente correcto e bem falante, mas isso não faz dele o homem certo para treinar o Benfica. Como se prova a cada dia que vai passando, Até os jogadores já perceberam isso e, em consequência dessa evidência, vão ficando cada vez "desleixados", pouco empenhados e permissivos, disso se ressentindo a equipa.
Por outro lado, é verdade que temos jogadores tecnicamente dotados - embora a valia técnica, na maioria dos casos, seja, infelizmente, inversamente proporcional à valia físico-atlética... - mas eles próprios têm de ser chamados à atenção, no sentido de perderem os tiques de vedetismo que muitos ostentam e, por vezes, exibem (ou melhor, tentam exibir...) à saciedade. Um bom banho de humildade daria tanto jeito a tanta gente...
O nosso futebol, no global, não se respeita, não respeita o Benfica e os benfiquistas, e, consequentemente, não se faz respeitar pelos adversários. Ontem, com 3-0 ao intervalo - embora a exibição, mesmo na primeira parte, não tenha sido, como nunca é</i>, autoritária nem avassaladora - a equipa tinha de continuar a jogar como se estivesse empatada, ou a perder, e construir um resultado que se ajustasse ao jogo jogado e, sejamos sinceros, à diferença de estatutos que existe entre as duas equipas em competição. Isso sim, era respeitar-se, respeitar a nação benfiquista e fazer-se respeitar pelos adversários. Como fazem os outros, em condições normais; como outros fizeram já hoje...
A época começou por estes dias, mas eu, sinceramente, já estou farto desta mediocridade, desta mediania, e deste pôr água na fervura com que nos intoxicam os arautos da boaventura (na BTV e não só...), como se os benfiquistas fossem parvos...
Viva o Benfica!
Saudações benfiquistas!

PS - Oxalá que na Turquia não aconteçam desgraças muito grandes...
De Dias Pereira a 12 de Agosto de 2018 às 01:12
(Recolocação do comentário anterior, agora com a formatação correcta...)

Boa noite.
Gostaria, em primeiro lugar, de cumprimentar o dono da casa, bem como todos os que aqui costumam vir ler as crónicas do D'Arcy e deixar os seus comentários, num saudável exercício da cidadania benfiquista.
Depois, desejar que tenhamos uma época desportiva repleta de sucessos, não só no futebol, mas também nas modalidades ditas amadoras. Qualquer coisa será sempre melhor do que a época passada, que foi má demais para ser verdade...
Quanto ao nosso futebol... infelizmente não me parece que haja motivos para estar, sequer, expectante...
Foi-se ao mercado, contrataram-se jogadores que, pelo menos aparentemente, terão valor, mas o resultado continua a ser o mesmo dos anos anteriores. A equipa comete os mesmos erros, arrasta-se em campo com a mesma falta de alegria, continua a jogar devagar e parado, para os lados e para trás, com as individualidades a embrulharem-se continuamente com a bola e com os adversários até ficarem sem ela, enredados em passes de calcanhar e em desmarcações para os fantasmas, enfim... a jogar de modo penoso e deprimente, como tem sido habitual desde há tempo (demais!...) a esta parte.
E eu não estou a falar apenas do jogo de ontem. Estou a referir-me a todos aqueles que o Benfica realizou esta época, aos quais, naturalmente, assisti, mesmo se na televisão.
Eu não consigo ter estômago para contemporizar com a mediocridade, nem para aceitar a mediania como bitola. É por isso que já não dou qualquer crédito a Rui Vitória. Infelizmente, esta será mais uma época para se minimizar as perdas, em vez de ser uma época para recolocar o Benfica no lugar que é seu por direito. Vai ser mais uma época de sufoco, de correr sempre atrás dos outros e de andar continuadamente a colar os cacos para tentar sobreviver o mais inteiro possível.
É absolutamente inacreditável como é que um treinador há mais de três anos no clube, com condições e infraestruturas de excelência, com atletas de reconhecido valor e com uma situação financeira e directiva estável, consegue estar agora pior do que antes...
Rui Vitória é educado, suficientemente objectivo - embora me aborreça, particularmente, a sua falta de tomates para pôr as coisas no devido lugar e chamar os certos nomes aos bois!... - politicamente correcto e bem falante, mas isso não faz dele o homem certo para treinar o Benfica. Como se prova a cada dia que vai passando. Até os jogadores já perceberam isso e, em consequência dessa evidência, vão ficando cada vez "desleixados", pouco empenhados e permissivos, disso se ressentindo a equipa.
Por outro lado, é verdade que temos jogadores tecnicamente dotados - embora a valia técnica, na maioria dos casos, seja, infelizmente, inversamente proporcional à valia físico-atlética... - mas eles próprios têm de ser chamados à atenção, no sentido de perderem os tiques de vedetismo que muitos ostentam e, por vezes, exibem (ou melhor, tentam exibir...) à saciedade. Um bom banho de humildade daria tanto jeito a tanta gente...
O nosso futebol, no global, não se respeita, não respeita o Benfica e os benfiquistas, e, consequentemente, não se faz respeitar pelos adversários. Ontem, com 3-0 ao intervalo - embora a exibição, mesmo na primeira parte, não tenha sido, como nunca é, autoritária nem avassaladora - a equipa tinha de continuar a jogar como se estivesse empatada, ou a perder, e construir um resultado que se ajustasse ao jogo jogado e, sejamos sinceros, à diferença de estatutos que existe entre as duas equipas em competição. Isso sim, era respeitar-se, respeitar a nação benfiquista e fazer-se respeitar pelos adversários. Como fazem os outros, em condições normais; como outros fizeram já hoje...
A época começou por estes dias, mas eu, sinceramente, já estou farto desta mediocridade, desta mediania, e deste pôr água na fervura com que nos intoxicam os arautos da boaventura (na BTV e não só...), como se os benfiquistas fossem parvos...
Viva o Benfica!
Saudações benfiquistas!

PS - Oxalá que na Turquia não aconteçam desgraças muito grandes...
De E Pluribus Unum a 12 de Agosto de 2018 às 21:10
Subscrevo INTEGRALMENTE este comentário onde a VERDADE é dita com toda a frontalidade.

Em resposta ao D'Árcy, que ainda com o resultado em 1-0 a nosso (BENFICA) favor, o Vit. Guimarães enviou uma bola ao poste de Odysseias Vachodimos, escreve o D'Arcy que Fesja "teve uma desconcentração que só não deu golo porque o nosso guarda-redes defendeu....".... Ora amigo D'Arcy, veja por favor futebol com o CÉREBRO, pois sei bem que o tem e sadio, e não apenas com os olhos.

Esse lance "assassino" para a nossa baliza só acontece porque mais uma vez, a PORCARIA LENTA e PASTOSA do Jardel faz um passe BURRO / ESTÚPIDO / PALERMA para uma zona perigosíssima junto da entrada da nossa grande área, onde está um jogador do Benfica (fesja), de costas para a baliza do adversário e com três jogadores dos mesmos muito perto dele e em condições de facilmente lhe roubar a bola, que foi afinal o que aconteceu.
ESSA É QUE É A VERDADE.

O PASTELÃO do Jardel - já gostei mais dele do que gosto agora como jogador do nosso querIdo BENFICA - JÁ NÃO É NEM A PRIMEIRA NEM A SEGUNDA NEM A TERCEIRA VEZ que tem esses lapsos cerebrais e comete essas autênticas BURRICES que nem as meninas do futebol feminino fazem.

Uma vergonha esse Jardel que parece que tem de ser PICADO como os bois para se mexer e ganhar garra. Tem muito corpo mas tem uma alma muito pequenina.
Mais não digo que é para não me chatear ainda mais, pois esses jogadorzecos tipo Jardel e esse meio-treinador MANSO E ABÚLICO só me fazem sofrer em todos os jogos do nosso BENFICA.

Admira-me como o que faz de Presidente não seja capaz de ver essa MALANDRICE / PARASITAGEM que assentou praça no Benfica e não OBRIGUE esses PRIVILEGIADOS a trabalharem A SÉRIO em defesa intransigente do MAIOR E MELHOR Clube de Portugal, o nosso Glorioso e Inigualável SPORT LISBOA E BENFICA.

Dias Pereira tem toda a razão nas suas análises. Um dos males do nosso BENFICA é ter poucos Sócios / Adeptos como o caro Dias Pereira, pois se assim não fosse, Presidente e todos os que estão ao serviço do Clube teriam no mínimo de TRABALHAR DEZ VEZES MAIS para serem dignos de representarem o nosso Glorioso e Inigualável SL-BENFICA.

Se esse l.f.vieira não é capaz de mais nada, ao menos que lhes CHAPE NAS VENTAS, a mâxima proferida pelo nosso Treinador Renato Paiva, e que passo a citar:

"A HISTÓRIA E GRANDEZA DO BENFICA EXIGE-NOS GANHAR SEMPRE".

Quem não for capaz de ENTENDER E CUMPRIR este MANDAMENTO não serve para o Benfica. Nem para ser atleta nem para Sócio, nem para nada. Que procure outro clube mais adequado a quem pensa pequenino.

BENFICA BENFICA BENFICAAAAAAAAAA. Sempreeeeeeeeeeeee o MAIOR E O MELHORRRRRRRRRRRRRRRR
De Francisco Pereira a 13 de Agosto de 2018 às 02:19
Olá D' Arcy.

Cheguei a pensar que isto tinha acabado, que não havia mais tertúlia, vim aqui depois do jogo com o Fenerbach e agora com o Guimarães, à segunda vi que já estava aqui um grande comentário. Li só os dois primeiros parágrafos, agora, desculpa, não posso dizer mais nada, só que o Benfica ganhou bem mas assustou, sem necessidade.

Por amor de Deus, alguém me diga, D' Arcy, qual a forma de poder contactar pessoas ligadas aos negócios de jogadores do e para o Benfica.

Hà aí tanta coisa que não entendo mas, o preço de 2.000.000 Euros do Enzo Perez é tão mais atraente que os outros que deveria ser o primeiro a ser atacado em força, antes que outros o vão buscar, caso do Sporting. Depois sim, continuar com o RAMIREZ, embora muito mais caro. Os dois era óptimo, esses são dos que jogam em qualquer lugar. O Benfica tem muita e boa gente a querer sair, caso do Rubem Dias, o Jonas vamos pagar outra fortuna embora já fique, por amor de Deus vão buscar esses dois box to box, o ponta de lança melhor do que os outros que vieram e custaram bom dinheiro ao Benfica, que vejam como têem de fazer isso. E o principal, desmontar aquela coisa do Porto, que tem tudo para ganhar outra vez com aquela organização e gerrilha trafulha, eles é que continuam com tudo na mão como no ano passado, um jogador é expulso directamente e leva logo 2 ou 3 jogos, eles quase agrediam os árbitros e só uma multa. Conclusão, o árbitro depois foi ameaçado e não escreveu 95% do que passou. Claro, os guerrilheiros e as comissões de árbitros e dos castigos e tudo o mais, têm tudo na mão.
Estamos lixados.

Digam-me qual e-mail receberá um, ao menos, meu, para vincar pelo menos, mais que bem, o problema do ENZO PEREZ e depois do RAMIREZ. Já não falo, como no ano passado, no CARDOSO, ahahahah.

Xau, D'Arcy amigo benfiquista.
De Redpower a 13 de Agosto de 2018 às 12:40
Um bocadinho fora de tópico deixem-me dizer que se o Ruben Dias for vendido, vamos dar dois passos atrás e o investimento que foi feito esta época corre o risco de não servir. É investir por um lado e desinvestir por outro.
O Rúben é um jogador à Benfica, no meu ponto de vista bem mais importante do que Jonas por exemplo devido à posição em que joga, e onde é preciso estabilidade. Mesmo naqueles jogos em que se roda a equipa, os centrais é onde se mexe menos. Seria um mau negócio em termos desportivos para o Benfica, e demasiado cedo para o Rúben, que, a meu ver, se arriscaria a tornar-se num Renato Sanches. Dá-se 3 milhões por ano a um jogador em fim de carreira, e o que se faz a um jogador com 21, enorme qualidade e potencial e que sente a camisola do Benfica como poucos no plantel?
De E Pluribus Unum a 13 de Agosto de 2018 às 14:10
INTEGRALMENTE DE ACORDO.

Benfica Glorioso e Inigualável.............. SEMPREEEEEEEEEEEEEEE
De Anónimo a 13 de Agosto de 2018 às 15:41
Dizes que o RD é um jogador à Benfica e sente a camisola do clube como ninguém! Será? Vamos aguardar o desenvolvimento do caso, porém, neste momento, a única coisa que veio a lume e não foi desmentida, é que o rapaz não só quer jogar no Lyon, como até os contornos do contrato já estarão alinhavados.
Sobre a renovação do Jonas, diria que o goleador brasileiro, para ver substancialmente aumentado o seu ordenado, nem precisou de utilizar o estratagema dos colegas do outro lado da 2." Circular. Diria, até, que o fez "com uma perna às costas", movimento que lhe provocou mais uma cervicalgia!
De Francisco Pereira a 14 de Agosto de 2018 às 01:10
Pois é, já disse que o Rúben Dias era mais um em perigo de sair e, na verdade, já se disse que Ruben teria dado assentimento ao Lyon e agora, que o Presidente do Clube Francês viria cá a Portugal, já na próxima quarta-feira e que já ofereceu 40 milhões, faltam apenas 5 milhões para cobrir o que está estipulado no contrato para poder sair, se assim o DESEJAR. Deus queira que o Benfica lhe ofereça, se isso acontecer, um ordenado relativamente elevado, noutro ano qualquer o Benfica vendê-lo-á por muito mais que os 45 milhões, digo eu !!!.

Precisava de contactar alguém importante na Direcção do Benfica, através de e-mail, a fim de lhes fornecer as minhas opiniões acerca de possíveis aquisições, de Enzo Pérez e depois Ramirez, além dum possível ponta de lança bom de verdade. Acho que o Benfica, ao contrário de outros olha pouco para jogadores a actuarem em Portugal, o que acho um grande erro, é aqui que os vemos a jogar a sério, não é vendo apenas vídeos escolhidos. Enfim......

Esperemos, acima de tudo, que amanhã o Benfica seja o primeiro a marcar e depois, saiba resistir até morrer e contra-atacar.

Saudações benfiquistas.
De Anónimo a 15 de Agosto de 2018 às 02:16
Peço desculpa pela falta de tempo para escrever algo de decente, mas quero apenas saudar o teu regresso, D`Arcy.
Que seja o início de uma longa maratona, com final feliz no Marquês.

Abraço.
De Anónimo a 15 de Agosto de 2018 às 02:16
Esqueci-me de assinar a minha anterior mensagem...

António Madeira.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Controlo

Tranquila

Desconcentração

Cinzenta

Frustrante

Lamentável

Desnecessário

Desilusão

Estrelinha

Paciência

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds