VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Domingo, 22 de Abril de 2018

Desnecessário

Foi um sofrimento atroz e absolutamente desnecessário. Uma vitória arrancada a ferros, já em período de descontos, num jogo que podia (e devia) ter acabado numa goleada. Mas níveis de eficácia na finalização absolutamente inacreditáveis e inaceitáveis acabaram por deixar o resultado na incerteza até ao final e poderiam ter resultado na perda de pontos.

 

 

A lesão do Jonas no aquecimento em Setúbal continua a revelar-se uma coisa complicada de debelar, e mais uma vez não pudemos contar com o melhor marcador do campeonato e jogador mais decisivo da nossa equipa. E tendo em conta a abrupta queda de rendimento que se verificou na nossa equipa desde que isto aconteceu, estava preparado para mais do mesmo no Estoril. De forma até algo surpreendente para mim, não foi isso que vi. O Benfica entrou bem no jogo e dominou por completo a primeira parte. Boa capacidade de pressão e recuperação da bola em zonas adiantadas, jogo quase constantemente disputado no meio campo adversário, e o Estoril sempre muito bem controlado e incapaz de causar grandes calafrios à nossa defesa. Em cima disto, um golo logo na fase inicial (dez minutos) a ajudar a criar um cenário ideal, em que não se previam dificuldades de maior para o Benfica vencer este jogo. Foi um passe do Zivkovic a permitir ao Rafa explorar o espaço entre o lateral e o central, para depois entrar na área a finalizar bem com um remate cruzado. O Estoril é uma equipa que apesar da péssima posição na tabela é bastante aguerrida, sobretudo quando joga em casa, e essa postura já nos tinha criado bastantes dificuldades no jogo da primeira volta na Luz. Por isso o facto de os termos tão controlados durante a primeira parte apenas abona a favor da qualidade da nossa exibição. Infelizmente também foi logo na primeira parte que se começou a ver a principal pecha na nossa exibição: a má finalização/decisão junto à baliza adversária. À medida que o tempo passava, víamos o Benfica a desperdiçar ocasiões e jogadas para se colocar numa situação muito mais tranquila no encontro, e já se sabe que quando isto acontece e o resultado se mantém teimosamente equilibrado à medida que o tempo avança a probabilidade de termos chatices vai aumentando exponencialmente. O magro resultado que se verificava ao intervalo era portanto lisonjeiro para o Estoril e penalizador para o Benfica, que no entanto só se podia queixar de si mesmo e da sua incapacidade para transformar o domínio em golos.

 

 

Cedo se viu que a segunda parte seria bastante diferente da primeira. Sem nada a perder, o Estoril lançou-se para cima do Benfica e deixou logo um sério aviso nos minutos iniciais, quando chegou a um golo que só pela intervenção do VAR foi invalidado. Claro que o balanceamento ofensivo do Estoril também deixava mais espaço para o Benfica explorar, mas se houve uma coisa que se manteve constante da primeira para a segunda parte foi a péssima finalização da nossa parte. Continuámos a desperdiçar ocasiões flagrante para dar um golpe decisivo no jogo e a teimar em deixar-nos ao alcance de algum golpe de infortúnio, o que até se ia tornando mais provável tendo em conta que, ao contrário da primeira parte, o Estoril agora conseguia aparecer mais frequentemente em terrenos junto da nossa baliza. E pouco depois da hora de jogo o pior dos cenários concretizou-se, com o Estoril a alcançar o golo do empate na sequência de uma bola parada. Depois da marcação de um livre lateral, o Halliche antecipou-se a um quase estático André Almeida na zona do segundo poste e finalizou sem hipóteses para o Varela. E logo a seguir a coisa só não ficou ainda pior porque a sorte protegeu-nos, e um remate cruzado que desviou no Rúben acabou por bater no poste. Da nossa parte, a finalização desastrosa continuava a dar cartas e vimos o Rafa falhar duas ocasiões escandalosas, uma delas completamente isolado e a outra numa recarga a um primeiro remate de Jiménez que o guarda-redes defendeu por instinto. O Estoril, depois de obtido o empate, mudou de atitude a passou a focar-se quase exclusivamente em explorar o contra-ataque, com os seus jogadores a cederem à tentação do antijogo e a começarem a ficar lesionados com muito mais facilidade. O Benfica trocou o apagado Cervi pelo Salvio e posteriormente o Pizzi pelo Seferovic. Embora seja uma substituição que se compreende pelo resultado, esta última não resultou e achei o período menos inspirado do Benfica no jogo foi precisamente depois de colocar o segundo avançado em campo, já que deixámos de ser tão perigosos no ataque e o nosso futebol perdeu o rumo. Foi apenas no período de compensações e em fase de desespero, quando o Jardel já actuava como avançado, que o Grimaldo fez o cruzamento para o Salvio aparecer na zona central e à ponta-de-lança antecipar-se de cabeça ao central adversário, enviando a bola cruzada para o poste mais distante e garantindo os três pontos.

 

 

Para mim o melhor jogador do Benfica no jogo foi o Zivkovic. Jogou, fez jogar, transportou, distribuiu, assistiu e recuperou. Correu do primeiro ao último minuto e encheu o campo. Poderia ter sido acompanhado pelo Rafa, mas mais uma vez muito daquilo que ele fez de bom fica indelevelmente manchado pela finalização. Começou bem ao marcar o primeiro golo mas depois desperdiçou três ocasiões de golo feito, duas delas completamente isolado em frente ao guarda-redes. Tivesse ele melhor capacidade de finalização e já há muito que não estaria no Benfica, por troca com uns contentores de euros. Também gostei do jogo que fez o Jiménez, embora tal como o Rafa tenha pecado na finalização, já que apesar de talvez não terem sido tão flagrantes teve ocasiões suficientes para ter saído da Amoreira com um ou mais golos marcados. Por último o Fejsa, que como sempre não sabe jogar mal.

 

Conseguimos evitar aquilo que com toda a probabilidade seria o KO na luta pelo título. A probabilidade de o conquistarmos continua a ser diminuta depois do enorme erro cometido na recepção ao Porto, mas temos a obrigação de continuar a lutar até ao último segundo por todos os pontos em disputa. Infelizmente agora a bola já não está do nosso lado, e o máximo que podemos fazer é cumprir a nossa obrigação e esperar por um deslize dos nossos adversários.

 

P.S.- Mais uma arbitragem ordinária de um dos árbitros mais perigosos que há para o Benfica - o lagartão Hugo Miguel. Ele nem sequer disfarça, e de cada vez que é nomeado para um jogo nosso eu espero o pior. Inacreditável a tolerância para a pancadaria a que os nossos jogadores foram sujeitos, sobretudo na primeira parte. O Ailton nem sequer meia parte deveria ter ficado em campo, quanto mais ter feito os noventa minutos, e no entanto foi-lhe permitido quase tudo, o que incluiu uma agressão à cotovelada ao Jiménez dentro da área (seria penálti) que o deixou a sangrar da cara - antes já o tinha varrido por trás num lance para amarelo alaranjado. A única coisa positiva disto é que não será possível ter esta criatura a arbitrar mais uma vez o nosso jogo contra o seu clube do coração, mas suspeito que acabará por ser o seu colega na paixão clubística e parceiro no crime no jogo da primeira volta (Tiago Martins) a arbitrar esse jogo.

tags:
publicado por D`Arcy às 15:49
link do post | comentar
18 comentários:
De antonio fonseca a 22 de Abril de 2018 às 18:34
Boa tarde,

Completamente de acordo com o post.

Foi em tudo um jogo igual ao do título contra os corruptos de contumil no domingo passado.

Primeira parte quase brilhante com imensas perdas de golo.
Na segunda parte adivinhava-se o que se passou perdemos o domínio do meio campo e as aflições na defesa vieram ao de cima. André com um jogo péssimo contribuiu para o descalabro, assim como os desperdícios de Rafa.

No entanto o resultado é mais que merecido e só peca por escasso.

Uma pergunta para aqueles que criticam o nosso treinador. Se não tivessemos ganho a culpa era dele? devemos responzabilizar os jogadores pela falhas atacantes e defensivas.

A conquista do penta está mais difícil desde domingo, mas enquanto o campeonato durar temos que acalentar a esperança.

Saudações benfiquistas.
De E Pluribus Unum a 23 de Abril de 2018 às 04:34
Não, não senhor, nem pensar, a culpa não era do treinador (proto) se não tivéssemos ganho o jogo. A culpa seria minha! Minha e de todos os Benfiquistas que estão fartos de ver que o futebol desta equipa CUJO RESPONSÁVEL MÂXIMO É O TREINADOR, é LENTO, PREVISÍVEL, TEM A INTENSIDADE DE MENINAS ESCANZELADAS, SÓ DEFENDE "MATA" AS JOGADAS em cima da sua própria área, em que os laterais parecem manteiga a serem passados, e que permitem toda a espécie de centros perigosos para a nossa baliza, em que cada livre cruzado ou canto contra nós é uma AFLIÇÃO, EQUIPA QUE NÃO TEM força de remte exterior E SE SE "cansa demasiado" NAS SEGUNDAS PARTES DOS JOGOS!!!!! mesmo estando há meses a apens jogar para o campeonato, já que foi "AVIADA" de tudo o resto, E A CULPA NÃO ÉDO TREINADOR (PROTO), É MINHA, minha e só minha.
Enfim, não vale a pena dizer mais nada.
Enquanto tivermos adeptos/sócios assim, os jogadores e treinadores podem fazer o que quiserem, podem correr a cinco à hora ou a 200 à hora que tanto faz, pois terão sempre ARROBAS DE palmas e palminhas e de quem lhes dê cariciosas palmadinhas nas costas.

Qualquer equipa do BENFICA, do GRANDE E GLORIOSO BENFICA da década em que jogou o Humberto Coelho, O Nené, O Victor Baptista, etc,etc,etc, GANHAVA ESTE CAMPEONATO MESMO A JOGAR DE COSTAS.
E ganhava-o porque além de grandes jogadores - assim tipo daqueles que podiam com a bola mesmo, e não se limitavam a passes e passinhos de circo - , tinham também grandes TREINADORES, Jimy Hagan, John Mortimore, Eriksson, etcm,etc,etc,, que entre tudo o mais, não permitiam que os adversários fossem capazes de correr e lutar mais do que os jogadores do BENFICA.

De todos um, e apenas UM. O Glorioso e Inigualável SPORT LISBOA E BENFICA. Sempreeeeeeeeeeeeeeeeeee.

-.-.-.-.-.--.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-
----------------------------------------------------------------------------------------------

"P.S.- Mais uma arbitragem ordinária de um dos árbitros mais perigosos que há para o Benfica - o lagartão Hugo Miguel. Ele nem sequer disfarça, e de cada vez que é nomeado para um jogo nosso eu espero o pior. Inacreditável a tolerância para a pancadaria a que os nossos jogadores foram sujeitos, sobretudo na primeira parte. O Ailton nem sequer meia parte deveria ter ficado em campo, quanto mais ter feito os noventa minutos, e no entanto foi-lhe permitido quase tudo, o que incluiu uma agressão à cotovelada ao Jiménez dentro da área (seria penálti) que o deixou a sangrar da cara - antes já o tinha varrido por trás num lance para amarelo alaranjado. A única coisa positiva disto é que não será possível ter esta criatura a arbitrar mais uma vez o nosso jogo contra o seu clube do coração, mas suspeito que acabará por ser o seu colega na paixão clubística e parceiro no crime no jogo da primeira volta (Tiago Martins) a arbitrar esse jogo."

Pergunto: O que fazem a FRAQUÉRRIMA E EUNUCA, MOLE E INCAPAZ Direcção e Presidente do Benfica, para DENUNCIAR FORTEMENTE ESTA PODRIDÃO destas apitadoragens anti-BENFICA?!?!?! Faz ZERO. Faz NADA. ZERO + ZERO = ZERO.
ZERO X ZERO = ZERO. ZERO ABSOLUTO!!!!!

Até o pasquim " o nojo" que é assim e descaradamente uma espécie de pasquimdo oporco corruptus, se vê OBRIGADO a dizer que existe um penalty claro sobre o nosso Raúl Jiménez aos 39 minutos de jogo e o respectivo CARTÃO VERMELHO ao jogador estorilista.

MORRE FILHO DA PUTA DE hugo miguel e tiago martins e toda a CORJA de anti-Benfiquistas que andam a tentar destruir o que de mais BELO E SADIO tem este tão maltratado país, o Glorioso BENFICA de Portugal e do Mundo inteiro.
De apenas de Portugal, temos o riporting de alvaLADRA e todos os demais. Do Mundo inteiro, cá na "paróquia" só temos o ENORME SPORT LISBOA E BENFICA.
Engulam seus FILHOS DE PUTAS PÔDRES, ESCABROSOS anti-BENFICA.




De Anónimo a 23 de Abril de 2018 às 12:56
Estava a fim de comentar, mas...já não há pachorra! Fico-me por aqui!!!
De antonio fonseca a 23 de Abril de 2018 às 15:42
Por favor não lhe admito que responda aos meus comentários porque não tenho o prazer de o conhecer de lado algum, e também porque não alinho em más educações. Só me admira é como o moderador deixa passar alguns tipos de comentários que lesam o bom nome das pessoas e que não estão de acordo com a filosofia do nosso grande clube.

Saudações benfiquistas
De E Pluribus Unum a 23 de Abril de 2018 às 16:47
tu não nadmites o quÊ?! oH INTELECTUALÓIDE DE vão de escada?!
Isto aqui é um espaço público de discussão BENFIQUISTA, E portanto não tens nada que admitir ou deixar de admitir?! Não insultei NINGUÉM muito menos a ti. devias preocupar-te era com os INSULTOS DIÁRIOS QUE DIVERSOS PALERMAS DISFARÇADOS DE JORNALISTAS FAZEM ao Benfica.
Mas infelizmente o Benfica para ti é uma coisa menor, assim de uns 90 minutitos.
Também devias ir para SACRISTÃO.

Benfica semrpe o MAIOR E O MELHORRRRRR.
Olha lá Oh INTELECTUALÓIDE que não admite, bla,bla,blsbla... SOU muito mais BENFIQUISTA DO QUE TU, de certeza ABSOLUTA, e já muuitos outros mais BENFIQUISTAS DO QUE TU, atestaram aqui e noutros sites - então pessoalmente nem se fala - o MEU INULTRAPASSÁVEL BENFIQUISMO.
IGUALÁVEL SIM, ULTRAPASSÁVEL, SUPERÁVEL, NÃO. NUNCA.
DO BENFICA E PELO BENFICA ATÉ À MORTEEEEEEEEEEEEEEEEE
De E Pluribus Unum a 23 de Abril de 2018 às 16:53
Oh INTELECTUALÓIDE fonseca, esqueci-me de dizer uma coisa no meu comentário que antecede este.
Fica descansado que NUNCA MAIS te reponderei a nada, nem que digas que o Sol é que orbita a Terra.



BENFICA SEMPRE E ACIMA DE TUDO E DE TODOS.
De D`Arcy a 23 de Abril de 2018 às 16:56
Eu por norma não gosto de bloquear comentários, por isso seria bom que não se entrasse em diálogo directo utilizando termos menos correctos para com os outros utilizadores.
De E Pluribus Unum a 23 de Abril de 2018 às 21:15
Muito bem, caro D'Arcy. Apenas dei a minha opinião, utilizando um pouco de sarcasmo. Mais nada.
Não gosto de insultar BENFIQUISTAS. Pelo contrário, DEFENDO-OS
A ter de insultar guardo as minhas forças para atingir os lagartinóides de alvaLADRA e para os percebejos do oporco corruptus.
Aliás, a esses a minha vontade era esmigalhar-lhes o focinho todo. TODINHO, pois são uma CAMBADA DE MENTIROSOS ASQUEROSOS E ESCABROSOS anti-Benfica a quem eu ODEIO DE MORTE.

Vejo bem que o caríssimo D'Arcy conhece Voltaire:
"Não concordo com uma só palavra daquilo que disse, mas lutaria até à morte para ter o direito de o dizer".
Ah grande Filósofo, se fosses nosso contemporâneo serias de certeza absoluta BENFIQUISTA, pois o BENFICA é um Clube do Mundo inteiro.

BENFICA BENFICA BENFICA.... Sempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
De antonio fonseca a 23 de Abril de 2018 às 21:42
Pois é mas devia norma para os intelectualóides dragartos disfarçados de benfiquistas aqui comentarem.

Mais uma vez digo, criticar sim mas com educação e elevação. Mas certos comentadeiros de teclado mais não fazem do que vociferar o fel contra as pessoas que não gostam.

Para alguns só me apetece dizer o que o rei de espanha disse " porque não te calas labrego"
De António Madeira a 22 de Abril de 2018 às 18:44
Olá, D`Arcy.

As minhas primeiras palavras não vão para o boi que nos arbitrou (?) ontem, para o grande jogo do Zivkovic ou a vontade que tenho de embrulharem o Rafa com um laço e o venderem no final desta época, mas para os Benfiquistas que estiveram na Amoreira ontem, a apoiar a equipa, a levantá-la naquele momento negro da segunda parte e a empurrá-la para o golo da vitória. Aqueles Benfiquistas que, depois da desgraça de domingo passado, arregaçaram as mangas, limparam as lágrimas e foram mostrar o que é o Benfica àqueles que ficam nas bancadas à espera que seja a equipa a puxar por eles. O meu abraço e o meu aplauso a todos eles.
O jogo está explicado no teu resumo, mas reforço uma coisa, como é possível que um jogador faça três faltas para amarelo e uma para vermelho e acabe por fazer os 90 minutos?
É contra isto que vamos continuar a levar até ao fim. E só conseguiremos ultrapassar o jorge sousa, o veríssimo e quejandos com Benfiquistas da fibra dos que estiveram ontem a puxar pelo Maior.
Vamos lá, Benfica!
De E Pluribus Unum a 23 de Abril de 2018 às 04:42
Tens TODA A RAZÃO, mas infelizmente a equipazinha que temos, e o treinadorzeco que a "comanda" e a "ensina" a jogar, não retribuem esse ENORME APOIO E AMOR que só os BENFIQUISTAS têm nas profundezas das suas almas para lhes dar.

Quanto ao apitador corrupto, não lhe chama boi porque isso seria depreciar o animal, chamo-lhe antes CAGALHAO com duas patas disfarçado de humano.

À GRANDE PUTA PÔDRE QUE O PARIU, e que Deus o RECOLHA DEPRESSA porque anda cá a POLUIR COM O LIXO DA CORRUPÇÃO O PLANETA.
Ele, e todos os outros GATUNOS anti-BENFICA.
De Anónimo a 22 de Abril de 2018 às 20:30
O Jonas faz muita falta e sem ele será muito difícil ser campeão. Temos de ser realistas.
Não tem nada a ver com treinadores, com escolha de jogadores, substituições, contratações, etc.
Jonas não tem substituto. É único no campeonato português!
Ontem devíamos ter goleado por 5-0 ou 6-0! Com Jonas este entrava na luta pela Bota de Ouro!
De Dias Pereira a 24 de Abril de 2018 às 01:56
Boa noite.
Está cada vez mais difícil para mim encontrar adjectivos ajustados à qualidade (ou falta dela...) do nosso futebol.
Para sermos claros, objectivos e honestos, temos de dizer que a nossa qualidade, individual e colectiva, está nos antípodas da posição classificativa em que nos encontramos!
No sábado jogámos com o último classificado, numa partida em que tínhamos de dar uma resposta inequívoca ao desastre que foi a derrota caseira da jornada anterior, em nossa casa, com um adversário directo, mas o que aconteceu na Amoreira foi mau demais para ser verdade. Na realidade, foi quase surreal e autofágico.
Nem o golo madrugador foi motivo bastante para nos embalar para uma vitória categórica, tranquila e motivadora, para a equipa e para os adeptos. Ao invés, voltámos a claudicar brutalmente na eficácia, ligámos desde cedo o complicómetro e, com o passar do tempo, fomos voltando ao registo habitual: um futebol trapalhão, mastigado, muito para os lados e para trás, numa exageradíssima atitude de controle da bola - como se estivéssemos a jogar com um Bayern, ou com um Barcelona... - e, em consequência disso, voltámos à situação característica dos tempos mais recentes, em que jogamos com a diferença mínima e nos expomos invariavelmente a males maiores. E isso, pelo andar da carruagem, mais cedo ou mais tarde aconteceria...
Para manter a constância, o início da 2ª parte foi igual a tantas outras de um passado recente: o adversário empertigou-se, empurrou-nos (como é isso possível?...) para a nossa zona defensiva - onde agora éramos cada vez menos para defender, porque muitos dos que iam ocasionalmente à frente já não voltavam com a rapidez que se impunha para as tarefas defensivas... - e acabou mesmo por marcar, numa jogada em que o André Almeida não cobriu a zona do campo que defendia. E pouco depois esteve para acontecer mesmo a reviravolta no marcador, numa jogada em que voltámos a ser inadmissivelmente permissivos e o atacante adversário levou a bola ao poste, depois de um ressalto no Rúben.
Uma equipa que joga como jogámos, não pode almejar a rigorosamente nada de positivo...
É, no mínimo, muito estranho que uma equipa que está, desde há muito, a fazer apenas um jogo por semana, que luta por um único objectivo, que se viu numa situação privilegiada de liderança, depois de toda uma época a correr atrás do primeiro, tenha claudicado com o estrondo com que claudicou. E é mais estranho, ainda, quando se trata de um grupo de trabalho que transita de um passado de vitórias - se bem que, algumas, tenham sido fruto de algum demérito adversário, como é sabido - e conta com elementos de grande experiência, tanto no plano nacional, como no internacional.
Neste quadro, e embora eu continue a achar que Rui Vitória já provou não ser capaz de trazer ao nosso futebol o aporte de qualidade e de consistência que ele inevitavelmente necessita, tenho que admitir que uma parte muito significativa do actual estado de coisas fica à conta dos jogadores. Não tenho qualquer dúvida disso.
É preciso uma continuada disponibilidade física e mental - e anímica, claro! - que os jogadores, nesta altura, não revelam. A generalidade deles está convencida que as camisolas vão ser capazes de, sozinhas, ganhar os jogos, e acomodam-se, ou escondem-se, durante grande parte do tempo, apenas acordando quando, por inépcia anterior, a equipa se encontra em situação desconforme com os objectivos. E é então que, com uma sofreguidão e atabalhoamento desprestigiantes para o clube, tentam conseguir em escasso tempo aquilo que, normalmente, teria sido conseguido no decurso do jogo. Isto se a atitude tivesse sido outra, claro...
Vou ser muito sincero: para mim, já basta! Esta mediocridade, esta falta de atitude, este sofrimento escusado, esgota-me literalmente o ânimo e mata-me por completo a esperança...
Custa-me aceitar este estado de coisas. A mim, que sou um simples sócio e adepto...
Pelos vistos não custa nada a outros, nem à direcção do meu clube.
E o dramático é que essa passividade que nos tem privado de um futebol mais consentâneo com os pergaminhos do clube e que, em última instância, nos vai tirar um título que, por circunstâncias diversas, tinha voltado a ser muito possível...
Estou destroçado!
Saudações benfiquistas!
Viva o Benfica!
De E Pluribus Unum a 24 de Abril de 2018 às 22:33
Oh Caríssimo e Grande Benfiquista DIAS PEREIRA, mais um comentário em em a VERDADE é soberana. Parabéns.
Assino-o na íntegra.
Sei que está destroçado, tal como eu, que desde a derrota HUMILHANTE com o oporco corruptus, nunca mais fui capaz de ler um jornal, muito menos de desporto.

Lamento dizer, mas o nosso futebol actual, sim essa mediocridade apresentada por esse proto-treinador rui DERROTA, é uma OFENSA / HUMILHAÇÃO ao Glorioso SLBENFICA e aos seus milhares de Sócios e milhões de Adeptos.

Até de França e Suíça recebo telefonemas de familiares BENFIQUISTAS como eu, a trocar impressões sobre o nosso Clube e a questionarem como é possível tanta PASSIVIDADE, LAXISMO, RESIGNAÇÃO, FALTA DE FORÇA, FALTA DE QUERER, FALTA DE RAÇA,etc.etc,etc,... enfim falta de TUDOOOOOOOOOOOOOOO.

Esse rui DERROTA já devia ter sido posto a andar do nosso Inigualável Clube.
A sorte dele é que em um "Presidente" PACHURRENTO E MANSO na exacta medida dele próprio.

Nem sequer temos MENTALIDADE para enfrentar os porcos de contumil /antas.
Se tivéssemos um real treinador e equipa de HOMENS, aquele jogo contra o porco era para SUFOCÁ-LOS. Era em NOSSA CASA, a Catedral da Luz e o maior Estádio do país, completamente esgotado DEZ DIAS antes do jogo!!!!

Teríamos ganho de certeza absoluta se essa equipazinha não estivesse apenas preparada para jogar numa competição feminina, e se ao menos se sforçassem METADE do que se esforça a Enorme MASSA de Adeptos e Sócios do nosso BENFICA.

FICARÍAMOS COM 4 (QUATRO) PONTOS DE AVANÇO, podendo até depois deixar os lagartinoídes ganhar o "campeonato" deles - que é quando nos conseguem ganhar um jogo - , e o resto era praticamente "CANJA" para alcançarmos o tão ambicionado / desejado PENTA- Campeonato.

"Mataram-me" o coração, mas a minha ALMA BENFIQUISTA esse é perene, IMORTAL.
De qualquer maneira não posso perdoar a toda essa ESTRUTURAZECA catedrática em INCOMPETÊNCIA E MEDO, que entrega de bandeja o Título ao oporco corrurptos.

Tenho ainda muito medo de uma outra HUMILHAÇÃO. É que ainda temos de ir a alvaLADRA e se eles dão sempre contra nós BENFICA 200%, os nossos jogadrozinhos - exceptuando dois ou três - não passam dos 50%.

Responsável e culpado maior?!?!?! O pasmão de bigode que faz de Presidente do nosso SLBENFICA , e que permite todo este LAXISMO e falta de PROFISSIONALISMO e COMPETÊNCIA de verdadeiro nível Europeu, que é o que se exige a quem representa o nosso Glorioso e Inigualável Clube.

Para mim esta época o futebol ACABOU.
Nems equer me interessa o próximo Campeonato do Mundo na Rússia.

Quero que se lixem todos e tudo. O futebol para mim só tem ALMA quando vejo as VERDADEIRAS PAPOILAS SALTITANTES DE ÁGUIA AO PEITO A JOGAR A SÉRIO E A MARCAR GOLOS pelo nosso Glorioso BENFICA.


E de todos um, e apenas um. O SLBENFICA, Sempreeeeeeeeeeeeeeee.
De E Pluribus Unum a 24 de Abril de 2018 às 17:41
Sobre uma notícia publicado no jornal "I" sobre a campanha/plano ESCABROSO montado pelo oporco corruptus para destruir o Benfica enviei este comentário para esse site:

"Neste QUASE-país ou país da TRETA, tudo serve para incriminar e denegrir o SPORT LISBOA E BENFICA, de longe Maior e Melhor Clube do país e um dos quatro gigantes da Península Ibérica.

Oporco corruptus e riorting de alvaLADRA, com este a ser OBEDIENTE E VASSALO / SUBMISSO do oporco corruptos, não suportam a Grandeza e Prestígio Inigualáveis do Glorioso Benfica.
Então há que TUDO INVENTAR E ESPECULAR, fazer campanhas e um PLANO ESCABROSO E ASQUEROSO E COVARDE para atacar o clube que nos anos 60 do Séc. XX disse ao Mundo que Portugal não era uma província de Espanha mas sim um país SOBERANO E INDEPENDENTE.

JOGAMOS SEMPRE CONTRA 15 OU 16 mas depois ainda temos os lacaios jornaLIXEIROS AVENÇADDOS e sem coluna vertebral a dizer que o Benfica é que é beneficiado.

O que diriam essees oporcos e riportings se por exemplo o oporco corrupto visse os seus jogos serem arbitrados em mais de 50% por árbitros de Lisboa, e ainda por cima ameaçados pelos adeptos do Benfica, como acontece com os adeptos do oporco em relação aos árbitros do seu distrito que são ameaçados de agressões várias se o seu clubeco, o oporco corrupts não for LEVADO NUM ANDOR GIGANTE?!

Pena o Benfica ter um LORPA, MEDROSO E COVARDOLA PACÓVIO a fazer de Presidente. Se fosse HOMEM COM "ELES NO SÍTIO" já tinha DESCONSTRUÍDO todo esse plano escbroso para destruir o BENFICA e até pedir a IMPUGNAÇÃO do campeonato por haver vários árbitros COAGIDOS pelo oporco corruptos que beneficiaram descaradamente este clubeco e ROUBARAM O BENFICA.

Esse l.f.vieira é uma ANEDOTA. tenho VERGONHA de como BENFIQUISTA ter um tipo tão COvarde, incapaz e palerma a "Presidente" do meu querido SLBENFICA.

BENFICA TEM DE ABANDONAR ESTA LIGUECA PÔDRE E PEDIR AOS ESPANHÓIS PARA COMPETIR NA LIGA DE ESPANHA.
este futeboleco aqui na paróquia é apenas à medida e oporco e riporting que até se AMNATIZARAM.

BENFICA BENFICA BENFICA SEMRPEEEEEEEEEEE O MAIOR E O MELHORRRRRRRRRRRRRR"


P.S. Espero e desejo, desejo muito que por uma vez l.f.vieira LARGUE AS FRAUDAS do MEDO e seja digno do lugar que ocupa, o lugar de Presidente do MAIOR E MELHOR Clube de Portugal, o Glorioso e Inigualável SPORT LISBOA E BENFICA.

O CAMPEONATO DEVE SER IMPUGNADO por haverem árbitros coagidos e mais que coagidos a interferir GRAVEMENTE na classificação.

Se nada fizer, este presidente será o MAIOR COVARDE E MEDROSO que Portuga conheceu em quase 900 anos de História.

BENFICA, MEU AMOR DE ONTEM, DE HOJE E DE SEMPRE. DE TODO O SEMPREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE.
De E Pluribus Unum a 26 de Abril de 2018 às 00:31
Pelo que é noticiado pelo Jornal "I", está montada pelo oporco corruptus uma REDE CRIMINOSA com o intuito de DESCREDIBIZAR e DESTRUIR o nosso Glorioso SLBENFICA, e nesta "Tertúlia Benfiquista", nem sequer existe uma palavra, um comentáriozinho por este assunto tão NEFASTO para o nosso Clube?!?!?!

Sim senhor, "grandes" Benfiquistas!!!!!!

Clube ENORME, com TANTA E TANTA GENTE, mas infelizmente com a maioria, a grande maioria de gente amorfa e quietinha.

ACIMA DE TUDO E DE TODOS, UM E APENAS UM, o Glorioso e Inigualável SPORT LISBOA E BENFICA.
De E Pluribus Unum a 27 de Abril de 2018 às 05:09
DIZ AGORA O PORCO DA BOSTA do clubeco oporco corruptos:
" Na Luz é o fc porco que manda"!!!!

Como ele goza. Somos um clubinho de totós.
Não admira, pois o Benfica tem um "líder" de papelão e um dep. de comunicação que só serve para tomar uns cafezinhos e receber o ordenado ao fim de cada mês!!!

Podiam ao menos responder ao porco da bosta que quem tem mandado na Luz nos últimos tempos são os APITADORES CORRUTPOS E VASSALOS ao oporco que fazem parte da sua (deles) equipa e que são os seus melhores jogadores.

INFELIZMENTE não temos niguém para responder a esse bosta porco.
Temos uma direcçãozeca e presidentezeco que são autênticos CADÁVERES AMBULANTES.

BENFICA SEMRPEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
O BENFICA PRECISA DE MUITO MELHOR.

P.S. Ser Presidente do BENFICA não é ser presidente do Alverca.
De Luís Manuel a 27 de Abril de 2018 às 22:24
Olá D'Arcy, muito obrigado pelo teu post e as minhas desculpas por só agora enviar o meu comentário.

Descreves com absoluta clareza o que se passou na Amoreira. Gostei muito da forma como entrámos, após a derrota contra o Porto, e só temos de nos queixar de nós próprios pelo sofrimento por que passámos. Inacreditável tanto desperdício no momento de concretizar. No fim da primeira parte o jogo podia estar decidido.

A segunda parte foi muito má da nossa parte. Acho que já disseste tudo. No entanto, também tenho de dizer que, embora de forma muito, muito atabalhoada, a nossa equipa não desistiu de tentar vencer. A entrada do Seferovic - mais uma vez - não resolveu nada. Entrou bem o Salvio. Pergunto-me se nesta altura não seria preferível jogarmos como já o fizemos anteriormente, quando uma onda de lesões varreu a nossa equipa no ano passado. Claro que então tínhamos o Gonçalo, e agora não. E que o "avançado centro" teria de ser o Rafa. Mas talvez não fosse má ideia, com o Raul a entrar no decorrer do jogo. Não sei, isto são apenas especulações de quem treina da bancada.

Portanto é como dizes: a probabilidade de conquistar o título é mínima, mas temos obrigação de lutar até o fim. E, embora a nossa exibição na segunda parte tenha sido muito fraca, uma coisa não pode ser negada: lutámos até ao fim. Concentração máxima contra o Tondela é o que se segue. Se fizermos uma primeira parte tão boa como fizemos contra o Estoril e - sobretudo - concretizarmos as hipóteses de golo, a equipa pode soltar-se e ganhar os níveis de confiança de que necessita, mesmo sem a presença tão importante do Jonas.

Força, Benfica !

PS: Eu já esperava qualquer coisa parecida da arbitragem do Hugo, e ao fim de 20 minutos ou menos percebi (percebemos) ao que vinha. O que acho extraordinário é que o VAR tenha funcionado num lance (embora me custe a entender como é que uma agressão ao Raul - e consequente penálti - não tenha sido vista, porque até a própria estação de televisão que transmitiu o jogo não a pôde esconder). Portanto, nada de novo e temos é que continuar a lutar, e muito, nestes últimos jogos.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Passeio

Natural

Pouco

Absurdo

Controlo

Tranquila

Desconcentração

Cinzenta

Frustrante

Lamentável

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds