VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

Dignos

Derrota sem espinhas num jogo que cedo começou a dar para o torto. O Zenit é uma equipa forte, com bons jogadores (muitos deles que bem conhecemos) e como sempre, a este nível, os erros normalmente pagam-se caro. Mas para mim o mais importante que aconteceu esta noite passou-se durante os minutos finais do jogo e aqueles que se seguiram ao apito final do árbitro.

 

 

Com toda a lógica, o Benfica entrou em campo com o mesmo onze que goleou o Setúbal. O início de jogo, no entanto, dificilmente poderia ter sido pior, já que antes de se cumprirem cinco minutos ficámos em desvantagem no marcador. Tudo começou num mau passe do Jardel quando saíamos para o ataque e depois foi simplesmente uma questão de colocar a bola nas costas do Eliseu, que já estava naturalmente adiantado, deixando o Hulk isolado para uma finalização simples. O Zenit já tinha entrado no jogo de forma confiante, e com este golo via a tarefa ficar ainda mais facilitada. Apesar de uma ténue reacção ao golo, as coisas ficaram definitivamente pior para nós ainda antes de chegarmos aos vinte minutos, e novamente por consequência de erros: primeiro, mais um mau passe do Jardel numa saída para o ataque, que entregou a bola a um adversário no círculo central, e depois do passe feito para as costas da defesa o Artur teve uma 'arturada' (leia-se: uma daquelas saídas em que ele hesita e acaba por ficar a meio do caminho quando temos a nítida sensação que seria perfeitamente possível chegar primeiro à bola), acabando por derrubar o Danny quando ele estava isolado. Falta e consequente vermelho evidentes, o que forçou à substituição do Talisca pelo Paulo Lopes. Como se a perspectiva de jogar mais de setenta minutos reduzidos a dez não fosse já suficientemente má, sofremos o segundo golo logo a seguir. Não foi no livre marcado pelo Hulk, que desviou ligeiramente na barreira, mas foi no canto que se seguiu, no qual deixámos o Witsel entrar na zona do primeiro poste a cabecear para um golo que não festejou. O Paulo Lopes ainda defendeu, mas a bola já tinha ultrapassado a linha. Com a vantagem confortável no marcador e superioridade numérica em campo, o Zenit procurou adormecer ainda mais o ritmo de jogo, mantendo a bola em seu poder sem arriscar muito.

 

 

O maior elogio que posso fazer à nossa equipa na segunda parte é que pouco se notou a inferioridade numérica. Os nossos jogadores correram até à exaustão, e conseguiram que o jogo fosse muito repartido entre as duas equipas - de facto, até me parece que acabámos por ser melhores com dez do que tínhamos sido nos menos de vinte minutos que jogámos com onze. É verdade que o Zenit poderia ter ampliado a vantagem e teve oportunidades para o fazer, mas o Benfica também teve ocasiões para marcar, tantas ou mais do que o Zenit. Mas o guarda-redes russo esteve sempre em bom plano, e também nos faltou maior discernimento na altura de finalizar algumas jogadas. Não vi ainda nenhumas imagens do jogo, mas no estádio também me ficou a sensação que terá havido um penálti por assinalar sobre o Salvio, poucos minutos após o reinício do jogo, e que a ser marcado poderia ter mudado um pouco as coisas. Mas conforme referi no início, o mais importante acabou por acontecer nos minutos finais do jogo. O público benfiquista soube reconhecer o enorme esforço e empenho dos nossos jogadores perante uma situação tão adversa, e o jogo terminou debaixo de cânticos e aplausos, que se prolongaram muito para além do apito final. Não duvido que esta manifestação de apoio terá motivado os nossos jogadores, e foi uma bonita demonstração de que os adeptos estão com a equipa. Fomos derrotados em casa após mais de dois anos sem que tal acontecesse, mas os nossos jogadores conseguiram ser dignos perante um cenário muito adverso, e puderam sair de cabeça erguida.

 

 

Num jogo em que o brio e o empenho dos nossos jogadores foram o mais importante, não há grandes destaques individuais a fazer. Mas o Jardel fica ligado de forma negativa ao jogo, já que foram dois maus passes seus que estiveram na origem das duas jogadas decisivas do jogo. E pior ainda, continuou a insistir em passes de risco na defesa durante o resto do jogo. Parece-me que o Jardel serve perfeitamente para consumo interno, mas confesso que, face ao que conheço dele, continuo a estranhar a relutância do nosso treinador relativamente ao Lisandro Lopez. Mas eu não trabalho com os jogadores todos os dias.

 

A minha opinião sobre a Champions já é sobejamente conhecida, por isso não me vou alongar sobre o assunto. Digo apenas que é suficiente para que este resultado não me deixe particularmente zangado. O que eu espero sobretudo é que ele não tenha qualquer influência no estado de espírito da equipa, e que esta saiba utilizar o que se passou no final do jogo para colocar isto para trás das costas e motivar-se para o próximo jogo do campeonato. Para mim a prioridade e aquilo que determina se a época é de sucesso ou não será sempre a reconquista do título.

publicado por D`Arcy às 02:23
link do post | comentar
19 comentários:
De moleculasdeamor a 17 de Setembro de 2014
Os NN ESTIVERAM SUBLIMES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
A equipa ez o que tinha de ser feito. O adversário foi superior!
Pressinto que Lisandro lopez é um central da categoria do garay.


abraços... gostei imenso do jogo... a vida é feita de múltiplas experiências e as derrotas fazem parte do processo, a um certo nível de consciência as derrotas são profundamente respeitadas!...
De Antonio Matos a 17 de Setembro de 2014
Jardel, é um jogador para consumo interno, e e e ... !!! Ontem, para coroar mais uma miserável exibição nas competições europeias, só lhe faltou o golo na própria baliza, a que já nos habituou. A diferença entre este Benfica e o Zenit, é a mesma que existe entre Jardel e Garay!
De Pitons na Boca a 17 de Setembro de 2014
Além do lance do Salvio de que falas, há mais um penalty claro sobre o Enzo, na magnifica arrancada que ele fez quase no fim da partida.
A inclinação que o fdp do norueguês fez no campo foi mais que evidente, durante o jogo todo. Como se já não bastasse os nossos erros, nos 20 minutos iniciais...
De Maria a 17 de Setembro de 2014
Orgulho enorme no meu Benfica até no perder somos grandes. Parabéns a todos os que estiveram na bancada foram ENORMES
De Águia IMPERIAL a 17 de Setembro de 2014
Caro companheiro e grande BENFIQUISTA D'Arcy, subscrevo na íntegra esta tua crónica relativa a este jogo BENFICA-Zenit.
Para mim, o "melhor jogador" desta noite europeia foram os GRANDES BENFIQUISTAS que se deslocaram à Nossa CATEDRAL. Foram cerca de 35.000 (parabéns e muito obrigado a todos), mas deveriam e poderiam ser mais de 60.000 a cumprir essa demonstração de BENFIQUISMO. Quando é que chegaremos a ter sempre uma taxa de ocupação do Nosso Estádio na ordem dos 90% no mínimo??!!! É preciso EXERCER/VIVER O BENFIQUISMO A SÉRIO.

Os BENFIQUSTAS que residem num perímetro de 50 a 80 quilómetros de Lisboa, a Nossa bela Capital, têm de EXERCER mais o seu BENFIQUISMO, comparecendo sempre que possam nas instalações do Clube a fim de apoiar as Nossas equipas nas mais diversas modalidades, a começar claro está pelo Futebol.

Quanto ao jogo penso que Nos faltou nos primeiros 20 minutos INTENSIDADE e RAPIDEZ no ataque à bola. O Jardel, jogador que sempre tenho defendido, não pode fazer os passes que fez, de forma denunciada e displicente, pois com isso prejudicou a equipa. Nestes jogos contra equipas dez vezes mais rápidas e intensas que os "Setúbeis"e afins, jogadores como o Jardel só deveriam de ter ordem do treinador para chutar forte e para longe toda a bola que lhe caísse nos pés.
Penso também que Nós BENFICA damos demasiado espaço aos adversários no momento eu que estes recebem a bola. As Nossas marcações são demasiado macias e quando fazemos pressão paramos quando estamos juntos aos adversários ficando à espera que estes prossigam a jogada.
A nível europeu teremos de ter intensidade de jogo e rapidez nas decisões 10 vezes superior em relação aos jogos disputados cá na "paróquia", onde o forte dos Nossos opositores se divide entre AGARRÕES, PAULADA E SIMULAÇÕES.
Quanto ao apitador, apenas digo que foi um NOJO. Pelo menos dois penalties nítidos que ficaram por marcar a Nosso favor. Continuamos a "senda" da final da Liga Europa, ou seja, sempre ROUBADOS e sempre CALADOS. Assim nunca deixaremos de ser o " MEXILHÃO" deste e dos demais
apitadores.

ACREDITO NO APURAMENTO. Basta para isso que a INTENSIDADE, FORÇA ATLÉTICA E RAPIDEZ DE JOGO SUBA PARA PATAMARES EUROPEUS.
A criatividade e superior categoria dos Nossos jogadores farão depois a diferença a Nosso favor.

Há um outro aspecto negativo que quanto a mim deve ser muito rapidamente resolvido, e que é a pouca utilização de remates de meia distância que fazemos. Mais, quando o fazemos, me parece que rematamos fraco e mal direccionado. Deverá haver muito mais treino nessa especificidade do jogo. Precisamos também de alguém que seja capaz de ganhar bolas de cabeça na área adversária e que saiba efectivamente cabecear à JOSÉ ÁGUAS ou no mínimo à RUI ÁGUAS, filho do JOSÉ.

BENFICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA SEMPREEEEEEEEEEEEEEEEEEE
O MAIOR E O MELHORRRRRRRRRRRRRRRRR
Ontem, hoje, amahã e Sempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
De antonio fonseca a 17 de Setembro de 2014
Bom dia,

Completamente de acordo com o comentário do moderador.

Acrescento que a derrota só é possível porque na defensiva do lado esquerdo continuamos coxos: Jardel faz um passe miserável (mais um) e possibilita o lançamento para o porco brasileiro facturar. Onde estava Eliseu? a dormir.

Pergunto se o Lisandro Lopez não é melhor que o Jardel? na minha óptica é superior mas o JJ é que sabe.

A primeira vintena de minutos foi dramática para nós onde tudo nos correu mal e o Zenit com uma boa equipa soube aproveitar. A actuação de alguns jogadores também esteve abaixo do que deles era esperado.

Na segunda parte a exibição melhorou. Só faltou o golo para relançarmos a partida. Ele esteve bem perto se o arbitro não tivesse feito vista grossa e nos ter escamoteado um penalti.

No fundo não desgostei da atitude dos jogadores que estiveram desde os 18 minutos em inferioridade numérica.

Também gostei da atitude da nossa massa adepta que no final incentivou e vitoriou a nossa equipa como se tivéssemos ganho o jogo. Brilhante atitude.

Saudações benfiquistas.
De Joao Coelho a 17 de Setembro de 2014
Será que não dá para contratar aquele central do Zenit, pelo mesmo preço que vendemos o nosso, prái 6 milhões?!

O JJ quando enfrenta o Hulk e o LVB borra-se todo! É um case study que devia ser estudado à exaustão, ou a história daquele catedrático que não aprendeu ainda a jogar na CL. E já lá vão pelo menos 5 anos. A 4 milhões/ano convenhamos que é custo de aprendizagem alto. Depois do Celtic e Olympiacos este ano vai ser o Zenith, o Monaco ou o leverkunsen. Equipas de top como sabemos...

Quando vejo Benfiquistas a falar de dignidade, quando perdem em casa com um adversário que não é superior, penso que muitos deles têm este sentimento porque para eles o SLB fundou-se com LFV. Antes dele não havia Benfica.

Dignidade e suar a camisola é o que se exige a qualquer jogador que envergue o Manto Sagrado. Ganhar e lutar pela vitória está acima de tudo.

PS: Por acaso não seria boa ideia dar minutos, ou uma oportunidade aquele central que em Espanha foi considerado dos melhores e que por acaso, só por simples acaso, até foi pré-convocado por aquela selecção que foi á final do Mundial?
De inês Lima a 17 de Setembro de 2014
Venho aqui grata pelo empenho dos jogadores, e de todos os que souberam engrandecer-nos assumindo a nossa identidade até ao fim, cantando: Eu amo o Benfica! Deixo também um abraço ao JJ, que se deixou tocar.
Amanhã, completa-se mais um aniversário da morte do Gullit, do Tino e da Rita. Os rapazes e raparigas do topo Sul souberam honrar a sua memória (foi o que eu senti), pelo abraço de Benfiquismo que nos envolveu a todos, e do modo orgulhoso como se afirmaram. Bem Hajam!
Sempre Presente
De BENFIQUISTA DO CORAÇÃO a 17 de Setembro de 2014
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃO
TOMEM NOTA NO DOCUMENTO ABAIXO

COMO SOU BEIRÃO NÃO VOU POUPAR NAS PALAVRAS
JÁ O MEU SAUDOSO AVÔ ME DIZIA
QUE QUEM NÃO SE SENTE NÃO É FILHO DE BOA GENTE

ONTEM O BENFICA FOI MAIS UMA VEZ GAMADO
POR UMA APINTAGEM DA UEFINHA

NÃO RECUANDO JÁ A ANOS MUITO ANTERIORES
TODA A GENTE VIU A MÃOZINHA DE TERRY DO CHELSEA NA LUZ
E SIGA PARA BINGO
MAIS UM PENALTI CONTRA O BARCELONA
E SIGA PARA BINGO
O ANO PASSADO TUDO FIZERAM EM TURIM
PARA NOS TIRAREM DA FINAL
NA FINAL FOI A VERGONHA QUE SE VIU
ROUBADOS VERGONHOSAMENTEO

MAS ONTEM FOI UM ESCÂNDALO
(o que diriam o alguidar e o serrote e lolpetegui)
UM APINTADOR QUE SÓ CONHECIA UM SENTIDO
O SENTIDO DA BALIZA DO BENFICA

NOS AMARELOS FOI VERGONHOSO
ANEDÓTICA ATÉ. DUALIDADE FLAGRANTE

E EM TRÊS HIPOTESES DE PENALTI
(SIM TRÊS PORQUE HOUVE TRÊS)
NEM UM MARCOU
UM ENTÃO FOI ABSOLUTAMENTE ESCABROSO

SALVIO PONTAPEADO NAS BARBAS DO ARTOLAS APINTADEIRO
QUE VIU E MANDOU SEGUIR
(DEVE TER TIDO MEDO QUE UMA EQUIPA COM DEZ
A PERDER POR 2 A 1 AINDA DESSE A VOLTA. alguem
lhe disse que com dez o glorioso ainda dá luta)

AO NÃO MARCAR AQUELE PENALTI SOBRE SALVIO
O CANASTRÃO MOSTROU AO QUE VINHA

GAMAR O GLORIOSO

(quero aqui deixar uma homenagem aos jogadores do Benfica. Lutaram à Benfica
e honraram a camisola que já foi envergada por eusébios, colunas, simões, augusto, germano, pereira, etc.
SR LUISÃO SE POR ACASO LER ESTE COMENTÁRIO QUERO QUE SAIBA QUE TENHO ORGULHO
EM SI. TEM ALMA BENFIQUISTA. FAÇA FAVOR DE DIZER AOS SEUS COLEGAS
QUE NOS CALOU FUNDO A ENORME DEDICAÇÃO E EMPENHO COM QUE LUTARAM)

QUANTO À VELOCIDADE FORÇA E PRESSING EM TODO O CAMPO
E EM TODO O JOGO, DOS RUSSOS SÓ POSSO DIZER
EHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEEHEHEHEHEH
PARECIAM 22

COPIADO DA NET. VENDO PELO PREÇO QUE COMPREI

""os atuais principais patrocinadores do torneio são:
Ford
Gazprom
Heineken (com exceção da Espanha, Turquia, França, Suíça e Rússia, onde o patrocínio de álcool é restrito. Na Espanha, França e Suíça, a placa da Heineken é substituída por um “Aprecie com responsabilidade” ou uma placa que diz “abra o seu mundo” e na Rússia a placa da Heineken é substituída por uma que diz “não ao racismo”).
MasterCard
Sony Computer Entertainment Europe
PlayStation é a marca anunciada.
UniCredit
Adidas é a patrocinadora secundária e fornece a bola oficial, como faz em todas as outras competições da UEFA. O Pro Evolution Soccer da Konami é também um patrocinador secundário como o jogo de vídeo game oficial da Liga dos Campeões.

Clubes individuais podem usar camisetas com propaganda, mesmo que haja conflito com os patrocinadores da Liga dos Campeões.""
De Manuel Afonso a 17 de Setembro de 2014
A explicação para mais uma derrota na champions está encontrada.
Chama-se Jardel. E no ano passado deveria chamar-se Garay. E há dois anos deveria chamar-se Luisão. E há três anos talvez fosse por culpa do Javi Garcia. Talvez...

Mas justificações para quê? É preciso justificar alguma coisa que já se sabe ser assim vai para 4 épocas? Mas aconteceu alguma coisa que seja novidade para alguém?

A única diferença é que nas 3 épocas anteriores fomos eliminados vergonhosamente em grupos que deveriam estar facilmente ao nosso alcance.
Esta época ao menos vamos ser eliminados num grupo dificílimo. E provavelmente com 0 pontos.

Para mim não é o Jardel que só dá para consumo interno, e e...
O JJ tem virtudes e defeitos. A sua concepção de jogo contra equipas fortes e bem organizadas tacticamente, é de um lirísmo tal que o resultado vai ser sempre o mesmo. Vezes e vezes sem fim.
Dá para os jogos internos ou para jogos da Liga Europa, em que equipas fortes que lá estejam caem da champions como nós, treinadas por líricos como o Jesus.

Enquanto jogarmos contra equipas da champions em inferioridade no meio-campo, não vamos ganhar um jogo que seja.
Mas a culpa vai ser do Jardel, ou do Luisão, ou do Samaris, ou do Enzo, ou de outro qualquer.

Pelo lado positivo, um dos pontos fortes do JJ é a forma como sabe motivar os jogadores. Por isto estou convencido que no próximo jogo, contra uma equipa mais condizente com o seu modelo de jogo, esta derrota não vai ter a mínima influência e vamos ganhar com clareza.

Outro ponto ainda mais positivo. Como o mais certo é estarmos fora das competições europeias já em Dezembro, vamos poder concentrar todas as atenções nas provas internas, o que até poderá ser um factor importante na luta pelo título.

Na nota mais positiva de todas, os nossos atletas foram profissionais muitíssimo dignos. É só isto que eu lhes peço.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Obrigação

Banco

Exemplar

Madrugadora

Pouco

Inconsistência

Confrangedora

Arrasador

Sofrível

Solidez

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds