VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Segunda-feira, 17 de Agosto de 2015

Estreia

Na estreia do Estádio da Luz esta época, primeira vitória com o novo treinador. Foi um jogo no qual vimos duas faces do Benfica: a primeira, que durou um pouco mais de uma hora, foi aquela que tínhamos visto durante os jogos da pré-época e na Supertaça; a segunda, dos vinte e cinco minutos finais, foi completamente diferente para muito melhor. Espero que essa face tenha vindo para ficar.

 

 

O onze escolhido para iniciar o campeonato não apresentou muitas novidades. O Nélson Semedo manteve a titularidade que tinha conquistado no jogo da Supertaça, tal como o Ola John à sua frente. A alteração principal foi a presença do Mitroglou como homem mais avançado, o que permitiu libertar o Jonas para as funções que ele tão bem sabe desempenhar. Alguma surpresa apenas pela escolha do Fejsa para actuar como médio mais recuado, pois esperaria que fosse o Samaris a jogar. A primeira parte do Benfica foi, conforme disse já, bastante fraca. Muitas dificuldades para sair para o ataque, muita lentidão e futebol muito confuso. Demorámos mais de vinte minutos até conseguir fazer o primeiro remate no jogo, o que espelha bem a pouca eficácia atacante da equipa. Iam-se destacando o Nélson Semedo e o Gaitán pelas iniciativas individuais, a que na maior parte dos casos eram mesmo forçados porque simplesmente não tinham colegas a quem passar a bola. O Estoril apresentou-se muito fechado junto à sua área e a jogar com bastante agressividade na disputa da bola, o que em nada facilitou a nossa tarefa. O que mais me preocupou foi a lentidão de processos na saída para o ataque, expressa em excessiva posse de bola e demasiados passes em zonas perigosas. Quando finalmente chegávamos à frente, já apanhávamos toda a equipa do Estoril posicionada e a dar muito pouco espaço. O Mitroglou teve uma boa ocasião para marcar, após centro do Jonas, mas o remate saiu para a bandeirola de canto, e para além disso apenas numa outra ocasião estivemos muito perto de marcar, e já perto do intervalo, quando após um canto o Gaitán assistiu de cabeça o Luisão para este rematar à barra. Mas o mesmo Luisão, já no período de descontos, marcou um livre a nosso favor de forma disparatada e acabou por ser o Júlio César a evitar o pior, ao defender o remate do adversário que se tinha isolado.

 

 

A forma como se iniciou a segunda parte não deixava antever grandes melhorias. Começou praticamente como tinha acabado a primeira, com o Estoril quase a chegar ao golo, valendo-nos uma vez mais o Júlio César com uma defesa por instinto a negar um golo praticamente feito. O jogo começou a mudar apenas quando, findo o primeiro quarto de hora, o nosso treinador fez duas substituições de uma assentada, trocando o Ola John e o Pizzi pelo estreante Victor Andrade e pelo Talisca. Acertou em cheio. Os dois jogadores que saíram estavam a ser das unidades com maior influência directa na lentidão dos processos ofensivos do Benfica. O Talisca acabou por ser fundamental para virar o jogo a nosso favor, e o Andrade foi o complemento ideal para o Semedo na direita. Pouco depois o Mitroglou falhou mais uma boa oportunidade, quando novamente a passe do Jonas rematou para a bancada. Mas à terceira foi de vez, e aos setenta e três minutos inaugurou mesmo o marcador. Fundamental na jogada a acção do Talisca, que com um passe para a esquerda desmarcou o Eliseu e permitiu finalmente uma transição rápida para o ataque. A bola seguiu para o Gaitán, que depois colocou a bola à mercê do cabeceamento certeiro do grego. Acho que o suspiro de alívio da equipa deve ter sido audível nas bancadas - diga-se que, indiferente a todo o ruído que se vai tentando fazer, os benfiquistas acorreram à Luz (mais de cinquenta e três mil espectadores) e apoiaram a equipa do princípio ao fim. Como que liberta da pressão de marcar o primeiro golo, a nossa equipa soltou-se e aproveitou também da melhor forma o facto do Estoril finalmente ter que arriscar um pouco mais, partindo para uma exibição muito agradável nos últimos minutos e construindo uma goleada que ao intervalo era de todo imprevisível. Até porque o segundo golo surgiu logo quatro minutos após o primeiro, num penálti do Jonas e novamente com intervenção decisiva do Talisca, autor do remate de primeira que foi cortado com a mão. E, decorridos mais quatro minutos, mais um golo, surgido numa combinação entre o Nélson Semedo e o Victor Andrade pela direita, com centro do brasileiro para a cabeçada colocada do Jonas. Mesmo para o final, estava reservado um momento alto, que foi o quarto golo a concluir uma bonita jogada de equipa. Novamente o Nélson e o Andrade na jogada (foram muitos jogos juntos na equipa B...) desmarcação do Gaitán e passe de calcanhar para o Nélson receber com o pé direito e rematar cruzado com o esquerdo. Golo mais do que merecido para um dos jogadores em destaque esta noite.

 

 

Alguns jogadores merecem destaque neste jogo. Começando pela baliza, onde o Júlio César teve pouco trabalho mas o que teve foi de altíssima qualidade, e a ele devemos o facto de o Estoril não ter chegado à vantagem antes de nós. O Nélson Semedo fez um jogo muito bom e sobretudo bastante desinibido para um jogador que se estava a estrear como titular no Benfica na Luz. Culminou a boa exibição com um bonito golo, mas ainda tem que corrigir alguns aspectos do posicionamento defensivo. Algo que a experiência seguramente trará. O Gaitán voltou a mostrar ser simplesmente o mais genial jogador do campeonato português. Hoje fez duas assistências e teve inúmeros pormenores de classe absoluta. Nos piores períodos da equipa por vezes exagerou nas iniciativas individuais, talvez devido a alguma frustração, e perdeu algumas bolas, mas sempre que isso aconteceu ele foi o primeiro a lutar pela sua recuperação. O Jonas somou dois golos e mais uma exibição de qualidade - com um bocado mais de pontaria do seu colega de ataque, teria somado outras tantas assistências. Gostei também do Lisandro, e conforme disse, o Talisca e o Victor Andrade entraram muito bem no jogo.

 

Chegou a parecer complicado, mas no final saímos da Luz a sorrir. Mérito para o Rui Vitória na forma como leu bem o jogo e fez duas alterações que acabaram por se revelar decisivas. Espero que esta vitória retire alguma da pressão sobre a equipa e lhe permita continuar a evoluir com maior tranquilidade. Temos umas primeiras jornadas da Liga teoricamente fáceis, o que é o ideal para assentar ideias e acumular vitórias que dêem confiança. Havendo isso, tudo o resto virá de forma mais fácil.

tags:
publicado por D'Arcy às 01:45
link do post | comentar
13 comentários:
De rogerio moreira a 17 de Agosto de 2015
O BENFICA mais os 53000 BENFIQUISTAS, ontem, trouxeram na CATEDRAL o perfume do INFERNO da LUZ ... o regresso das gentes do TERCEIRO ANEL da velhinha CATEDRAL a dos 120.000, que levou 134.000 ......

AFINAL ... tanta MENSAGEM e MENSAGEIROS e o ... SPORT LISBOA e BENFICA esta na PRIMEIRA JORNADA do CAMP. NACIONAL ... no PRIMEIRO LUGAR..

AFINAL ... a .. "SUPER" equipa .. com o "SUPER" treinador o "mestre" das SMS e das tácticas, do clube dos .. incendiários verdes-as-riscas deve estar no seu lugar o ... 3º lugar ou mais abaixo ...

AFINAL ... há três PUTOS no BENFICA mais perto dos juniores do que dos seus colegas séniores que, devem estar agradecidos a "DEUS" por "JESUS" ja não estar no BENFICA porque se não ... não teriam jogado de certeza absoluta, e um daqueles PUTOS "desajeitados" até teve o atrevimento de fazer um GOLAÇO... .... não há duvida que, a diferença para APOSTAR ou NÃO nos JOVENS da CASA é ..... não ser MEDROSO e SABER ...

BENFICA ganha por ... Quatro-a zero ... mas, se o BENFICA .. só tivesse -ganho- por ... um golo de diferença ... marcado já nos .. segundos finais .. dos descontos com um penalti, na sequência de uma bola fora..colocada em falta, que o sr. juiz de linha (em cima) não viu e que certamente o sr. xistra, devia estar a apanhar o apito que , se calhar lhe terá caído no relvado ...

Se o BENFICA só tivesses ganho por ... 1 golo de diferença e marcado nos segundos finais do tempo de descontos (5 minutos) se de facto fosse assim, o que diriam e escreveriam os PSICOPATAS do FANÁTICO ANTI-BENFIQUISMO como os ... jornaleiros desportivos que levam o "mediano" treinador dos SMS ao colo .... aquela figurinha do -carapinha e gel" do -tempo extra- os inácios dos incendiários verdes as ricas ... os rudolfos dos batoteiros nortenhos.!.?

BENFICA ... teve uma pré-epoca em que o tempo (calor e humidade) a altitude a que jogaram ... as viagens frequentes que efectuaram, acabaram trazer à equipa enorme desgaste que se veio a traduzir no que se viu. Também aconteceu a outros ..grandes da Europa.. e sem tanto alarido como aqui em Portugal mas aqui ... é o BENFICA que equipa de VERMELHO ....mesmo assim, com SMS por meio, mesmo com equipa fisicamente desgastada e desfalcada , mesmo assim , na tal -supertaça - do Algarve que o "SUPER" mestre das tácticas em (dizem) 30 dias preparou aquela "SUPER" equipa recheada de "SUPER" jogadores só conseguiu "ganhar" por um golo e de carambola (teo gutierres) nem sabia o que andava por ali a fazer quando levou com a bola .... mas foi "bom de ver" aqueles GRANDES FESTEJOS dos INCENDIÁRIOS verdes as riscas .. devia de haver muitos turistas no Algarve a perguntar se tinha sido a FINAL da CHAMPIONS ....

HOJE ... DEVE DE HAVER POR AI .... muita AZIA ... talvez o senhor dótor Barroso tenha que tratar muita gentinha dos estomagos e cabecinhas, desde ... jornaleirozecos da bola e record .. comentadorzecos das TVS e telefonias ... e colunistas de .cabecinhas baixas ...Mas certamente não vai ter TRATAMENTO POSSÍVEL para o tal "MESTRE" o "SUPER" treinador que não se sabe onde para o seu CÉREBRO ... sabe-se sim que deve ESTAR FEITO NUM 8 ...
-----------------------------------------------
A ÁGUIA VOA MAIS ALTO
Rogério Moreira




De Manuel Afonso a 17 de Agosto de 2015
Dia muito triste para os Blogs Benfiquistas. Esta vitória aziada vai diminuir em muito o número de comentários.
E logo numa altura em que uma alegria para os benfiquinhas preocupados, vulgo derrota do Benfica, lhes daria finalmente razão na tão apregoada e aguardada chegada do apocalipse.
Paciência. Fica para a próxima semana.

Mas dito isto, é evidente que não faz sentido tirar conclusões do que vai ser uma época desportiva pelo resultado de um único jogo.
Seria absolutamente idiótico fazer comentários como S.L.B. 0-4 Estrutura e pensar que a partir daqui são tudo rosas.

Até porque não seria de forma nenhuma admissível perder pontos na primeira jornada do campeonato contra equipas como o Estoril, a Académica, o Gil Vicente, o Marítimo ou o Braga.
Mas particularmente de entre estas com o Estoril. Porque perder pontos em casa com o Estoril poderia trazer recordações sobre factos que parece nunca terem ocorrido.
Agora que o país redescobriu a adoração e o culto religioso pelo novo Messias taliban, Jesus, não convém lembrar eventos que ponham em causa a sua divindade.
Cuidado com os autos de fé.


Mas falando do jogo, gostei de algumas coisas, não gostei de outras.

Não gostei da quantidade de erros individuais que apesar de poderem ser fruto da época, me pareceram mais falta de confiança nítida. Desta vez toda a propaganda de cumentadeiros, jornaleiros e taliban parece ter feito mossa no balneário. Seria quase impossível ser de outra forma tal a pressão e as circunstâncias. Nada que um par de bons resultados não cure, e os/nos torne ainda mais fortes e unidos.
Também não gostei de alguma confusão de processos que ainda é evidenciada, mas aqui em particular tem mesmo que se dar tempo ao tempo.

Gostei do lançamento do jogo pelo Rui Vitória, com um discurso afirmativo, de quem está para pegar o boi pelos cornos, e ser líder.
Gostei de já se perceber a mudança do modelo de jogo que está a ser imposta, com a passagem de um futebol de transições para um futebol apoiado. Parece-me que o sistema táctico não será o mais apropriado a este novo modelo, mas não sou treinador.
Gostei da coragem do treinador nas substituições que fez, e que foram fulcrais para se obter a vitória.
Gostei do Talisca a jogar de frente para a baliza e onde conta, no meio, onde a sua capacidade de passe, progressão e remate são indispensáveis, digo eu.
Gostei dos últimos 20 minutos de jogo de elevada qualidade colectiva.
Gostei de estarem 53.000 na Luz. A maior facada que os Benfiquistas poderiam dar a Cumentadeiros, jornaleiros e taliban era mesmo esta. Está dada.
Gostei de ver o Presidente na sala de imprensa com o seu/nosso treinador.
Vou gostar ainda mais quando ele não sentir a necessidade de lá estar.



Para terminar, mais de 150 mil sócios pagantes é um número absolutamente extraorninário para um clube de futebol em qualquer parte do mundo, quanto mais em Portugal.
Uma subida de 60 mil sócios em 10 anos é um número extraordinário, particularmente tendo em consideração a conjectura económica que se vive desde 2008, consequido também graças ao trabalho desenvolvido por esta direcção.
Mas acima de tudo é uma prova de militância clubistica ímpar da família Benfiquista que a todos nos deve orgulhar.
Que nenhum de nós permita que jornaleiros, cumentadeiros e taliban, do alto do seu ódio e superior imbecilidade transforme esta realidade que só nos deve, repito, orgulhar, no desaparecimento misterioso de 90 mil almas.







De Redpower a 17 de Agosto de 2015
Não concordo que tenhamos estado assim tão mal até ao primeiro golo. O que aconteceu foi que o Estoril "estoirou" fisicamente e, claro, depois de marcarmos o primeiro golo foram 15 minutos à Benfica que resultaram num 4-0 desajustado daquilo que o jogo foi, mas que nos soube bem e nos vem trazer algum alento para o futuro. De resto o Estoril apresentou-se muito bem, organizado e fazendo pressão constante até quando pôde, tendo muito mérito também nas dificuldades que nos criou. Obviamente que ainda nos faltam alguns pormenores para estarmos ao nível que nos é exigido. Temos que melhorar no capítulo do passe e no último terço precisamos de ter mais acutilância.
Defensivamente o Fejsa está muito abaixo daquilo que já mostrou, o Jardel arrisca ter perdido o lugar para o Lisandro depois de ter feito uma pré-época fraquinha assim como o jogo da Supertaça e o Nélson Semedo dá gosto de ver a jogar. No entanto concordo que defensivamente tem que crescer ainda muito, nomeadamente quando chegarem os jogos da Champions de alta exigência.

Nota muito positiva para os benfiquistas que, após uma pré-época deprimente e a derrota no jogo da Supertaça, fizeram questão de mostrar que estão com a equipa e que enquanto estes derem tudo dentro de campo, nós estaremos sempre com eles.

Mais uma coisa: ainda ouço falar muito do Jesus, e apesar de ser dos que lamentaram aquando da sua saída, sou também dos que dizem que agora Jesus é o adversário e portanto não devemos pensar como era quando ele lá estava. Chega de comparações e de olhar para o passado! O nosso treinador agora é o Rui Vitória, e é a ele que devemos apoiar!



VIVA O BENFICA!
De Zico a 17 de Agosto de 2015
Muita vontade, muito querer, muito crer, muita determinação, qualidade à vista, muito BENFIQUISMO, alguma desorganização. Estas palavras resumem para mim, o que neste momento é o BENFICA de Rui Vitória
Ao contrário do que diz a "LEI" estabelecida pelos anti-BENFICA vassalos e submissos a porco corrupto e adoradores do zmerding verde-ranho, segundo a qual os andrades têm o melhor plantel, o BENFICA provou ontem que isso é uma MENTIROLA do tamanho da ponte Vasco da Gama. Esses batráquios "legislaram" que qualquer jogador, ou jogadorzeco mesmo com uma perna mais curta do que a outra e de raciocínio retardado, desde que venha para o clubeco do "madaleno" bosta é logo catalogado como jogador acima das gakáxias.
Quando vêm para o Benfica, é toda uma montanha de dúvidas, é tudo de qualidade inferior, enfim, esses calhaus passam de facto a vida a exercer o anti-Benfiquismo mais primário que existe e a abanar o cuzinho ao " engenheiro chefe" mais conhecido por corrupto-mor do futebol português.

Por isso mesmo esses rafeirolas de mim não levam nem um cêntimo.
Quanto ao jogo, acho que o Ola Jonh esteve bem, mas se jogar pela ala esquerda o seu rendimento sob exponencialmente.
Temos muitas soluções no plantel. Em todos os sectores temos mais de um jogador para garantir qualidade superior à equipa. Aguardo com muita esperança a utilização do Gonçalo Guedes em pelo menos uma meia parte completa de um jogo e também a desse grande jogador Nuno santos que é cá dos meus sítios, e que além de qualidade técnica revela inteligência no jogo e BENFIQUISMO para dar e vender.
Quanto a nós, sócios e adeptos, temos a obrigação de apoiar e defender o nosso Clube imenso contra todos, mas mesmo todos os mentecaptos que nos querem mal, e a quem eu desde já lhes digo que quero para eles sempre mais, muito mais do dobro do mal que eles querem ao meu Benfica.
O BENFICA é o Maior e o Melhor. O Benfica não pode de maneira nenhuma ter medo de NINGUÉM, muito menos em Portugal. A ÁGUIA tem de abrir as suas asas e dizer alto e bom som. estou de volta e aqui quem manda sou EU. E EU SOU O BENBFICA.

VIVA O MAIOR. VIVA O MELHOR. VIVA O SPORT LISBOA E BENFICA.
De Henrique Teixeira a 17 de Agosto de 2015
Finalmente assistimos à primeira vitória de Rui Vitória ao serviço do Benfica, quando ela era mais necessária.
Esperava muito mais do Benfica durante os primeiros 70 minutos. A equipa não foi compacta, foi lenta, previsível e desinspirada. Valeu-nos Júlio César em várias ocasiões para hoje termos sorrisos em vez de semblantes carregados.
Sinceramente, fiquei preocupado com o que vi nesse longo período do jogo.
Mas a vitória foi conseguida e isso, sem dúvida, foi o mais importante. Se não tivéssemos ganho não faltaria quem pedisse a demissão imediata do treinador.
Deus queira que Gaitán não saia, porque se o perdermos perdemos o melhor jogador a jogar em Portugal e não encontraremos depressa substituto à sua altura.
No próximo domingo é muito importante vencermos em Aveiro.
Força Benfica.
De RedRyan a 17 de Agosto de 2015
Falou bem o treinador ao referir e tirar dos jogadores novos que são apenas protótipos e não jogadores já feitos. Muito bom para precaver possíveis pés nas nuvens e chega o Natal já querem "ir pró estrangeiro" Monaco , Corunhas , Valências e afins). Não esquecendo que para serem alguém tem de mostrar mais do que foi visto ontem. Esta equipa precisa de alguma rodagem e espero que os últimos minutos do jogo de ontem seja apenas o início . Detesto ver pontapé para a frente ao invés de sair com bola controlada e arrasadora para a baliza adversaria. Temos de fazer mesmo muito melhor. A defesa precisa de acerto. A transição defesa ataque ainda mais. O Semedo tudo bem fez o golo mas precisamos de ataque e defesa. Pode soar muito critico mas precisamos de mais no Benfica e espero que o que de bom o Benfica tinha se mantenha. Benfica mandão e concretizador em casa... e já agora em qualquer estádio de Portugal e Europa. A pré época foi muito ma mas precisamos de mostrar que foi-se o JJ mas o Benfica continua igual... eu preferia "muita" forte e "muita" melhor
De nota artística a 17 de Agosto de 2015
Boa noite,
estou a começar o meu blogue, nos mesmos moldes que a maioria da Blogosfera Benfiquista!
Gostaria de ganhar alguma visibilidade ao ser colocado no seu blogroll, para que os seus seguidores pudessem também seguir as minhas publicações!
Farei o mesmo com o seu, com todo o gosto!
Cumprimentos,
Nota Artística! (blogue : http://jogarabenfica.blogspot.pt)
De Zico a 18 de Agosto de 2015
O ESCARRO e MONTE de ESTERCO disfarçado de gente, escrevinhador a soldo de " a bosta" do serpa gordo, feio e repelente, chamado miguel sousa tavares, que, dizem plagia uns livrecos, já está em grande forma e a debitar MENTIROLAS e a pressionar os apitadores para prejudicarem o Benfica, dizendo que " está tudo preparado e montado para levar o Benfica ao tricampeonato". este GRANDE atrasado cognitivo é dos tipos que eu mais ODEIO à face da Terra. MENTE, MENTE, MENTE, TORNA A MENTIR E NÃO SE CANSA DE MENTIR, sempre em favor do porco corrupto que é o clubeco dele e sempre contra o Glorioso Benfica.
Cabe aos Benfiquistas, a TODOS, mas especialmente à Direcção e Presidente, tomar medidas contra esse ASQUEROSO E LEEPROSO pwersinagem a quem eu desejo a MORTE. Desjo que todos os que mentem contra o meu Benfica que morram. Mais, desejo que MORRAM DA PIOR ORTE POSSÍVEL.

AOS QUE ODEIAM O BENFICA E UTILIZAM AS MENTIRAS E FALSIDADES CONTRA O CLUBE SÓ LHES DESEJO TUDO, MAS MESMO TUDO DO PIOR.

BENFICA SEMRPEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
De Beirão Encarnado a 18 de Agosto de 2015
Sou benfiquista desde sempre! As memórias mais antigas que recordo eram as fugidas que eu fazia em garoto, com menos de 5 anos, depois do jantar, ao café Guiné em Campo de Besteiros (não sei se ainda existe) para ver as gloriosas imagens a preto e branco que saiam da TV do local. Inesquecíveis os cortes dessa barreira impenetrável que era o Artur (jogador muito magrinho e muito branquinho) na defesa direita do Glorioso SLB. Aquelas noites europeia num café apinhado de gente a olhar fixamente e a vibrar durante 2 horas moldaram-me o amor pelo BENFICA.

Por isso estou com o BENFICA e o Benfiquismo incondicionalmente, nos bons e maus momentos. O momento corrente é menos bom e compreensível dadas as recentes alterações de profissionais e a necessidade de honrar compromissos comerciais, mas cá estamos para moralizar e empurrar a Equipa para o lugar cimeiro que lhe pertence.

Por tal gostaria que alguém me explicasse a razão porque neste espaço do Benfiquismo, quando a nossa equipa de futebol têm um resultado menos positivo aparecem em média 27,64 comentários aos posts e quando os resultados são bons e encorajadores esta média baixa para 9,78?

Cumprimentos e "ben-hajam" os responsáveis por este magnífico espaço de pluralidade benfiquista.
Beirão Encarnado
De Luís Manuel a 19 de Agosto de 2015
Bom post, D'Arcy. Crónica fiel daquilo que se passou no domingo. Bem sei que os primeiros 65 minutos não foram o que desejaríamos, mas a nossa equipa vinha de jogos menos bons. Ansiedade e nervosismo naturais. Assisti ao jogo numa vila do interior de Portugal. Aqui, os Benfiquistas estão todos a remar para o mesmo lado. Tenho pena que a malta não tenha comentado tanto como comentou depois da Supertaça. Esta equipa tem pernas para andar. Precisa de confiança, de maior entrosamento, e assim que marcou o primeiro "soltou-se". Muito bem. Gostei muito. E mesmo quando jogámos menos bem houve sempre empenho. Precisávamos desta vitória e destes golos. Não queiram "empurrar-nos" para fora da luta pelo título. Temos jogadores com muita qualidade, que precisam apenas de tempo e de apoio- dos colegas mais velhos e dos nossos adeptos. Há jogadores jovens com muita qualidade, bons reforços, e referências - Luisão, Gaitán, Jardel, Jonas, Júlio César, etc. - que são muito importantes. Muito bem os miúdos Semedo e Andrade. Talisca surpreendeu-me pela positiva. Lisandro, Mitroglou magnífico no golo. Grande Jonas. Vamos em frente. A equipa está a construir-se, e tenho muita fé nestes jogadores, no treinador e em todos. Próximo jogo é muito importante. Vamos apoiar a nossa equipa. Teremos altos e baixos, como acontece com todas as equipas em formação. A assistência na Luz foi magnífica! Muito obrigado a todos os Benfiquistas!

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Doloroso

Inequívoca

Tristeza

Deplorável

Descanso

Cumprido

Entradas

Regresso

Inadmissível

Degradante

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds