VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2015

Importante

Conseguimos um resultado importante depois da desilusão na Madeira. Mas tal como na Madeira fizemos uma primeira parte muito sofrível, e apesar da justiça da nossa vitória ser incontestável, dá para nos perguntarmos porque motivo, tendo tido domínio territorial e superioridade na posse de bola evidentes, revelámos uma dificuldade tão grande para ganhar.

 

 

Houve uma única alteração no onze, que foi a troca do Samaris pelo Fejsa. Samaris que, como começa a ser habitual acontecer com os nossos médios defensivos, jogue ele ou o Fejsa, depressa foi brindado com um amarelo à primeira falta, e ficou suspenso para o próximo encontro. Mas antes disso já o Benfica tinha começado o jogo da melhor forma possível, inaugurando o marcador logo aos quatro minutos, pelo inevitável Jonas. O primeiro remate, a passe do Pizzi, ainda foi defendido pelo guarda-redes, mas a bola regressou-lhe aos pés depois de um toque do Gonçalo Guedes, e já não perdoou. O jogo estava aberto, já que o Rio Ave apresentou-se a jogar num 4-3-3 descomplexado, e a boa entrada do Benfica quase deu frutos outra vez logo de seguida, mas o remate do Renato passou um pouco ao lado. Mas o Rio Ave reagiu, e chegou ao empate ao treze minutos, através de um livre directo em posição frontal, marcado de forma exemplar pelo Bressan. O Benfica pareceu acusar o golo, e o resto da primeira parte foi mal jogado da nossa parte, revelando muitos dos problemas e maus hábitos que o nosso futebol tem mostrado esta época. Lentidão de processos, pouco envolvimento ofensivo por parte de pelo menos metade da equipa, muita gente parada a ver o colega transportar a bola (perdi a conta às vezes que vi hoje um jogador do Benfica a correr com a bola e a esbracejar por não ter nenhum colega a movimentar-se para dar linhas de passe) e uma insistência absolutamente exasperante em despejar (não posso nem consigo chamar aquilo de cruzamento) a bola para a área assim que entrávamos no último terço do campo perto de uma das laterais. O André Almeida então parecia um autómato: qualquer bola que apanhasse nos pés era prontamente despejada para a área. O resultado prático disso foi, obviamente, nulo. Até porque as bolas eram metidas sem qualquer critério, e raramente conseguiam sequer cair na zona de acção dos (poucos) jogadores do Benfica que eventualmente se encontrassem dentro da área. Como seria de esperar, todos estes factores conjugados deram um resto de primeira parte indescritivelmente mau e com pouquíssimos motivos de interesse, que levou o empate até ao intervalo.

 

 

Na segunda parte pareceu-me que houve mais vontade da parte do Benfica em imprimir uma maior velocidade ao jogo. Qualidade no futebol jogado continuou a não haver muita, até porque alguns jogadores também não dão mais do que aquilo, mas o Rio Ave foi remetido para o seu próprio meio campo e praticamente deixou de existir no ataque, enquanto que o Benfica se instalava definitivamente nas imediações da área adversária. O problema era mesmo encontrar uma fórmula para chegar ao golo que procurávamos, porque a insistência nos despejos da bola para a área sem grande critério persistia, e não parecia haver ideias para muito mais. A mais do que esperada troca do Gonçalo Guedes pelo Carcela aconteceu mais cedo neste jogo, quando ainda tínhamos meia hora para jogar, e juntamente com a troca, dez minutos mais tarde, do Mitroglou pelo Jiménez, veio dar mais velocidade e mobilidade ao nosso ataque. Mas apesar das tentativas dos nossos jogadores, a verdade é que ocasiões de verdadeiro perigo eram quase nenhumas. Apenas me recordo de um grande remate de meia distância do Renato Sanches, que obrigou o Cássio a aplicar-se. O jogo caminhava a passos largos para o final e parecia mesmo que o Benfica acabaria por ser castigado com mais um empate devido a muita inoperância no ataque, até porque o Rio Ave nem aparentava estar a ter muitas dificuldades para suster o nosso ímpeto. Mas a dez minutos do final desatou-se o nó, e ironicamente foi através de um cruzamento para a área. A diferença terá talvez estado no facto de ter sido um verdadeiro cruzamento, e não um despejo. O Carcela, sobre a direita, levantou a cabeça, viu que o Jonas tinha a frente ganha ao defesa adversário, e colocou a bola para o cabeceamento certeiro. A perder, o Rio Ave tentou subir as linhas e pagou imediatamente por isso. Ainda mal nos tínhamos sentado e já nos levantávamos outra vez para celebrar o terceiro golo, da autoria do Jiménez. Isolado pelo Jonas com um passe para as costas da defesa, rematou rasteiro e com violência para o fundo das redes, de nada valendo o toque que o Cássio ainda deu na bola. Já mesmo sobre o final, foi por muito pouco que o Pizzi não marcou o que seria o golo mais bonito do jogo, vendo o remate em arco desferido à entrada da área fazer a bola embater na barra, com o guarda-redes já batido.

 

 

Melhor jogador do Benfica neste jogo, para mim, Jonas. Dois golos, uma assistência, e um dos que mais tentaram durante os noventa minutos remar contra a maré e fazer a equipa jogar com algum critério, vindo atrás buscar jogo e puxar a equipa para a frente com ele - nem sempre o conseguiu, e por diversas vezes acabámos por vê-lo a conduzir a bola sozinho e a esbracejar à procura dos colegas. O Pizzi também foi dos mais activos, mas este jogo não lhe correu tão bem como outros anteriores. O Renato Sanches já é neste momento um jogador imprescindível no nosso meio campo pela dinâmica que lhe confere, mas parece-me que talvez estejamos a dar-lhe excessivas responsabilidades, o que o leva a assumir mais riscos e consequentemente a falhar muito mais do que quando joga simples. O Gonçalo Guedes voltou a mostrar que uma passagem pelo banco era capaz de lhe fazer bem. O André Almeida levou-me ao quase desespero com o processo robótico de chutar a bola para a área à primeira oportunidade que apanhava para o fazer. Mas custa-me acreditar que ele passasse noventa minutos a fazer aquilo se não tivesse instruções para o fazer.

 

Graças ao facto dos crónicos campeões antecipados do mestre da táctica terem conseguido a proeza de fazer ainda pior do que nós na Madeira, o mau resultado com o União foi como que anulado e ficámos a cinco pontos do primeiro lugar. Será agora muito importante conseguir vencer o próximo jogo, para tirarmos a maior vantagem possível do embate entre os dois primeiros classificados. Ainda em relação ao jogo de hoje, a arbitragem voltou a confirmar uma tendência que me parece por demasiado óbvia esta época. A eleição do Proença ainda está a ser paga.

tags:
publicado por D`Arcy às 01:28
link do post | comentar
11 comentários:
De ÁGUIA GENIAL a 21 de Dezembro de 2015 às 01:45
GANHAMOS SIM, MAS FOI MAIS DO MESMO.
A EQUIPA JOGA MELHOR EM MODO "ANARQUIA TOTAL" DO QUE QUANDO ESTÁ DE FORMA "ORGANIZADA"... MOTIVO? A FALTA DE CONHECIMENTOS, QUALIDADE E COMPETÊNCIA DO "TREINADOR", SIMPLESMENTE O GAJO NÃO PERCEBE NADA DISTO, NÃO TEM CAPACIDADES PARA O QUE SE EXIGE AQUI.
DITO ISTO, É ESPERAR QUE A MELHOR QUALIDADE INDIVIDUAL DOS JOGADORES DO ENORME SEJA DECISIVA E CONTINUAR A GANHAR TODOS OS JOGOS.

FORÇA BENFICA!
De Zico a 21 de Dezembro de 2015 às 03:11

Ganhámos, ganhámos, e GANHÁMOS MUITO BEM, com ABSOLUTA JUSTIÇA, embora tenhamos feito um jogo muito pobre, paupérrimo mesmo na primeira parte, para uma equipa de um Clube tão Especial e Enorme como é o nosso BENFICA.
Não compreendo o que se passa com a maioria dos nossos jogadores, com tudo ao seu dispôr para progredir e melhorar cada vez mais, pois alguns parece que jogam com CHUTEIRAS QUADRADAS ou pensam que a bola é uma OVAL do Rugby!!!

Da tua análise, caro BENFIQUISTA D'Arcy, apenas discordo quanto ao melhor jogador em campo. Para mim foi RENATO SANCHES. Mais uma vez. Merecia este nosso MENINO ser apoiado por todos seus companheiros, entrar numa grande equipa que lhe desse confiança e segurança, mas é o RENATO SANCHES, o menos experiente e apenas com 18 anos, que tem de CARREGAR COM A EQUIPA ÀS COSTAS. Ele tem TUDO. Visão de jogo, FORÇA, AGRESSIVIDADE POSITIVA - não dá nem precisa de dar "lenha", que é o que melhor sabem fazer a maioria dos joggadorzecos cá da paróquia onde o nosso Benfica é obrigado a jogar contra 14 - , TÉCNICA INDIVIDUAL EXCELENTE, passe de qualidade superior, quer seja de curta, média ou longa distância, bom remate de meia distância, etc,etc,etc,.... NÃO VEJO assim tantos erros como refere o DÁrcy, por parte do RENATO SANCHES. QUEM DERA QUE TODOS OS OUTROS NOSSOS JOGADORES errassem tanto como o Renato. ERA SINAL de que praticamente não existiam erros.
Para mim, é de longe o melhor jogador da EQUIPA e o melhor MÉDIO a actuar em Portugal. Infelizmente vai estar muito pouco tempo no nosso BENFICA pois na Europa não abundam muitos BURROS e o RENATO SANCHES vai ser pescado por um clube dos mais endinheirados. Parabéns ao Presidente L.F. Vieira por ter aberto os olhinhos e ter colocado a cláusula de rescisão de 80 milhões de €uros.
O Benfica tem TUDO para ser CAMPEÃO. TRI-CAMPEÃO. Assim se mentalizem os jogadores e treinador , embora tenham de TRABALHAR MAIS E MAIS, melhorar aspectos como a segurança na recepção da bola e no passe, a potência de remate de meia distância, a AGRESSIVIDADE no ataque às bolas cruzadas para a área adversária, defender com mais segurança e não dar espaços ao adversário para cosntruir perto da nossa grande área, e também e sobretudo, que o Presidente e a Direcção, TODA, sejam CAPAZES de DEFENDEREM NOSSO BENFICA contra o mal que lhe querem fazer os nossos INIMIGOS. Digo INIMIGOS porque é isso que temos. Em Portugal não temos adversários leais. TEMOS INIMIGOS e por isso mesmo temos de estar SUPER-ATENTOS E ACTUANTES E SERMOS SUPERIORES A ELES. MAIS NADA.

Ainda quanto ao jogo, a segunda parte foi muito melhor e o segundo golo do Jonas num cabeceamento perfeito, teve um cruzamento de ALTA qualidade do Medhi Carcela, que é praticamente MEIO-GOLO.

Quanto aos PENALTIES que nos foram SURRIPIADOS pelo BUFADOR DO APITO foram "apenas" três. O FILHO DA PUTA não quis ver,mas viu bola na mão do Pizzi numa jogada promissora dentro da grande área do rio-ave, bola que apenas foi ao peito do nosso atleta.
Pergunto daqui ao ESCABROSO E ASQUEROSO proençola, se ele me estiver a ler, se É PRECISO mandar algum BUFADOR NO APITO antecipadamente para a cova, para se começarem a marcar os penaltis DEVIDOS AO BENFICA.
Isto é mesmo GOZAR com o nosso Clube.
Hoje gostei das declarações do Presidente L.F. Vieira. FINALMENTE, parece que está a deixar de ser uma mera figurinha decorativa, para se ASSUMIR efectivamente como PRESIDENTE DO MAIOR E MELHOR DE PORTUGAL.
Sr. Presidente, se em vez de ÁRBITROS, nos enviarem apiatdores/bufadores no apito incompetentes e corruptos, então temos de INFORMAR A UEFA E PEDIRMOS ÁRBITROS ESTRANGEIROS. SOMOS OS maiores e não podemos ficar de braços cruzados.
O Benfica é NOSSO e só nós o podemos DEFENDER CONTRA TODOS OS VIGARISTAS que nos querem ROUBAR PARA NOS APEQUENAR.

P.S. Senhores do BENFICA, Rui costa, Rui Vitória, Presidente L.F. Vieira, etc,etc,.. ponham os olhinhos no guarda-redes do União da Madeira, natural de V.N. Famalicão, terra de muitos Benfiquistas, apenas 20 anos, 1,95 mts de altura, e já muito bom guarda-redes, que poderá ser ainda melhor no futuro. Não o deixem fugir nem para porco do "madaleno" nem para o riporting de alvaMERDA.

BENFICA BENFICA BENFICA Semrpeeeee

Óptimo Natal para todos os que amam e defendem o nosso Glorioso BENFICA .
De Manuel Afonso a 21 de Dezembro de 2015 às 11:52
Quando os jogadores se ligam à terra o jogo da equipa flui. Se assim não fosse não teríamos o melhor ataque da prova.
O problema é que ontem, mais uma vez, os jogadores passaram 60 minutos do jogo a pensar no tempo que faz em Marte, ao ponto de não conseguirem fazer um passe, uma recepção, uma desmarcação, um corte ou um cruzamento com pés e cabeça. Estamos a falar do Bê-à-bá que miúdos dos juniores sabem de cor.
Não sei o que se passa naquelas cabecinhas nem sei se quero saber. Mas sei que tem que haver alguém dentro do clube que os ponha na linha. Nem que seja ao estalo.
Mas depois do que se passou ontem na Luz não é altura para abordar esta questão.

Mais uma arbitragem absolutamente escandalosa, vergonhosa, porca, que vai ser branqueada pela comunicação social.
Bem o Presidente, a falar na altura certa e com a legitimidade acrescida de quem o faz depois de uma vitória incontestável.
E por muito que os junta-letras e pés de microfone assobiem para o lado, por muito que estas caricaturas que se disfarçam de jornalistas finjam que não perceberam, o recado maior era mesmo para eles.

Onde está a ética desta gente que almoça alegremente e constantemente com dirigentes de clubes sobre os quais fazem comentários?
Onde está a ética editorial de pasquins que dão colunas de opinião a presidentes de clubes que disputam as competições que cobrem?

Dizem-me o quê? Que já não há ética e que agora é tudo negócio?
Pois muito bem. Assim seja. Mas como os negócios são para dar lucro, eu quero saber quem são os donos.
É que lucro pode ser muita coisa, como passar uma mensagem do seu interesse.
No caso do desporto, que não será único nem o mais relevante, pode ser favorecer a estratégia comunicacional de um competidor no qual tenham uma participação económica, um exemplo...
Ou tudo fazer para denegrir um rival desse mesmo competidor, outro exemplo...

E não haverá nisto incompatibilidades que deveriam até ter tratamento legal?
No mínimo estes interesses paralelos deveriam ser de conhecimento obrigatório por lei dos leitores, ouvintes e telespectadores.
Mas cá está, pode até dar-se o caso de os poderes que são donos de jornaleiros e cúmentadeiros, serem também os donos de grande parte da nossa classe política.
Num mundo sem ética, tudo está à venda.



De Henrique Teixeira a 21 de Dezembro de 2015 às 12:53
Apesar dos maus jogos que o Benfica tem realizado, se não fossem as péssimas arbitragens, provavelmente, estaríamos em 1.º lugar, isolados ou empatados.
Aquele que é considerado o melhor, acabou de ter nota negativa pela sua atuação no jogo Nacional -Porto. Mas isso que importa se esta equipa é que ficou com os 3 pontos.
Ontem outro árbitro do Porto negou-nos 3 grandes penalidades. É inadmissível que os jogadores do Benfica estejam a levar constantemente amarelos logo na 1.º falta que fazem !
Pedro Guerra, na época passada fartou-se de os gabar, bem como ao presidente deles e este ano é o que se vê.
Finalmente Luís Filipe Vieira falou para mostrar a sua indignação, mas já devia ter falado antes.
Penso que este ano está tudo montado contra o Benfica.
Foi importante a vitória contra o Rio Ave e mesmo contra todas as adversidades, enquanto há vida há esperança.
Ai aquele maldito empate com o União...
De Redpower a 21 de Dezembro de 2015 às 17:05
1: ontem mostrámos vontade e empenho, ao contrário do que fizemos contra o União.

2: faltou-nos qualidade de passe, capacidade de desmarcação e de desequilíbrio (algo que desaparece, mas volta a aparecer de tempos a tempos)

3: Samaris viu o amarelo logo no início porque não é um jogador inteligente. A falta é para amarelo independentemente de ser no segundo minuto de jogo ou no 60ª minuto de jogo. E só não levou o segundo antes do intervalo (mais um exemplo de estupidez), porque não calhou. É um jogador de que eu gosto, mas tem que gerir melhor o ímpeto.

4: André Almeida e Gonçalo Guedes estão claramente em baixo de forma. Se Carcela tem mostrado serviço e já justificava a aposta no onze inicial em detrimento do Gonçalo, para o lugar de André Almeida só há o Sílvio, que não sei se estará em grande forma também.

5: acredito que os regressos de Nelson Semedo, Salvio, Gaitán e Luisão (embora Lisandro tenha estado bem até agora) venham acrescentar qualidade à equipa e nos possam ajudar muito na segunda volta e também para a Liga dos Campeões.

6: pouco se vai falar da arbitragem porque ganhámos, mas foi das mais escandalosas que vi nos últimos tempos. 3 penáltis que não deixam dúvidas e o facto é que se fossem marcados, estaríamos aqui a falar de uma vitória descansada e mais nada. Enquanto isso aos outros são perdoados penáltis do tamanho da Torre dos Clérigos. Temos que fazer barulho e muito, porque este tipo de erros não são por acaso, são propositados e visam sempre prejudicar-nos enquanto os outros dois que vão à nossa frente são levados ao colo. O que acham que acontece ao Sporting, que investiu dinheiro que não tinha, se não forem campeões? E aos corruptos se falharem o título pelo terceiro ano consecutivo? Somos o alvo a abater e a julgar pelas últimas arbitragens, a vergonha já foi perdida há muito tempo.

Bom Natal a todos os benfiquistas e VIVA O BENFICA!
De antonio fonseca a 21 de Dezembro de 2015 às 17:06
Boa tarde,

Mais um comentário onde estou totalmente de acordo.

Mau jogo na primeira parte onde a passividade foi a nota dominante.

Uma equipa joga o que a outra deixa, e nós deixamos muito, depois temos que acelerar para conseguir a vitória. Que foi justa.

Sobre a arbitragem foi mais do mesmo. O que preciso para esses senhores marcarem o que é óbvio. Porra que é demasiado tanto desplante para deixar passar em claro estas penalidades. Fora da área, bola na mão é marcada, dentro está quieto!!

Também estou de acordo em que Jonas foi o melhor em campo. Dos miúdos Renato foi o menos mau embora continue a perder imensas bolas e alguns maus passes, porém louve-se a aplicação e a entrega ao jogo.

Continuemos a ganhar, porque o natal para os viscondes já chegou! esperavam o que? que aparecesse mais um de negro vestido para os levar á vitória. Têm o que merecem aquela tripla bjo ).

Saudações benfiquistas.
De moleculasdeamor a 21 de Dezembro de 2015 às 18:08
Creio que a maioria de nós jogou à bola na rua... temos 2 ou 3 dimensões:
1ª Qualidade individual e ... disponibilidade para trabalhar pela equipa
2ª Organização
3ª Determinação e coragem

A 2ª depende do treinador e do treino, não observo evolução.
As primeira e terceira são intrínsecas aos atletas ou no caso da terceira podem aparecer em grupos muito coesos e com vários atletas com essas características.

Falta ao nosso querido Benfica organização, movimentos compensatórios e audácia atacante. Tem a ver com a filosofia do treinador... posso estar errado, no entanto duvido! Por exemplo o SCP ontem perdeu, mas a quantidade de oportunidades de golo foram imensas,... connosco isso raramente acontece.
Quanto à características pessoais dos atletas neste momento é irrelevante porque esta é a equipa/plantel que temos. Era bom reflectir sobre isto que escrevi, sendo que outros podem acrescentar valor a esta introdução reflexiva.

Abraços.

Para se perceber onde podemos evoluir é necessário inteligência e um espírito aberto ao diálogo. Duvido que a "filosofia" de RV nos sirva. Mas posso estar errado.
De António Madeira a 21 de Dezembro de 2015 às 19:59
Saudações benfiquistas.

Ao contrário das vitórias sobre a Académica e o Vitória de Setúbal, onde ganhámos mas estivemos muito longe de convencer (apesar dos elogios), ontem vi algo mais na equipa.
Em primeiro lugar, vontade. Viu-se que a equipa entrou no jogo para apagar a má imagem deixada na Madeira. Essa entrada teve frutos imediatos e só foi contrariada devido a um grande golo do adversário e porque, ainda não vi ninguém referi-lo, o Rio Ave tem efectivamente uma das melhores equipas do campeonato. A primeira parte foi o exemplo disso. Embora tenha visto a equipa melhor posicionada, o Rio Ave sabe trocar a bola e aquele golo afectou-nos na mesma medida que os motivou.
A segunda parte, embora com as mesmas debilidades nas laterais e na posição do Guedes, houve também vontade e coragem e não me lembro de um único remate do Rio Ave à baliza nessa metade do jogo.
Além do evidente destaque ao Jonas, notaram-se melhorias no Renato, que já se chega mais à frente e joga mais perto do Jonas e do Pizzi, ajudando à manobra da equipa. Pizzi, quanto a mim, esteve muito bem, sempre incansável a subir e a fazer compensações, e merecia aquele grande golo que lhe foi negado pela trave.
Guedes precisa de banco. Faria-lhe bem, além de que a equipa ganhava outra velocidade, acutilância e inteligência naquela terço do terreno com Carcela, que, ao contrário do que dizem, até ajuda a defender razoavelmente bem.
Foi uma boa vitória, contra uma excelente equipa (5.º lugar) e contra uma arbitragem das mais vergonhosas que já vi nos últimos tempos, equiparável à que nos brindou o sr. Ferreira em Braga o ano passado.

Como disse no meu último comentário, falta afinar muita coisa, mas com a correção de erros, chegada de reforços e com o que poderá advir ainda dos escorreganços dos eternos crónicos campeões antecipados, como disse o D'arcy, ainda vamos muito a tempo de conquistar o tri. Basta a equipa transmitir que é possível e a onda vermelha levá-los-á até ao Marquês.

Força, Benfica!
De Luís Manuel a 22 de Dezembro de 2015 às 00:35
Olá D'Arcy,

Concordo em absoluto com a tua análise ao jogo. O que me chateia é esta falta de crença da nossa equipa, que sofre um golo e fica atarantada. Se fosse aos 90 min, ainda se percebia. Mas assim... Há muito trabalho a fazer nesse sentido. temos falhas, mas não é razão para darmos sempre uma parte de avanço. Como já se viu, os nossos adversários também não são nada de especial. Esta equipa precisa de um "empurrão" psicológico. Aqui o treinador tem uma palavra a dizer. Apesar das nossas limitações, temos capacidade para fazer mais e melhor. Boa segunda parte, apesar da confusão no momento de construir jogo. Precisamos do regresso dos lesionados e, quem sabe, da chegada de mais um ou outro jogador que traga qualidade. Continuamos vivos, mas temos de fazer mais para nos chegarmos mais à frente, até porque não temos margem de erro possível. Acredito que a segunda volta pode ser melhor! Impressionante como estes bufadores, como lhes chama - e bem - o tertuliano Zico, continuam a roubar-nos desta forma descarada. Já chega.

Saudações Benfiquistas e um Feliz Natal para ti e todos.
De Zico a 24 de Dezembro de 2015 às 01:40

A melhor do ano que está prestes a findar:
Estar o riporting em primeiro lugar no Campeonato Nacional é como ver um PORCO EM CIMA DUMA ÁRVORE!!!! Como é que ele foi parar ali?!?!?! De certeza que vai cair, vai vai. E vai-se rebentar todo. Ah, ah,ah,ah,ah,,,,,,.

Grande Benfiquista Carlos Miguel Silva - o nosso caríssimo Gwaihir, que de vez em quando nos presenteia aqui com excelentes posts, mas que tem andado infelizmente "fugido" destas lides nos últimos tempos, e que bom seria se ele regressasse a este espaço de BENFIQUISMO - , que participou no programa da BTV desta quarta-feira, LANÇAS APONTADAS, e que, como sempre, esteve em alto nível acompanhado por outros grandes Benfiquistas, Pedro Ferreira, Gonçalo Andrade (D'Arcy), João Paulo Oliveira e Costa, que também todos eles tiveram grandes prestações, moderados pelo excelente Director da BTV, Ricardo Palacin, e que sublimou o programa com a tal frase onde aparecem as palavras PORCO/árvore, e riporting de alvaMERDA.

Temos TUDO - mesmo com os apitadores/BUFADORES no apito contra nós Benfica - para sermos TRI-CAMPEÕES. Assim se mentalizem os nossos jogadores e treinadores, e que o Presidente L.F. Vieira e toda a Direcção do Clube e SAD do Futebol, saibam DEFENDER o Benfica de todos os GRANDES FILHOS DA PUTA - a quem eu ODEIO PROFUNDAMANTE - que tudo fazem, utilizando todas as mentiras e estratagemas para impedirem o nosso querido Clube de ser TRI-CAMPEÃO.
Esteve bem o Presidente no final do jogo BENFICA-Rio Ave, jogo esse em que fomos ROUBADÍSSIMOS e que só a superior capacidade dos nossos jogadores impediu que nos fossem SURRIPIADOS pelo menos mais dois pontos.

O BENFICA, como sempre digo e sempre sempre sempre direi, é O MAIOR E MELHOR CLUBE DE PORTUGAL E UM DOS DEZ MAIORES DE TODO O MUNDO.

A nível de ECLETISMO é mesmo o MAIOR DE TODOS. Ú N I C O.

Por essa razão e muitas outras mais, não pode o nosso Glorioso Clube estar nas mãos de quem nos quer mal, que são os INIMIGOS porco corrupto e riporting de alvaMERDA, que através de apitadores/BUFADORES de apito e jornaLEIROS e paiNELEIROS AMESTRADOS, tudo fazem para DIMINUIR O BENFICA, DESVALORIZAR OS SEUS ACTIVOS (JOGADORES), "DESCONSTRUIR" A NOSSA EQUIPA, e coagir os tais BUFADORES do apito a nos prejudicar na mesma medida em que os beneficiam a eles, nossos INIMIGOS.

Sr. L.F. Vieira, Presidente do nosso Glorioso Benfica, se sentir que não tem CONFIANÇA nos apitadores, se sentir que de facto eles não são ÁRBITROS, e são sim meros BUFADORES DO APITO com a "AGENDA" bem preparada para ROUBAREM o nosso amado Clube, então dignifique-se e tome medidas DURAS. Informe a UEFA e exija, digo EXIJA, não digo pedir, digo EXIGIR, pois quem pede são os fracos, os pobres e os indigentes, e EXIJA, dizia eu, ÁRBITROS ESTRANGEIROS, de preferência Ingleses.
Estamos fartos de ser ROUBADOS pelos BUFADORES de apito, todos sócios ou ex-sócios do porco corrupto, artur soares dias, jorge sousa, rui costa, outros do riporting de alvaMERDA como hugo miguel, carlos xistra, joão capela, etc,etc,etc,etc,............

O Glorioso e Inigualável SPORT LISBOA E BENFICA só pode estar nas mãos dos seus Sócios e Adeptos, e dos eleitos por estes para serem os seus dirigentes nos ORGÃOS SOCIAIS do Clube. MAIS NADA. ABSOLUTAMENTE MAIS NADA.

Se a Direcção e Presidente, e os Sócios e Adeptos não forem capazes de dar cumprimento a esta exigência, então não serão dignos de pertencerem a este tão Grande, Belo e Nobre Clube com a ÁGUIA ETERNA como símbolo maior.

Um bom Natal a TODOS os que amam e defendem o nosso Glorioso e Inigualável SPORT LISBOA E BENFICA.


BENFICA BENFICA BENFICA ............ Sempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Desnecessário

Desilusão

Estrelinha

Paciência

Incontestável

Difícil

Serenata

Crença

Evidente

Talento

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds