VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Sábado, 30 de Outubro de 2021

Incompetência

Dois pontos perdidos que significam a perda da liderança, num jogo que não vencemos por incompetência pura. Entrámos no jogo a ganhar, o Estoril não teve uma ocasião de golo digna desse nome durante os noventa minutos, e depois não soubemos resolver o jogo a tempo e acabámos punidos por um golo do empate literalmente caído do céu.

1.jpg

Onze habitual com a novidade do lado direito ter sido entregue ao Radonjic. Entrámos bem no jogo e antes de se completarem dois minutos já estávamos em vantagem: canto marcado do lado esquerdo pelo João Mário e o Lucas Veríssimo a cabecear para o golo. O mais difícil estava feito, já que o Estoril é uma equipa que normalmente defende bem e defende muito. Com a vantagem madrugadora, o Benfica conseguiu então controlar sempre o jogo sem grande dificuldade, sem que o Estoril fosse capaz de construir uma única situação de maior aperto para o Vlachodimos. Mas no que diz respeito ao ataque, voltámos a mostrar extrema incompetência. Fiquei desde logo com a sensação de que seria muito difícil matar o jogo de uma vez por todas e que a vantagem mínima estaria para durar, com os consequentes perigos que isso acarreta. Foi particularmente exasperante a progressiva incapacidade para fazermos transições ofensivas bem feitas. Ou os jogadores se agarravam demasiado à bola e o passe não saía, ou quando o passe saía, era mal feito, ou a opção de passe tomada era a errada. O Darwin sobre a esquerda foi simplesmente inútil, pois sempre que a bola lhe chegava o ataque parava e ele acabava a vir para dentro com um de dois desfechos possíveis: ou a perda da bola, ou um passe para trás quando já toda a equipa do Estoril se tinha reposicionado no terreno. Na direita, o Radonjic mostrava vontade mas praticamente todos os cruzamentos que tentou saíram-lhe mal. Isto não mudou na segunda parte, e as alterações feitas pelo nosso treinador pouco ou nada mudaram. Tivemos sempre mais bola, passámos mais tempo no ataque, mas o golo que colocaria um ponto final no jogo nunca surgiu. Depois vimos o cenário habitual nestas situações, em que à medida que o final do jogo se aproxima a outra equipa começa a acreditar que é possível ir buscar um ponto num jogo em que pouco ou nada fizeram. Já que em jogo corrido o Estoril era praticamente inofensivo, começaram a acumular-se os lances de bola parada nos quais aproveitavam uma falta em qualquer parte do nosso meio campo para despejar a bola para a área. Em termos de arbitragem, a coisa também começou a ter a tendência para se apitar sempre tudo a favor do Estoril e nada a nosso favor, e já sobre o final do jogo foi dado um lançamento de linha lateral ao Estoril no qual a bola claramente nos pertencia. Nós ficámos a reclamar, o Estoril marcou rapidamente e conseguiu ganhar um canto, na sequência do qual chegou ao golo de uma forma muito semelhante à do nosso golo. Não é uma questão de ser pessimista, mas era muito previsível que acabássemos por ser punidos desta forma.

2.jpg

O melhor jogador do Benfica foi o Lucas Veríssimo, porque marcou o golo, tentou subir ao ataque sempre que possível, e limpou a grande maioria das bolas que o Estoril teimava em despejar para a área.

 

Desde a derrota muito injusta contra o Portimonense que me parece que a nossa equipa entrou numa espiral negativa incompreensível. Somos psicologicamente tão fracos assim que ao primeiro contratempo vem tudo abaixo? Já na quarta-feira conseguimos deixar o adversário empatar um jogo no qual também entrámos praticamente a ganhar e estivemos por duas vezes com dois golos de vantagem. Desde esse famigerado jogo com o Portimonense que não fizemos uma exibição convincente e que a nossa defesa passou a mostrar-se muito mais permeável. Conforme já escrevi, temo que a mentalidade negativa que a um dado momento da época passada caiu sobre a equipa e que acabou por nos custar tudo esteja de volta. E é preocupante que não saibamos resolver este problema.

tags:
publicado por D'Arcy às 21:14
link do post
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Confrangedora

Doloroso

Inequívoca

Tristeza

Deplorável

Descanso

Cumprido

Entradas

Regresso

Inadmissível

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds