VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Terça-feira, 25 de Fevereiro de 2014

Indiscutível

Vitória magra mas indiscutível num jogo controlado do princípio ao fim pelo Benfica, ainda que sem grande fulgor e com uma segunda parte jogada a um ritmo por vezes demasiado pausado.

 

 

Onze esperado, onde nos lugares dos habituais titulares Maxi, Garay e Gaitán surgiram Sílvio, Jardel e Sulejmani. Entrada a todo o gás do Benfica no jogo, a criar a primeira oportunidade de golo logo na primeira jogada, tendo o Benfica exercido uma pressão quase sufocante durante os primeiros cinco minutos. O azar foi que nessa altura o Jardel e o Enzo chocaram um com o outro, deixando a cabeça do Jardel muito mal tratada. Os longos minutos que o jogo esteve interrompido para prestar atenção ao nosso central fizeram-nos muito mal, e quando o jogo recomeçou parecia outro. A velocidade da nossa equipa caiu muito, e o Guimarães acalmou e começou a conseguir fazer aquilo faz em quase todos os jogos contra nós, que é 'entupir' o nosso futebol, à custa de boa organização, sobrepovoamento do meio campo, mas também de faltas e faltinhas. A excepção durante a primeira parte foi mesmo o Markovic, já que houve alturas em que a nossa equipa quase parecia ele e mais dez. Sempre que a bola lhe chegava aos pés, arrancava imparável por ali fora e oferecia lances de perigo aos colegas, que depois se encarregavam de as desperdiçar, com o Rodrigo em particular destaque nesse aspecto esta noite. O Guimarães pouco fazia no ataque, mas ainda conseguiu obrigar o Oblak a mostrar atenção e qualidade numa grande defesa a um remate cruzado do Maazou. Depois de todas aquelas arrancadas do Markovic desperdiçadas pelos colegas, tinha comentado que o melhor seria mesmo ele pegar na bola e entrar com ela para dentro da baliza, e acabou por ser isso mesmo que ele fez, a cinco minutos do intervalo. O Rodrigo teve a sua melhor intervenção da noite ao fazer um passe para as costas da defesa vitoriana, e depois o talento do Markovic fez o resto: chapéu perfeito ao guarda-redes, para a seguir controlar a bola e levá-la para dentro da baliza, num golo de grande classe. Justiça no resultado, e justiça no marcador do golo, já que ninguém merecia tanto marcá-lo.

 

 

A segunda parte foi acima de tudo bastante aborrecida. O Benfica forçou muito pouco no ataque, preferindo controlar o jogo e o adversário, o que acabou por conseguir sem grandes sobressaltos - apenas por uma vez o Vitória ameaçou a nossa baliza, quando o Maazou apareceu bem posicionado para cabecear junto á pequena área, mas felizmente para nós o cabeceamento não lhe saiu bem e o Oblak defendeu facilmente. Do nosso lado, três lances dignos de realce: um remate do Sílvio de fora da área, que obrigou o guarda-redes a defesa apertada; uma oportunidade flagrante do Lima, que depois de isolado evitou o guarda-redes e rematou ao lado da baliza; e uma jogada de envolvimento de todo o ataque que foi concluída com um remate cruzado do Salvio, que merecia uma melhor conclusão. Mas no geral a segunda parte foi jogada a uma velocidade bastante reduzida, com muita disputa de bola a meio campo, muitos passes falhados e futebol de pouca qualidade. Nos minutos finais, após a entrada do Rúben Amorim, deu para notar uma melhoria do nosso futebol, que contribuiu também para que os minutos finais tivessem sido passados com relativa tranquilidade apesar da magra vantagem no marcador.

 

 

O homem do jogo é obviamente o Markovic. Apesar de ter brilhado menos na segunda parte aquilo que fez na primeira, em que parecia quase imparável, foi mais do que suficiente para merecer o destaque. E, claro, foi o autor do golo que decidiu o jogo, numa jogada em que deixou bem vincada a sua qualidade técnica. Para além do Markovic, gostei dos dois laterais (sobretudo do Sílvio) e do Fejsa. Bem o Oblak, a fazer aquilo que se espera de um guarda-redes do Benfica: pouco trabalho, mas sempre atento e a aparecer com segurança nas alturas em que foi chamado. Pela negativa, os dois avançados, que foram perdulários e pouco combativos, e o Sulejmani, que pareceu começar o jogo já cansado.

 

Tínhamos quatro pontos de avanço no início da jornada, temos agora cinco 'e meio', reforçando a posição invejável de sermos a única equipa dependente apenas de si própria. Para largarmos o primeiro lugar, teremos agora que perder dois jogos, o que não será fácil de acontecer se nos mantivermos concentrados e humildes. E sobretudo, que não percamos o rumo: a conquista do campeonato é (tem sempre que ser) o principal objectivo.

publicado por D`Arcy às 01:28
link do post | comentar
20 comentários:
De Anónimo a 25 de Fevereiro de 2014
Mais 3 pontos e o resto é conversa! Enorme Markovic, Enzo praticamente nem esteve em campo. Num jogo meio confuso com uma quantidade de passes errados invulgar, marcámos, não sofremos e seguimos na frente.
Domingo há mais.
Pena o estádio não ter tido mais gente. Onde andam os benfiquistas da zona de Lisboa?? Para exigir ou criticar todos aparecem, mas para apoiar pois, dá muito trabalho, está frio, o cão está doente...
Força Benfica!!
De José, o Alfredo a 25 de Fevereiro de 2014
Está tudo dito. Ou quase. Faltam apenas umas palavras para aquele binómio relvado/chuteiras: o que é aquilo? Não sei se em casa a sensação foi a mesma, mas lá no estádio foi o que mais me enervou.
De Brytto a 25 de Fevereiro de 2014
Uns estão a 5 pontos que são 6, outros estão a 7 que podem ser 4, nada melhor e dado os acontecimentos dos últimos anos, em manter a prudência, o profissionalismo e mandar calar alguns trogloditas que sempre os há em todos os clubes e nós, por maioria de razão, somos mais, temos muitos! Mas posso afirmar que se ganharmos até à 25 jornada, aí ninguém nos vai tirar já o campeonato, até lá temos muita coisa ainda em jogo, até os jogos para as taças nacionais, com o Porto (3), podem vir a ser determinantes para o estado anímico das equipas... aguardemos... serenamente!
De Henrique Teixeira a 25 de Fevereiro de 2014
Depois dos comentários do D`Arcy, a espelhar fielmente o que se passou no jogo, pouco há a acrescentar.
Diria apenas que também gostei dos centrais. O Luisão parece-me que está a fazer a melhor época desde que chegou e o Jardel cumpriu bem, como já cumprira em Salónica, devendo ser enaltecido o seu espírito de sacrifício por ter realizado quase todo o jogo com a cabeça aberta.
Markovic, aos 19 anos, é o jogador de maior classe a jogar em Portugal. Parabéns a quem o foi descobrir, gostava de saber quem foi. Isso prova que no Benfica há gente com visão, como se tem visto também com anteriores contratações. É certo que nem todos pegam de estaca mas isso acontece também nos clubes a quem se tecem loas de grande organização.
Este fim de semana foi excelente: Ganhamos no futebol em todos os escalões da formação, na equipa B e na equipa principal; ganhamos em andebol, atletidmo, basquetebol, hóquei em patins e voleibol. No futebol então, a vitória de ontem foi de imenso sabor, após a derrota do Porto.
Não é habitual o Benfica aproveitar os escorreganços dos rivais e por isso quando o jogo terminou exultei de contentamento.
Ainda falta muito e temos os exemplos dos anos anteriores, mas as coisas estão muito bem encaminhadas.

De inês Lima a 25 de Fevereiro de 2014
Estou tão orgulhosa da nossa equipa! Quando não jogou bem, também não comprometeu.
Sempre Presente
De Manuel Afonso a 25 de Fevereiro de 2014
Indiscutivel, sem dúvida, mas...

Eu bem que me tento convecer que este 4-4-2 é diferente, que proporciona a consistência defensiva necessária para a conquista de títulos, mas...

E o "mas" é que de vez em vez, muito raramente, lá aparece no caminho do Benfica algo que me faz lembrar a realidade, uma realidade dura e mais do que provada nos últimos anos. Este sistema não presta.

E a esse algo chama-se treinador de futebol.
Basta um que saiba o que está a fazer, e o Rui Vitória continua para mim a ser o que melhor sabe (continuo a achar fantástico o quanto mais vale cair em graça do que ser engraçado), para logo se observarem as imensas fragilidades do nosso sistema, para logo se abrirem brechas defensivas por todos os lados, para termos um adversário instalado durante largos minutos no nosso meio campo defensivo sem dificuldades de maior.

E isto com Mazou, imagine-se o que seria com meio Markovic.
Mas o Guimarães não tem meio Markovic. Aliás, nenhum dos nossos adversários tem um Markovic. Nós temos vários.

E é isto que me dá esperança. Um plantel que é tão, mas tão superior aos da concorrência que até os comentadeiros, os jornaleiros e os paineleiros tripeiros e lagartos o admitem.
É isto que me dá esperança e é isto que me revolta. Se sem treinador podemos ser campeões, o que seria com.
Por esta altura estaríamos com o título no saco, e a poder preparar calmamente o acesso aos quartos de final da champions.
Sim, eu sei que isto é um "supônhamos", mas não é preciso grande imaginação para admitir este cenário.

Já aqui o disse e volto agora a repetir.
O Jardel seria titular indiscutivel em qualquer equipa do nosso campeonato, com excepção do Porto e do Benfica.
Acrescento que, para o nosso campeonato, ter como dupla de centrais o Jardel e o Steven Vitória é um luxo. Como dupla de centrais suplentes, é uma extravagância.


Há uns anos que falo aqui da guerra económica que se trava entre o Benfica e o Porto, e como o resultado dessa guerra seria fundamental para a definição da hegemonia no futebol luso na(s) próxima(s) década(s).
E de como a Benfica TV seria uma arma fundamental nessa guerra.
Não quero deitar foguetes antes da festa, mas todos os sinais apontam para que a nossa vitória está para muito próximo.
A ser verdade, será a maior vitória desta direcção até à data, e uma que perdurará pelos tempos.



De Pitons na Boca a 25 de Fevereiro de 2014
Boa crónica geral, mas não concordo muito com algumas das considerações finais sobre alguns jogadores.
Jardel merece grande destaque, esteve magnifico e nem parecia que tinha estado envolvido num choque brutal de cabeças com o Enzo. Pena muita gente não lhe dar o devido valor (em termos gerais, não apenas neste jogo).
Não gostei de Silvio na primeira parte, com algumas perdas de bola e passes errados de fazer eriçar os pêlos dos cotovelos.
E não acho que Rodrigo mereça destaque tão negativo. Esteve bastante bem na procura de espaços e ontem, ao contrario de muitos outros jogos, conseguiu quase sempre jogar com o resto da equipa. A finalização é que tem de começar a acertar.
Lima continua num estado de forma assustador. Por norma trabalha muito para a equipa, mas ontem nem essa parte se notou muito.

36 mil no estádio, numa 2ª feira... podia ser melhor, mas não está muito mau, na minha opinião.
Boa vitoria com um magnifico golo digno de um predestinado, e uma vantagem que não se pode desperdiçar até ao final. Nada está ganho, ainda.
De D`Arcy a 25 de Fevereiro de 2014
Pitons, não destaquei o Jardel por achar que ele, sobretudo na primeira parte, fez demasiados passes errados em saídas para o ataque, e complicou lances por tentar sair a jogar, perdendo depois a bola. Quanto ao Rodrigo, para além do desperdício, foi de certeza absoluta e a grande distância o jogador com mais perdas de bola da equipa, muitas delas por simplesmente baixar a cabeça e não passar a bola a ninguém.
De Sérgio Morais a 25 de Fevereiro de 2014
A meu ver vitória justa que peca por escassa devido ás oportunidades criadas.
Vitória muito importante, levando a vantagem pontual a aumentar para uma margem, que embora não seja decisiva, é sem dúvida muito confortável.
Nota-se que a equipa está confiante, não houve em nenhum momento sobressaltos de maior, apenas o remate de Mazzou colocou em perigo a nossa baliza, embora o vitória tenha jogado bem.
Palavra para Jorge Jesus, mais realista e disso muito evoluiu a equipa.
Individualmente destaco Oblak, guarda-redes á Benfica, atento e seguro, Jardel, sem ser vistoso, cumpre sempre que é chamado, Fejsa, muito bem, nunca pensei... Markovic, pelo golo e pela primeira parte, levou a equipa para a frente e Rúben Amorim que mais parece um "relógio suiço".
Rodrigo e Lima são o que foram a época inteira, 80% dos lances dão em... nada!

O poder nortenho está no fim! Vitória da Benfica TV!

A caminho do titulo!
De ÁGUIA GENIAL a 25 de Fevereiro de 2014
PODIAM TER FEITO BEM MAIS, MAS O IMPORTANTE FOI CONSEGUIDO, VITÓRIA E MAIS 3 PONTOS RUMO AO TÍTULO.

FORÇA BENFICA!

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Sexta

Susto

Eficácia

Unidos

Heróico

Aberto

Desperdício

Tranquilo

Atribulado

Coerência

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds