VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019

Matura

Uma exibição europeia consistente e matura, domínio quase absoluto do jogo e do adversário, vitória inquestionável e 'queda' para a Liga Europa confirmada. Era o que se podia exigir nesta altura.

 

 

Onze sem qualquer alteração, e depois de uns minutos iniciais de estudo mútuo o Benfica acabou por pegar no jogo e mostrar ser a única equipa a querer jogar para ganhar. Os russos ou não tinham capacidade para mais, ou então estavam excessivamente confortáveis com as notícias que vinham de Lyon, já que a vantagem do Leipzig significava que podiam até perder este jogo que a passagem aos oitavos da Champions estava garantida. Todo o domínio territorial e de posse do Benfica pecava pela incapacidade em convertê-lo em ocasiões de finalização. A bola chegou poucas vezes em condições a zonas mais perigosas e houve um excesso de insistência nos cruzamentos, que ainda por cima saíram frequentemente mal. Mas o Benfica foi maduro na forma como foi sempre procurando o golo de forma paciente e sem sofreguidão, que na maior parte das vezes dá mau resultado na Champions. O Zenit no ataque quase que se limitava a despejar bolas para a referência Dzyuba, que apesar de ser alto mostrou ser pouco tosco e obrigava a nossa linha recuada a manter-se atenta. Sem alterações para a segunda parte, o Benfica depressa se mostrou diferente para melhor no que diz respeito à criação de ocasiões de golo. Até porque se colocou em vantagem logo aos dois minutos, com o Cervi a ter apenas que empurrar para a baliza depois de um cruzamento rasteiro do Pizzi, servido pelo Vinícius. Este golo, conjugado com a vantagem do Leipzig no outro jogo, colocava desde logo o Benfica no terceiro lugar, mas para os russos não alterava nada e continuavam apurados para a próxima fase. Para não estarmos dependentes do outro resultado era imperioso marcarmos um segundo golo, e fomos à procura dele. Chegou ainda antes de decorrido o primeiro quarto de hora, e não foi por falta de ocasiões que ele não chegou mais cedo, pois o Benfica agora conseguia meter muita gente a atacar, com Cervi e Pizzi muito mais activos e também com muita participação dos laterais nos movimentos ofensivos. Foi aliás de um cruzamento do Grimaldo que surgiu o penálti do qual resultou o golo. Mão na bola do Douglas Santos, que lhe valeu também a expulsão, e o Pizzi concretizou com classe. Com a vantagem de dois a zero o Benfica tinha a passagem à Liga Europa na mão, deixava de precisar do resultado no outro jogo, e só um golo do Zenit é que poderia complicar o cenário (obrigaria o Benfica a ter que vencer por três golos de diferença). O ritmo abrandou um pouco, mas continuava a ser o Benfica a somar ocasiões para ampliar a vantagem. Pelo meio, a única grande ocasião de golo para os russos, no seguimento de um canto, com o Vlachodimos a corresponder com a defesa da noite. Logo a seguir, a onze minutos dos noventa e depois de mais uma ocasião clara de golo desperdiçada pelo Vinícius, no pontapé de canto daí resultante surgiu o terceiro golo - um autogolo disparatado do Azmoun, que desviou a bola directamente para o ângulo superior da sua baliza. Como o Leipzig ainda continuava em vantagem, poderíamos ter o cenário um tanto ou quanto surreal de ver os russos no final do jogo a festejar depois de serem goleados. Tal não aconteceu porque o Lyon chegou ao empate nos minutos finais, mas mesmo sabendo disso o Zenit não mostrou capacidade de reacção, isto apesar de um golo deles significar o seu apuramento para a Liga Europa e a eliminação do Benfica.

 

 

Pizzi e Taarabt foram dos melhores da equipa. O Vinícius esteve infeliz na finalização mas foi bastante útil como referência de ataque. O Gabriel está a subir de forma e o Tomás Tavares continua a ganhar confiança a cada jogo - fez um jogo sempre em crescendo. O Grimaldo melhorou na segunda parte e acabou por ficar ligado a dois dos golos.

 

Finalizada mais uma campanha na Champions com o prémio de consolação é normal ficarmos a pensar como seria se tivéssemos conseguido jogar sempre com alguns dos jogadores com mais experiência - creio que os últimos dois jogos deixaram uma boa imagem daquilo que poderia ter sido. Também podemos ficar a lamentar ainda mais a incapacidade para segurar a vantagem em Leipzig, porque nesse caso estaríamos hoje a celebrar o apuramento. Mas falar depois dos factos é sempre fácil. O facto a retirar, para mim, é que o Benfica parece ter conseguido encontrar um onze base relativamente estável e com isso o nível exibicional da equipa tem vindo a crescer. Espero que a tendência seja para manter e que possamos consolidar ainda mais a nossa liderança na Liga, para desespero dos outros.

tags:
publicado por D`Arcy às 00:45
link do post | comentar
5 comentários:
De Redpower a 11 de Dezembro de 2019 às 05:50
Vitória sem espinhas que deve deixar todos os benfiquistas orgulhosos!

Pena que a fase de grupos da Champions só tenha seis jornadas e que nós só tenhamos começado a entrar nos carris nas últimas duas. Só espero estar lá para o ano novamente e que sejamos Benfica desde o início.

Agora na liga Europa, temos que continuar com este nível exibicional e provar que o Benfica quer ser e é uma equipa de topo na Europa. No fundo passar das palavras aos atos...

Sábado só se espera o colinho dos benfiquistas e exibição e resultado a condizer contra o Famalicão!

VAMOS BENFICA!
De RedRyan a 11 de Dezembro de 2019 às 08:22
Moral da historia deste jogo: chega de invencoes desnecessarias Se nao fosse isso acho que hoje estariamos melhor e nao precisariamos de andar a inventar jogadores novos para vender por muitos milhoes. Acho que chegou o tempo do clube pensar em ter sucesso fora de portas (mantendo o sucesso e dominio interno). Este ano falhamos porque outros valores se levantaram.
Quanto ao jogo foi mais do que claro. A ver se ganhamos em consistencia de vez porque temos um campeonato para ganhar. Ah... ja agora e que tal no minimo uma meia final na Liga Europa?
De Luís Manuel a 11 de Dezembro de 2019 às 23:27
Olá D'Arcy, e obrigado pelo post.

Acho que fizemos uma exibição excelente e estou muito feliz pela passagem à LE! Com certeza que estaria mais feliz pela passagem aos oitavos da CL, mas tendo em conta tudo o que se passou e o facto de mesmo a passagem à LE ter estado seriamente comprometida, este desenlace acaba por ser positivo. Se ficássemos afastados das competições europeias seria uma desilusão, e penso que temos condições para fazer uma boa LE.

Estou inteiramente de acordo com o que escreves e com a análise ao jogo. Não tivemos grandes oportunidades de golo na primeira parte, mas mandámos no jogo e sobretudo não fomos precipitados. Na segunda parte estivemos muito melhor, concretizámos, podíamos ter marcado mais, não nos deixámos enervar, lutámos por todos os lances e sobretudo fomos muito solidários, fomos uma equipa na verdadeira acepção do termo, tal como já tinha acontecido no Bessa. Lutámos muito por esta passagem à LE e merecemo-la inteiramente, contra uma equipa que, tenho a certeza, agora vai ser rotulada de fraquinha.

Concordo com os destaques individuais que fazes, mas tenho de mencionar também o Rúben e o Ferro (lutar contra o Dzyuba não é simples...), tal como o Cervi e o Chiquinho. E o que dizer do Odysseas? Quase não teve trabalho e com uma defesa enorme segurou-nos a passagem. Muito obrigado a todos! Foi uma grande noite europeia e esta equipa merecia uma noite assim.

Agora é concentração no jogo com o Famalicão, porque estes dois últimos jogos foram intensos. Solidificar a liderança na Liga é muito importante.

Força, Benfica!
De Dias Pereira a 12 de Dezembro de 2019 às 00:11
Boa noite.
A equipa conseguiu o que ainda podia conseguir, qualificando-se para a Liga Europa. É um facto, e é meritório que tenha logrado atingir esse propósito.
Mas, como é comummente referido pela nação benfiquista, fica-nos um amargo de boca muito marcado, porque podíamos - e devíamos! - ter passado à fase a eliminar na Champions League. O nosso grupo, apesar de traiçoeiro, era acessível, e não nos qualificámos por culpa própria, sendo muito difíceis de engolir certas e determinadas opções técnicas e orientações desportivas e/ou de estratégia comercial...
Quanto ao jogo, creio que tivemos duas partes distintas. E opostas. Na primeira parte, mau grado termos tido o controle do jogo, nunca fomos suficientemente capazes de causar dano no adversário, que esteve quase sempre muito confortável na sua estratégia de defender bem. Na segunda parte, e também muito em função do golo madrugador do Cervi, jogámos muito mais, fomos mais assertivos, objectivos e eficazes, fizemos mais dois golos - e ficámos a dever a nós próprios mais um ou dois... - e não permitimos grandes veleidades ao Zenit. A excepção foram dois lances, muito espaçados no tempo, e quando já estávamos em confortável vantagem e com um pé - na verdade, quase com os dois... - na próxima fase da Liga Europa.
Não foi uma exibição perfeita, mas foi segura e, sobretudo, inteligente e atenta, que foi algo que não aconteceu em Leipzig...
Agora, tem de se reorientar a bússola para as competições internas, manter os pés bem assentes no chão, esperar que não ocorram invenções e outras estranhices, e que a equipa consiga voltar a fazer o que de bom tem feito nos últimos jogos, e evitar cometer os erros que ainda comete. Por vezes em demasia...
A competição, no plano interno, é sempre muito condicionada por inúmeros factores estranhos (ou talvez não!) e por propósitos obscuros e, por isso, ter em cada cabelo um olho e não deixar para depois o que se tem de fazer agora, é fundamental!
Sábado será um jogo muito difícil, que só poderemos vencer se soubermos ser uma equipa, no verdadeiro sentido da palavra, e o disputarmos como se se tratasse da final da Champions League.
Em versão curta, não deixemos que os Vizelas desta vida sejam Bayernes para nós!
Força, Benfica!
Viva o Benfica!
Saudações benfiquistas!
De BI-Campeão EUROPEU a 12 de Dezembro de 2019 às 01:48
Vitória justíssima e merecida.
Pena que não tenha chegado para nos mantermos na maior prova de clubes do Mundo, a Champions League.

O nosso Benfica é, e terá de ser sempre uma equipa da CHAMPIONS LEAGUE.

Todos os nossos jogadores tiveram prestações positivas, mas para mim, quem me está a encantar neste momento é o jovem Tomás Tavares.
Vê-se que tem o futebol em todo o corpo. Passe e recepções de bola de qualidade superior. Sempre em movimento. Joga limpo. Sabe estar no jogo com inteligência. Ataca muito bem e é muito bom nos lances de um para um.
Precisa apenas de ter a sorte normal que deve acompanhar qualquer ser humano que dela seja merecedor, e de ser efectivamente ajudado por todos os seus colegas.

Com todo o respeito por outras opiniões, neste momento, o "menino" Tomás Tavares ( 18 anos apenas) mete o André Almeida e qualquer outro jogador da liga portuguesa a jogar na sua posição, no bolsinho das cuecas.
Na minha opinião tem tudo para ser o "dono daquele lugar" no nossa equipa.

Pontos menos bons, penso que continuamos a ser muito fraquinhos no jogo aéreo, principalmente em jogadas de ataque na área adversária.
Com um jogador tipo Bas Dost, Rui Águas, Brian Dean, etc,etc,etc, a fazer dupla com Carlos Vinícius, qualquer defesa tremia, mesmo a nível europeu, e muitas mais vezes os Benfiquistas gritariam a plenos pulmões.. GOLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO.

Outra pecha, que existe desde a saída de Óscar TACUARA Cardozo, é a inexistência de alguém que saiba de facto marcar livres directos.
Invariavelmente ou rematam as bolas dez metros acima da trave da baliza (passe o exagero), ou então são simples passes aos guarda-redes, pois os remates são tão fraquinhos e a bola percorre a distância que a separa do ponto do relvado em que é efectuado o remate e a baliza com tão lenta velocidade que o guarda-redes quase que tem tempo de tomar um cafezinho junto a um poste e ir defender a bola no outro!!!!

Já sei que l.f.vieira nada percebe disto que estou a escrever, que é futebol puro e simples, mas temos lá gente que sabe bem que o que eu digo é verdade, não é sr. Rui Costa?????!!!!

Oh sr. Rui Costa, você que foi um grande jogador, e que entre outros, trouxe para o nosso Benfica Pablo Aimar, faça um ESFORÇOZINHO e torne o nosso Glorioso e Inigualável SPORT LISBOA E BENFICA, verdadeiramente dominador em Portugal, e um real Grande Clube da Europa.

Será que é pedir muito um realmente bom jogador (avançado) de cabeça, e um realmente bom marcador de livres directos?!?!

Sábado, 16.12.2019 às 18:00H na Catedral a Luz há um BENFICA- Famalicão.
Espero um Estádio cheio e menos de três é quase uma derrota.

Quarta-feira, 18.12.2019 às 20:45 na Catedral da Luz há um BENFICA-Braga. A passagem à eliminatória seguinte é uma OBRIGAÇÃO. Mais nada.

BENFICA BENFICA BENFICA......... Sempre o Maiior e o Melhorrrrrrrrrrrr

P.S. Com ARBITRAGENS do nível do Árbitro espanhol que esteve na Luz neste jogo Benfica-Zenit de St. Petersburgo a serem possíveis em Portugal na sua ligueca comandada à "lá porco", quase que poderia garantir que seríamos Campeões mesmo a jogar de costas e com um treinador em part-time.

Benfica, meu amor de sempre e para sempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Estocada

Pasteleiro

Massacre

Letal

Justíssima

Confortável

Matura

Sólida

Contra-senso

Confirmação

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds