VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quarta-feira, 8 de Março de 2017

Natural

Um desfecho natural e justo. Venceu o jogo quem mais o quis vencer e a melhor equipa passou com (excessiva) facilidade a eliminatória. Entrámos no jogo praticamente a perder, ainda conseguimos encontrar o rumo durante algum tempo, mas o segundo golo (e o terceiro, de rajada) acabaram com quaisquer ilusões.

 

 

A estratégia do Benfica passava claramente por segurar a magra vantagem conquistada na primeira mão, como o atesta a presença do André Almeida nas escolhas inicias para jogar no meio campo (cuja principal contribuição para o jogo foi andar a fazer faltas, mas pelo menos elogie-se a extensa área de acção, já conseguiu andar a fazê-las por todo o campo, desde a entrada da área do Dortmund até à entrada da nossa área). Mas qualquer estratégia de gestão da vantagem começou a ruir muito cedo, com o golo madrugador do Dortmund. Na sequência de um canto, bola ganha ao primeiro poste e depois o Aubameyang antecipou-se ao Nélson Semedo no segundo poste para cabecear com sucesso. O Benfica revelou grandes dificuldades para conseguir sair a jogar durante a fase inicial do jogo, e apenas a partir do meio da primeira parte conseguiu assentar um pouco o seu jogo e começar a sair com a bola controlada. Conseguimos manter o Dortmund longe da nossa baliza, e até dispusemos de um par de ocasiões para rematar, mas fizemo-lo sempre com pouca convicção e na direcção do guarda-redes suíço do Dortmund. Enquanto o resultado se mantivesse na margem mínima a eliminatória estava em aberto, e por isso a postura de contenção e de calma do Benfica perante o jogo foi-se mantendo. E nos instantes iniciais da segunda parte até tivemos uma ocasião soberana para dar outro rumo à eliminatória, quando o Cervi aproveitou uma sobra para receber a bola completamente à vontade no interior da área, em posição frontal. Mas o argentino demorou demasiado tempo a executar o remate, e este foi interceptado por um defesa. Este lance foi na prática o canto do cisne do Benfica no jogo, porque não voltámos a criar qualquer ocasião no jogo. 

 

 

Depois, jogos como o da primeira mão não acontecem todos os dias. O nível de desperdício que o Dortmund revelou nesse jogo dificilmente se voltaria a repetir, o que aliás já se tinha verificado quando eles marcaram logo na primeira (e praticamente única) ocasião que construíram na primeira parte. E à segunda, voltaram a não perdoar. A bola andou demasiado tempo na zona frontal da nossa área sem que algum dos nossos jogadores saísse a pressionar, o Piszczek teve tempo para levantar a cabeça e decidir o que fazer, e numa segunda vaga (o Ederson já tinha conseguido evitar o golo numa saída rápida aos pés do Aubameyang instantes antes) um passe para as costas da nossa defesa deixou o Pulisic isolado para picar a bola à saída do nosso guarda-redes. E dois minutos depois, a estocada decisiva na eliminatória. Cruzamento da direita, sem levar muita força, mas o Luisão não atacou decisivamente a bola e deixou-a passar para o Aubameyang aparecer completamente sozinho no meio a empurrar com facilidade para a baliza. Com mais meia hora para jogar pareceu-me que já estava tudo decidido, porque não reconhecia ao Benfica capacidade para marcar os dois golos que seriam necessários para se colocar em vantagem, e aliás tinha a sensação que com o Benfica a fazer substituições e muito provavelmente a arriscar mais no ataque, muito provavelmente seria o Dortmund a voltar a marcar. Acabou por marcar mesmo, a cinco minutos do final, numa altura em que o Benfica já era uma balbúrdia táctica (jogávamos com três avançados, depois da entrada do Jiménez), metade da equipa já nem recuava e a maior parte das marcações eram mais feitas com os olhos. Marcou o Aubameyang, que assim completou o hat trick, apesar de estar em posição irregular. Nenhum dos nossos centrais conseguiu interceptar o passe rasteiro feito a partir da esquerda da nossa defesa, e ele limitou-se a aparecer ao segundo poste para empurrar para a baliza deserta.

 

Agora o mais importante será saber separar as águas e não deixar que esta pesada derrota tenha qualquer influência no próximo jogo para o campeonato. O jogo de hoje passou a ser passado assim que o árbitro apitou para o seu final. Se o Benfica tivesse passado, seria um feito brilhante. Assim imperou simplesmente a lei do mais forte. A prioridade desta época é a conquista do tetra, e por isso é fundamental que a nossa equipa consiga rapidamente limpar a cabeça e regressar às vitórias.

tags:
publicado por D`Arcy às 22:59
link do post | comentar
17 comentários:
De Luís Manuel a 9 de Março de 2017 às 22:31
Olá D'Arcy, e obrigado pelo teu post.

Foi pena termos sofrido o golo logo aos 4 minutos, na única oportunidade que o Dortmund teve na primeira parte. Depois reagimos e fizemos uma boa primeira parte e bons primeiros 10 minutos na segunda. Quando o Cervi desperdiçou aquela ocasião e eles meteram dois golos de seguida, já não deu para mais. Não sei qual a diferença de orçamentos, suponho que seja grande, mas com uma equipa em que estamos privados de Fejsa e Grimaldo, com Jonas e Jiménez a 20%, é difícil fazer mais. O Ederson ainda conseguiu adiar um pouco o segundo golo. O árbitro inglês, na primeira parte, ao deixar que os alemães cortassem em falta todas as nossas jogadas de ataque sem mostrar cartões, e ao inacreditavelmente deixar em campo o Debélé. foi outro obstáculo. Não perdemos por causa dele, mas a este nível os árbitros parecem estar sempre bem instruídos e penalizam as equipas mais fracas (veja-se o que se passou em Barcelona). Mas, segundo os comentadores da SportTv, o último golo do Dortmund, obtido em fora de jogo e portanto irregular, é "um pormenor". Quando os árbitros sancionam golos irregulares e isso é um pormenor, está tudo dito.

Paciência. Tivemos sorte na Luz, na Alemanha seria difícil pedirmos mais sorte. Teríamos de ter mais qualidade, e acredito que se tivéssemos toda a equipa a 100% outra seria a história. Sinceramente, este Dortmund não me convenceu. No ano passado demos luta ao Bayern, mas tínhamos Jonas e Jiménez em forma, Renato, Gaitán... e isso faz a diferença. Mas também não gostei nada das substituições do nosso treinador. Não vale a pena meter avançados em campo, uns atrás dos outros, se a bola não lhes chega - já noutros jogos esta foi a estratégia. A equipa parte-se e o meio-campo desaparece.

Agora é concentração total no campeonato. Temos um jogo muito importante e difícil contra o Belenenses, e teremos de lutar bastante para o vencer. Gostei das declarações dos nossos jogadores e do nosso treinador no fim do jogo. E claro, muito, muito obrigado aos 4000 benfiquistas em Dortmund. Foi emocionante ver como foram eles que se fizeram ouvir durante tanto tempo e mesmo no fim do jogo. E como entendo que tenha sido tão difícil para eles assistir à nossa derrota, e mesmo assim não terem parado de apoiar. Muito obrigado a todos.

Força, Benfica !!
De Manuel Afonso a 10 de Março de 2017 às 12:47
O caminho faz-se caminhando. Ainda não estamos lá. Mas vamos lá chegar, continue o trabalho de criação das condições para lá se estar.

A verdade é que não se passou nada de especial. Nestes jogos todos os resultados são possíveis e normais. E ainda bem que os restantantes jogos provaram isto mesmo, ou já aqui terias 300 comentários.

Parabéns ao Borussia. Grande equipa, grandes jogadores. Mereceram passar indiscutivelmente, e boa sorte para a restante competição.

Os grandes Benfiquistas, os Benfiquistas exigentes, os verdadeiros Benfiquistas, são aqueles que podendo vão estar no estádio da Luz na próxima Segunda-Feira a apoiar a equipa.
Os outros não passam de palradores de internet.
De pfox a 10 de Março de 2017 às 14:39
Desta vez, não posso estar de acordo com o título "Natural". Natural seria, se a superioridade técnica individual do plantel do Dortmund fosse efectivamante superior à do Nosso. Mas não é! A grande diferença, verifica-se ao nível da intensidade de jogo, da capacidade física e do jogo colectivo. Temos de facto muito a aprender, Julgava eu que, o Rui Vitória tinha aprendido alguma coisa com o jogo da primeira mão e, com o resultado favorável que lhe caiu milagrosamente do céu. Mas não. A diferença é profunda, ao nível do treino e da exigência física e táctica. A nossa equipa é demasiado estática, amorfa e expectante. Não é dinâmica, não cria espaços, não sabe pressionar. E assim, meus amigos, não podemos ir longe.
Repito assim o que escrevi no comentário ao último jogo. Não querendo ser o velho do Restelo, assim, não vamos longe. Dúvido mesmo que ganhemos alguma competição esta temporada. Certo, certo, é que não ganhando ao FCP em casa, o campeonato, o tão desejado tetra, irá voar e, provavelmente, perderemos igualmente em seguida a final da taça de Portugal. Oxalá me engane.
De Artur Hermenegildo a 10 de Março de 2017 às 17:58
Quando preparamos, e bem, uma estratégia de reforço de meio campo e contenção, e sofremos um golo logo aos 3 minutos, fica complicado.

A diferença de velocidade de execução e a qualidade dessa execução foi muito maior do que eu gostaria de ter visto contra o nosso Benfica.

Nem o Bayern a época passada nos foi tão superior, mas neste momento a nossa equipa não tem a qualidade nem está no momento de forma em que estava nessa altura.
De Águia Real e Eterna a 10 de Março de 2017 às 22:57
Caro BENFIQUISTA "pfox", comungo inteiramente do seu comentário das 14:39 horas.
Que LUCIDEZ ele nos apresenta. Concordo a 1000000000000000000% com o que está escrito. Eu também já vi isso, aliás ando a dizer mesmo já desde a época passada que não temos INTENSIDADE DE JOGO de nível Europeu.

Esse é o nosso GRANDE MAL, que infelizmente passa despercebido quer à "ESTRUTURA" do nosso querido Clube, quer ao treinador Rui Vitória e seus assistentes/adjuntos.

Ainda hoje estava calmamente num café, cerca das 19:40 horas, a ler o MEU JORNAL "O BENFICA", que é o ÚNICO que compro, e a fazer a minha PUBLICIDADE ao meu Clube Enorme e Inigualável, quando de repente levo o olhar para a televisão sintonizada na sporcos-tv, e "sou obrigado" a ver os golos que sofremos contra o Borússia Dortmund.
Dói, mas é que dói mesmo a ALMA de quem AMA O BENFICA, ver "aquilo".
E "aquilo" é a forma absolutamente INOCENTE como a nossa equipa "CONVIDA" os nossos adversários - neste caso o B. Dortmund - a marcar golos!!!!!!!

Se o primeiro golo sofrido pode ser compreendido e aceite, pois qualquer equipa do Mundo, seja ela o Real Madrid, o Barcelona, o Man. United, etc,etc,etc, pode sofrer golos na marcação de "corners", já o segundo e o terceiro, são mesmo praticamente OFERTAS/CONVITES ao adversário para "FACTURAR" na nossa baliza, que nem com o MELHOR GUARDA-REDES do Mundo no momento actual, consegue evitar sofrer golos de quase toda a gente/equipas!!!

O último nem falo, porque aquilo é um ESCARRO que alguém deu no Futebol Profissional de Alta Competição, e esse alguém deveria ser recambiado para levantar ou não levantar a bandeirola, sim, mas em jogos de SOLTEIROS E CASADOS, daqueles que ao intervalo os pleyers se abastecem com um qualquer TINTOL.

Como é possível uma equipa como a do nosso BENFICA, que até estava a jogar de IGUAL PARA IGUAL em pleno estádio do valioso adversário, sofre de repente DOIS GOLOS como quem chega a um café e pede uma imperial e uns bolinhos de bacalhau?!?!

Então o segundo golo, aquele que fez os alemães catapultarem-se para a vitória certa, é de BRADAR AOS CÉUS, tal a INOCÊNCIA do nosso sector defensivo.
Como é possível, a cerca de cinco metros da linha da nossa grande área, deixarem o jogador alemão recriar-se com a bola, passear com ela, ter tempo e mais que tempo para decidir o que fazer,etc,etc,etc, sem que ninguém - repito, NINGUÉM - do nosso sector defensivo fizesse a mínima oposição ao adversário??!!? Mais: como é possível também o jogador que recebe o passe e depois faz o golo, estar tão SOZINHO, completamente à vontade para desfeitear o nosso GRANDE GUARDA-REDES, que coitado, como aqui já referi e volto a dizê-lo com TODAS AS LETRAS, vale mais sózinho do que todo o resto da defesa, exceptuando o grandíssimo NÉLSON SEMEDO que esse é defesa, é extremo, etc,etc,etc, de GRANDE VALOR.

Isto acontece porque temos um TREINADOR INCOMPETENTE em matéria de saber ensinar os jogadores a DEFENDEREM A SÉRIO.
Esta situação não é de agora. esta situação já se tornou ENDÉMICA no nosso Benfica, e foi por isso que na época passada perdemos o jogo com o oporco corrupto na nossa Catedral da Luz. Lembram-se do golo do mexicano Herrera?!?!
Pois,pois, teve todo o tempo e espaço do mundo para rematar, com os nosso defesas e médios defensivos a apenas "jogarem" com os OLHOS!!!

E a continuarmos neste registo, escusa o VENDEDOR DA BANHA DA COBRA l.f.vieira andar a falar no TETRA, bla,bla,bla, porque isso é "AREIA DE MAIS PARA A CAMIONETA DELE".

A continuarmos assim, sem saber defender a sério e a dar consistência defensiva própria das equipas efectivamente superiores, iremos sofrer no próximo dia 02-04-2017 uma grande desilusão e tristeza, pois com "toda a naturalidade" o oporco corrupto irá sair da Catedral do MAIOR CLUBE DE PORTUGAL com os três pontinhos na bagagem!!!

QUEIRA DEUS e todos os SANTOS que eu esteja ABSOLUTAMENTE ENGANADO.
Eu não quero ter RAZÃO NENHUMA. eu o que quero é que o MEU BENFICA GANHE, E GANHE CADA VEZ MAIS.
Mas para que isso seja uma "Lei", é preciso, é imprescindível sempre, que a VERDADEIRA COMPETÊNCIA faça parte de quem lidera o Clube e a equipa.
Para defendermos ao DEUS DARÁ não é preciso treinador.

BENFICA BENFICA BENFICA. Sempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee mesmo para além do TÚMULO.
De ÁGUIA GENIAL a 11 de Março de 2017 às 13:50
MAIS UMA EXIBIÇÃO MISERAVEL E VERGONHOSA... MAS QUE PORCARIA FOI AQUELA? O TREINADOR O QUE ANDA A FAZER? JÁ ESTÁ MAIS DO QUE NA HORA DE PARAR COM AS PARVOÍCES E COMEÇAR A REBENTAR COM TODOS OS ADVERSÁRIOS, EXIGE SE VENCER E CONVENCER, EXIGE SE GANHAR TUDO O QUE ESTÁ EM DISPUTA.

FORÇA BENFICA!
De Águia Real e Eterna a 12 de Março de 2017 às 11:05


Arouca do manuel VINTÉM machado ABRE AS PERNAS E O CUZINHO para oporco corrupto passear à vontade no relvado e............ levar os três pontos para o LADRÃO.


Este "campeonato" é UMA ESTERQUEIRA e está a sr entregue como um tributo pelos clubecos vassalos/submissos ao oporco corrupto.

O nosso Glorioso e Inigualável SL-BENFICA é grande demais em tudo para esta QUINTAROLA DOMINADA POR CORRUPTOS disfarçada de país.

O nosso BENFICA deveria competir na LIGA ESPANHOLA, ou então numa SUPER-LIGA EUROPEIA ao estilo da NBA dos USA, que há muito já devia ser uma realidade na Europa.

Ver os jogos em que oporco intervém é como "IR À MISSA".
É sempre a mesma coisa:
Na missinha a cassete é sempre a mesma, repetida até à EXAUSTÃO.
Nos jogos do oporco corrupto o BURACO TRASEIRO dos adversários está sempre aberto até à NÁUSEA.

O Benfica tem de lutar em cada jogo CONTRA TUDO E CONTRA TODOS.
Os responsáveis do Clube não podem estar com meias-palavras e/ou falinhas mansas. Têm de alertar os nossos jogadores para as DIFICULDADES que é ser jogador do Benfica, e por isso eles, os jogadores, têm de dar "1000%" em cada jogo para podermos vencer, quer os apitadores corruptos ao serviço da MÁFIA ANTI-BENFICA, quer AS ABERTURAS DE PERNAS dos adversários do oporco corruptus.

Filhos da PUTA a quem eu desejo TUDO DO PIOR.
Contra NÓS BENFICA é só PAULADA COVARDE, SIMULAÇÕES, SEMPRE A DISCUTIR COM O APITADOR MESMO ESTANDO A SER BENEFICIADOS, discutem mesmo por um simples lançamento de linha lateral mesmo que não tenham razão nenhuma, etc,etc,etc,.. EU ODeIO PROFUNDAMENTE esta CÁFILA, ESTA vara de porcos com duas patas disfarçada de gente.

BENFIQUISTAS VAMOS - TODOS, A COMEÇAR PELOS NOSSOS DIRIGENTES - A SER MAIS ACTIVOS E MAIS FORTES NA DEFESA DOS INTERESSES DO NOSSO GLORIOSO BENFICA E DA VERDADE NO DESPORTO.

BENFICA BENFICA BENICAAAAAAAAAAAAAAAAA Sempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee té mesmo para além do TÚMULO.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

#Reconquista

Um

Crer

Proveitosa

Pujante

Deplorável

Firme

Soberba

Complicado

Merecida

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds