VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Segunda-feira, 27 de Abril de 2015

Nulo

Parece-me que o resultado do jogo de hoje é o reflexo exacto daquilo que se passou dentro do campo. Ninguém pode sequer querer reclamar para si uma qualquer vitória moral. Foi um jogo entre duas equipas com mais receio de perder do que desejo de ganhar, com pouquíssimas ocasiões de golo ou jogadas de grande perigo, e portanto o nulo no marcador foi a consequência lógica.

 


O maior problema para o Benfica para este jogo foi a ausência do Salvio. O nosso treinador acabou por optar por uma solução que não me agradava, que foi a chamada do Talisca para actuar sobre uma ala. No Porto, o treinador também mostrou muitas cautelas e mexeu bastante na equipa que costuma ser mais habitual. Para além da mudança na baliza, alterou o 4-3-3 para um 4-4-2 em losango, com quatro médios de raiz, o que causou um sobrepovoamento no centro do terreno. Até porque, na ausência do Salvio e com a tendência do Talisca e do Gaitán em vir para dentro, nunca tivemos verdadeiros flanqueadores neste jogo, e houve alturas em que só se via um aglomerado enorme de jogadores no centro do terreno, com a bola a andar muito pelo ar de um lado para o outro e as equipas raramente a conseguirem fazer mais de três ou quatro passes sem perderem a posse de bola. Foi, essencialmente, um jogo feio, muito disputado, com imensas faltas de parte a parte, mas sem grandes motivos de interesse. Durante a primeira parte o Porto teve mais bola, sobretudo com posse na sua zona defensiva, mas foi quase inexistente no ataque. Tal como o Benfica, aliás, que nunca conseguiu fazer as típicas saídas rápidas para o ataque quando recuperava a bola, fruto também da pressão alta que o Porto exerceu. Em toda a primeira parte contei apenas uma verdadeira ocasião de golo, e foi para o Porto, numa bola que sobrou para o Jackson após um canto e que ele rematou demasiado por alto.

 

 

O Benfica nada mexeu para a segunda parte mas o Porto fez uma alteração, que pouco alterou a estrutura táctica da equipa. O jogo, esse, continuou praticamente no mesmo registo. Feio, disputado e pouco emotivo. Achei que o Benfica conseguiu melhorar um pouco no segundo tempo: na primeira parte o Porto esteve ligeiramente melhor, e na segunda foi o Benfica. Mas as diferenças foram mesmo muito poucas entre as duas equipas. A ligeira melhoria do Benfica esteve, para mim, ligada à troca do quase inexistente Talisca pelo Fejsa. Não achei que o Fejsa tivesse feito um jogo por aí além, mas veio dar mais presença ao Benfica na zona central e permitiu a deslocação do Pizzi para a direita, enquanto que o Talisca não estava a ser carne nem peixe: nem dava grande ajuda no meio, nem conseguia dar largura ao nosso jogo na ala. À medida que o jogo caminhou para o final o Porto alterou a forma de jogar para um modelo mais próximo do que lhe é familiar, fazendo entrar o Quaresma e o Hernâni e passando finalmente a jogar com extremos, mas à parte exigir mais umas corridas ao Eliseu - que depois avançou no terreno para médio esquerdo quando o André Almeida substituiu o Pizzi - poucos resultados práticos teve. Mais uma vez as ocasiões de perigo escassearam, tendo eu contado três para o Benfica e uma para o Porto. No Benfica houve uma cabeçada do Talisca que passou muito perto do poste, com o Hélton a desviar a bola com os olhos, e um remate do Pizzi à entrada da área que deveria ter saído muito melhor, na sequência de uma das raríssimas vezes que o Benfica conseguiu construir uma boa jogada de contra-ataque. Mas o remate saiu com pouca força e o Hélton defendeu facilmente. E depois houve uma ocasião muito semelhante à do Jackson na primeira parte, com a bola a sobrar para o Fejsa, que também finalizou da mesma forma, ou seja, demasiado por alto. Pelo Porto, um cabeceamento do Jackson depois de um canto, com a bola a não passar muito longe da nossa baliza. Foi, honestamente, um dos jogos entre Benfica e Porto menos emocionantes a que eu me lembro de assistir.

 

 

É difícil fazer um destaque num jogo destes. Achei que os nossos centrais estiveram seguros (com o Jardel a mostrar novamente que cresceu imenso como jogador desde que agarrou a titularidade), tal como o Samaris, que teve um jogo de muito trabalho. Os nossos artistas Jonas e Gaitán não tiveram grande possibilidade de mostrar grande serviço (como, aliás, os jogadores mais talentosos do outro lado - hoje não foi jogo para artistas). O Eliseu teve uma primeira parte fraca mas conseguiu melhorar ao longo do jogo. Não terá sido alheio a isso o facto de ter frequentemente o Talisca a jogar à sua frente, que perdeu inúmeras bolas e foi quase sempre incapaz de dar grande ajuda a defender, perdendo quase todos os duelos individuais contra qualquer um dos laterais do Porto e não os conseguindo acompanhar quando subiam no terreno.

 

O empate deixa quase tudo na mesma (mas o Porto deixou de depender de si próprio) e a conquista do título fica bem encaminhada. Temos quatro jogos para disputar e margem de manobra para errar. Mas é imperioso manter a concentração máxima e não facilitar nem um pouco. Para mim o passo decisivo para vencermos a liga é já no próximo fim-de-semana. Não tenho duvidas de que a grande aposta do Porto neste momento será que o jogo do Benfica em Guimarães, na penúltima jornada, seja decisivo. Mas para isso será necessário que o Benfica perca pontos até lá. O próximo jogo é fora contra o Gil Vicente, penúltimo classificado, e não duvido que se não encararmos este jogo como absolutamente determinante, passaremos um mau bocado. Certamente haverá muito jogo fora das quatro linhas, como talvez incentivos extra para os nossos adversários, e fico à espera de saber as nomeações (Artur Soares Dias, Hugo Miguel ou Marco Ferreira são as minhas apostas). As próprias declarações do treinador do Porto no final deste jogo quase me soaram a ameaça velada. A maior parte do trabalho está feito, agora não podemos facilitar absolutamente nada.

publicado por D`Arcy às 02:01
link do post | comentar
20 comentários:
De antonio fonseca a 27 de Abril de 2015 às 05:45
Boa noite,
Análise correcta ao jogo. Direi que esperava mais do nosso clube. De facto ao entrarmos com medo dos andrades demos de avanço meia parte onde os corruptos dispuseram do meio campo a seu belo prazer, no entanto sem causar mossa tal a ineficácia atacante.

A segunda parte teve mais Benfica, porém faltou mais atrevimento e mais pressão para arrumarmos a questão desde logo.

O resultado foi um mal menor, mantemos a vantagem que nos permite ser campeões se para tal assim os nossos se compenetrarem que o título está mesmo ali.

Houve três jogadores a menos , Talisca, Pizzi e Lima. Foram para mim os com menor rendimento.

O jogo de Barcelos vai ser determinante para a conquista do 34. Temos que o vencer para manter a chama bem acesa.

Saudações benfiquistas.
De Águia IMPERIAL a 27 de Abril de 2015 às 06:10

Antes de mais quero dizer que o resultado é SATISFATÓRIO, dada a conjuntura do momento, isto é, mantemos os 3 pontos de avanço sobre os porcos a quatro jornadas do fim do Campeonato.
Por esse motivo, confesso que fiquei com ASTRAL POSITIVO, embora a VITÓRIA na Nossa Catedral da Luz, seja sempre, sempre sempre o resultado EXIGÍVEL, seja quem for o adversário.
A equipa foi PROFISSIONAL, TRABALHOU, mas penso que o BENFICA tem de ter uma equipa bem mais forte, mais acutilante e dinâminca, com mais PODER NO MEIO CAMPO, que é onde se começa a MANDAR NO JOGO.
Para mim Luisão esteve IMPERIAL a comandar toda a defesa. Samaris foi no meu entender o MELHOR JOGADOR do Nosso Benfica neste jogo. No ataque fomos muito débeis, e mal conseguimos fazer "cócegas" ao porquito corrupto.Faltou-Nos aquele que eu considero o ATACANTE mais perigoso da Nossa equipa, Eduardo Sálvio, que quando quer, por si só é capaz de "DESEMBRULHAR" um jogo, além da dinâmica altíssima com que joga e faz jogar a equipa.
Como já referi noutros comentários, o Lima já se consciencializou que, apresentando um rendimento de 10% ou um rendimento de 95% é sempre titular, jogando o tempo todo. Não sei o que andam a fazer Derley e Jonathan Rodriguez. NÚMERO?! Não vejo mais nada.
Outro mal do BENFICA actual, que emana precisamente da sua fraca "estrutura", e que passa depois para tudo o que é BENFICA, é a DEMASIADA IMPORTÂNCIA e o DEMASIADO VALOR que dão ao porco corrupto, como se eles fossem a 8ª maravilha do futebol Mundial, quando na verdade não passam de uma equipa vulgar que apenas corre como LABRÊGOS e que faz jogo SUJO sempre na procura de ENGANAR o árbitro, e jogando na BRUTALIDADE FÍSICA, em todos os jogos, mas muito especialmente contra Nós BENFICA, procurando sempre a CONFUSÃO para daí tirarem dividendos, fazendo como muito bem sabem o PAPEL DE VÍTIMAS, quando não verdade são os verdadeiros ALGOZES covardes.
Relativamente ainda ao jogo propriamente dito, confesso que temi nos últimos 10 minutos que pudéssemos sofrer um golo, dada a forma precipitada e atabalhoada com que abordámos certos lances, e o "mijo" inigualável que esta equipa do porco costuma ter.
Volto a referir que o BENFICA, se quer de facto ganhar Campeonatos e demais Títulos de forma continuada e NATURAL, tem de ter uma equipa BEM MAIS FORTE e uma ESTRUTURA MUITO MELEHOR, capaz de transmitir a TUDO e TODOS, a VERDADEIRA FORÇA E GRANDEZA DO CLUBE.
Quanto ao APITADOR Jorge Sousa, devo dizer que é (foi) MIL VEZES SUPERIOR e IMPARCIAL do que por exemplo o "mestre" proençola, - que tanto e tanto Nos ROUBOU DESCARADAMENTE, E A QUEM O NOSSO "PRESIDENTE" FOI, AINDA POR CIMA, PRESTAR VASSALAGEM NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA DE DESPEDIDA DO PROENÇOLA - mas em alguns "lances divididos" teve sempre a tendência de apitar a favor do porco.
No capítulo disciplinar ficou a dever alguns amarelos aos corruptos e 2ºS amarelos a Marcano e Jackson Martinez, este que, já assimilou bem a "cultura" ARRUACEIRA sem castigo desse clubeco repelente e repugnante do porco.
No fim do jogo, e para não variar, lá tivemos o loPATÊGO no seu melhor, isto é, a "ARMAR BARRACA", dirigindo-se de forma manhosa ao Nosso treinador como quem vai cumprimentá-lo, para subrepticiamente o ameaçar, dizendo que lhe dava um murro se o J-Jesus lhe voltasse a trocar o nome. Mas que GAJO MAIS ATRASADO MENTAL e PALERMA. De facto o bbimbo da bosta não dorme, e escolhe os MENTECAPTOS adequados ao seu clubeco de trampa.
Penso que este caso não deve passar em claro e que a tal "esrutura" do BENFICA deve AGIR, EXIGINDO castigo a esse repugnante e execrável loPATÊGO.
Se L.F. Vieira apenas meter a cabeça na areia e nada fizer, demonstrará que é mesmo uma FIGURINHA DECORATIVA a fazer de Presidente do Maior e Melhor Clube de Portugal.
Para ganharmos em Barcelos teremos de ser o BENFICA VERDADEIRO e termos o dobro da acutilância e intensidade de jogo. Homens de talento e de TOMATES.

Sálvio, Sálvio, Sálvio.. APARECE, pois infelizmente a "estrutura" Vieira não foi capaz de te dar um competidor na Nossa equipa.
Sálvio, QUEREMOS MUITO ser BI-CAMPEÕES. Aparece e faz a DIFERENÇA.

BENFICA BENFICA BENFICA.Sempreeee o Maior e o Melhorrrrrrrrrrrrr.

O BENFICA É UMA CIVILIZAÇÃO. Eternaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa..
De Henrique Teixeira a 27 de Abril de 2015 às 09:57
Totalmente de acordo com o D`Arcy.
Este empate, em princípio foi-nos favorável, mas só no fim saberemos se ele foi positivo ou negativo.
Pena aquela perdida do Fejsa já perto do fim, pois a obtenção do golo naquela altura dar-nos-ia a vitória no jogo e no campeonato.
A lesão do Sálvio veio na pior altura e como se trata de um problema muscular talvez só regresse no último jogo do campeonato, embora haja esperanças que regresse no próximo sábado.
Esse próximo jogo poderá ser decisivo e eu receio-o muito. A equipa da casa vai dar tudo por tudo para pontuar e tentar evitar a descida e a vitória em Coimbra moralizou-a muito. Vai-se jogar tudo dentro e fora do terreno e certamente não faltarão prémios chorudos aos jogadores da casa, no caso de pontuarem.
Barcelos é terra de inúmeros Benfiquistas, bem como Famalicão e outras terras próximas e por isso pede-se a todos os nossos que encham o estádio e incentivem a equipa, ajudando-a a vencer.
Já falta pouco mas como se costuma dizer "o rabo é o mais ruim de esfolar" e nós já tivemos rabos muito amargos.
Força Benfica.
De arrifana a 27 de Abril de 2015 às 11:57
Bom dia 0-0 e 3 pontos de avanço dos corruptos

O jogo não foi bom? merdas para jorge batista e companhia
estive lá com casa cheia a vibrar

VIVA O BENFICA CAMPEÃO NACIONAL VENCEDOR DA TAÇA DA LIGA E DE PORTUGAL E SUPER TAÇA
VIVA JESUS QUE ONTEM DEU UM BANHO A ESESS COMENTADORES QUE PRETENDIAM QUE ASSUMISSE O JOGO E SE PERDESSE HOJE ERA O BOMBO DA FESDTA
De inês Lima a 27 de Abril de 2015 às 12:36
Não podemos estar felizes, mas no final saíram eles mais tristes do que nós.
É claro que ficamos mais perto, é menos um jogo, e a diferença de pontos mantém-se.
Vi o jogo, achando que se eles queriam ganhar, teriam de fazer muito mais do que ficar á espera de um golpe de sorte ao das ajudas do árbitro, que as tiveram...
Este resultado vai manter o grupo de trabalho focado, e ciente que tem de lutar contra as ajudas externas aos adversários até ao último minuto!
Sempre Presente
De Águia IMPERIAL a 27 de Abril de 2015 às 14:10

Concordo com o comentário do António Fonseca. Vem mais ou menos na linha do que eu defendo.
Defendo um BENFICA VERDADEIRAMENTE FORTE. Um BENFICA VERDADEIRAMENTE DETERMINADO, na Raça, na Ambição, no CRER, na LUTA, no QUERER, no BENFIQUISMO PURO etc,etc,etc,..... pois só assim se poderá chegar à GLÓRIA.
Só assim poderemos ser BI-CAMPEÕES NACIONAIS, e no ano seguinte TRI-CAMPEÕES NACIONAIS.
Somos o BENFICA. Não somos nem o porco nem o riporting. SOMOS O BENFICA, o Maior e o Melhor Clube de Portugal. Temos melhor e mais do que os outros em TUDO. É esta a MENSAGEM que deve ser incutida pela "estrutura" "comandada" pelo l.f.vieira a todo e qualquer profissional que entre para o BENFICA. Mais NADA. Absolutamente MAIS NADA. Com essa MENTALIDADE de VERDADEIROS CAMPEÕES entranhada na mente e no sangue dos que servem o Nosso Clube, a Nossa Glória será perene.
Vem agora, aliás como habitualmente o l.f.vieira dizer que "nada está ganho e que não devemos entrar em euforias", bla,bla,bla, etc,etc, e tal.
Oh "sr". presidente, isso toda a gente sabe. Penso que os BENFIQUISTAS não são burros, são ÁGUIAS, e sabem fazer contas. Até um analfabruto sabe que 2 mais dois são 4. Portanto deixe a vulgaridade das FRASES FEITAS, deixe de ser MAU AGOIRO, e peça, peça não é bem o termo, direi antes EXIJA, repito, E X I J A a todos os jogadores profissionais do BENFICA que ENTERREM DE VEZ o "Benfiquinha" de Paços de Ferreira e Vila do Conde, e que sejam o REAL E VERDADEIRO BENFICA sonhado e idealizado há cerca de 111 anos por Cosme Damião, Félix Bermudes e mais 22 amigos que FUNDARAM este não Grande, Nobre, Glorioso e Inigualável Clube, o Nosso BENFICA, que precisa de ser muito mais bem DEFENDIDO do que aquilo que acontece nos tempos actuais.
Pr'á FRENTE é que é o caminho, e o caminho do BENFICA tem de ser apenas e só a GLÓRIA consubstanciada em TÍTULOS, TÍTULOS E MAIS TÍTULOS.

Se o BENFICA quer mesmo ser Campeão, melhor, BI-CAMPEÃO, tem de chegar a Barcelos no próximo sábado com toda a sua FORÇA, DETERMINAÇÃO e QUALIDADE e ganhar, mas ganhar como se diz em "futebolês", SEM ESPINHAS.
O VERDADEIRO BENFICA ao intervalo, tem de ter já conseguido uma vantagem mínima de 2 golos. No final a VITÓRIA terá de ser IMACULADA, VERDADEIRAMENTE À BENFICA.
Não se esqueçam de que vão jogar tostões da terra contra os MILHÕES do BENFICA. Não poderá haver desculpas nem paninhos quentes de forma alguma.
Se em vez disso tivermos Nós BENFIQUISTAS de assistirmos à ressuscitação
do "Benfiquinha" de Vila do Conde, onde num jogo FACÍLIMO em que tivemos um golo oferecido por uma verdadeira auto-estrada do Rio- Ave, e depois disso demo-Nos ao desplante de perder o jogo e os três pontos, então, então, entãooooooooooo "srs". vieira, jesus e demais "estrutura", mais vale reunirem-se TODOS embebedarem-se pela última vez em cima da ponte 25 de Abril, e atirarem-se TODOS ao rio Tejo.

É só o que tenho a dizer.
Só mais uma coisa "sr" vieira: VOU ESTAR EM BARCELOS a apoiar o MEU BENFICA. Espero que saiba o que quero dizer quando digo o MEU BENFICA.

BENFICA BENFICA BENFICA....Sempreeeeee . O Maiior e o Melhorrrrrrrrrr

O BENFICA É UMA CIVILIZAÇÃO. Eternaaaaaaaaaaaaaaaaaa.
De Manuel Afonso a 27 de Abril de 2015 às 14:44
O resultado foi-nos claramente favorável.
E foi obtido de forma competente.
Mas de nada vai servir se não ganharmos o jogo em Barcelos.
Os nossos jogadores têm que meter isto na cabaça. O Jogo com o Gil Vicente é o mais importante da época.

A verdade é que não estando a jogar grande coisa, vamos ter que ganhar no querer e na raça. Vamos ter que suar mais, correr mais, lutar mais, estar mais concentrados do que o adversário, que já se sabe, irá ser aliciado de todas as maneiras e mais uma para fazer o jogo das suas vidas.
Seja como for, temos a obrigação iniludível de ganhar.
Mereçam o título de campeões nacionais e o estatuto de nossos heróis.
De Sérgio a 27 de Abril de 2015 às 15:54

Não concordo quando se diz que o empate deixou tudo na mesma. A verdade é que não deixou. Antes da jornada o Porto dependia só de si para ser campeão, Neste momento é preciso que o Benfica perca 4 pontos em relação ao Porto para que o Porto seja campeão. Neste campeonato, até esta jornada, não se consegue encontrar um grupo seguido de 4 jornadas em que o Benfica tenha perdido mais do que 2 pontos em relação ao Porto. Nos 4 jogos que faltam, o Benfica só joga com clubes abaixo do 4.º lugar. O mais forte tem quase 30 pontos a menos do que o Benfica. Portanto, nesta perspectiva o Porto perdeu o campeonato com este empate na Luz. Claro que no futebol há surpresas. Se o Benfica não conseguir segurar a liderança até final do campeonato, então é o Benfica que perde o campeonato e não o Porto que o ganha. A acontecer seria uma das maiores vergonhas de uma equipa candidata ao título. Os jogadores só têm que estar concentrados e dar sempre o máximo para evitar surpresas. Uma vitória no próximo jogo é um passo de gigante na revalidação do título de campeão.

Sempre tenho dito que os confrontos directos com o Porto são muito importantes para se ganharem os campeonatos. No jogo da primeira volta o Benfica foi capaz de vencer o Porto e ganhou aí uma importante vantangem. Neste jogo da segunda volta o Porto não foi capaz de ganhar ao Benfica e hipotecou aí as hipóteses de vencer o campeonato.

No final do jogo o treinador do Porto disse uma frase em latim ao ouvido do Jesus. Este não gostou e respondeu-lhe todo exaltado: "oh lorpategui, não te admito que me fales em em russo. Tens a mania que sabias línguas, é?".
De Lucas a 27 de Abril de 2015 às 16:36
Porque é que o speeker da Luz não se cala? Não ouço aquele chinfrim em nenhum estádio do mundo. É irritante, estraga o ambiente e é uma anedota.
De D`Arcy a 27 de Abril de 2015 às 16:44
Eu escrevi que o empate deixou quase tudo na mesma, não tudo, e que o Porto agora já não depende exclusivamente de si próprio para ser campeão.

Em relação ao speaker da Luz, já escrevi várias vezes que é um dos meus ódios de estimação e que o acho perfeitamente dispensável. Durante anos e anos a função do speaker na antiga Luz era anunciar as equipas e as substituições, e isso era mais do que suficiente.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Deplorável

Firme

Soberba

Complicado

Merecida

Susto

Distinção

Bomba

Ridículo

Amorfo

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds