VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Sábado, 13 de Setembro de 2014

Passeio

Foi particularmente agradável regressar a Portugal, chegar a casa, atirar a mala para um canto sem sequer a desfazer, sentar-me à frente da TV para ver a gravação deste jogo sem saber ainda o resultado e ser recompensado com uma goleada triplamente agradável. Triplamente agradável por ser, em primeiro lugar, uma vitória folgada do Benfica; depois por ser sobre o Vitórria, que é um clube com o qual eu não simpatizo particularmente; e finalmente por ser sobre uma equipa treinada pelo Domingos Paciência, que é alguém com quem eu não simpatizo absolutamente nada.

 

 

A grande (na verdade, a única) novidade no onze foi a titularidade do Samaris na posição de médio defensivo. Uma lesão terá evitado a estreia do Júlio César na baliza, dando oportunidade ao Artur para tentar limpar um pouco a face depois do empate que ofereceu ao sportém. O Talisca manteve-se como apoio mais directo ao Lima, ainda que por diversas vezes recuasse um pouco no terreno ou trocasse de posição com o Gaitán, aparecendo este a jogar mais perto da área e pelo centro. No último jogo, contra o sportém, o Talisca já tinha deixado alguma indicações positivas. Hoje confirmou-as. O início do jogo mostrou um Setúbal atrevido e provavelmente também aquele que será o amarelo mais rápido deste campeonato, já que o Eliseu conseguiu ser admoestado antes dos dez segundos de jogo. O problema para a entrada atrevida do Setúbal foi a classe muito superior de alguns dos nossos jogadores, e a extrema eficácia que tivemos na primeira parte. Logo aos dez minutos, e no primeiro remate que fizemos, o Salvio inventou um golo fantástico praticamente do nada, com um remate de pé esquerdo de fora da área a não dar quaisquer hipóteses de defesa. Golaço. Reagiu bem o Setúbal, que continuou a querer discutir o jogo olhos nos olhos com o Benfica, mesmo que não tenha conseguido obrigar o Artur a uma única defesa digna desse nome. Mas a agressividade e o ritmo a que o Setúbal foi obrigado a jogar para tentar pressionar a nossa posse de bola teve o seu preço e a partir da meia hora de jogo a equipa pareceu dar o estoiro, assumindo então o Benfica o controlo quase total. Ameaçámos por duas vezes, em que o Talisca só por muito pouco não conseguiu esticar o pé para dar o toque final para a baliza, mas estava escrito que ele iria mesmo deixar o seu nome na lista dos marcadores, o que acabou por acontecer já na fase final da primeira parte. Aos trinta e oito minutos, depois de uma boa jogada de ataque que acabou com um mau cruzamento do Gaitán, um corte ainda pior de um defesa adversário deixou a bola à mercê do Talisca, que finalizou com um remate forte de pé esquerdo. E a dois minutos do intervalo o mesmo Talisca voltou a marcar, desta vez na conversão de um livre directo na meia lua, assinalado após falta cometida sobre ele.

 

 

A história da segunda parte quase que se resume aos golos do Benfica e às oportunidades falhadas pelo Lima, já que o controlo do jogo por parte da nossa equipa foi total. Se o Setúbal ainda alimentava qualquer esperança de poder fazer uma gracinha, cedo se desvaneceu. É que tal como na primeira parte, o Benfica marcou com dez minutos decorridos. Mais uma boa jogada com o Gaitán a progredir pelo meio e a desmarcar o Lima na esquerda, primeiro remate do Salvio (depois de uma simulação do Gaitán) defendido pelo guarda-redes, e depois a recarga do Talisca, de pé direito e de ângulo apertado, só parou no fundo da baliza. Hat trick para o brasileiro no jogo em que finalmente se estreou a marcar em jogos 'a sério'. Depois deste golo, e com o Setúbal entregue, ficava apenas por saber quantos golos mais conseguiria o Benfica marcar. Vimos o Lima desperdiçar várias oportunidades flagrantes de golo (está complicado acabar com a seca...), mas já que não marcou,pelo menos ainda conseguiu oferecer o quinto golo ao Ola John (o holandês tinha entretanto entrado para o lugar do Gaitán). Desmarcado pela direita após um passe do Salvio, fez o centro rasteiro para o poste mais distante, onde o Ola John só teve que empurrar para a baliza deserta. Houve ainda tempo para o Cristante se estrear com a nossa camisola, jogando os últimos vinte minutos sem que no entanto tenha tido oportunidade para mostrar muito, excepto alguma apetência para tentar passes em profundidade para as costas da defesa ou a variar o flanco de jogo.

 

 

O Talisca é obrigatoriamente o homem do jogo. Parece mais solto, confiante e integrado no nosso estilo de jogo, e hoje até conseguiu começar a justificar a fama de especialista em bolas paradas com que vem rotulado. Outros jogadores que me agradaram foram o Luisão, que como habitualmente limpou praticamente tudo o que apareceu na sua zona, e o Salvio. O Gaitán não esteve tão fulgurante como é habitual, mas nota-se sempre a sua influência quando aparece com a bola controlada na zona central. De uma forma geral continuo convicto que, tendo nós mantido o trio argentino Enzo/Salvio/Gaitán, do meio campo para a frente continuamos num nível acima da concorrência no que diz respeito a criatividade e qualidade técnica. Gostei do que vi do Samaris. Ainda vai de certeza evoluir muito nas mãos do Jorge Jesus, mas para um jogador que chegou há tão pouco tempo já se mostrou razoavelmente integrado e também parece ter bons pés, pelo que certamente não será um '6' exclusivamente dedicado a tarefas de destruição de jogo.

 

Acabou por ser um agradável passeio até ao Bonfim, que nos terá até permitido fazer alguma gestão de esforço para a estreia na Champions. Por enquanto continua a não haver sombra dos cenários mais catastrofistas que muitos nos previram durante a pré-época. O início da época não foi brilhante em termos exibicionais, mas foi relativamente sólido (bem melhor que o da época passada) e por agora apenas temos a lamentar o mau resultado da última jornada, fruto de um infeliz erro individual e de alguma falta de pontaria. Esta goleada ao Setúbal pode servir para dar mais confiança à equipa e catapultá-la para outros patamares exibicionais. E eu até tenho boas recordações de épocas com goleadas ao Setúbal.

publicado por D`Arcy às 02:30
link do post | comentar
15 comentários:
De Águia IMPERIAL a 13 de Setembro de 2014
Vitória NORMALÍSSIMA do Nosso Glorioso BENFICA, que com um pouco mais de sorte/eficácia na hora de finalizar as jogadas poderia fazer chegar a goleada à DEZENA de golos. Parabéns e uma VÉNIA para o grande jogador/profissional André Almeida, que faz vários lugares com a mesma entrega e talento, carregando em si mesmo o VERDADEIRO BENFIQUISMO.
Entretanto a VERGONHOSA VASSALAGEM E SUBMISSÃO ao fócorrupto do porco continua. Os amestrados junta-letras e pés-de-microfone disfarçados de jornalistas que vegetam na actual Comunicação Social, são de uma tal SUBMISSÃO e VASSALAGEM ao porco corrupto, como não se via nem sequer no início Idade Média.
PORCOS, VENAIS, SUBMISSOS, SABUJOS, VASSALOS, PALERMAS, AUTÊNTICOS DEFECADOS POR RAMEIRAS BICHOSAS E PÔDRES, que envergonham os verdadeiros Jornalistas.

Depois desta goleada JUSTÍSSIMA em Setúbal, num recital de futebol dado pelo Nosso Glorioso Clube, as primeiras páginas dos pasquins generalistas OMITEM OSTENSIVAMENTE tal facto, sem sequer colocarem uma pequena frase nesse espaço relativamente ao jogo e à Nossa vitória.
Exceptua-se aqui o Jornal Correio da Manhã, que, esse sim, dá o devido destaque ao evento.
Se fosse o clubeco que lhes manda "servir jantares", sim, o tal de fóculporco, ou até o riporting de alvalixo falido, as primeiras páginas desses pasquins generalistas estariam cheias de LOAS E HOSSANAS CANTADAS ACOMPANHADAS POR FOTOGRAFIAS EM TRÊS DIMENSÕES E A MEXER.
Que tristeza essa GENTALHA dos pasquins disfarçados de jornais.
Façam como eu. De mim nem um CÊNTIMO. Aliás, quando por vezes me vem ter um deles às mãos oferecido por alguém que já leu e não o quer mais, apenas o aceito, não para o ler mas para o ENTREGAR PARA AS SOBRAS.
Tenho ÓDIO a quem maltrata o MEU BENFICA e a VERDADE, e só quero que lhes aconteça triliões de septiliões de vezes PIOR do que o que eles desejam ao MEU BENFICA de Portugal e do Mundo inteiro.
Somos a ÚNICA equipa/Clube no Mundo que em todos os jogos jogamos em simultâneo contra três equipas: contra a equipa adversária propriamente dita que faz contra Nós BENFICA o jogo do ano, contra o trio de APITADORES a maioria deles CORRUPTOS e contra os junta-letras e pés-de-microfone disfarçados de Jornalistas que chafurdam na Comunicação Social.
Por isso mesmo, mais do que Grandes, teremos de ser ENORMES e fazer a vida NEGRA a quem tanto ma Nos quer.

A vassalagem ao bosta corrupto continua. Até quando??!!!!!

BENFIQUISTAS, no mínimo dos mínimos, deixem os PASQUINS desses junta-letras a SECAREM NAS BANCAS.

BENFICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
BENFICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
BENFICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
sEMPREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
Seempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
De Manuel Afonso a 13 de Setembro de 2014
E os mitos vão caindo.
Que vendemos metade da equipa do ano passado.
Que temos um plantel muito mais fraco.
Que o Jardel quanto muito é um jogador mediano.
Que o Eliseu é gordo.
Que o Talisca é flop.
Que a época foi mal preparada e se comprou sem critério.

E caem porque por muito que os comentadeiros jornaleiros se esforcem, as mentiras nunca sobrevivem ao teste da realidade, e os seus desejos íntimos raramente se concretizam.
Mas os comentadeiros jornaleiros nunca desistem. E à medida que se desmoronam as mais antigas, logo surgem novas mentiras para alimentar as paranoias dos mais incautos. E a próxima está no ar.

E logo se veêm os papagaios a abrir e fechar o bico ao ritmo das suas verborreias.Logo se veêm a repetir palavra por palavra os sonhos eróticos de personagens como o Jorge Baptista e companhia nas caixas de comentários.
Já não estranho. É de esperar que os papagaios tenham cerebros de pássaro.

E assim escolho como figura do jogo o Lima. Por três motivos.
1 - Pelo que digo supra.
2 - Por ter feito um grande jogo. E diga-se que raramente joga mal.
3- Porque vou ter muitas ocasiões para elogiar o Talisca. A este propósito disse o que queria dizer sobre o jogador em devido tempo, por ser óbvio e por, cá está, ter pouco jeito para fazer de papagaio.

O Samaris pareceu-me ter um óptimo sentido posicional e qualidade técnica mais que suficiente para fazer a posição 6 com muito sucesso. No entanto acho que ainda tem que assimilar melhor os processos da equipa, e que fisicamente não está no seu melhor.

P.S. - Não faço ideio qual é o seu clube nem me interessa saber.
Está ao serviço do patrão, no pior sentido, e mete-me cada vez mais nojo. O palhaço de serviço dá pelo nome de Pedro Henriques.



De a 13 de Setembro de 2014
concordo
De Marco Sousa a 13 de Setembro de 2014
Esse pedro henriques é um palhaço, maldita a hora que vestiu õ nosso manto, esse vendido de merda.
De moleculasdeamor a 13 de Setembro de 2014
Excelente, JJ parece voltar a conseguir redimensionar a equipa, ... Talisca que é um jogador que ainda me não deixou grandes impressões , deu um valente pontapé nas impressões o que é muito fixe... com este plantel parece-me que temos de novo uma equipa... e isso é muito agradável.
De moleculasdeamor a 13 de Setembro de 2014
@Manuel Afonso,
Não são mentiras amigo, são maneiras diferentes de ver o "real", são formas diferentes de fazer,...programava a época de outra forma, alicerçado numa comunicação super assertiva com os atletas, seus agentes e equipa técnica, os objetivos muito claros para todos, havendo uma transparência de informação total!
Não tenho a ousadia de dizer que seria melhor, mas tenho a ousadia de dizer que era assim que faria, obviamente que aquilo que apresento a seguir é um brain storm interno:

Objetivos principais:
Financeiro:
1 - Redução do passivo em 100/150 milhões de euros em 5 anos. A conseguir nas mais valias entre compra e vendas de jogadores.
2 - Estabilização de 250 mil sócios pagantes, melhorar as parcerias com as diversas entidades.
3 - Manter uma média de 300 mil assinantes da Benfica TV, com prémios semanais para os subscritores - 2 redpass semanais , uma viagem com a equipa para duas pessoas mensal e outros. Objetivo de lucro de 25 milhões de euros limpos ano! Se necessário aumentar a subscrição em mais 1 ou 2 euros. Realizar uma tertúlia semanal de duas horas com sócios e assinantes da Benfica tv escalpelizando a jornada. Ter um programa de entretenimento com perguntas sobre o Benfica ou sobre o futebol nacional e internacional, a gravar no fim de semana do jogo do Benfica ficando os concorrentes alojados no Caixa Futebol Campus, sendo que o Benfica dá os bilhetes gratuitos para o jogo desse fim de semana.
4 - Estádio com ocupação de 80%, preços de grupo para as casas do Benfica e preços família [cônjuge filhos e irmãos], para sócios 20 euros (4 pessoas) e não sócios, 30 euros (3 pessoas) - ter uma bancada reservada para essas promoções. Bilhetes para escolas - tipo 100 euros para 20 miúdos.
5 - Ter só 65 jogadores sob contrato = 26 equipa A; 22 equipa B e 17 emprestados. Clausulas nos contratos de jogadores da formação, que o contrato cessa após o fim do primeiro empréstimo caso o jogador não integre o plantel principal.
6 - Ordenado máximo 1 milhão de euros limpos anual. O restante a contratualizar será obtido por prémios de assinatura, de presença na equipa como titular ou nos 18.
Dar aos jogadores casa perto do centro de estágios e carro se quiserem. Grelha salarial a começar em 20 mil euros limpos para jogadores vindos da formação; Equipa B ordenado igual para todos 15 mil euros limpos para todos com casa e carro. Excepções devem ser muito bem explicadas. A mudança de escalão de vencimentos dá-se ao fim de 3 meses "consecutivos" na equipa A.


Politica desportiva:
1 - Plantel com média de idades na ordem dos 25 a 27 anos.
2 - Introdução de 7 jogadores da formação no plantel principal em 5 anos.
3 - Contratação de 3 a 5 jogadores chave (ou com potencial comprovado ou com experiência) por ano e venda até 3 jogadores titulares por ano, procurando um saldo positivo médio de 20 milhões ano.
4 - Contratação de jogadores sub 17 em campeonatos nacionais para os juniores e Equipa B.
5 - Ter referenciados 6 jogadores por posição com o preço de mercado atualizado a cada 3 meses. Ter o conhecimento sobre os valores de vencimento dos atletas para se saber se o clube tem condições no minimo de duplicar o vencimento para uma eventual proposta... trabalhar com empresários (claro!!!)

Ter uma equipa de gestão da carteira de eventuais contratações... 3 pessoas.
Ter uma equipa motivacional e orientadora dos jogadores da formação[composta por um treinador de futebol psicólogo e personal trainer - neste programa deverão estar sempre incluídos 3 jogadores de cada escalão no minimo] que estão identificados como passíveis de ser colocados na equipa principal, é essa comissão técnica que define quem sobe não é o treinador principal, porque é uma politica do clube, se o treinador não concordar com o atleta deve pedir a demissão.

abraços... quando critico faço-o porque tenho uma visão diferente, podem dizer que não presta, mas critico e digo como faria diferente, é a diferença entre mim e outros que adoram criticar por criticar.
De Manuel Afonso a 13 de Setembro de 2014
Caro Moléculas
Do que dizes concordo com algumas coisas, discordo de outras tantas, como é normal. O que nunca me passaria pela cabeça era chamar-te de papagaio.

Nós podemos dizer o que quizermos. É a liberdade que tem quem não tem qualquer obrigação profissional, qualquer responsabilidade ou influência na ordem das coisas.
Nós podemos ver um jogador uma vez na vida e dizer que é flop.
Nós podemos ver um jogador fazer jogo após jogo com grande qualidade e dizer que não presta.
Nós podemos achar que a equipa não tem centro-campistas em número suficiente, e a seguir criticar o facto de se comprarem dois.
Nós podemos não perceber patavina de planeamento de uma época desportiva e ainda assim achar que foi mal feito.
Nós podemos elogiar o Sporting por reduzir custos e criticar o Benfica por tentar fazer o mesmo.
Nós podemos criticar o Benfica por gastar demais em contratações e elogiar o Porto por fazer exactamente a mesma coisa.

Um jornalista não pode. E quando o faz, quando faz uma ou várias das coisas que descrevi, está a mentir, e ou está a ser incompetente, e ou está a servir a agenda de alguém que não a nossa.

Acho que te devias alegrar por quem pode, a direcção do clube, ter no seu plano estratégico algumas das tuas ideias contempladas.
Eu alegro-me por te ver por cá partilhando um raciocínio elaborado com pessoas que querem saber.





De Luis Agostinho a 13 de Setembro de 2014
Eu tenho um grande defeito, tenho memória, longa....esse pedro Henriques ainda era jogador do Benfica e confessou-se lagarto numa entrevista, logo a seguir de tretas que tinha aprendido a gostar do Benfica, blá blá blá.

Fartei-me de rir com um comentador em particular no pós jogo, na tvi24. Disse que os golos do Talisca tinham sido um acidente....três acidentes he he he he he

A dragartos já estão a tremer e tudo fazem para desvalorizar a equipa do Benfica. Mas eu até prefiro assim, além de achar muitas destas afirmações cómicas....assim a equipa mantém os pés bem assentes no chão. Gostava de ter contando as vezes que ouvi, no pós jogo, afirmarem que esta equipa é mais fraca do que a da época passada. Vamos a ver. Ainda me lembro do que diziam por esta altura da equipa da época passada, tenho memória longa....
De je a 13 de Setembro de 2014
Agora Terça e ganhar ao zenit. Força endocardite Parabéns pelo blog
De ÁGUIA GENIAL a 13 de Setembro de 2014
GANHAMOS BEM!
FOI UMA VITÓRIA NORMAL DO BENFICA, GOLEOU E ATE PODIA TER FEITO MAIS GOLOS.
É CONTINUAR A GANHAR OS JOGOS TODOS, RUMO AO 34º.

FORÇA BENFICA!

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Obrigação

Banco

Exemplar

Madrugadora

Pouco

Inconsistência

Confrangedora

Arrasador

Sofrível

Solidez

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds