VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Segunda-feira, 3 de Abril de 2017

Pouco

No final, soube-me a pouco. Fiquei com a nítida sensação, como julgo que também terão ficado os milhares de benfiquistas que lotaram a Luz, de que perdemos uma grande oportunidade para dar um golpe quase decisivo no campeonato. Fomos a melhor equipa em campo, e fugiu-nos a possibilidade de vencer o jogo e deixar para trás o nosso adversário directo na luta pelo título.

 

 

Até fiquei um pouco surpreendido com a entrada do Benfica no jogo. Olhando para os onzes das duas equipas, a presença do Rafa nas nossas escolhas iniciais e a opção do Porto por um meio campo reforçado, abdicando de jogar com dois avançados fazia crer que assistíssemos a um cenário em que o Benfica entregaria mais a iniciativa de jogo ao adversário, para depois partir rápido para o ataque quando recuperasse a bola, enquanto que o Porto privilegiaria a posse de bola e um jogo mais seguro. Mas o Benfica entrou forte e caiu em cima do adversário desde o apito inicial. Para isso contribuiu muito quer as frequentes movimentações do Salvio e do Rafa para o meio, que nos davam equilíbrio e até superioridade numérica nessa zona e abriam espaço para a subida dos laterais - em particular do Nélson Semedo, já que o eliseu não arricou tanto - e ainda um Jonas muito activo, com um raio de acção muito alargado em que vinha frequentemente buscar jogo até à linha do meio campo. Durante este período inicial praticamente só deu Benfica, e o resultado disso foi imediato. Aos sete minutos o Salvio ultrapassou dois adversários pelo centro do terreno e deixou a bola no Jonas, que foi derrubado dentro da área. Encarregue da conversão, o aniversariante não falhou e colocou-nos em vantagem no marcador. Após isto o Benfica foi progressivamente acalmando o ritmo, e ao fim de mais alguns minutos o jogo caiu então no cenário que me parecia ser mais provável. Baixámos e juntámos as linhas, permitindo ao Porto ter mais bola, e depois tentávamos as saídas rápidas para o ataque, sobretudo através das faixas. E na verdade, fizemos o nosso trabalho muito bem feito. É que apesar de ter mais bola, o Porto nada mais conseguia fazer com ela a não ser circulá-la lateralmente até que eventualmente chegasse aos pés do Brahimi, que tentava então alguma iniciativa individual. Tanto assim foi que apenas consigo lembrar-me de uma ocasião de perigo para o Porto durante toda a primeira parte, naquele que terá sido também o único remate que fez. E este surgiu através de um livre cavado pelo Brahimi à entrada da área, marcado pelo mesmo e que obrigou o Ederson a uma grande defesa, evitando que a bola entrasse junto à base do poste. Da nossa parte, o maior lamento veio de uma jogada em que o Rafa mostrou ter o dobro da velocidade do Maxi, mas para não variar quando chegou à área definiu mal a jogada e não conseguiu colocar a bola no meio, onde tinha o Jonas e o Mitroglou completamente à vontade. Ao intervalo, o jogo parecia estar calmamente controlado.

 

 

Infelizmente para nós a reentrada no jogo acabou por deitar tudo a perder. Houve algum descontrolo e o Porto conseguiu alcançar o empate logo nos minutos iniciais. Tudo começou num disparate do Pizzi, que tentou sair a jogar com a bola nos pés e acabou por perdê-la para um adversário. A partir daí a bola chegou até ao Brahimi, que no 1x1 desequilibrou e depois numa jogada confusa em que na minha opinião houve demasiada apatia para afastar decisivamente a bola da área, ao fim de algumas recargas o Maxi acabou por empatar. Talvez se pudesse temer algum descontrolo do Benfica depois do golo, mas nada disso se passou. O Porto, obtido o empate, pareceu encantado com a sua sorte e pouco ou nada mais procurou do jogo - estranhei, já que quem ouvisse os especialistas ao longo destas últimas semanas ficaria convencido que o Porto era imparável e a vitória na Luz eram favas contadas. Já o Benfica, apoiado pela Luz, reagiu e foi à procura do segundo golo. E o maior motivo de queixa para não o termos conseguido é a falta de eficácia. O Porto em todo o resto da segunda parte apenas numa ocasião conseguiu assustar, numa bola metida para as costas da nossa defesa que obrigou o Ederson a sair aos pés do Soares. Quanto a nós, passámos outra vez a ter muito mais bola, e construímos ocasiões soberanas para marcar que, quando se falham, pagam-se. Foram pelo menos quatro situações claras que nos deveriam ter dado o golo e os três pontos. Pelo Jonas, assistido pelo Salvio após uma das melhores jogadas do jogo, quase toda ao primeiro toque, à qual o Casillas correspondeu com uma grande defesa. Depois foi novamente o Casillas a negar o golo ao Mitroglou, e logo a seguir ao Jonas na recarga (pelo menos pareceu-me que foi ele, mas pode ter sido algum jogador do Porto a cortar quase em cima da linha). E novamente o Jonas, no seguimento de um canto, surgiu completamente solto ao segundo poste e cabeceou um pouco ao lado da baliza. Nos minutos finais então o Porto já nem disfarçava, e o Casillas queimava deliberadamente tempo sempre que podia enquanto fazia gestos provocatórios para a bancada - imagino que aqueles que tanto se abespinharam com perdas de tempo num jogo que teve doze minutos de descontos já tenham entretanto mudado de opinião. No final a festa do Porto foi elucidativa do quanto queriam o empate, e da fé que colocam na outra metade da santa aliança antibenfica para fazer o resto do trabalho. No final veremos se justificada - é que o ano passado o pessoal do Lumiar nem sequer conseguiu fazer o trabalho para seu próprio benefício, portanto esperar que o façam em benefício de outros este ano pode ser um bocado optimista.

 

 

Na minha opinião, e até confesso a minha surpresa por isto, o Samaris foi um dos melhores jogadores do Benfica neste jogo. Aproveitou bem o espaço adicional de que beneficiou pelo facto dos médios do porto andarem excessivamente preocupados com o Jonas e o Pizzi para jogar um pouco mais adiantado no terreno e assumir até mais protagonismo na organização de jogo do que o próprio Pizzi. Em termos defensivos esteve mais disciplinado do que é habitual em termos posicionais, e até ganhou vários lances em antecipação, muito ao estilo do que o Fejsa costuma fazer. O Jonas fez também um bom jogo, mas infelizmente foi demasiado perdulário. A vitória do Benfica neste jogo perdeu-se nos pés (e na cabeça) dele. Luisão (meteu o Soares completamente no bolso, não o deixando usar a única arma que tem, que é o físico) e Nélson Semedo também num bom nível. O Salvio voltou a fazer muita asneira, mas esteve na jogada do golo e ainda ofereceu o segundo ao Jonas. Mas de qualquer forma pareceu-me acertada a sua substituição. Continuo é com dificuldade em perceber porque motivo o Cervi não joga mais.

 

Esquecendo a frustração pelo empate e olhando as coisas pelo lado positivo, mantemo-nos no primeiro lugar e somos a única equipa dependente apenas de si própria. A situação em que nos encontramos não difere muito daquela que enfrentámos a época passada, e que conseguimos superar com distinção. A receita é simples, temos sete finais pela frente e temos que as ganhar todas. Não me parece que o calendário do Porto seja particularmente mais fácil do que o nosso, e a exibição neste jogo deixa-me confiante para o que resta do campeonato, saiba a nossa equipa manter a atitude demonstrada. Além disso poderemos ter os 'reforços' Fejsa e Grimaldo para esta fase final, o que significará um plantel na máxima força para proporcionar todas as opções ao nosso treinador. Nunca como agora precisámos tanto de nos unir e empurrar a nossa equipa. Temos ao nosso alcance um objectivo histórico, e para lá chegarmos temos que começar já por pintar Moreira de Cónegos de vermelho no próximo fim-de-semana.

tags:
publicado por D`Arcy às 01:35
link do post | comentar
12 comentários:
De Pipocas a 3 de Abril de 2017 às 04:26
Deve ter "bicho" o Cervi....

A propósito, que se passa com o Zivkovic? Já não joga no Benfica!

Viva o Benfica!
De Águia Real e Eterna a 3 de Abril de 2017 às 04:38
Antes de mais um grito de ALELUIA!!!! ALELUIAAAAAAAAAAAAAAAAA.
Porquê?! Claro que não pela "derrota"/EMPATE do nosso Glorioso Benfica neste jogo contra o oporco corrupto, mas sim pela constatação de que o nosso caríssimo D'Arcy está VIVO. Vivinho da Silva.
Agradeço à NATUREZA (sou agnóstico) por isso, pois pensei que algo de mal lhe tivesse acontecido, uma vez que foram precisos CINCO DIAS para que se publicasse aqui os últimos comentários.

Quanto ao jogo, viu-se muita vontade e POUCO MAIS.
O Benfica de Rui Vitória mostrou-nos o que eu aqui já tenho dito várias vezes:
FRÁGIL DEFENSIVAMENTE - exceptuando o GRANDE guarda-redes Ederson Moraes, que sozinho, vale mais do que o resto da DEFESA TODA, e PILECAS, PILEQUINHAS no ataque, onde a AGRESSIVIDADE FINAL, A POTÊNCIA DE REMATE, O SABER CABECEAR COM QUALIDADE, A MOVIMENTAÇÃO constante e desconcertante para fugir às marcações dos adversários, etc,etc,etc, estão muito próximo do nível ZERO. ZERO.ZERO.ZERO.

As jogadas de ataque - a sua finalização - são sempre as mesmas. cópias e cópias e mais cópias. tentam sempre entrar pelo meio por entre FLORESTAS DE PERNAS em tabelas e tabelinahs condenadas ao FRACASSO.
Desde Paços de Ferreira que não marcamos um golo em jogadas de BOLA CORRIDA!!!!!!

Falta COMPETÊNCIA A SÉRIO ao treinador e a muitos jogadores que nós nos iludimos e elevamos à categoria de CRAQUES.
Se essa competência MORASSE no Estádio da Luz neste momento teríamos SEIS PONTOS DE AVANÇO sobre o oporco corrupto, pois teríamos ganho o jogo da jornada anterior em Paços de Ferreira E ESTE AGORA CONTRA O escabroso clubeco dos vigaristas e corruptos do oproco.

Com essa COMPETÊNCIA, os seis pontos de avanço neste momento quase que nos garantiam o TETRA-CAMPEONATO.
aSSIM ESTAMOS SUJEITOS A VÊ-LO POR UM navio.
Acham que esta equipazinha de PILECAS como AVÔ LUISÃO a quase não se mexer na DEFESA E A COLOCAR ADVERSÁRIOS EM JOGO é capaz de ganhar em alvaLADRA?!?!

Valentes?! Valentes no BENFICA são os seus MILHARES DE SÓCIOS E MILHÕES DE ADEPTOS que mesmo sem COMANDANTES EM CONDIÇÕES apoiam sempre o Clube e se ESFORÇAM MIL VEZES MAIS do que a maioria dos nossos jogadores.

Com um SUPER-PLANTEL e contra um oporco "treinado" por um ex-mediano guarda-redes nuno espírito santo, apenas temos um MISERÁVEL PONTINHO DE AVANÇO, graças ao Vitória de Setúbal e ao nosso jogador João Carvalho que lá está emprestado, o que é pouco, MUITÍSSIMO POUCO, pois temos um calendário bem mais difícil do que o oporco.

Se isto não é INCOMPETÊNCIA E FALTA DE QUALIDADE, digam-me o que é então.
Estou a ver um FINAL DE ÉPOCA ALTAMENTE FRUSTRANTE E DECEPCIONANTE para todo o Mundo BENFIQUISTA.
O sonho do TETRA, que a seguir provavelmente nos traria o PENTA, vai-se DESFAZER pela INCOMPETÊNCIA de Presidente e treinador que são DEMASIADOS CRENTES E PENSAM QUE OS CAMPEONATTOS SE GANHAM com o rosário na mão e a rezar o terço.
O presidente mal viu as NOTAS a voar VENDEU O Gonçalo Guedes que era o ÚNICO AVANÇADO TODO-O-TERRENO que tínhamos e capaz de FURAR E REBENTAR FISICAMENTE com a defesa do oporco.

ficaram cá os PILECAS TODOS. Os homens das mil caixinhas que não rematam com força nem direcção à baliza, e perdem as bolas como meninos de colo perdem a CHUPETA.

Mais, senhores Benfiquistas e principalmente presidente, direcção e toda a estrutura do futebol incluindo os JOGADORES, SE PERDERMOS ESTE cAMPEONATO ABSOLUTAMENTE determinante IREMOS PENAR NOS PRÓXIMOS ANOS E A NOSSA cATEDRAL BAIXARÁ AS SUAS ASSISTÊNCIAS PARA OS 30.000 ESPECTADORES.
É QUE SE ASSIm FOR, O OPORCO vai levantar-se, o alvaLADRA diz que vai ganahr pelo menos dois campeonatos nos próximos quatro anos!!!! e n´so vamos REGREDIR E CHUPAR NO DEDO.

eSTE cAMPEONATO ERA NO SEU INÍCIO O MAI FÁCIL DE SE GANHAR NOS ÚLTIMOS DEZ ANOS E ME PARECE QUE O VAMSO OPERDER POR DEMASIADA CRENDICE DOS NOSSO RESPONSÁVEIS E DEMASIADÍSSIMA INCOMPETÊNCIA dos treinadores e jogadores.
quanto ao ÁRBITRO, para mim foi a melhor arbitragem que vi num BENFICA-oporco corrupto. PARA MIM FOI UM MILAGRE.

BENFICA BENFICA BENFICA SMEPREEEEEEEEEEEEEEEEEE, ATÉ MESMO DEPOIS DO TÚMULOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
De Cyber a 3 de Abril de 2017 às 08:33
Com um guarda redes experiente como o Casilhas na baliza, o Jonas e o Mitro pareciam​ umas meninas a chutar à baliza. Uma grande oportunidade perdida para descolarmos dos andrades.
De Luz Benfiquista a 3 de Abril de 2017 às 10:05
O Nosso Benfica surpreendeu imenso...Merecia ganhar ...Era uma goleada e tanto
C´um Caneco poderíamos estar agora mais à frente ... e teríamos humilhado a arrogância ...
O Espírito Santo esteve com o Nuno...que já deitou foguetes antes da festa...fizeram o rei patação... mas foi hilário ...o que ele engolia em seco! Têm mais sorte que juízo!

Ficarmos apenas pelo empate ... uma boa exibição ...mas faltaram os golos!~
Não podemos baixar os pés ...e ganhar o próximo!
Temos que ser campeões!

Benfica Sempre!
De Manuel Afonso a 3 de Abril de 2017 às 11:03
Foi pouco para o que fizemos, foi. Mas ainda assim o suficiente para manter a crença que é desta que conquistamos o tetra.
Agora o que importa é ganhar em Moreira de Cónegos. Eu acredito.
Acredito porque a minha direcção, a minha equipa técnica, os meus jogadores e toda a estrutura do meu clube me fazem acreditar. Vamos em frente.
De antonio fonseca a 3 de Abril de 2017 às 18:13
Boa tarde,

Concordo em absoluto com o comentário do D`Arcy.

Dizer que foi um resultado que peca por escasso, isto é a vitória devia ter sido nossa, tantas foram as perdidas.

A juntar a isto dizer que o golo dos corruptos teve tudo a favor deles. O erro (mais um de Pizzi) que originou a bola ter sido enviada para o brahimi. A meu ver Semedo deu muitas largas e também porque brahimi puxa a camisola de Semedo estando logo aí a jogada com falta não sancionada, no seguimento mais um erro defensivo de Lindelof com um mau alivio, possibilitando ao cantinflas pesetero a marcação do golo do empate.

Como diz o moderador apesar de não termos ganho, mantemos a vantagem pontual e só dependemos de nós. É um facto que o sporting clube do porto tudo vai fazer para nos tirar o título, mas estou esperançado que é possível a conquista do mesmo.Vão ser 7 finais que temos de vencer.

Vamos todos os verdadeiros benfiquistas, puxar para o nosso lado e não fomentar as divisões, porque para isso estão os calimeros lumiarenses e os andrades de contumil.

Saudações benfiquistas.
De marco rijo a 3 de Abril de 2017 às 20:11
Boas ;

Devo dizer que gostei da exibição do Benfica,não ganhámos o jogo , mas ganhámos uma equipa mais homogénea, nunca pensei que este jogo fosse decisivo mesmo que ganhássemos o jogo , nada estava decidido, aliás acho que cada jogo é uma final e vai ser renhida a luta.
Mostrámos que somos melhores e fomos superiores, vamos ter fé continuamos na frente e dependemos de nós ao contrário dos outros.
Atenção aos jogos teoricamente menos dificeis , pois acho que está aí a chave deste Campeonato.

Saudações Benfiquistas

Marco rijo
De Luís Manuel a 3 de Abril de 2017 às 21:50
Olá D'Arcy, obrigado pelo teu post. Disseste tudo. Perdemos uma excelente oportunidade para ficarmos com uma margem mais folgada. Este empate não foi um bom resultado, dado aquilo que jogámos. Os grandes teóricos da bola, que nas últimas semanas não se cansaram de vender a imagem de um Porto avassalador, na ânsia de o ver em primeiro, devem ter ficado muito contentinhos. Não podemos falhar tanta, tanta ocasião de golo. Estou muito satisfeito pela nossa exibição, fomos incisivos, batalhadores, competentes a defender e a atacar, demonstrámos que temos futebol, mas não podemos falhar tanto na hora h. Dou os meus parabéns a toda a equipa, aos nossos jogadores e treinador, mas este resultado sabe a muito pouco - e foi ver o quase delírio de jogadores e adeptos do Porto no fim do jogo. De facto, é como dizes: apostam todas as fichas no grande aliado do Lumiar, esperando que seja aquele lado do ódio que lhes dê o título, visto que por si próprios não o conseguiram fazer. Também concordo com as apreciações individuais que fazes na tua análise ao jogo. O golo deles foi muito facilitado pela nossa defesa, foi pena esse erro, mas fora isso Luisão esteve enorme, muito bem Ederson, Nélson, Eliseu e Lindelof. Samaris igualmente muito bem!

Portanto, temos realmente uma tarefa muito difícil pela frente. Não estou muito de acordo contigo quando dizes que o calendário do segundo classificado não é mais fácil do que o nosso. Jogos fora contra Moreirense, Rio Ave, Sporting e Boavista, e em casa contra o Guimarães,por exemplo, tornam-nos a vida muito difícil. Eles têm um jogo de dificuldade apenas teórica, contra o Braga, fora. Mas os jogos deles contra o Braga... enfim. No ano passado toda a gente dizia que o nosso adversário tinha jogos muito difíceis contra o Porto e Braga, e foi ver a dificuldade. Toda a gente abriu corredores para eles passarem, o que não me espanta nada. O fugitivo do Parador de Tui disse mesmo, algum tempo antes do jogo deles contra a lagartada, que os preferia ver campeões. E viu-se a intensidade do Porto nesse jogo.

Mas pronto, isso já nós sabemos. Lutamos sempre contra dois ou três. Eu estou com muita esperança. O Benfica fez-se e fortaleceu-se assim, a lutar contra esta gente que inaugurava os seus estádios no dia 28 de Maio, que tirava o chapéu ao regime e que, poucos dias antes do 25 de Abril, recebia em apoteose, no seu estádio e num jogo contra o Benfica, os mais altos dignitários do dito. No ano passado cometemos a indecência de contrariar os sábios vaticínios dos doutores da bola, que não se cansaram de levar ao colo um andor às riscas. Este ano a tarefa é muito mais difícil, não o nego. Houve três jogadores muito importantes que saíram, e a onda de lesões ainda não parou. Temos de estar muito unidos, fortes e concentrados. Não é impossível ganharmos este campeonato, ao contrário do que já ouvi dizer da parte de alguns dos nossos mais pessimistas. Não é este empate que nos põe fora do título. Continuamos a depender apenas de nós. Vai ser tremendamente difícil, mas eu tenho muita esperança na nossa equipa. Jogámos um excelente futebol, demonstrámos que temso equipa. Parabéns a todos os nossos jogadores, e agora é concentração total no jogo com o Estoril. Chegar à final da Taça é muito importante, e uma boa exibição com golos era o melhor tónico que poderíamos ter. Uma meia-final, seja contra que adversário for, é sempre difícil, e este Estoril tem melhorado bastante.

Por isso, força equipa, força Benfica ! Estamos convosco, e muito obrigado a todos os que estiveram na Luz no sábado a apoiar e criaram um ambiente fantástico.
De D`Arcy a 3 de Abril de 2017 às 21:57
O Porto tem jogos fora contra o Chaves e o Marítimo. Já vimos o que lhes aconteceu em Chaves esta época, para a taça, e o historial do Porto nos Barreiros fala por si. Não são favas contadas de certeza, e para mim a dificuldade dos calendários dos dois é equivalente.
De Águia Real e Eterna a 4 de Abril de 2017 às 03:46

O Clubeco das QUEIXINHAS elevadas à potência infinita, sim, o riporting de alvaLADRA, é um POTENTADO na área da COMÉDIA AMADORA. ah, ah, ah,..
Já vi a primeira página do pasquim do serpa gordo e repelente A BOSTA, a fazer a propaganda do tal clubeco dos leitões falidos de alvaLADRA, e aquilo é mesmo de rir às GARGALHADAS.

Pergunto: Até quando é que nós BENFIQUISTAS temos de ATURAR ESSE LIXO, ESSE FILHO DA PUTA, ESSE GRANDE ATRASADO MENTAL, QUE O MAIS LEVE QUE EU DESEJO A ESSA BESTA QUE FAZ DE PRESIDENTE LÁ DA CASA DE BANHO DE ALVALADRA É A MORTE.

À grande puta que o pariu. Que morra e que fique debaixo das pedras que é lá o habitat natural dos lagartos.

O FILHO DA PUTA É TÃO ATRASADO COGNITIVO QUE NEM É CAPAZ DE ENXERGAR A SUA ESTUPIDEZ E PATETICE.
Oh TRINCA BOLOTAS, ficaria satisfeito se passassem 1000 comboios por cima do teu UNTO DE PORCO, DE MODO A NEM CÁ FICAR UM NEUTRINO do teu esqueleto.
Foda-se que nunca pensei ODIAR mais o riporting do que o oporco, mas estou a ver que estava REDONDAMENTE ENGANADO.

BENFICA, sozinho muito MAIOR E MELHOR do que o riporting clubeco do oporco, que sendo dois em um, são uma VALENTE MERDA.

BENFICA BENFICA BENFICA.

P.S. QUE NENHUM BENFIQUISTA COM DOIS DEDOS DE TESTA COMPRE ESSE PASQUIM A BOSTA.

OS lagartixos que alimentem o seu directorzeco vitor GORDO REPELENTE serpa e os jornaleiros que por lá vegetam.
À GRANDE PUTA PÔDRE QUE OS DEFECOU A TODOS.


Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Longe

Arraial

Panaceia

‘Feeling’

Pequeno

Miséria

Normalidade

Selado

Horrível

Sem comentários

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds