VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quinta-feira, 18 de Agosto de 2022

Pragmático

Um Benfica pragmático acabou por conseguir impor a sua superioridade e vencer o Dínamo de Kiev por dois golos sem resposta, deixando mais desimpedido o caminho de acesso à fase de grupos da Champions. Agora é preciso completar a tarefa já para a semana, na Luz.

2.jpg

Depois do jogo com o Casa Pia aproveitou-se para soltar algumas críticas ao Gilberto e prever vantagem do Bah na luta pela titularidade, mas o nosso treinador tem uma ideia fixa estabelecida para esta fase da época e voltou a apresentar aquele que parece ser o seu onze base, no qual se destacava o regresso do David Neres. Achei desde início que foi um Benfica algo diferente, a não apostar numa pressão tão intensa e em zonas tão avançadas do terreno. Mas cedo foi evidente a nossa superioridade, com o Dínamo a parecer querer apostar numa postura expectante, com linhas bastante recuadas para depois explorar o contra-ataque. Mas não tivemos muito tempo para ver como resultaria essa estratégia, porque logo aos nove minutos o Benfica colocou-se em vantagem. A jogada foi bastante trabalhada pelo Benfica e envolveu uma longa posse de bola e vários passes, com a bola a viajar da direita até à esquerda do ataque, depois ao cruzamento rasteiro do Grimaldo para o interior da área correspondeu o Rafa com uma boa simulação, que deixou a bola passar para o Gonçalo Ramos bem no centro. Este passou para trás para o João Mário, que à entrada da área lateralizou para a direita, onde um remate forte de primeira do Gilberto fez a bola entrar junto ao canto superior da baliza. O golo madrugador pareceu obrigar os ucranianos a abandonar a ideia de um jogo defensivo e vimo-los a ser mais atrevidos nas saídas para o ataque, ainda que o Benfica parecesse sempre ter o jogo relativamente controlado. O João Mário ficou a centímetros de marcar o que seria um bom golo de equipa, com um remate em arco à entrada da área, e o Dínamo respondeu também com um remate de fora da área que passou muito perto do poste da nossa baliza. Aos trinta e sete minutos, o David Neres adivinhou um mau passe atrasado de um defesa na saída de bola do Dínamo pela nossa esquerda e interceptou-o, com a bola depois a sobrar já dentro da área para um remate colocado do Gonçalo Ramos, que apareceu sozinho em frente ao guarda-redes, fazer a bola entrar junto ao poste mais distante (com o Rafa também em posição para finalizar). Na segunda parte o Benfica abrandou claramente o ritmo - não posso dizer que seja algo que me agrade muito, mas compreendo perfeitamente a gestão de esforço. O jogo foi quase aborrecido, ficando-se com a ideia de que a qualquer altura o Benfica poderia decidir forçar e chegar a um terceiro golo, mas com o Dínamo a fazer uma demonstração de brio e a dar tudo o que tinha para chegar ao golo - que a ter acontecido, se calhar até poderia ter mudado muito o jogo. Se o nosso treinador tem um onze base, também parece gostar de se manter fiel às substituições que faz, pois voltámos a ver as habituais entradas do Yaremchuk e do Henrique Araújo por volta da hora de jogo (a diferença foi que desta vez saiu o Neres e não o Rafa), seguida da troca do Gilberto pelo Bah, e já na fase final a troca de outro extremo (entrou o Chiquinho para o lugar do Rafa).

1.jpg

Gilberto, Rafa, Gonçalo Ramos, Neres e João Mário jogaram a um nível agradável, num jogo em que não houve propriamente um jogador a destacar-se muito de todos os outros e no qual o jogo de equipa foi o factor mais em foco.

 

Adiámos o jogo da liga para nos focarmos a 100% neste playoff, e estamos mais perto de ver a estratégia recompensada. Estes dois jogos são de capital importância para a estabilidade financeira do clube, e um eventual falhanço certamente que seria imediatamente aproveitado para colocar tudo em causa e lançar as bases para mais uma época caótica. Uma vez atingido o objectivo Champions, poderemos voltar a focar-nos na competição interna e nas suas características únicas, que ao fim de apenas duas jornadas já deu para perceber que não só se mantêm como estão cada vez mais apuradas. Em apenas dois jogos, o Benfica fez um total de 16 faltas e viu sete amarelos e um vermelho, por acumulação. A título de comparação, nos três jogos europeus o Benfica fez 31 faltas e viu quatro amarelos. Cá por dentro, as 32 faltas do Sporting (o dobro das nossas, portanto) valeram-lhe três amarelos, e as 25 faltas do Porto resultaram em cinco amarelos. Tal como afirmou o Otamendi, 'tudo igual'. Com o pormenor da coisa estar a estender-se (e já vem da época passada) às outras equipas do Benfica, sendo o caso mais gritante o que andam a fazer à nossa equipa B.

tags:
publicado por D'Arcy às 23:31
link do post | comentar
3 comentários:
De Luis Agostinho a 21 de Agosto de 2022
A equipa do Benfica esteve toda bastante mediana, mas certinha. Até os dois alvos das minhas críticas estiveram dentro dessa mediania, o Gilberto, que marcou um bom golo, e o João Mário. Foi um bom resultado, que poderia ter sido melhor se o Benfica tem marcado o terceiro, e bem pior, se temos sofrido, como estivemos algumas vezes quase a sofrer golo.

A destacar alguém, eu destacaria o Odisseas porque fez uma mão cheia de boas/excelentes defesas, que valeram golos.

Os viscondes do Campo Grande aparentemente adoptaram uma política à Vieria, e o resultado está à vista, levaram três secas dos fruteirios, e podiam ter sido mais. O silêncio relativamente ao que todos viram, é ensurdecedor: a língua w-52 do fdp otário.

Ao ver o jogo dos dragartos, parece-me que se tudo decorrer dentro da normalidade, temos condições para disputar o título, mas temos de reforçar a equipa e ter uma política mais assertiva para com o sistema, que nem a equipa B poupa.

Rui Costa, que contas neste momento com todo o meu apoio, e votos, por favor, deixa-te de novelas rascas com o trolha e vai buscar um extremos ao nível do Neres para a esquerda. Há pouco vi que o jogador do Feyenord foi contratado, a ser verdade, é bom. Espero que tenham despachado o Meité, contratação que nunca compreendi.

Saudações Benfiquistas e hoje é dia de puxar à distância pelos nossos jovens.

De Anónimo a 24 de Agosto de 2022
Caro D’Arcy
Concordo com a exposição do que foi este jogo.
Mais comentários neste sítio será quando o Benfica perder…
Continue a dar-me a sua opinião sobre os jogos.
Sócio há 28 anos, hoje mais Benfiquista que ontem!
De Anónimo a 25 de Agosto de 2022
Acima escrevi:
“Mais comentários neste sítio quando o Benfica perder”.
Como é óbvio e quero deixar claro, que me referia a haver mais comentários quando o Benfica perder, pois excepto o meu só há mais um comentário.
É certo que da minha parte quando entender e o D’Arcy, como dono da página, tecerei comentários e darei os parabéns ao cronista sempre que entender e me for possível.
Sócio há 28 anos, hoje mais Benfiquista que ontem.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Reacção

Zero

Passeio

Memorável

Sozinhos

Indiscutível

Superioridade

Pragmático

Complicado

Confirmação

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds