VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

Remake

Muitas alterações esta noite, mas infelizmente quase o mesmo resultado dos últimos jogos. Apesar de se notar vontade em alguns jogadores, a qualidade da exibição voltou a deixar a desejar e a vitória voltou a fugir-nos, no remake de um filme a que temos assistido ultimamente.

 

 

Para além das muitas trocas no onze inicial, uma alteração táctica: talvez pela primeira vez desde que o Rui Vitória é o nosso treinador, a equipa alinhou numa disposição táctica mais próxima do 4-3-3, com um trio do meio campo formado por Samaris, Filipe Augusto e Krovinovic, e um ataque com Rafa, Jiménez e Gabriel Barbosa, este último a jogar sobre a direita. Na defesa regressaram o Jardel e o eliseu por troca com o Luisão e o Grimaldo, e a baliza ficou entregue ao Júlio César. O filme do jogo não foi muito diferente daquilo que tem acontecido nos últimos tempos. O Benfica nem entrou mal, e chegou relativamente cedo à vantagem, na sequência de um livre lateral, sobre a direita do nosso ataque. A bola foi ter com a cabeça do Jardel no poste mais distante, que a enviou para o centro e o alívio da defesa do Braga fê-la cair à entrada da área, onde o Jiménez rematou de primeira para o golo. Só que depois do golo, mais uma vez, ficou-se com a sensação de que a equipa se foi encostando ao resultado e revelou no geral alguma passividade. O Braga foi subindo no terreno e entretanto devem ter reparado que uma boa táctica era simplesmente deixarem-se cair de cada vez que disputavam uma bola com um jogador do Benfica, porque a certa altura fomos submetidos a uma autêntica barragem de livres perigosos nas imediações da nossa área. Mas a verdade é que em jogo jogado o Braga passou a ter mais bola, e embora o Benfica ainda conseguisse esporadicamente criar perigo junto da baliza adversária, parecia ser mais provável o golo do empate - a melhor ocasião para isso acontecer, no entanto, surgiu num lance que me pareceu claramente irregular, por fora-de-jogo de dois jogadores do Braga após (mais) um livre, mas incrivelmente o lance não foi interrompido.

 

 

Na segunda parte pouco mudou. O jogo pareceu-me ficar progressivamente mais partido e comecei a temer a repetição dos últimos jogos, até porque não estávamos a criar grandes ocasiões para marcar o golo da tranquilidade - apenas me recordo de uma boa ocasião, que foi interrompida devido a um fora-de-jogo (mal) assinalado ao Gabriel Barbosa. E o golo do empate inevitavelmente apareceu. Com tantos livres e cantos ao longo do jogo até seria de estranhar que não acabássemos por cometer um erro, e foi isso mesmo que aconteceu. No seguimento de um canto, de alguma forma conseguimos deixar que um dos centrais adversários aparecesse completamente à vontade para cabecear quase à entrada da pequena área - uma incompreensível falha de marcação que nos saiu bem cara. Depois do empate, foi o habitual correr atrás do resultado. Foi necessário lançar o Jonas e o Pizzi, e nos minutos até final o Benfica conseguiu atacar mais e ser mais perigoso do que em todo o tempo decorrido entre o nosso golo e o golo do empate. Infelizmente a inspiração na altura de finalizar não foi muita - o Zivkovic, por exemplo, tem um par de situações em que tem espaço e tempo na esquerda e os passes saem-lhe horrivelmente maus, e mesmo sobre o final, quando isso não aconteceu, foi uma enorme defesa do guarda-redes do Braga a negar um grande golo ao Jonas.

 

Com este empate desperdiçámos a oportunidade para nos colocarmos já em vantagem sobre aquele que deverá ser o nosso principal adversário no apuramento para a fase seguinte desta competição. É o terceiro mau resultado seguido, e o quarto jogo que não ganhamos nos últimos cinco (e o que ganhámos foi com extrema dificuldade). O mau momento é uma realidade e urge dar a volta a esta situação o quanto antes, sob pena de ficarmos desde já irremediavelmente afastados dos principais objectivos para esta época. E para isso é necessário jogarmos muito mais e uma atitude competitiva diferente. Custa compreender que, nos últimos três jogos, tendo estado sempre em vantagem, tenha parecido que nos deixámos sempre adormecer à sombra dessa mesma vantagem e tenhamos acabado por permitir a recuperação aos nossos adversários.

tags:
publicado por D`Arcy às 02:14
link do post | comentar
11 comentários:
De Dias Pereira a 21 de Setembro de 2017 às 04:20
Boa noite, D'Arcy.

A tua análise está correcta, embora tenda para a inocuidade, porque não põe as coisas preto no branco.
Na verdade, o paupérrimo futebol que a equipa está a jogar é apenas uma parte da equação. Parece-me que, para além dela existe a clara falta de postura mental e a completa ausência de trabalho orientado para a supressão dos nossos (muitos) défices em campo.
As nossas bolas paradas dão, de forma quase invariável, resultados absolutamente ridículos. Hoje, por exemplo, já com o resultado em 1-1, uma reposição de linha lateral, no enfiamento da linha de grande área adversária, deu como resultado que, em quatro toques, a bola estava entregue aos pés de Júlio César, para este chutar lá para a frente! Ridículo! Monstruoso! Deprimente!!!
Por oposição, qualquer lance de bola parada, mesmo que não seja muito perto da nossa baliza, é sempre um aqui d'El Rei...
O que mais assusta é que isto está em linha com o passado recente. A única diferença é que, no ano passado, havia sempre qualquer coisa que ia caindo do céu, ou havia a incompetência dos nossos adversários mais diretos, e a coisa lá se ia encaminhando. Embora, algumas vezes, nos tenhamos "excedido" e pago por isso, com um qualquer Moreirense...
Este ano o destino tem sido muito menos amigo. E a equipa - técnicos, jogadores e direcção - está incapaz de inverter a situação. Por este andar não sei quando vamos voltar a ganhar. Paços (c), Basileia (f), Marítimo (f), Man. United (c), ... Bem, talvez lá para a última semana de Outubro, onde teremos o Aves (f), Portimonense (c) e Feirense (c). E se não foi aí, então não sei quando é que será, porque logo a seguir teremos Man. United (f), Guimarães (f) e CSKA (f)!
A situação é muito complicada. Mesmo desesperante, em meu entender.
E não creio que a solução esteja "dentro de portas". RV é bom tipo, mas é apenas isso. Eu também me tenho por um tipo porreiro, mas não sirvo para treinador do Benfica. Nem para jogador, à laia de um qualquer Filipe Augusto.
Saudações benfiquistas.

(Dias Pereira)
De Manuel Afonso a 21 de Setembro de 2017 às 10:20
Não acho que tenha sido um remake.

Uma nota apenas para o apitador que achou boa ideia juntar-se à festa dos dragartos e taliban. Do pior que já vi. Mas passando por cima da besta.

Vi vontade, e vi uma equipa que tentou desde o primeiro ao último minuto.
O que se viu também, e aqui sim em repetição, foi uma equipa que não acredita.
E este é um problema que são os jogadores e quem os apoia que vão ter que resolver.
Porque a esmagadora maioria dos Benfiquistas está com eles, quer acreditar neles, e mais, acredita mesmo neles.
Ãgora se eles não acreditam neles mesmos, não haverá nada a fazer.

Viu-se o porquê de precisarmos do Jardel em condições como de pão para a boca. Daí se compreender a sua utilização mesmo que em evidente deficit físico. Para ganhar rítmo.
Exactamente a mesma coisa relativamente ao Samaris, que parece ter 50 quilos atados a cada pé.
O Ruben Dias a jogar do lado direito faz-se jogador num instante. E a vida é o que é...
O Krovinovik tem um toque de bola que não engana. Se calhar o Rui Vitória tem mesmo que pensar em mudar o sistema táctico. E a vida é o que é...

Mas tenha ou não tenha, seja ou não seja, certo mesmo é que vamos continuar a apoiar a equipa. Como não poderia deixar de ser, aliás. Seria preciso ser-se muito taliban para não apoiar uma equipa que é tetra-campeã nacional.

E já agora, há sócios do Benfica que estão baralhados de todo.
Temos um clube que é tetra-campeão.
Que ganhou 12 dos 16 últimos tílulos internos disputados.
Que apesar do sucesso desportivo, consegue apresentar resultados financeiros positivos pelo quarto ou quinto ano consecutivo.
Que consegue recuperar capitais próprios a um ritmo desconcertante, com a diminuição sensível do passivo e um aumento também significativo dos activos.
Que consegue diminuir a dívida bancária e a dependencia do endividamento externo a um rítmo jamis visto numa sociedade desta grandeza.

E ainda há quem, olhando para este senário, se ache na obrigação de justificar a meia dúzia de cretinos taliban porque é que suporta esta direcção e esta equipa?!?
Esses palhaços é que têm que justificar porque é que não o fazem. Pior, porque é que nunca o fizeram!!!
De E Pluribus Unum a 21 de Setembro de 2017 às 11:45
Conclusão a tirar deste Post: a nossa equipa no momento presente não joga a ponta de um corno. Nõ joga nada.
Jogadores lentos, pesadões, todos os adversários correm mais e chegam primeiro à bola, rematam mais forte, saltam mais e cabeceiam melhor, têm mais ganas de ganhar, etc,etc,etc,.
O comentário de Dias Pereira diz tudo. Concordo a cem por cento com o que por ele é descrito.
Rui Vitória é um fraquíssimo treinador, que vive no mundo da fantasia. Que peque nos vídeos dos nossos jogos mais recentes e os compare com qualquer equipa pelo menos do meio da tabela para cima, e veja a diferença de intensidade de jogo e força física entre a nossa equipa e as outras.

Além disso tem um discurso paupérrimo, sempre preocupado com o politicamente correcto e a dar palmadinhas nas costas a todos os que o rodeiam, em vez de dizer as verdades e exigir que corram mais, lutem mais, se esforcem mais... que seja dignos de envergarem o Manto Sagrado.

Sr. Rui Vitória, porque é que por exemplo o sporting corre o dobro da nossa equipa e tem três vezes mais intensidade de jogo???
Será que os nosso jogadores passam fome?!
Ou será porque os nossos treinos por si ministrados são uma autêntica brincadeira, em que o que mais deve cansar é jogar a playstation???

Uma vergonha em ano de VAR e onde teríamos de afirmar a nossa superioridade, termos uma equipa campeã das fragilidades e palermices que vai ser humilhada durante o Campeonato porque temos um presidente de merda que é um aborto / amorfo e que não passa de um híbrido semi-Benfiquista, que está no clube apenas para ter notoriedade pública e melhor fazer os seus negócios.
Para mim, que amo o Benfica e veja toda esta letargia e adormecimento, os fins de semana são autênticos dias de terror.

arranjem um treinador como deve ser, como por exemplo o Simeone do At. Madrid, e verão como esses actores de palmadinhas nas costas disfarçados de jogadores do Benfica começam a correr e a saltar e a ganhar bolas de cabeça à frente e atrás.

Até lá, a apatia, o laxismo e o turismo, vão continuar a ser o pão nosso de cada dia para esses privilegiados da vida.

Uma pergunta: o que se passa com Franco Cervi, que corria e lutava e dava tudo pela nossa camisola e agora está como está, sem força, sem alegria, sem nada, até parecendo que está arrependido de vir para o Benfica?!?!

Dias Pereira, muito obrigado por apenas se preocupar em dizer a verdade e abrir os olhos a muitos "ceguinhos" ou ceguetas, que tal como o treinador RV vivem no mundo da fantasia, varrem o lixo para debaixo do tapete e se agarram aos títulos já ganhos para minorar as suas frustrações.
Para isso, para os títulos do passado temos o Museu Cosme Damião.
O que queremos é títulos no presente, já esta época e no futuro.
Para isso não basta um discurso lindinho, conciliador a palminnhas nas costas a tudo e a todos os que devendo dar sangue suor e lágrimas pelo Benfica, apenas se limitam a passear o nosso manto sagrado e a receber chorudas quantias financeiras ao fim de cada mês.
Tudo isto com o presidente amorfo e inútil híbrido-Benfiquista l.f.vieira a ver e a ver e a deixar andar.
Enfim, Benfiquista sofreeeeeeeeeeeeeeeeeeee porque só existem inúteis e palermas a comandarem os destinos do Clube.

Acima de tudo e de todos só um, o SL BENFICA.
De Anonymous a 21 de Setembro de 2017 às 14:43
Assino por baixo o comentário do Manuel Afonso.
Ontem o árbitro tirou-nos um golo limpo e deixou os braguilhas passarem todo o jogo a agredir os nossos. Não é desculpa, é um facto. Factos não são desculpas, são factos e têm de ser ditos!!

O lagarto Esgaio tentou inutilizar o Gabriel, que levou pancada de vários lados, o Samaris foi provocado durante todo o jogo.
O lagartão treinador do Braga deve ter dado instruções nesse sentido, as coincidências são demasiadas, Inadmissível como um treinador é cúmplice numa coisa destas.

Outro lagarto, Bruno Esteves de Setúbal, também ajudou À festa. Não há coincidências.

Não acho que jogámos mal, mas dado todas as circunstâncias negativas até nos safámos bem, já que eles vinham para ganhar e arrumar connosco.

Para quem se lembra dos antigos jogos com o Braga, arbitrados por dragartos corruptos, foi uma visão já conhecida e repetida.
De Anónimo a 21 de Setembro de 2017 às 15:24
"Despacito, pasito a pasito, suave suavecito...". Asi juega nuestro equipito!
De jorge a 21 de Setembro de 2017 às 15:53
Acho que o momento para já, menos bom, deve-se á deficiente preparação fisica.
A maioria dos jogadores tem qualidade, mas sem preparação adequada tornam-se muito frágeis. Cada vez que o Braga acelerava, a equipa tremia. O Rafa, definitivamente é um flop. Pode ter qualidade e tem, mas a cabeça está formatada para jogar em clubes menores. Não ataca, não faz um passe como deve ser, não ajuda a defender, em suma, uma nulidade.
Viu-se constantemente os jogadores do Braga a ganharem os duelos e bolas divididas.
Mais indice fisico, é urgente.
o lema do SLB é ganhar tudo, mas troco a Taça da Liga, por ganhar jogadores, Krovinovic? será?e sobretudo ganhar uma equipa.
Em janeiro, fazia-se os devidos ajustes no mercado
De Cyber a 21 de Setembro de 2017 às 16:35
Mais do mesmo!!
Desculpem-me esta comparação mas, Rafa está para o Benfica como o Renato Sanches está para o Bayern: um verdadeiro MEGAFLOP.
Quanto ao Filipe Augusto, apenas tenho que dizer que aquela forma de reagir com aquele ar sarcástico aquando da sua substituição demonstra falta de classe. É não compreender que o adepto do SLB é um adepto exigente.
De zezinha a 21 de Setembro de 2017 às 18:20
Entretanto o tango continua com toda a força para dar o campeonato ao clube corrupto do porto com mais uma nomeação absolutamente amiga para o jogo contra o Portimonense. quem melhor do que o meio-árbitro luís ferreira de Braga, o mesmo que na época passada no jogo porto-Tondela foi apenas e só o melhor jogador do porto em campo e que em vez de expulsar o jogador tiquinho soares expulsou o jogador do Tondela que foi o que sofreu a falta.
É assim, eles são completa e absolutamente beneficiados. É mesmo ás descaradas. E depois ainda fazem passar a mensagem de qye são prejudicados e o Benfica o beneficiado e que controla tudo, bla,bla,bla,....
E o Benfica a ver navios e calado caladinho que é o ADN dos amorfos e incapazes.

Entretanto para o nosso jogo com o Paços de Ferreira no próximo sábado mandaram.nos mais uma "XISTRALHADA".

À grande puta que os pariu. Uma bomba de neutrões ainda era pouco para todos esses filhos da puta.

Viva o Benfica, que a sua Glória será eterna e nunca nenhum clubeco corrupto e vigarista a há-de tirar.
De Redpower a 21 de Setembro de 2017 às 18:24
Não me parece que nos deixemos adormecer, simplesmente não temos a capacidade de saber gerir o jogo e manter o perigo longe da nossa baliza. Parece que estamos em constante sobressalto, facto a que os assobios não ajudam em nada (morte aos assobiadores, que vão assobiar à puta que os pariu, perdoem-me mas tira-me do sério que se assobie os nosso). Não sabemos pressionar com eficácia e parece que tudo é feito com sofreguidão.

O facto do nosso treinador ter mudado a tática só mostra que não está contente e que tem noção que algo tem que mudar na equipa.

Temos que ser exigentes com a equipa, mas não creio que assobiar traga algo de bom. Resta-nos apoiar e tenho a certeza que melhores dias virão. O facto de termos vários jogadores em baixa de forma ao mesmo tempo não tem ajudado de certeza.

Não me lembro de um ataque tão vil, nojento, como aquele de que o Benfica está a ser vítima agora. São os jornais, são os comentadeiros, são os corruptos do norte e os parolos de Alvalade. Sinto-me enojado com tudo e, como benfiquista, só posso estar do lado dos nossos, até porque acho que os jogadores, como humanos que são, não ficam imunes a tudo o que se passa. O colinho tem que ser dado quando se ganha, mas sobretudo quando se perde. Aí aparecem os verdadeiros.

VAMOS BENFICA!
De Luz Benfiquista a 22 de Setembro de 2017 às 09:54
Se for assim até ao fim... iremos ter muitos tristes remakes...quem espera tem que aguardar ...mas pode sempre cansar...
O importante não é ganhar...mas fazer o outro perder...

A esperança e a sogra são sempre as últimas a morrer!

Benfica Sempre!

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Longe

Arraial

Panaceia

‘Feeling’

Pequeno

Miséria

Normalidade

Selado

Horrível

Sem comentários

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds