VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quinta-feira, 10 de Agosto de 2017

Repetição

Depois de termos ultrapassado o Vitória na Supertaça, repetimos a dose frente aos seus vizinhos e rivais minhotos. E 'repetição' é mesmo uma boa forma de descrever o jogo desta noite, que teve um resultado e uma evolução do marcador igual, mas onde apesar de não termos conseguido fases prolongadas de domínio territorial tão flagrante como no jogo anterior, saí do estádio com a sensação de que a vitória foi mais fácil de conquistar.

 

 

O onze foi quase o mesmo da Supertaça, apenas com a troca forçada do Grimaldo pelo Eliseu. Esperava que o Benfica aplicasse a mesma fórmula de pressão em todo campo que tão bem tinha resultado na Supertaça, mas por estratégia ou incapacidade isso não aconteceu. O jogo, conforme disse, teve um domínio repartido, com as duas equipas a jogar de forma relativamente aberta e a tentarem chegar ao golo, mas depressa o Benfica começou a parecer mais perigoso e capaz de marcar primeiro. O que aconteceu aos quinze minutos, numa boa combinação entre os dois avançados que acabou com o Seferovic a concretizar ao segundo poste um cruzamento largo do Jonas. Depois de aberto o marcador, o domínio do Benfica intensificou-se, e depois de uma série de ocasiões em catadupa (Seferovic, Jonas, Salvio) o segundo golo apareceu com toda a naturalidade. Livre despejado de muito longe pelo Pizzi para a área e alívio de cabeça disparatado do Raúl Silva, que fez a bola subir e cair perto do limite da mesma. Onde estava o Jonas à espera dela para rematar de primeira sem a deixar cair, levando-a a entrar bem junto do poste. Este lance deu-me um pequeno prazer adicional, que foi o facto do disparate ter sido cometido por um de dois jogadores na equipa do Braga por quem nutro uma particular antipatia (o outro é o Jefferson). Depois foi a repetição do jogo com o Vitória, com o Benfica a continuar a dominar o jogo perante um Braga quase inofensivo e que quase só conseguia aproximar-se da nossa baliza quando aproveitava algum livre para despejar a bola para essa zona. E quando tudo indicava que o terceiro golo era o cenário mais provável, com o Salvio a assumir o mesmo destaque na vertente do desperdício, o Braga é que acabou por reduzir contra a corrente do jogo quase em cima do intervalo. Um lance em que me pareceu haver demasiada passividade por parte do Eliseu e, sobretudo, do Jardel, que permitiu que o Hassan lhe fugisse nas costas para depois finalizar bem já com um ângulo muito apertado. Nos instantes antes do intervalo, o Benfica ainda conseguiu criar mais uma boa ocasião, mas mais uma vez o Salvio não conseguiu finalizá-la da melhor forma.

 

 

Para evitar os sobressaltos do jogo anterior, o melhor seria mesmo marcar o terceiro golo nos primeiros minutos da segunda parte, e foi isso que o Benfica tentou fazer. O Braga não conseguia criar muitas situações de perigo, mas quando lá foi conseguiu assustar, porque fez mesmo a bola entrar na nossa baliza mas o lance foi anulado por fora-de-jogo. Praticamente na resposta a esse lance, o Benfica chegou ao golo. Passe do Jonas para a desmarcação no Cervi pela esquerda, o cruzamento deste foi desviado por um defesa do Braga para a própria baliza, mas em cima da linha ainda apareceu o Salvio para confirmar. Estavam decorridos doze minutos, e por isso cumprimos o exigível para evitar sobressaltos. A partir daqui o vencedor do jogo ficou na prática decidido, mas não o resultado, porque o Benfica continuou a carregar e a mostrar que o quarto golo era uma probabilidade muito grande. Não aconteceu, umas vezes por mérito do guarda-redes do Braga, outras por falta de pontaria nossa, mas fica na retina a forma como a nossa equipa não descansou sobre o resultado e continuou sempre a tentar oferecer ao público que quase lotou a Luz mais explosões de alegria. O Braga por sua vez foi quase inexistente no ataque, mas quando foi à frente voltou a introduzir a bola na nossa baliza, com o lance a ser mais uma vez invalidado por fora-de-jogo. Nos minutos finais a substituição do costume para consolidar o meio-campo, com a troca do Salvio pelo Filipe Augusto, e uma pequena prenda mesmo a acabar para o Diogo Gonçalves, permitindo-lhe a estreia oficial na equipa principal do Benfica.

 

 

O Seferovic é um dos destaques deste jogo. Remate muito fácil e pronto com os dois pés, boa capacidade de desmarcação e muito lutador. Marcou na estreia oficial, voltou a marcar na estreia na Luz, e se continuar neste registo irá de certeza marcar muitos mais esta época. Jonas, sempre e obviamente. Um golo, uma assistência, e o passe decisivo para o Cervi no lance do terceiro golo. Antes de marcarmos o primeiro golo dizia para mim mesmo que o Jonas estava muito escondido do jogo. Assim que apareceu, ofereceu o golo ao Seferovic. Também inevitável destacar o Pizzi. É o cérebro da equipa e quase todo o jogo ofensivo passa pelos seus pés numa ou noutra fase. O Fejsa foi a regularidade do costume. Gostaria também de destacar o André Almeida. Não tem obviamente a técnica ou a velocidade do Nélson Semedo, mas é um pêndulo. Está completamente identificado com o futebol da equipa, sabe perfeitamente como e quando se integrar nos movimentos ofensivos ou defensivos e hoje exibiu uma confiança que até achei anormal nele, com vários toques e pormenores de classe. O Salvio fez um jogo muito à imagem de vários a que assistimos a época passada, alternando o bom com o disparate, conseguindo um golo que atenua as más decisões que tomou durante o jogo, sobretudo na primeira parte.

 

Dois jogos contra duas das melhores equipas da nossa liga, duas vitórias convincentes. Acho que as notícias da crise do tetracampeão começam a parecer manifestamente exageradas.

tags:
publicado por D`Arcy às 02:37
link do post | comentar
4 comentários:
De Manuel Afonso a 10 de Agosto de 2017 às 13:48
[modo taliban on]
Começam a parecer manifestamente exagerados, porque tu também deves ser adepto do sport lisboa e vieira.
Porque qualquer benfiquista a sério sabe bem que precisamos de contratar 13 Guarda-Redes, 26 laterais direitos e 37 defesas centrais.
Já para não falar de um 8 em condições, que com o Pizzi não vamos lá.
E nem vou falar desse tal de Seferovic. Já se sabia que era um barrete. Mais uma negociata do Viera e companhia.

[modo taliban off]
O Jardel, o melhor defesa central da época do tri e dos quartos da champions, mais um par de jogos e estará de volta. Não precisamos de defesas centrais para nada, até porque não iríamos arranjar melhor do que o que temos ( e também não há muitos).
Gostaria que se contratasse uma alternativa credível (meio Eliseu chegava, porque o Eliseu é bem mais que uma alternativa a Grimaldo) ao André Almeida, o defesa direito titular do tri e dos quartos da champions.
Gostaria que se contratasse um Guarda-Redes com inegável qualidade e experiência internacional. Não vai ser fácil.

Também gostaria de ser muito rico, e estou mais perto de ser muito pobre.
Ou seja, gostos à parte, o que temos é muito bom e eu tenho total confiança neste plantel.

E até ver é com este plantel que juntos vamos rumar ao tetra. E sim, ontem viu-se no estádio da Luz que estamos juntos, mais uma vez, sem queixumes nem agendas, apoiando incondicionalmente os nossos, num barco onde não cabem nem se querem taliban.



De Bruno a 10 de Agosto de 2017 às 13:51
Varela muito nervoso , é normal , mas falta lhe velocidade a sair e muita indecisão em bolas pelo ar , aquele golo com Ederson nao sofriamos , mas é ingrato comparações e Varela precisa de minutos e crescer! Mas precisamos de outro GR de outro nivel e explico porquê:

Julio César nunca mais vai ser rapido , e estas paragens de agora joga e agora nao joga . nao lhe da competividade nenhuma nem forma , muito menos a um GR com 36 anos, Arriscamos a jogar jogos decisivos com Paulo Lopes na baliza ? se temos so um GR Varela e se ele se lesiona ou ficar castigado, precisamos de um Hradecky.
Depois porque Jardel ainda não está na melhor forma e é compreensivel (quase um ano parado) e a defesa sem velocidade nao sobe tanto , até para proteger o menino Varela.

Precisamos de mais um def central porque jardel é o melhor defesa mas se lesiona até porque tem tido ultimamente um historial de lesões , arriscamos a jogar com lisandro e luisao , gosto de Lisandro , mas se luisao pela idade que tem , é normal as lesões poderem acontecer com mais frequencia , vamos ficar so com os miudos e lisandro?

André Almeida , deixa me descansado e sempre me deixou um dos melhores laterais direitos que vi e não é de agora ,mas o problema é quando os jogos pesarem e as viagens e as lesões . precisamos uma alternativa , não pode jogar os jogos todos , o mesmo para Fejsa e Pizzi.
Fejsa é ENORME , mas com lesões , viagens e castigos , eu preferia e desculpa Samaris!! vender Samaris e Felipe Augusto e comprar um puro 6 que seja uma real alternativa.

Depois vender Carrillo e comprar um 8 , porque Pizzi não entendo como é patinho feio ainda para muitos benfiquistas , quando para mim Pizzi já ultrapassou e muito Rui Costa e Aimar no Benfica , Pizzi é pura classe , nao peçam para ser um Adrien , porque nem Rui Costa e Aimar o eram. Mas idolatram estes dois e bem , mas Pizzi ja os passou e muito.
Ou Krivonovic é o outro 8 que precisamos ou então Pizzi vai , voltar a ser um jogador a ter muitos minutos nas pernas e desgaste , o que é uma pena pois ele precisa descansar e estar a Top na altura decisiva.

Os extremos , Eu preferia apostar em Salvio que já mostra a todos que Rui Vitória fez bem em o manter e ir apostando nele mesmo quando no terceiro anel desesperavam por ele entrar ou jogar , e hoje Sálvio está numa forma fisica invejável , pena é que ele nao queira muitas vezes jogar simples , porque ele sabe , o problema é que ele também sabe que é bom e as vezes prefere meter-se numa cabine telefónica , mas sabe defender e ataca com enorme profundidade e ainda faz diagonais como ninguém , e aparece facilmente na cara do golo.

Cervi nao tenho palavras para este jogador é fantástico a forma como defende e ataca.
por isso eu preferia apostar em Cervi na esquerda , vender Rafa e comprar alguem para alternar com Cervi , e manter a ala direita com Salvio , Zivkovic e ainda Diogo Gonçalves.
Mas admito que nao seja por aqui a prioridade.

Os avançados é classe mundial ,apenas uma referencia para cada um deles:

Mitroglou : o Mortifero
Jimenez : o Incansável
Jonas : a velha raposa
Seferovic : O panzer suiço


E Eliseu a ser Eliseu :).
De Luís Manuel a 13 de Agosto de 2017 às 21:17
Olá D'Arcy, e obrigado pelo teu post.

Gostei bastante da nossa exibição. Fomos seguros e competentes, pese embora ainda algumas falhas na defesa, nomeadamente no golo do Braga. Houve momentos em que o nosso futebol foi excelente, e outros em que as coisas não saíram tão bem, mas o adversário também joga e o Braga tem uma boa equipa.

Estou de acordo com o teu post, com a análise que fazes ao jogo e com os teus destaques individuais. Estes dois primeiros jogos eram importantes para testar a nossa equipa, e o terceiro, que na minha opinião vai ser mais difícisl do que estes dois (espero estar enganado), será igualmente uma prova de fogo. Teremos de estar muito concentrados e unidos.

Foi magnífico ver a Luz mais uma vez tão bem composta. Obrigado a todos pelo apoio, e parabéns aos nossos atletas pelo bom jogo. Penso que com mais "andamento" e com a subida de forma de alguns jogadores, poderemos fazer melhor e lutar pela renovação do título. Há posições para as quais, a meu ver, precisaríamos de contrarar mais 2/3 jogadores. Mas nesta altura será difícil contrarar alguém com qualidade e experiência internacional, portanto temos de trabalhar com o que temos, e temos bons jogadores com margem de evolução. Se não sair mais ninguém será muito bom.

Agora é concentração total no jogo muito difícil em Chaves. Acho que vai ser daqueles jogos em que teremos de vestir o "fato-macaco".

Força, Benfica !

PS: Para mim , a renovação com o André Almeida é uma excelente notícia !
De ÁGUIA GENIAL a 19 de Agosto de 2017 às 18:15
GANHAMOS BEM!
A PRIMEIRA VITÓRIA DO PENTA.
É CONTINUAR A GANHAR TODOS OS JOGOS!

FORÇA BENFICA!

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Longe

Arraial

Panaceia

‘Feeling’

Pequeno

Miséria

Normalidade

Selado

Horrível

Sem comentários

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds