VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quarta-feira, 12 de Outubro de 2022

Repetição

Repetição do resultado frente ao PSG, o que nos deixou ainda mais perto do apuramento e prolongou a série invencível deste início de época. Não foi um jogo tão aberto como o disputado na Luz, foi muito mais táctico e teve muito menos ocasiões de golo, mas mais uma vez conseguimos bater-nos olhos nos olhos com os franceses e conquistar um resultado inteiramente justo, já que ambas as equipas acabaram por se anular uma à outra.

1.jpg

Devido à ausência forçada do Neres, foi necessário mexer no onze e o Roger Schmidt apostou numa estratégia mais conservadora, colocando mais um médio - o Aursnes foi o escolhido. Isto significou jogar sem extremos, pois o Aursnes jogou mais pela esquerda e o João Mário pela direita, fechando no meio sempre que necessário. Quem esperasse um qualquer massacre do PSG desde o apito inicial depressa terá ficado desiludido. As equipas encaixaram uma na outra e o jogo foi, pode mesmo dizer-se, aborrecido. Muito poucas chegadas à baliza, e nem sequer os desequilibradores mais óbvios conseguiam criar grandes problemas às defesas adversárias - acho que durante o jogo houve dois remates à nossa baliza e um à baliza do PSG, incluindo os dois penáltis, e não me recordo de nenhuma defesa mais apertada por parte dos guarda-redes. O golo do PSG apareceu a cinco minutos do intervalo num penálti cometido pelo António Silva, que chegou atrasado ao lance e acabou por derrubar o Bernat, e convertido pelo inevitável Mbappé. Na segunda parte, fiquei com a sensação de que os dois médios-ala, em especial o Aursnes, apareceram a jogar mais junto dos dois médios centro, dando-nos superioridade numérica no meio campo. Se calhar o raciocínio do nosso treinador pode ter sido sufocar o génio Vitinha, que um pseudo-jornal da nossa praça descobriu que é o verdadeiro responsável pelo facto do Messi, o Mbappé ou o Neymar serem estrelas mundiais. Mas passou a ser frequente vermos sobretudo o Enzo com bastante liberdade para receber a bola e decidir como dar seguimento às jogadas, enquanto que o Verrati andava por ali a correr desenfreadamente para acudir a todos o os fogos. Numa dessas situações entrou de forma mais impetuosa ao lance e já não conseguiu evitar o toque no Rafa. Como não estamos em Portugal, o VAR fez o seu trabalho e alertou o árbitro sobre a falta (é simplesmente absurdo comparar a frequência de penáltis assinalados a nosso favor nos jogos europeus - nos quais nem sequer habitualmente submetemos os adversários a pressão tão intensa e portanto não temos tantas jogadas na área deles - com aquela que ocorre nos jogos das competições nacionais). O João Mário não tremeu e marcou o penálti de forma bastante semelhante à que tinha feito contra a Juventus. A partir daqui não vou dizer que ambas as equipas se conformaram com o resultado, mas pelo menos não me pareceram particularmente incomodadas com ele e portanto não pareciam muito dispostas a correr riscos desnecessários para voltar a marcar. A situação mais perigosa para o Benfica foi uma na qual o recém entrado Draxler andou à procura de espaço para rematar na área, mas acabou por ter o remate bloqueado por um defesa.

2.jpg

Num jogo que não foi tecnicamente brilhante, achei que os maiores destaques terão sido os argentinos Otamendi e Enzo, bem acompanhados pelo João Mário, que atravessa um momento de grande confiança. Aliás, a confiança é tanta que por mais de uma vez o vi tentar ganhar lances em velocidade aos adversários. Quando o fez com o Hakimi, achei piada. Quando o fez com o Mbappé, ri-me mesmo.

 

Com uma sorte descomunal, continuam a atravessar-se no nosso caminho adversários que estão na sua pior forma de sempre, e portanto a invencibilidade vai-se prolongando. Aqueles que esfregavam as mãos de contentes na altura do sorteio quando viram os nomes da Juventus e do PSG no nosso grupo entretanto já chegaram à conclusão que eles são, na verdade, fracos. Já vi inclusivamente lançada a teoria de que as estrelas do PSG se estão a poupar para o Mundial. Indiferentes a isto, a conjugação de resultados significa que em princípio um empate num dos dois jogos que restam deverá ser suficiente para assegurar a passagem, mas tal até poderá não ser necessário - para não passarmos, uma das outra duas equipas terá forçosamente que vencer o Benfica e o PSG nos dois jogos que faltam, o que não sendo impossível, é pelo menos pouco provável. A seguir, Caldas para a Taça, para abordar com exactamente a mesma seriedade que este duelo com o PSG o foi.

tags:
publicado por D'Arcy às 17:11
link do post | comentar
4 comentários:
De Anónimo a 12 de Outubro de 2022
psg/slb > 1/2 > 8/8 > +3/+3 > 7/6 (+ 1 gol marcado, desempata) ... quem diria ???

ninguém ... (excepto o minguéns ...) neh ???

c'um c*ralho ! ! !

🤣🤣🤣🤣🤣
De O apartidário a 12 de Outubro de 2022
Como disse em outro post aqui neste blog "ah se houvesse agora um Jonas".
De Anónimo a 13 de Outubro de 2022
Ou um Darwin...
De Luis Agostinho a 14 de Outubro de 2022
"(...) mas mais uma vez conseguimos bater-nos olhos nos olhos com os franceses e conquistar um resultado inteiramente justo, já que ambas as equipas acabaram por se anular uma à outra."

Acho que esta frase do D'arcy diz tudo. Quem diria na última época que hoje estaríamos a chegar a esta conclusão após dois jogos contra o PSG-Qatar? O Benfica e o PSG, recheado de estrelas multmilionários, candidato fortissimo a ganhar a "champions", anularam-se um ao outro. E os jogadores do PSG depois do jogo na Luz disseram que não estavam devidamente preparados para o jogo, mas que desta vez estavam e seria diferente, mas foi mais ou menos mais do mesmo. Acho que esta constatação é um grande elogio a toda a equipa do Benfica, desde o Rui Costa até ao roupeiro.

Muito bem tem estado o João Mário, que muito critiquei há algum tempo atrás, mas que tem providenciado equilibrio ao meio campo e ajudado no ataque. Pena não ser mais objectivo e não definir melhor no último terço do campo. Quem tem estado em fase descendente de forma, na minha opinião, tem sido o Gonçalo Ramos. Parece mais triste, mais preso de movimentos, deve ser mais um a sofrer do efeito "selecção"...Já o Grimaldo parece outro, principalmente a defender. Está a fazer pela vida...

Terei sido o único a ter visto uma entrada sem bola (agressão) do neymar ao Bah, após este ter feito uma falta normal na jogada anterior? Não fui o único, pelo menos o fiscal de linha do lado direito também viu... a atitude do neymar nestes dois jogos deixou muito a desejar.

Os viscondes do campo grande, habituados a chamar tudo aos árbitros tugas com total impunidade, esqueceram-se que os estrangeiros não são surdos como os membros da apaf. Não tenho pena. Diverti-me com o duelo saporim-Tavares.

Saudações Benfiquistas

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Ferros

Vislumbre

Curto

Regressos

Rotina

Vergonha

Frustrante

Normal

Justa

Competência

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds