VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2014

Reservas

Um jogo que já nada decidia para o Benfica e que valia apenas pelo prestígio e o prémio monetário, uma noite fria, transmissão em canal aberto, um Benfica de reservas e o resultado disto foi uma das piores assistências que tenho memória de ver na Luz.

 

 

Um dos principais motivos de interesse para ter ido à Luz esta noite era mesmo a oportunidade para ver em acção alguns dos jogadores menos utilizados esta época, e oportunidade para isso não faltou: apenas um único dos onze jogadores que têm sido titulares ultimamente entrou de início, e foi ele o André Almeida. Artur na baliza, Benito, César e Lisandro a completarem a defesa, Cristante e Pizzi no meio campo, Ola John e 'Tiago' nas alas e uma dupla de avançados constituída pelo Lima e o Derley. Foi bastante evidente que o jogo foi disputado sem grandes preocupações de parte a parte, uma vez que o Leverkusen já estava apurado e apenas poderia eventualmente estar interessado na vitória para garantir o primeiro lugar. Mas isso não impediu que deixasse de fora jogadores importantes como o Son e, principalmente, o Kiessling. Durante a primeira parte foi o Benfica quem esteve melhor no jogo. Após uns primeiros minutos um pouco incertos, a equipa estabilizou e ganhou alguma superioridade, tentando aproveitar os extremos para sair rapidamente para o ataque. Infelizmente parece que o golo marcado ao Belenenses não foi suficiente para acabar com a desinspiração do Lima, que aos dez minutos desperdiçou de forma inacreditável um lance em que tinha tudo para marcar. Solto de marcação, perto da baliza e com esta escancarada (o guarda-redes estava no chão depois de ter desviado o cruzamento/remate do Ola John) conseguiu rematar por cima - a bola ainda tocou na barra. Apesar das diversas ausências, achei que a equipa até conseguiu, a espaços, produzir um futebol agradável, mas houve demasiada atrapalhação por parte de alguns jogadores, em especial no ataque. O Ola John começou bem mas foi-se tornando cada vez mais complicativo, o 'Tiago' teve algumas boas arrancadas mas perdeu-se demasiado em iniciativas individuais desnecessárias, e os dois avançados tiveram uma noite pouco inspirada. Nulo ao intervalo sem surpresa - se aquela ocasião do Lima não entrou, então seria difícil que alguma coisa entrasse.

 

 

O Leverkusen veio para a segunda parte a tentar pressionar mais alto e de forma mais agressiva, e com isso conseguiu equilibrar a posse de bola e ser mais perigoso do que tinha sido nos primeiros quarenta e cinco minutos. Mas a tónica geral do jogo continuou a ser mais ou menos a mesma, sem muitas preocupações defensivas por parte de nenhuma das equipas, com muita luta a meio campo e com cada equipa a ser incapaz de manter a bola em seu poder por muito tempo. Ao contrário da primeira parte, durante a qual não teve quase trabalho algum, o Artur foi obrigado a um par de intervenções mais complicadas, e no ataque continuou a haver demasiada atrapalhação dos nossos jogadores, algo que a troca do Lima pelo Talisca pouco ou nada alterou. No período final do jogo o Benfica teve um assomo de brio e procurou marcar um golo que lhe permitisse chegar à vitória, tendo construído algumas jogadas de relativo perigo - a mais flagrante delas uma em que o 'Tiago' surgiu desmarcado sobre a direita e depois acabou por demorar demasiado tempo a decidir, vendo a sua tentativa de remate ser interceptada por um defesa quando tinha o Talisca completamente sozinho no meio a pedir-lhe a bola. Mas houve outras situações em que conseguimos apanhar a defesa do Leverkusen desguarnecida em contra-ataque, e que não soubemos aproveitar ou por asneira do jogador que conduzia a bola, ou mesmo por falta de inteligência da parte de colegas que se colocavam em fora de jogo, impedindo assim que o passe fosse feito. Para variar, desta vez não fomos nós quem acabou um jogo da Champions em inferioridade numérica mas sim o nosso adversário, que à entrada para o período de compensação ficou reduzido a dez depois de uma falta sobre o estreante João Teixeira.

 

 

Gostei particularmente da exibição da dupla de centrais hoje. Estiveram sempre seguros e o adversário não criou perigo pelo centro ou pelo ar. O Artur também esteve bem. O Pizzi e o Cristante mostraram que podem ser opções válidas. O Ola John começou bem mas foi-se afundando ao longo do jogo. O 'Tiago' não aproveitou a oportunidade - teve algumas arrancadas interessantes durante a primeira parte, mas na maioria das vezes complicou sempre as jogadas e agarrou-se demasiado à bola. Além disso não compreendo o motivo pelo qual, tendo a compleição física que tem, foge quase sempre ao choque e às bolas divididas. A dupla de avançados esteve bastante apagada, e o Lima em particular teve uma noite para esquecer.

 

A péssima campanha europeia acabou de uma forma pouco digna de registo, sem golos numa noite gelada. Fica o empenho das segundas escolhas que jogaram. Agora espero que aqueles que foram poupados possam tirar o melhor partido do descanso para vencer o jogo do próximo domingo.

publicado por D`Arcy às 02:53
link do post
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

#Reconquista

Um

Crer

Proveitosa

Pujante

Deplorável

Firme

Soberba

Complicado

Merecida

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds