VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quinta-feira, 23 de Maio de 2024

Roger Schmidt – o erro iminente

O Presidente Rui Costa irá fazer o balanço da época hoje à noite e, aparentemente, prepara-se para anunciar a pior decisão do seu mandato e aquela que o irá marcar indelevelmente: a continuidade do Roger Schmidt. Estou perfeitamente à vontade para falar de um assunto como este, porque a vantagem de já andar nisto dos blogs há mais de duas décadas é que já acertei no passado (contra todas as probabilidades e a opinião da maioria dos benfiquistas), como também (felizmente!) já errei clamorosamente. No entanto, neste caso, temo bem que não vá errar e, se o fizer, será com ENORME alegria que virei aqui no final da próxima época fazer o mea culpa.

 

Posto isto, vamos às razões pelas quais a continuidade do actual treinador será um erro colossal:

 

  • Ao contrário de 2012/13, a equipa esteve longe de jogar bom futebol, ser a melhor do ano e comandar o campeonato quase até ao fim. Também não chegou a uma final europeia, cometendo a proeza de ser eliminada pelo 9º classificado do campeonato francês, depois de uma miserável e vergonhosa exibição na 2ª mão. E também não chegou a uma final da Taça de Portugal.

 

  • Não se nota evolução nenhuma (bem pelo contrário!) no desempenho da equipa em relação ao ano passado. Sendo mais claro: é evidente que regredimos. Sim, ficámos sem dois titulares que não tiveram substitutos à altura (Grimaldo e Gonçalo Ramos), mas na globalidade o plantel tinha mais opções do que no ano passado. Se não houve tanta rotação, foi porque o treinador não quis. (Por exemplo, pagámos 1M€ a mais para o Rollheiser vir já em Janeiro. Para quê...?!)

 

  • O Roger Schmidt não tem plano B. E mesmo o A, sem Grimaldo e Gonçalo Ramos, deixou de funcionar como no ano passado. Basta só pegar nos jogos contra os adversários directos e ver como levámos banhos tácticos na maior parte deles:
  1. Na Supertaça, sem ponta-de-lança, poderíamos ter chegado ao intervalo com o troféu perdido. Isso só não aconteceu graças à aselhice do pior CRAC dos últimos 40 anos.
  2. Na Luz, frente ao CRAC, vimo-nos e desejámo-nos para derrotá-los por 1-0, apesar de termos jogado 70’(!) em superioridade numérica. (Escrevi na altura: “se fosse ao contrário (expulsão nossa aos 20’), teríamos sido completamente atropelados”. Parecia que estava a adivinhar a 2ª volta...).
  3. Frente à lagartada na Luz, estávamos a levar um banho de bola, até acontecer aquele milagre na compensação, mas duvido que ele tivesse sucedido se eles não estivessem também com 10 jogadores...
  4. Em Mordor, cometemos a enorme façanha de conseguir levar 5 do pior CRAC nos últimos 40 anos... Sem comentários.

 

  • O nosso treinador achou que seria boa ideia jogar na mesma semana no WC (para a Taça) e em Mordor com o... João Mário no meio-campo! E o Florentino no banco. Porque, claro, contra equipa menores e em jogos fáceis, não era preciso ter o único jogador do plantel que corre atrás dos adversários e não os deixa respirar até recuperar a bola, certo...?! (Sim, o João Neves também faz um pouco isso, mas não é a mesma coisa, além de que é um desperdício não o ter mais à frente).

 

  • Jogámos 120’ em Marselha e fazemos... duas substituições (eles fizeram as seis, como é óbvio). A terceira foi no final da 1ª parte do prolongamento e quase pode ser considerada de recurso. A isto, junta-se a rábula das substituições aos 88’, repetidas n vezes ao longo da época, para tentar mudar os acontecimentos. Ou as também inúmeras vezes em que as coisas não correram bem e não se esgotámos as substituições. E isto tudo, repito, com um plantel melhor do que no ano passado.

 

  • O Arthur Cabral está longe de ser um Gonçalo Ramos, teve um início tenebroso no Benfica, mas, quando começou a marcar golos com regularidade, o Roger Schmidt achou que era boa ideia ir a Guimarães, num dia de temporal, jogar com o Rafa e Di María na frente, e ele no banco... Quando o meteu na 2ª parte, salvou-nos da derrota, mas nunca mais recuperou aquele momentum. Ora, se há uma regra básica de bom-senso no futebol, é que não se tira da equipa um avançado que está numa senda positiva a marcar golos...

 

  • A campanha europeia foi uma vergonha e desonrou o prestígio do clube. Na da Champions, é melhor até nem falar, dado que nos safámos do último lugar com um golo de calcanhar na compensação do último jogo. Na Liga Europa, tínhamos uma oportunidade de ouro para chegar pelo menos até às meias-finais, mas deitámo-la pela janela daquele modo vergonhoso em Marselha.

 

  • É só ver o histórico do Roger Schmidt como treinador. Nunca conseguiu terminar a terceira época num clube. Das duas vezes que a iniciou (Leverkusen e Beijing Guan) foi despedido durante o decorrer da mesma. Tem tudo para ser diferente desta vez, sem dúvida...!

 

  • Um treinador do Benfica não pode levar 5 na casa de um rival e dizer no fim que não tem de pedir desculpa aos adeptos. Um treinador do Benfica não pode dizer aos adeptos para ficarem em casa e não irem aos jogos (por muito acéfalos que sejam alguns deles). Um treinador do Benfica não pode chegar ao fim de uma época em que só ganhou a Supertaça, foi eliminado da Taça da Liga pelo Estoril, fez a campanha europeia que fez, terminou a 10 pontos do 1º lugar no campeonato e dizer que... foi uma boa época! Isto é não perceber nada do que é o Benfica. Eventualmente, tudo isto também é culpa da comunicação (ou falta dela) do clube, mas para quem já cá está há dois anos, esperar-se-ia que já tivesse percebido um pouco melhor o que é o clube.

 

  • Termino com um exemplo singelo, que poderá ser considerado menor, mas bastante representativo na minha opinião da razão pela qual o Roger Schmidt não deveria continuar no Benfica. É principalmente por causa de decisões totalmente incompreensíveis e eivadas de falta de lógica como esta: Benfica – Vizela, jogo no meio da eliminatória europeia com o Toulouse, em que tínhamos ganho 2-1 na 1ª mão (portanto, não estava obviamente decidida); sete meses de época já decorridos; 5-0 ao intervalo; Rollheiser e Prestianni no banco; para a 2ª parte, sai Rafa e entra... Di María! Duas palavras: POR-QUÊ?!?!

 

Em conclusão: o ideal é ter um treinador que veja mais à frente, que perceba as coisas ainda antes de elas acontecerem, que consiga tirar coelhos da cartola que a maioria das pessoas (porque não está “lá dentro” e não “trabalha todos os dias com os jogadores”) não vê logo, que consiga encontrar estratégias diferentes perante adversários diferentes, mas eu até nem vou por aí. Acho que o mínimo dos mínimos é ter um treinador que veja o que todos vêem. E infelizmente temos um tipo de treinador que é o total oposto disso: é o único a não ver o que todos vêem! Junte-se a isso ao facto de ter uma grande parte dos adeptos contra ele e estão criadas as condições para uma temporada que só muito dificilmente não correrá terrivelmente mal, caso ele infelizmente continue. OXALÁ me engane!

publicado por S.L.B. às 11:25
link do post | comentar
52 comentários:
De Red buster a 23 de Maio de 2024
Acrescento aos pontos negativos mais um:
Bolas paradas o Benfica é 0.
Quando cada vez mais se ganha por pormenores, não há uma jogada ensaiada, um canto de outra maneira. Di Maria marcou apenas um golo de canto directo numa enormidade de cantos a favor. Isto não tem a ver com "conhecer os jogadores nos treinos ou estar com eles no dia a dia". Isto é outra coisa. Chama-se incompetência pura seja do treinador principal ou dos adjuntos.
Não mando garrafas nem insulto no estádio ou à entrada do autocarro, no entanto, não consigo aceitar este treinador. Sou um dos que não o quer cá para o ano. E devem ser muitos.
De Red buster a 23 de Maio de 2024
Acrescento ainda que, oxalá para o ano me arrependa totalmente, é uma asneira enorme manter este treinador. Rui Costa não quer pagar indemnização, seja qual for o valor e não acredito que seja o referido na CS, no entanto, se a coisa começa a correr mal no início da próxima época, a nível de resultados, terá de o despedir e vir um novo. Não só lhe paga, o que já devia ter pago agora, como fica com o resto da próxima época comprometida, uma vez que os jogadores não são a escolha do novo treinador assim como as rotinas de treino e táticas mudarão certamente. Em 2025 estaremos cá todos para o julgar na próximas eleições.
De Anónimo a 23 de Maio de 2024
Copiar por copiar, copia tb meu comentario...haja Deues...
De Vitor Pereira a 23 de Maio de 2024
É tão isto mas tão isto, que me dói a alma. Não existe NENHUM RACIONAL para a continuidade do treinador, da mesma forma que se erra na contratação de jogadores o mesmo acontece com os treinadores, com o Roger aconteceu, é o que é... não assumir o erro é GRAVÍSSIMO.

Perante o descalabro que imagino venha acontecer certamente que me juntarei com malta que queira descortinar e patrocinar uma qualquer candidatura com robustez.

Nós merecemos decisores profissionais, humildes, com capacidade de escuta, com equipas altamente profissionalizadas para assessorar nas escolhas mais importantes.
De Anónimo a 23 de Maio de 2024
Não, não se vai enganar, infelizmente.
De Nick Name a 23 de Maio de 2024
Caro S.L.B., o seu raciocínio é claro e a argumentação ë forte. Até podia subscrever tudo, se não fosse um aspecto que me parece fundamental: é importante ter um treinador competente e há argumentos que justificam a substituição de Schmidt, sem dúvida, mas há algo que é mais importante, na minha opinião. O clube não pode ser dominado por um bando de desordeiros, energúmenos e arruaceiros. O comportamento dos NN nos últimos tempos, que provocou uma reação clara dos verdadeiros adeptos no jogo com o Arouca, não dá espaço a Rui Costa para ceder. Não pode ser esta turba a tomar decisões no nosso clube.
Estamos perante um movimento coordenado para tomar o poder no Benfica. As claques estão a ser usadas como guarda pretoriana deste movimento, como foi feito pela falecida direção do Porto contra a oposição, ou como foi tentado no Sporting para derrubar Varandas.
É isso que queremos no Benfica? Acho que não. Por isso, a questão da competência ou falta dela de Schmidt passou a ser secundária. O fundamental é não deixarmos os vândalos tomarem o poder no SLB.
É por isso que, apesar do mérito da sua argumentação, não posso concordar com a sua conclusão e acho que Rui Costa não tinha outra opção senão manter Schmidt.
De Vitor Pereira a 25 de Maio de 2024
O que é que uma coisa tem a ver com a outra, são dois temas absolutamente distintos.
É gravíssimo que o treinador se mantenha.
De Nick Name a 25 de Maio de 2024
Lamento que não perceba o que uma coisa tem a ver com a outra, porque tem tudo a ver. Suponho que não vai ao estádio, porque se tivesse ido ver o último jogo da época teria visto que se 3000 indivíduos insultaram o treinador, o presidente e os jogadores, houve 45000 que se fizeram ouvir contra os 3000. O que é gravíssimo é que se queira governar um clube com base nos urros de 3000 descerebrados. Se não entende isso, não faz ideia do que é o Benfica.
De Anónimo a 27 de Maio de 2024
Este fenómeno é transversal a todos os clubes e o Benfica tarda em resolve-lo. Este tipo de claque representa a pesada herança negra do futebol de outros tempos onde se conquistava (e mantinha) o poder através da coação e manipulação. Se o Rui Costa quiser ser um líder a sério terá que fazer esta limpeza e quanto mais tempo demorar, mais dificil será.
De Carol Hoffman a 6 de Junho de 2024
És mais burro do que os antibenfiquistas, neca.
De L a 26 de Maio de 2024
Ora ai está. Sigam o movimento de destruição em marcha
De Ricardo a 23 de Maio de 2024
Rui Costa faz o balanço da época do Benfica e garante continuidade de Roger Schmidt: "Não farei dele um bode expiatório" ------------ do sapo desporto
De Nuno a 23 de Maio de 2024
Está naturalmente no seu pleno direito de achar um erro a continuidade de Schmidt.

Concordo com muitos dos erros que aponta, corroborados por factos.
Não concordo com várias das opiniões que apresenta. Que, inclusive, se levadas à letra, indicam que não aceitaria Guardiola como treinador do Benfica (ao apontar a falta de substituições como argumento…).

Acima de tudo… Lamento que não tenha tido o trabalho de elencar o que de bom se fez, nem um único ponto positivo do trabalho de Schmidt nos 2 anos que leva de Benfica.
Tirar conclusões, olhando apenas para o mau, ignorando o bom, é, a meu ver, desonesto. Apenas serve para corroborar um pré-juízo.

Desafio-o, por isso, a pensar no que foi bem feito. Nas duas épocas. Porque foi o mesmo treinador…
De S.L.B. a 24 de Maio de 2024
Caro Nuno:

1) Em relação ao Guardiola, não vamos comparar o que o City joga com o que o Benfica joga, pois não...? Eu não acho que um treinador tenha sempre de fazer todas as substituições. Ou sequer uma só... QUANDO a equipa está a jogar bem e a produzir. O que nunca foi o nosso caso esta temporada. Aí, sim, é simplesmente parvo não se aprovar o que tem no banco para lançar sangue novo na equipa e tentar mudar alguma coisa no jogo. Antes dos 88', de preferência.

2) O que o Schmidt fez de bom? Reparei logo na apresentação da equipa na 1ª época (quando estavam p'aí os 40 jogadores que tinham contrato) na pressão alta que os avançados faziam na saída de bola. Fiquei logo bem impressionado com isso, que se verificou ao longo de grande parte da temporada do título. Pôs-nos a jogar a bola como não víamos há muito tempo.

Infelizmente, não deu a estocada final no jogo frente ao CRAC na Luz, o que não só nos ia lixando o campeonato (o que teria sido absurdo, tendo nós 10 pontos de avanço na altura), como nos lixou na Liga dos Campeões, onde não pudemos poupar a equipa no resto do campeonato para enfrentar o Inter Milão nos 1/4 F. Trememos, e bem, e só o surgimento do João Neves nos permitiu segurar o título. Que, mesmo assim, só assegurámos na última jornada. Depois de termos 10 pontos de avanço, recordo...

Qual era (é) um dos segredos da pressão alta? Indiscutivelmente a presença do Florentino em campo, que nos permite jogar muito mais subidos e ter ali uma 'parede' no meio-campo. Florentino, esse, que foi suplente a maior parte desta época...
De Luis Agostinho a 24 de Maio de 2024
A presença de Florentino, e Gonçalo Ramos.
De Elsa a 24 de Maio de 2024
E o Enzo, e Aursnes.
Quando as peças encaixam todas é mais fácil.
De Joe Nash a 24 de Maio de 2024
Bem respondido s.l.b.....haver benfiquistas que querem que o schmerda fique no Benfica é catastrófico
De Nuno Amaral a 23 de Maio de 2024
Infelizmente......estou totalmente de acordo......Que bom que seria se estivesse-mos enganados......
De Fundador a 24 de Maio de 2024
Concordo em tudo com o que escreve o Nick Name
É impossível aturar no Estádio aqueles energúmenos dos
NN
Estão a soldo de Quem
O clube não teve laterais esta época….foram todos um fiasco
Bah lesionado
Jurasek não conseguiu perceber onde estava
Bernat que é melhor que o Grimaldo e o Jurasek juntos Lesionado

O próprio carreiras quando chegou ….parecia mais um desastre
Está mais Gordinho,por sinal

Picanha…andou meses a procura da Forma física

Ficar em 2 lugar é Mau mas não é uma Tragédia….

Rollheiser e Prestianni São apostas de futuro,hoje seriam mto mais caros

Sim o Benfica vai vender ,jogadores o Europeu está aí
É assim o Futebol

Fez bem em não mudar, para recomeçar tudo de Novo sem qualquer garantia de sucesso

Já vi um treinador de Joelhos…que voltou ao Benfica,e só fez asneiras
E fui sempre contra a sua Vinda

Nova época , Nova Vida….por mim estarei sempre apoiar a Equipa e o Treinador,acima de Todos está o BENFICA




Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2024

Abril 2024

Março 2024

Fevereiro 2024

Janeiro 2024

Dezembro 2023

Novembro 2023

Outubro 2023

Setembro 2023

Agosto 2023

Maio 2023

Abril 2023

Março 2023

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Roger Schmidt – o erro im...

Apropriado

Despedida

Vergonha

Emendar

Calendário

Poucochinho

Gestão

Curta

Perdido

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds