VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Quarta-feira, 24 de Novembro de 2021

Surreal

O empate era o resultado mínimo que nos permitiria continuar a aspirar ao apuramento, ainda que dependentes de terceiros, e o empate foi o que trouxemos de Barcelona. Podíamos perfeitamente ter perdido o jogo, tal como o poderíamos ter ganho também, portanto o nulo acaba por ser minimamente aceitável.

1.jpg

As novidades no onze foram o Gilberto na direita, o André Almeida no meio a completar o trio de centrais (está visto que não iremos mesmo abandonar este esquema) e o Yaremchuk na frente de ataque em vez do esperado Darwin. O Benfica apresentou-se em Barcelona com uma boa organização defensiva, mas pouco capaz de lidar com a forma intensa como o Barcelona pressionava. Raramente conseguimos construir ataques organizados e as transições rápidas nunca saíram. O Barcelona estava bem avisado para o perigo que o Rafa ou o Everton poderiam causar nessas situações e anularam-nos com eficácia - era frequente vermos três ou até mais jogadores do Barcelona a caírem imediatamente em cima do Rafa assim que ele recebia a bola, não lhe dando tempo ou espaço para se virar e sair com a bola controlada. Acho que há muito tempo que não via o Rafa fazer um jogo tão discreto, e isso deve-se em muito ao mérito do Barcelona na forma como o conseguiu anular. A nossa defesa foi geralmente dando boa conta do recado, e nas situações de maior aperto o Otamendi acabava sempre por resolver. As duas ocasiões de maior perigo do Barcelona na primeira parte foram quase idênticas, com o Demir a fugir à marcação do Grimaldo vindo para o meio e a rematar cruzado. A primeira foi defendida pelo Vlachodimos para canto, com dificuldade. A segunda levou a bola à barra, já com o nosso guarda-redes batido. O Benfica só por volta da meia hora deu sinais de perigo na frente. Na sequência de um canto do Everton o Yaremchuk apareceu solto de marcação e cabeceou à figura do Ter Stegen, que defendeu com dificuldade. No pontapé de canto seguinte, novamente marcado pelo Everton, a bola seguiu até ao Rafa no segundo poste, que a endossou para o Otamendi à entrada da área marcar um golão. Mas o lance foi invalidado porque na marcação do canto a bola descreveu um arco que a fez ultrapassar a linha de fundo. Se o objectivo do Benfica era empatar, a primeira parte deixava-nos com a ideia de que isso estava perfeitamente ao nosso alcance, mas não deixava de ser preocupante a incapacidade para ter bola e a escassa presença no ataque.

2.jpg

Na segunda parte o jogo continuou no mesmo tom, com o Barcelona a ter sempre muito mais bola mas a não criar muitas ocasiões - o vício da bola ser sempre jogada no pé ainda é muito forte nos catalães, que raramente atacavam o espaço. Uma notável excepção foi uma desmarcação do Depay, que foi salva com mais um corte fantástico do Otamendi quando o avançado já tinha sentado o Vertonghen e se preparava para finalizar. A meia hora do final o Benfica trocou o Yaremchuk e o João Mário pelo Darwin e o Taarabt (para mim continua a ser incompreensível como é que o marroquino tem sequer lugar no plantel, quanto mais ser uma opção), mas o jogo só mudou mesmo quando o Barcelona trocou o Demir pelo Dembelé. Tendo em conta as longas ausências do francês por lesão, tinha esperança que ele não viesse desequilibrar muito, mas ele entrou com a corda toda e começou a ganhar praticamente todos os duelos individuais, ultrapassando o Grimaldo com facilidade para criar perigo na área - logo na primeira intervenção no jogo entrou como quis pela esquerda e ofereceu o golo ao De Jong, que só não marcou porque o Vlachodimos correspondeu com uma enorme defesa. O Benfica rapidamente se viu obrigado a corrigir o lado esquerdo, fazendo entrar o Lázaro para lateral e adiantando o Grimaldo (que já estava amarelado). O Barcelona subiu cada vez mais as linhas e pressionava mais na procura do golo, mas com isto jogava mais no risco e ficava mais exposto atrás, deixando espaço para explorar no contra-ataque - o Benfica, agora com o Darwin e depois com o Seferovic nos minutos finais, por mais de uma vez construiu situações de igualdade ou até superioridade numérica perante os defesas do Barcelona, mas a tradicional falta de qualidade na decisão fez com que não tirássemos partido disso. O jogo nos minutos finais ficou muito mais partido, e já depois do Otamendi mais uma vez ter negado o golo ao Barcelona, desta vez com um desarme no limite ao Dembelé, veio o momento que acaba por marcar o jogo e que vamos recordar durante muito tempo. Há uns anos atrás, quando o Benfica jogou em Barcelona nuns quartos-de-final da Champions, ainda com 0-0 no marcador o Simão Sabrosa falhou uma oportunidade escandalosa para marcar, quando ficou completamente isolado frente ao guarda-redes. Nunca mais me esqueci desse lance. Pois bem, este lance do Seferovic foi ainda pior. Com o jogo completamente partido, e já no final do tempo de compensação, o Benfica apanhou-se no ataque numa situação de dois avançados (Darwin e Seferovic) para um defesa do Barcelona. O Darwin fez o que se lhe pedia: atraiu o defesa para si e depois soltou a bola para o Seferovic. O suíço ficou completamente isolado e à vontade perante o Ter Stegen, com tempo para fazer o que quisesse. Primeiro, tentou picar a bola sobre o guarda-redes quando este lhe saiu ao caminho. Falhou miseravelmente: acertou mal na bola e esta foi bater na cara do guarda-redes. Mas teve tanta sorte que o ressalto o deixou novamente isolado em frente à baliza, já com o guarda-redes fora da jogada. Podendo até controlar a bola, ou passá-la para a direita onde tinha o Darwin sozinho, perante uma tentativa desesperada do defesa catalão para tentar o corte, o Seferovic rematou de pronto e destrambelhadamente para fora, o que levou todos os benfiquistas ao desespero e deixou o JJ de joelhos. Surreal é a única palavra que me ocorre.

3.jpg

O melhor jogador do Benfica foi claramente o Otamendi. Foi o pronto-socorro a acudir a todas as situações de maior aperto, e só foi pena que o fantástico golo que marcou não tivesse contado. Foi bem acompanhado pelo Vlachodimos e pelo Weigl, que foram os outros principais responsáveis por termos saído de Barcelona com o nulo.

 

Este resultado garante desde já a presença na Liga Europa no mínimo. Para a última jornada, o Benfica tem que se focar em vencer o Dínamo Kiev, já que qualquer outro resultado que não esse nos elimina da Champions. Depois é esperar que o Barcelona não vença em Munique. Face ao que temos visto, é improvável que o Barcelona consiga vencer, mas no futebol não há certezas. E sinceramente, o meu pessimismo faz com que eu tenha mais dúvidas sobre a capacidade do Benfica vencer o último jogo (o Benfica e a Champions são uma longa história de incompatibilidade e expectativas frustradas) do que daquilo que poderá acontecer em Munique.

tags:
publicado por D`Arcy às 09:51
link do post | comentar
14 comentários:
De Sérgio a 24 de Novembro de 2021
Em condições normais, empatando fora e vencendo em casa contra 2 adversários é suficiente para uma equipa ser apurada para a fase seguinte da Liga dos Campeões. Agora é preciso vencer o Dínamo de Kiev em casa.
Desta vez não precisamos de um milagre para nos apurarmos, apenas que o Benfica seja competente e vença em casa a equipa mais fraca do grupo. No outro jogo não acredito que o Bayern perca em casa com o Barcelona. O Bayern também tem interesse que o Barcelona seja eliminado já agora, uma vez que lá mais para o final da época poder-se-á tornar numa equipa bem mais difícil. Aliás, eu penso que o Barcelona terá boas hipóteses de vencer a Liga Europa.
De Manuel a 24 de Novembro de 2021
Sendo o JJ o que é, as "condições normais" nunca o são.
Pode ainda acontecer empatarmos 0-0, e fazer quatro dos seis jogos sem perder, sem sofrer golos, um deles ganho ao Barcelona, e ainda assim eliminados.
Para não falar na remota hipótese deles ganharem em Munique, nós ganharmos na mesma sem sofrer golos e aí era a estatística definidora do "azar" do JJ.

Para aligeirar a coisa, se desse para os naturalizar, o Sefe e o ucraniano eram as novas opções do Santos para substituir o Danilo e o William.
De Sérgio a 25 de Novembro de 2021
Para mim o Benfica tem 70% de hipóteses de ser apurado para a fase seguinte da LC. Estou confiante.
De Anónimo a 24 de Novembro de 2021
Caro D'Arcy
Como sempre subscrevo a sua análise e o seu pessimismo, porque o ser pessimista talvez não tenha quem me bata.
Ainda continuo por perceber porque é o Taraabt chamado a jogar em jogos como este. O mesmo digo para o Pizzi.
O Barcelona estudou bem o Benfica do jogo na Luz, por isso o Rafa foi alvo de atenção.
Valeu o Vlachodimos, que o JJ não quer, e o Otamendi, um jogo carregado de raça e categoria, e que uma maioria de benfiquista não queria.
O Weigl correu e limpou jogo que se fartou.
Quanto ao Barça, notou-se a mudança do treinador, e se o Benfica fosse a Barcelona daqui a duas semanas, desconfio que nem o empate conseguíamos.
O futebol do Benfica continua a ser dramático.
Agora é esperar que a euipa se concentre em ganhar o jogo ao Dínamo. Mas estou muito apreensivo e pessimista, quanto mais não seja porque no jogo anterior vamos jogar na Catedral com os sapos, e tenho também muitas reservas quanto a esse jogo.
Sócio há 27 anos, hoje mais Benfiquista que ontem.
De aguiaalentejana a 24 de Novembro de 2021
Penso como é descrito no seu último parágrafo .Atenção ao Dínamo de Kiev, vi o jogo deles com o Bayern e impressionou-me a sua entrega , capacidade de luta e não são nada toscos. Tenho dúvidas que ganhemos.
De António Matos a 24 de Novembro de 2021
De acordo com tudo, máxime com "... (para mim continua a ser incompreensível como é que o marroquino tem sequer lugar no plantel, quanto mais ser uma opção),..", referindo-se a Taarabt.
De Alfredo Donaldo a 24 de Novembro de 2021
O vosso pessimismo é surreal, aliás isso é negativismo e atrai azar...
De D`Arcy a 24 de Novembro de 2021
E mais experiência do que pessimismo.
De Luís Manuel a 24 de Novembro de 2021
Olá D'Arcy, obrigado pelo comentário.

Pior do que o falhanço do Seferovic (sim, foi mau) só mesmo a forma como o Jesus se comportou. Outra vez de joelhos. Nenhum treinador digno desse nome, e muito menos nenhum treinador do Benfica, pode fazer estas figuras caricatas. Ajoelhar-se, deitar-se... lamentável. Já chega, não? Nenhum treinador faz um jogador seu sentir-se num buraco, ao afirmar que nunca viu, em não sei quantos anos de carreira, um jogador falhar uma oportunidade como aquela. A Jesus falta-lhe tudo, a começar por ser um bom condutor de homens. Não é. Deitou mais um jogador abaixo, quando devia ser o primeiro a dar a cara por ele no jogo e na conferência de imprensa. Fosse o que fosse que o jogador tivesse falhado, fosse o que fosse que tivesse errado. O primeiro responsável pelo insucesso de uma equipa ou de um atleta é SEMPRE o treinador. Jesus mostrou, mais uma vez, que é um incompetente. Não é um falso competente, é um incompetente. Alguém tire este indíviduo do Benfica, para onde nunca, mas nunca devia ter voltado. Faz-me lembrar um daqueles treinadores das equipas distritais, a gritar e a gesticular no banco de forma absurda e estúpida. Quando voltaremos a ter um treinador?
De Anónimo a 25 de Novembro de 2021
O JJ quer ser sempre a figura principal. Mais uma vez figura triste.
De BI-CAMPEÃO EUROPEU a 25 de Novembro de 2021
Pior, muito pior do que um incompetente, é o falso competente, que sendo na prática a mesma coisa, o segundo é mais nefasto porque consegue iludir e enganar as pessoas que nele acreditam.

Assim como é bem pior ter um falso amigo do que um inimigo, pois do inimigo tu consegues defender-te, já do falso amigo quando te quiseres defender já vais tarde.

Conclusão: j. jejum, não tem nível, competência, etc,etc,etc, para ser o Treinador do Maior e Melhor Clube de Portugal.
Todos vêem - menos os sub-nutridos da cabeça - que ele, mesmo com tudo melhor do que os nossos inimigos fcpenalty e riporting de alvaLADRA, não consegue fazer melhor do que eles, quando muito talvez consiga uma fraca aproximação!!!!

RUA RUA RUA RUA RUAAAAAAAAAAA j.jejum,... estou farto de ver auto-estradas abertas em direcção à baliza do meu querido slBenfica!!!!!


BENFICA BENFICA BENFICA................desde sempre e para todo o sempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee.
De Luis Agostinho a 24 de Novembro de 2021
Foi um jogo que foi uma montanha russa de emoções.

Acho que o Jesus montou muito bem a equipa e a táctica. A nossa defesa esteve muito bem, e aí destaco o Otamentdi, o Super-Otamendi. Que jogão! Não leio os pasquins, mas se derem nota como faziam antigamente, espero que tenha recebido 10´s. Também esteve muito bem o Ody, a defender tudo o que havia para defender e muito seguro entre os postes, e, mais ou menos novidade, fora dos postes. Também um + para a garra do "patinha feio", que cada vez mais se está a transformar num cisne, o Gilberto. Pela garra, querer, o não dobrar, ir à luta mesmo já não aguentando com uma gata pelo rabo. Gosto. Menos para o Rafa e o Roman, que acho que deveriam ter dado mais ao jogo.
Jesus mexeu muito bem ao fazer entrar o Lázaro para a esquerda pois além das deficiências defensivas que sempre demonstrou, já estava cansado e co a entrada do Dembelé, pensei que íamos perder mesmo o jogo pela esquerda...novamente. Mas o Lázaro, melhor ou pior lá foi tapando a ala esquerda do Benfica. O Taraabt, embora com uma ou duas das habituais perdas de bola no meio campo, que criaram perigo para o Benfica, não não esteve mal e ajudou a defesa.
Onde o Jesus esteve, na minha opinião, mal, foi no Pizzi, mais uma vez, uma nulidade, parece que ficámos a jogar com um a menos, e o Seferovic, que, no tal golo falhado, não fez mais do que...ser Seferovic.
Uma palavra para o árbitro. Em caso de dúvida, foi sempre contra o Benfica. Mas, se nem sequer temos peso nas estruturas do futebol em Portugal, e viu-se o que os sapos assanhados fizeram no futsal, e a não reacção de ninugém da federação, como poderemos ter algum peso na UEFA? Os dirigentes do Benfica deveriam pensar nisso seriamente. Também deveriam rever a nossa postura perante os média. No dia em que os fruteiros foram alvo de buscas, a xic lagartos fez um programa, alegadamente sobre esse assunto, mas acabaram a falar...no Benfica. Com convidados como o gomes (ana), o que seria de esperar? O que não se continua também a abordar nos média, são os perdões de dívida aos viscondes falidos do Campo Grande. No meio disto tudo, o tema acho que foi um jantar do Jesus com o Rui Costa...? Pergunto mais uma vez o que esperam as estruturas dirigentes para fazer algo relativamente a este assunto? Outra questão que tenho, não sei se alguém tem alguma informação é, o que aconteceu ao americano?

Saudações Benfiquistas.
De aguiaalentejana a 25 de Novembro de 2021
Já levantei essa questão do Sr. John Textor. num outro blog e não obtive resposta.
De BI-CAMPEÃO EUROPEU a 25 de Novembro de 2021
Crónica do jogo excelente. Mostra-nos a verdade dos acontecimentos.
Na minha opinião o resultado é positivo. Claro que tivemos a vitória ao nosso alcance - aquela última oportunidade nos pés de um João Félix, Darwin Nunhes, etc,etc,.... seria golo certo -, mas também é verdade que poderíamos igualmente ter perdido o jogo.

Penso que falta força física ao nosso querido slBenfica.
No ataque, principalmente no final das jogadas onde o golo ameaça emergir, somos muito molezinhos, rematamos fraco e denunciado, não temos de facto o chamado "killer instinct", na verdade só ao alcance das realmente grandes equipas, com verdadeira mentalidade de máquinas competitivas.

Grandes do Benfica neste jogo.... tivemos o Nicolas Otamendi - este sim, uma máquina de competir e um óptimo profissional, que me surpreendeu absolutamente, pois tinha a ideia eu, (felizmente enganei-me e enganei-me redonda e totalmente) de que ele vinha para o nosso slBenfica apenas para gozar uma bela "reforma",somado à sua anterior estada no fcpenalty, - e o Odysseias Vlackodimos, que sendo um muito bom guarda-redes, poderá tornar-se num dos melhores do Mundo se melhorar substancialmente a sua prestação fora dos postes da baliza e a sua leitura de jogo nos lances de contra-ataque dos adversários.

Grimaldo esteve também muito bem, sempre no mâximo do profissionalismo e entrega total pelo nosso MANTO VERMELHO SAGRADO.
João Mário me parece que está a cair de rendimento, demasiado soft e muitas vezes a permitir que os adversários manobrem o seu jogo à vontade e sem oposição!!!

Penso também que na frente o Yaremchuck não pode iogar como único avançado. Tem de ter companhia permanente. Penso que faria uma boa dupla com o Gonçalo Ramos, com o Darwin e o Rafa a explorar mais as laterais e com isso a criarem mais oportunidades de golos, aumentando substancialmente a sua concretização.

Quanto ao Taraabt, reconheço a sua entrega e aplicação, mas não entendo como tantas vezes entrega a bola aos adversários!!!!
Pizzi já deu o que tinha a dar, e com ele jogámos sempre com menos um!!!! É pena vermos o nosso Benfica com jogadores como o Pizzi e o Ferro, este que é mais uma espécie de fêmea com pila, pois dentro dos relvados é mesmo uma "menina!!!!! estando nos antípodas do Rúben Dias!!!!

Para terminar: O nosso slBenfica com mais dois jogadores de real competência e valia, libertando-se de Pizzis e Ferros e com realmente um TREINADOR A SÉRIO, ganharia esta campeonato PORCOguês quase a jogar de costas, e teria, teria mesmo todas as possibilidades de pelo menos chegar aos quarto de finais ou mesmo meias-finais da Liga dos Campeões.

Falta ao nosso Clube - a começar pela Direcção - a verdadeira AMBIÇÃO E CULTURA DE VITÓRIA, que eram parte intrínseca do ADN do nosso Inigualável Clube nos anos 50, 60, 70, etc,etc, do nosso slBenfica!!!

Espero sinceramente e desejo absolutamente, que o BENFIQUISMO REAL do nosso Presidente Rui Costa consiga mudar para melhor, para muito melhor, toda a mentalidade desportiva e competitiva no nosso Clube e implemente a verdadeira CULTURA DE CAMPEÃO.

BENFICA BENFICA BENFICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA ad eternummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Degradante

Surreal

Resgate

Perfeita

Triste

Incompetência

Indolente

Derrocada

Absurdo

Brilhante

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds