VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Domingo, 11 de Fevereiro de 2018

Talento

Chegou a parecer que seria surpreendentemente fácil - a surpresa porque face ao que já tinha visto do Portimonense nos dois jogos contra nós esta época e ainda aquilo que fez nos últimos jogos, esperava um jogo dificílimo - mas acabou por ser necessário sofrimento, muito suor e o talento do Cervi para sairmos de Portimão com os três pontos.

 

 

Sabíamos que haveria um alteração forçada no onze devido à ausência do Salvio, e a escolha para o lugar foi o Rafa. De resto, os jogadores que já nos habituámos a ver como primeiras escolhas, com o Zivkovic a repetir a titularidade nas funções do Krovinovic. O início de jogo foi aquilo que tem sido o hábito desta equipa nos últimos tempos. Pressão alta e agressiva, trocas de bola rápidas no ataque, com especial destaque para as combinações na esquerda entre o Grimaldo e o Cervi, com a colaboração frequente do Zivkovic ou do Jonas, e o adversário empurrado para junto da sua área. às vezes costuma-se dizer de uma forma algo exagerada que uma equipa nem passou do meio campo, mas durante praticamente toda a primeira meia hora de jogo foi mesmo isso que aconteceu com o Portimonense. Neutralizámos por completo o jogo deles, e apresentámos uma dinâmica muito difícil de acompanhar na procura do golo. Golo que apareceu muito cedo, com apenas seis minutos decorridos. Um passe a rasgar do Zivkovic pelo meio da defesa do Portimonense, uma grande recepção do Rafa que obrigou um defesa a um corte no limite, mas a bola foi ter com o Cervi que sobre a esquerda desferiu um remate muito forte para fazer a bola entrar entre o guarda-redes e o poste. Obtida a vantagem, o resto da primeira parte foi quase toda como descrevi antes. Uma superioridade evidente da parte do Benfica, que no entanto não se traduziu no avolumar do resultado, e um Portimonense praticamente inofensivo, quase sempre remetido para bem dentro do seu meio campo e com muito pouca posse de bola. Apenas na fase final do primeiro tempo é que o nosso adversário pareceu começar a acordar e a dar alguns sinais de vida. Não nos causaram grandes problemas na defesa, mas o meio campo começou a ganhar cada vez mais os duelos físicos e as bolas divididas, permitindo-lhes ter um pouco mais de bola e jogar mais longe da sua área.

 

 

Para nosso mal, as indicações dadas no final da primeira parte não só se mantiveram como se acentuaram na segunda. O Portimonense entrou mais agressivo e ganhou superioridade na zona do meio campo, impondo o maior poderio físico da maioria dos seus jogadores e passando a ganhar os duelos individuais, bolas divididas e segundas bolas. Não se tratou de um caso em que éramos submetidos a pressão intensa e as ocasiões de golo se sucediam junto da nossa baliza - a melhor ocasião até foi mesmo nossa, mas o André Almeida, em posição privilegiadíssima, escorregou na altura do remate a enviou a bola para a bancada - mas era notótio que já não tínhamos o controlo absoluto da partida, passando a ter menos bola e sendo menos perigosos no ataque. Por outro lado, com o Portimonense a aparecer mais no jogo, a possibilidade de surgir o golo do empate era maior. E a meio desta segunda parte sofremos uma dupla contrariedade: o Jonas teve que sair lesionado, e quase de seguida o golo do empate apareceu mesmo, na sequência de um pontapé de canto. Víamo-nos agora sem o nosso melhor marcador em campo, e a precisar de voltar para a frente do marcador. Confesso que vi as coisas mal paradas nessa altura, até porque o golo do empate motivou ainda mais o nosso adversário. Durante alguns minutos o jogo ficou como que partido e bastante aberto, podendo um golo cair para qualquer uma das equipas - novamente o André Almeida, em posição frontal, fez um remate rasteiro e com pouca força para as mãos do guarda-redes, e do outro lado vimos um adversário em óptima posição rematar torto e ao lado da nossa baliza. Mas a doze minutos do final, o destino sorriu-nos. Acabadinho de entrar, o Galeno (jogador emprestado pelo Porto - se calhar está comprado) meteu a mão à bola e no livre resultante, ainda bem longe da baliza, o Cervi inventou um remate magistral que fez a bola ainda beijar o poste antes de entrar na baliza. Logo a seguir o nosso treinador emendou a mão e em vez de meter o Seferovic, que estava pronto para entrar, colocou em campo o Samaris para equilibrar a luta a meio campo. E à excepção de um lance no qual o Varela teve uma péssima saída a um cruzamento, não passámos por grandes calafrios. Para fechar da melhor maneira, já durante o período de compensação do período de compensação o Zivkovic, à segunda e na conclusão de uma jogada em que ele progrediu todo o meio campo adversário com a bola antes de combinar com o Diogo Gonçalves, fez o terceiro golo.

 

 

O homem do jogo é sem qualquer dúvida o Cervi. É um jogador de quem é impossível não gostar, quanto mais não seja pela atitude que tem em campo. Disputa cada bola como se fosse a última, corre os noventa minutos como se tivesse acabado de começar o jogo, e a isto alia uma capacidade técnica acima do normal. Não costuma marcar muitos golos, mas hoje apareceu na altura certa para fazer dois e carregar a nossa equipa até à vitória. Outro destaque que faço é o Zivkovic. Tinha a convicção de que ele seria a melhor solução para o lugar do Krovinovic ainda antes dele jogar, e depois de dois jogos a titular nessas funções julgo que poucos não partilharão dela. Tal como no caso do Cervi, a atitude ajuda muito. E depois tem a qualidade técnica para segurar a bola e a visão de jogo para fazer passes que rasgam qualquer defesa. Bem fez por merecer o golo que marcou (embora nesse lance até tenha sido algo egoísta, porque tinha o Jiménez em óptima posição). Uma menção também para o Fejsa. Já estamos tão habituados a vê-lo fazer aquilo que faz que às vezes até pode nem parecer nada de extraordinário, mas o Fejsa é provavelmente o factor mais importante para que consigamos pressionar os adversários da forma que o fazemos. Por diversas vezes ele é literalmente o meio campo do Benfica, por si só. Por último: o Rafa não soube aproveitar mais esta oportunidade. Esteve no lance do primeiro golo, mas no resto do jogo foi uma desilusão para mim.

 

Mais um difícil obstáculo ultrapassado, mas um passo dado no caminho que temos que percorrer até ao nosso objectivo. A equipa está estabilizada, a fórmula está encontrada, a dinâmica está instalada. A cada passo dado, a confiança aumenta.

tags:
publicado por D`Arcy às 02:12
link do post | comentar
10 comentários:
De Manuel Afonso a 11 de Fevereiro de 2018 às 07:54
Eu acredito na capacidade de quem nos representa dentro de campo e fora dele de atingir objectivos. Nada de especial. As provas disto mesmo são tantas, que teria de ser taliban para não acreditar.
Mas isto não faz de mim um optimista.

E para este jogo estava particularmente pessimista.
Um adversário com quem já jogámos duas vezes, na Luz, tendo merecido perder o jogo que ganhámos, e sem nada a dizer no jogo que empatámos.
Um adversário que nos obrigaria a marcar pelo menos 2 golos para ganhar, uma vez que tinha provado nas últimas partidas que pelo menos um golo iria marcar.
E a juntar às dificuldades inerentes ao adversário, um Zivkovic a ganhar rotinas de meio campo (e quando as ganhar nunca mais sai dali), e um Rafa que seria uma incógnita.

Pois bem, a prova foi superada de uma forma surpreendente, e demonstrativa da evolução constante da equipa neste novo sistema táctico, engendrado pelo treinador que não percebe nada de futebol, porque não diz as baboseiras nas conferências de imprensa tão do agrado dos jornaleiros deste país, e depois papagaios acéfalos é o que não falta por aí.

Surpreendente porque depois de uma primeira parte notável, a segunda parte foi menos conseguida, por uma baixa no nosso rítmo e pela subida de produção do portimonense, e permitimos o empate.
E foi então, passados 2 ou 3 minutos para assentar ideias, que se viu o Benfica campeão.
Fomos à procura do resultado, com pouco tempo para jogar, demonstrando sempre uma confiança inabalável.
O jonas tinha saído por lesão, tinhamos que marcar, o tempo estava a passar, e o que via os nossos jogadores fazerem era garantia que íamos sair de portimão com os 3 pontos.

Os jogadores começam a acreditar, os adeptos, bombardeados por uma campanha anti-Benfica sem precedentes, começam a acreditar, e eu nunca tive dúvidas, vamos lutar pelo Penta até ao último folego.

Agora é preparar o jogo com o Boavista com todas as cautelas.
Temos que ser imunes às notícias que o procurador geral da república, octavio ribeiro, não deixará de pôr cá fora.
Temos que estar preparados para as malas que aumentam de volume na proporção directa ao medo dos nossos adversários.
Temos que estar preparados para arbitragens nojentas como as que temos tido.
E acima de tudo, temos que ser imunes a qualquer sentimento sobranceiro, facilitismo ou falta de humildade.
O único clube do mundo que nos pode impedir de atingir os nossos objectivos é o Boavista.
De Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 09:09
Excelente cronica, só acho que o André Almeida merece uma palavra pela excelente temporada que está a fazer, para mim é um exemplo do que deve ser um jogador à Benfica. Continua o bom trabalho, para mim as tuas crónicas e as do João Gonçalves são as melhores e mais lucidas. Parabens
De Dias Pereira a 11 de Fevereiro de 2018 às 19:42
Boa tarde.
Como refere a crónica do D'Aecy, foi, de facto, preciso muito sofrimento para sairmos de Portimão com a vitória. Muito sofrimento, muito suor e o talento de Cervi, é verdade. E também muita felicidade, sejamos sinceros!
Mas a verdade é que, se a equipa tivesse tido uma postura mais constante e uma mais continuada, e consentânea, disponibilidade para o jogo, teria acontecido aquilo que a fase inicial da partida anunciou: uma exibição personalizada, autoritária, à altura do que se espera de uma equipa que já só pode almejar a ter sucesso nesta competição, que redundaria numa vitória que aconteceria de forma natural, tal a superioridade, individual e colectiva, do Benfica, face a um adversário que, independentemente do seu actual momento e dos resultados que vem alcançando, não pode, como é natural, ombrear connosco. Ponto.
O problema é que, mais uma vez - como tenho reiteradamente referido... - entramos em modo de economia total muito cedo, deixamos de correr, de ser assertivos na disputa dos lances, amolecemos os processos e, em consequência disso, acabamos por não matar o jogo, pomo-nos a jeito de sofrer dissabores e, depois, acabamos por ter de correr atrás do prejuízo e/ou de acabar os jogos com o credo na boca. Foi assim ontem... outra vez!
Depois do golo inaugural, mantivemos uma boa circulação de bola, qualidade e acerto no passe e uma toada mais atacante, mas, de novo, veio ao de cima uma das grandes pechas do nosso futebol actual: perdemo-nos em rodriguinhos e outras habilidades circenses e acabamos sempre por finalizar de maneira ineficaz e inconsequente, o que me leva a pensar na razão de tão deprimente prestação a esse nível: será que não temos mesmo ninguém capaz de, num jogo inteiro, acertar um remate digno desse nome, ou será que falta apenas trabalho de casa? A minha frustração é ainda maior quando constato que, nos adversários, os remates saem muito mais fáceis e, bastas vezes, mais eficazes.
Como nos enredamos repetidamente nos nossos próprios erros, desadequadas posturas e incapacidades, acabamos invariavelmente por ir dando oxigénio ao adversário, e minando o nosso próprio caminho. Alguém percebe como é que, depois de se estar por cima no marcador, de se ter o jogo controlado e a inequívoca vantagem de uma maior qualidade colectiva e individual, se deixa que o adversário reverta a situação de tal maneira que ainda antes do intervalo tenha causado os engulhos que causou e tenha tido ocasião, real, de nos causar prejuízo? A explicação - que é mais uma evidência!... - é que deixámos de meter o pé à bola, passámos a dar a iniciativa ao adversário, a ficar nas covas, a reagir em vez de agir, enfim... reincidimos numa postura que já sabemos que nunca dá bom resultado.
É verdade que a nossa equipa tem um défice ao nível das características físicas e morfológicas dos seus atletas, nomeadamente dos que actuam nos corredores laterais e no eixo do ataque, Mas também é verdade que esse aspecto continua sem ser minimamente acautelado, tanto na fase anterior ao lançamento do jogo, como durante o mesmo. E também me parece que os atletas se acobertam um pouco nessa realidade para não se entregarem totalmente ao jogo...
O reinício trouxe a nossa equipa com as mesmas, ou até mais, fragilidades na sua manobra, tanto defensiva como ofensiva. E surgiu o golo do adversário. Mais uma vez na sequência de um pontapé de canto. E mais uma vez com culpas para quem deveria defender... e não o fez, pura e simplesmente.
Os momentos que se seguiram trouxeram ainda mais instabilidade, facto que me é muito difícil de entender. porque se trata de uma equipa que joga junta há muito tempo, que tem jogadores com enorme experiência, e que não está propriamente acossada pela seca de títulos...
Valeu a boa reacção - apetece perguntar: porquê só depois de estar em prejuízo?... - e, sobretudo, o talento (e a felicidade!) de Cervi, para nos recolocar na frente.
Mas é sintomático que, depois de estarmos outra vez na frente, a equipa se tenha voltado a encolher, a esperar pelo adversário cá atrás, em vez de continuar a jogar na frente. O meu receio só sossegou quando o Zivkovic arrumou com a questão, já na compensação...
Continuo a dizer: é preciso mais. Muito mais!
(E um guarda-redes...)
Saudações benfiquistas!
Viva o Benfica!
De antonio fonseca a 12 de Fevereiro de 2018 às 10:11
Bom dia,

De sofrimento e persistência se fazem os campeões.

Sem ter sido uma exibição excecional, foi uma vitoria merecida.

Estamos na luta, como diz o nosso técnico esta pagina esta encerrada, venha o próximo e esse é a nossa besta negra este ano. Temos que vencer para mantermos a chama acessa.

Saudações benfiquistas.
De E Pluribus Unum a 12 de Fevereiro de 2018 às 14:51

Cervi. Cervi. Cervi. Cervi. Ceeeeeeeeeeeeeeerrrrrrrrrrrrviiiiiiiiiiiiiii.

Fraco CERVI. Está tudo dito.

BENFICA BENFICA BENFICA. BENFICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.. Sempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee o Maior e o Melhorrrrrrrrrrrrrrrrr.


P.S. Mais uma vez, e para não variar, JOGÁMOS CONTRA 14 (CATORZE).
À GRANDE PUTA PÔDRE QUE PARIU ESTE APITADOR do xistrema.

Entretanto para o jogo Chaves - oporco, para além das FACILIDADES dos transmontanos só faltou nomear o bimbo da bosta corrupto em vez do andrade-galego-percebejo artur soares dias.
Mas a razão estava do lado do conselho de APITADORAGEM, pois o amigo do oporco artur soares dias em nada difere do bimbo da bosta.

VERGONHA. Penalty claríssimo por marcar contra o oporco corrurptus aos seis minutos de jogo com o resultado ainda em branco.

Ui,Ui, se fosse isto a favor do Benfica, o chinfrim que para aí não iria!!!

Exceptuando o Glorioso e Inigualável SL-BENFICA, é só MERDA NESTE PAÍSECO DA TRETA.
De E Pluribus Unum a 12 de Fevereiro de 2018 às 21:33

No comentário anterior por lapso escrevi Fraco, quando deveria ter escrito FRANCO.
As minhas desculpas ao nosso craque.

Para os mais puristas aqui vai nova versão do referido comentário:

Cervi. Cervi. Cervi. Cervi. Ceeeeeeeeeeeeeeerrrrrrrrrrrrviiiiiiiiiiiiiii.

Franco CERVI. Está tudo dito.

BENFICA BENFICA BENFICA. BENFICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.. Sempreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee o Maior e o Melhorrrrrrrrrrrrrrrrr.


P.S. Mais uma vez, e para não variar, JOGÁMOS CONTRA 14 (CATORZE).
À GRANDE PUTA PÔDRE QUE PARIU ESTE APITADOR do xistrema.

Entretanto para o jogo Chaves - oporco, para além das FACILIDADES dos transmontanos só faltou nomear o bimbo da bosta corrupto em vez do andrade-galego-percebejo artur soares dias.
Mas a razão estava do lado do conselho de APITADORAGEM, pois o amigo do oporco artur soares dias em nada difere do bimbo da bosta.

VERGONHA. Penalty claríssimo por marcar contra o oporco corrurptus aos seis minutos de jogo com o resultado ainda em branco.

Ui,Ui, se fosse isto a favor do Benfica, o chinfrim que para aí não iria!!!

Exceptuando o Glorioso e Inigualável SL-BENFICA, é só MERDA NESTE PAÍSECO DA TRETA.
De Luís Manuel a 14 de Fevereiro de 2018 às 22:39
Olá D'Arcy, e obrigado pelo teu post.

Importantíssima e difícil vitória! Bem sei que agora há muita gente que vai desvalorizar o Portimonense, mas é uma equipa bem organizada e difícil de bater, que nos últimos jogos tem feito excelentes exibições. Entrámos muito bem, pressionámos, não deixámos o Portimonense explanar o seu jogo. Podíamos ter ido para o intervalo mais descansados, foi pena, porque na segunda parte o Portimonense entrou muito bem - sinceramente, penso que há momentos de jogo, contra determinados adversários, em que se impunha um meio campo mais forte da nossa parte, nomeadamente com a entrada do Samaris. A nossa reacção ao golo sofrido foi muito boa, mesmo sem o Jonas em campo (não temos sorte: Krovinovic. Salvio, Jonas...), e o Cervi foi fundamental! Grande exibição do nosso pequeno-grande jogador. Estou de acordo com as apreciações individuais que fazes: Fejsa enorme, Zivkovic muito bem, e acredito que ainda pode melhorar mais. Mas também gostei muito do André. Parece que o Salvio tão cedo não poderá jogar, mas a lesão do Jonas não é tão grave como parecia, esperemos que de facto não seja.

Agora é concentração total no jogo contra o Boavista - bem sabemos como os jogos contra o Boavista são difíceis, fora ou em casa. Por isso, seria magnífico ver a Luz cheia novamente no apoio aos nossos. É muito importante continuarmos a dar confiança à nossa equipa. Foi mais um passo dado, temos de continuar unidos.

Força, Benfica !
De E Pluribus Unum a 15 de Fevereiro de 2018 às 23:08

Tristes e FRACOS Benfiquistas!!!!! Tanto "amor" ao Clube, e nem com uma vitória importantíssima e categórica frente a um adversário dificílimo em sua casa, o Portimonense, mais o apitador xistrema a favor desse clube, aqui vêm expôr as suas ideias sobre a equipa, a forma como viram os acontecimentos, etc,etc,etc, e defenderem o Clube.
TRISTES E FRACOS, com a excepção devidamente relevada para os VERDADEIROS BENFIQUISTAS que até agora (seis, APENAS seis), exerceram o seu Benfiquismo ao enviarem os seus comentários.

A esses, o BENFICA merece-os e também eles merecem o BENFICA.
Aos demais, têm de "comprar" ou "pedir emprestado" muito, mas muito BENFIQUISMO, pois me parece que são mais adeptos e defensores da cerveja do que BENFIQUISTAS REAIS.
Adiante.....................

Mudando a agulha, o nosso Benfica continua a ser ENXOVALHADO E DENEGRIDO por toda a MERDA de jornaLIXEIRO e pé-de-microfone que vegetam no jornaLIXEIRISMO neste QUASE-país.
Vejo agora na sic (SOCIEDADE INDIGENTE CARNAVALESCA), o jornaLIXEIRO rui ANÃO DE SALTO ALTO santos, a ser "entrevistado" por uma jornaLIXEIRA com uma pose de muito séria, com um ar muuito "sério", a tentarem os dois FILHOS DA PUTA enterrarem o nosso Glorioso Benfica, com todo o à vontade, tratando o nosso clube e as suas gentes como se fossem um BANDO DE CRIMINOSOS!!!!!!

Agora é o caso da "toupeira" do Benfica, dizem esses ASQUEROSOS MONTES DE MERDA COM DUAS PATAS, que existirá no interior da Justiça portuguesa e que estará a dar informações, bla,bla.bl,blaaaaaa.

Porque esses FILHOS DA PUTA só falam do BENFICA, que é de longe muito mais SÉRIO E HONESTO do que oporco corruptus e riporting de alvaLADRA juntos?!?!

Porque não fala esse ASQUEROSO E LEPROSO rui santos, que deveria ser ATACADO COM MIL CANCROS, dos casos que envolvem investigação ao director do futebol do oporco, que entre outros ilícitos / crimes, ameaçou o árbitro Tiago Antunes de Braga de descer de divisão - e o árbitro desceu mesmo - por ele ter mostrado um cartão amarelo ao jogador do oporco Brahimi, na época passada no jogo Braga-oporco?!

Falam de NÓS BENFICA, porque se sentem seguros. Sabem que o Benfica é um Clube de todos o MAIOR, mas é um Clube dirigido por gente MOLE, FRACA E INCAPAZ de se REVOLTAR e denunciar e destruir os CALUNIADORES!!
E essa "doença" / FRAQUEZA que atinge praticamente toda a Direcção do Clube, infelizmente já "INFECTOU" maioria, para não dizer a totalidade dos Benfiquistas!!!!!

Pois é. O L.V. Camões tinha absoluta razão quando há cerca de 500 anos postulou que " UM FRACO REI FAZ FRACA A FORTE GENTE".

Esse ESCABROSO e ASQUEROSO rui santos, e outros jornaLIXEIROS do mesmo baixérrimo nível dele, se dissessem do oporco corruptos ou do riporting de alvaLADRA UM TERÇO ou UM QUARTO do que dizem ás DESCARADAS do Benfica, já tinham de certeza absoluta EMIGRADO.

A minha cabeça ao ouvir esses autênticos FILHOS DA PUTA fica cheia de ÓDIO. ÓDIO que é semeado por esses CABRÕES.
ÓDIO que me faz desejar-lhes TUDO, mas mesmo TUDO do pior.

Começo a ter receio até dos meus próprios actos, pois estou a chegar ao limite da minha resistência à DIFAMAÇÃO E ENXOVALHO do meu querido SPORT LISBOA E BENFICA.

Por isso peço a todos os Dirigentes do BENFICA que não se limitem a ripostar apenas através dos comentadores da BTV, mas que denunciem e exijam responsabilidades alto e bom som, toda esta CAMPANHA, TODO ESTE PLANO ASQUEROSO E MALÉFICO para DERRUBAREM O ÚNICO GIGANTE EM PORTUGAL, QUE É O NOSSO GLORIOSO BENFICA.

Se não forem capazes disso, por falta de COLHÕES, entreguem o Clube a outra Direcção, mesmo que esta seja constituída apenas por MULHERES.

Um Clube tão Grande, o MAIOR do país,etc,etc,etc, e toda a merda o denigre e enxovalha eeeeeeee "não pasa nadaaaaaaaaaaaaa"????!|!

ACORDEMOS TODOS E VAMOS DEFENDER O NOSSO AMADO SPORT LISBOA E BENFICA. Ontem, hoje e semrpeeeeeeeeeeeeeeeee.

BENFICA BENFICA BENFICA BENFICAAAAAAAAAAAAAA
De E Pluribus Unum a 17 de Fevereiro de 2018 às 13:41

Enfim, envia-se um comentário e fica-se à espera uma ETERNIDADE que o mesmo aqui seja tornado público!!!
O que será?! Laxismo?! Talvez, não sei. Mas adiante.
Eu, ao menos não deixo de exercer o meu BENFIQUISMO.

Vim aqui só para dizwer que para o jogo de hoje com o Boavista na nossa CATEDRAL da Luz, foi-nos ENCOMENDADO o apitador do SISTEMA anti-Benfica, um tal tiago martins, que é um OSGA / LAGARTINÓIDE de primeira cepa, e que com o seu aspecto de carneirinho inofensivo é daqueles que mais ROUBA pela calada.

Mais uma vez o nosso Glorioso Clube está de cócoras. Só falta mesmo ENCOMENDAREM-NOS ou o bimbo da bosta corrupto ou o TRINCA BOLOTAS burro de parvalho, clone de terceira categoria do tal bimbo.
Tenho cá para mim que se isso fosse possível e a ENCOMENDA fosse mesmo realidade, contonuaríamos a ter esta direcçãozinha e este presidentezinho de CÓCORAS E AGACHADOS a tudo e a todos.

Enfim, aos BENFIQUISTAS, a nós BENFIQUISTAS, resta-nos aguentar e apoiar o nosso Inigualável Cube que há muito tempo está ORFÃO de um VERDADEIRO PRESIDENTE E DE UMA DIRECÇÃO DE COLHÕES, que saiba EXERCER A FORÇA INIGUALÁVEL DO BENFICA NO PANORAMA DESPORTIVO PORTUGUÊS E NÃO SÓ.

Para o jogo de logo uma vitória por menos de dois golos de diferença no mínimo é quase uma derrota.

O BENFICA pela sua Grandeza e Poder Inigualáveis em Portugal tem OBRIGAÇÃO de marcar a diferença para melhor, para muito melhor em relação aos adversários e tem de GANHAR SEM ESPINHAS.

Para isso tem de subir, subir ao nível de um LIVERPOOL, por exemplo, os seus níveis de TRABALHO, PROFISSIONALISMO, EXIGÊNCIA, etc,etc,etc, e deixar de bla,bla,bla, do politicamente correcto, etc,etc,etc, que isso é conversa para boi dormir.

BENFICA BENFICA BENFICAAAAAAAAAAA Semrpeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee o MAIOR E O MELHORRRRRRRRRRR em TUDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO.

De ÁGUIA GENIAL a 13 de Abril de 2018 às 15:21
GANHAMOS BEM!
É CONTINUAR A GANHAR TODOS OS JOGOS.

FORÇA BENFICA!

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Passeio

Natural

Pouco

Absurdo

Controlo

Tranquila

Desconcentração

Cinzenta

Frustrante

Lamentável

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds