VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Segunda-feira, 19 de Maio de 2014

Tripleta

Foi difícil, bem mais difícil do que se calhar se esperaria. Mas após o sofrimento o jogo teve um final feliz, e o Benfica pôde celebrar a conquista da sua vigésima-quinta Taça de Portugal, recuperando um troféu que nos fugia há dez anos. A conquista significou ainda a nossa décima 'dobradinha', o que já não acontecia desde a longínqua época de 1986/87 (ainda me lembro bem dela, e dos dois golos com que o 'Diamante' abateu o Sporting no Jamor), e ainda uma inédita tripleta, que ainda não havia sido conquistado desde que existe a Taça da Liga.

 

 

O jogo teve duas partes muito distintas. Na primeira o Benfica, que teve o Enzo e o Salvio de regresso mas não viu o Siqueira recuperar a tempo de jogar, foi claramente superior. O Rio Ave optou por uma estratégia de contenção pura, sem ter sequer um ponta-de-lança em campo, e o Benfica dominou como quis, com uma posse de bola esmagadora e o jogo a disputar-se quase todo no meio campo do Rio Ave. Chegámos à vantagem num belíssimo golo do Gaitán, que mesmo à entrada da área controlou a bola e num pouco usual remate de pé direito levou a bola a entrar imparável junto ao ângulo. Poderíamos até ter ampliado a vantagem e estivemos perto de o fazer num cabeceamento do Garay, que só precisava ter desviado a bola um pouco mais do guarda-redes. Na segunda parte o Rio Ave entrou mais forte e pressionante, enquanto que a nossa equipa deu o estouro fisicamente. Os primeiros minutos foram complicados, depois conseguimos sacudir um pouco a pressão, mas à medida que o jogo ia caminhando para o final o objectivo passou mesmo a ser aguentar o resultado, já que não conseguimos responder muitas vezes aos ataques do Rio Ave (lembro-me apenas de uma grande ocasião do Markovic). Passámos por alguns sustos (levámos com uma bola no poste), mas o espírito de sacrifício e entreajuda dos nossos jogadores e intervenções do nosso fantástico guarda-redes impediram males maiores e deram-nos o direito a festejar com o apito final.

 

 

Nos jogadores, destaque óbvio para o Oblak - às vezes é fácil esquecer que tem apenas vinte e um anos. Temos aqui um guarda-redes para muitos e longos anos, se não no-lo vierem buscar entretanto. Bom jogo da dupla de centrais e do Maxi.

 

 

Depois da tempestade que foi o final da época passada, que se arrastou para o início desta, era difícil prever que este fosse o resultado final. Acabou por ser uma das melhores épocas da história do Benfica, e só não foi ainda mais memorável por termos falhado a conquista da Liga Europa da forma que sabemos. Estas conquistas são acima de tudo o resultado da crença no trabalho desenvolvido até aqui e na viabilidade de um projecto para o futebol. Quem lê o que eu escrevo aqui sabe bem que mesmo nos piores momentos do final da época passada defendi a continuidade do Jorge Jesus. Para mim, sempre foi uma questão meramente racional: quando se falham objectivos por meros pormenores, parece-me mais lógico trabalhar para corrigir esses pormenores que falharam do que deitar tudo abaixo e recomeçar do zero. Fico satisfeito pelo facto dos resultados terem recompensado quem se atreveu a decidir por essa via e não pela previsivelmente mais fácil via populista.

 

 

O final do jogo de hoje não significa que o trabalho esteja terminado. Pelo contrário, espera-nos ainda mais trabalho para a próxima época. Porque se a exigência no Benfica já de si é alta, depois de uma época destas aumenta ainda mais. Não queremos que se repita 2010/11, em que depois de sermos campeões na época anterior perdemos tudo. É fundamental mantermos a nossa posição de supremacia no futebol português, continuando a vencer jogos e a conquistar troféus. E para isso seria importante tentar manter o máximo possível desta equipa - é que confesso que há muito, muito tempo que não tinha a sensação de termos um grupo tão unido como o que vi esta época, e isto foi para mim uma das principais chaves do sucesso.

publicado por D`Arcy às 00:44
link do post | comentar
28 comentários:
De Freud Explica a 19 de Maio de 2014 às 00:52
Este ano o Benfica venceu o Campeonato, a Taça de Portugal, e a Taça da Liga.
E se não fosse um roubo do tamanho da Catedral de Sevilha, também tinha ganho a Liga Europa.

Saudações benfiquistas, e para o ano há mais!
De Joaquim Rato a 19 de Maio de 2014 às 01:20
O Jorge jejum em quatro títulos possíveis ganhou três. Para jejum, não está mal.
Uma palavra para o Grande Maxi. Que é constantemente vítima de ingratidão em muitos comentários que por aqui desfilam. Estes raramente tem em conta as condições em que ele muitas vezes joga. Este ano foi gerido e vê-se como termina a época. É um jogador único, orgulho de qualquer bom treinador ou adepto com suficiente massa cinzenta.
De cherish slb a 19 de Maio de 2014 às 01:23
Olá D'Arcy,

Estou totalmente de acordo. Mesmo assim, permite-me acrescentar nos destaques que o Enzo Perez é regalo para quem gosta de jogadores à Benfica. Impressionante a capacidade de sofrimento que todos tiveram e parece-me que ele hoje personificou bem tudo o quanto passaram durante a época.

Viva o Benfica!
Para o ano há mais, na esperança que o grupo se mantenha assim, unido e confiante.
De Águia IMPERIAL a 19 de Maio de 2014 às 04:51
Grande vitória do Nosso Glorioso BENFICA. Inédito esta TRIPLA conquista, do Maior e Melhor Clube de Portugal, que é o ÚNICO que ostenta no seu palmarés TODOS OS TÍTULOS NACIONAIS. Factos. E contra factos não há argumentos.Somos os Maiores e os Melhores. Em tudo. Apenas não o somos - nem queremos, nem Nós Sócios/Adeptos do Benfica tal admitiríamos - na "arte" de transformar árbitros em APITADORES CORRRUPTOS, pois isso é matéria para ESPECIALISATAS tais como o fóculporco, platini, juventus, etc,etc,etc, como ainda agora se viu com o CORRUPTO apitador alemão félix brich _ que já deveria ter sido recolhido por Deus e mandado para o inferno - , no jogo da Final da Liga Europa, em que tivemos de jogar 11 contra 17, e mesmo assim só Nos conseguiram ROUBAR a Taça na ALDRABICE que foi a chamada MARCAÇÃO DE PONTAPÉS da MARCA DE GRANDE PENALIDADE, tendo Nós BENFICA, ficado com o INGLÓRIO - ou talvez nao - Título de 1ª e até agora ÚNICA equipa A PERDER UMA PROVA EUROPEIA SEM nenhuma derrota E APENAS 3 (três) empates. É OBRA. Obra só ao alcance dos MAIORES CLUBES DO MUNDO.

Quanto à Final da Taça de Portugal e ao jogo propriamente dito, LOUVORES TOTAIS, para esse que eu j´aqui referi GRANDE, GRANDE , GRANDE Guarda-Redes OBLAK, que domina todos os SEGREDOS da baliza e que ontem foi também um belo LÍBERO, TENDO ATÉ VINDO GANHAR UMA BOLA QUE SERIA PERIGOSÍSSIMA para Nós Benfica cerca de 10 ou 15 metros à frente da linha da Nossa grande área. PARABÉNS Jan Oblak. QUE AÍ FIQUES MUITOS ANOS e que te coloquem já com um contrato ao nível da tua CATEGORIA e SEGURANÇA que dás ao MEU Tão QUERIDO E AMADO BENFICA de Todo o Mundo. A seguir, destaco o Grande EZEQIEL GARAY. Que jogador fenomenal. Dá a impressão que já era BENFIQUISTA - tal como eu - ainda no ÚTERO da sua mãe. Para além de todas as qualidades que lhe podemos enumerar, tais como CLASSE, PROFISSIONALISMO, DEDICAÇÃO TOTAL, HUMILDADE, COMPANHEIRISMO,... B E N F I Q U I S M O, etc,etc,etc, é o ÚNICO jogador que me permite sonhar que é possível Nós BENFICA, marcarmos GOLOS DE CABEÇA na sequência de cruzamentos para a área adversária, seja na marcação de livres ou pontapés de canto, ou mesmo em lances de BOLA CORRIDA, em que algumas vezes o grande GARAY aparece na área do adversário.

Quanto aos demais jogadores, coloco-os a todos na mesma bitola futebolística neste jogo, e não vou tecer qualquer crítica, pois verifiquei que a ENTREGA foi total, apenas as suas prestações menos conseguidas por manifesto CANSAÇO, completamente aceitável nesta altura da época e depois do enorme DESGASTE FÍSICO e EMOCIONAL que foram os 120 minutos de Turim mais as viagens e a DESCARADA ROUBALHEIRA de que mais uma vez fomos VÍTIMAS. Morre feliz brych CABRÃO. Nunca te vou esquecer pelos piores motivos CORRUPTO de esterco.

De resto para dizer que do Sevilha-Benfica ficámos sem mais dois jogadores ( Siqueira e Sulejameni ) devido a caceteiros disfarçados de jogadores de futebol que têm " VIA ABERTA" para malharem à vontade contra quem envergue o MANTO SAGRADO VERMELHO de ÁGUIA AO PEITO.
Até quando??!! Até quando, pergunto eu, esta DESFAÇATEZ COVARDE continuará, e quando é que os Altos Comandos do Clube fazem alguma coisa para ACABAR COM AS AGRESSÕES IMPUNES AOS JOGADORES DO BENFICA.

O APITADOR CORRUPTO xistra, lá inventou uns quantos livres contra Nós, a ver se o Rio-Ave empatava. Mostrou um cartão amarelo ao Lima por ter dominado uma bola com o peito.Mas, para os APITADORES CORRUPTOS peito na bola de um jogador do BENFICA é "MÃO". Outro DEFECADO por uma RAMEIRA Pôdre QUE EU ODEIO, já dos tempos em que teve aquela actuação HILARIANTE como Nosso MICOLInum jogo no Nosso belo Estádio da Luz.
E a carinha do lagartinóide nomeador dos APITADORES CORRUPTOS, vítor CARA DE RATO DE ESGOTO pereira, no final do jogo??!! Viram??!! Coitado. estava BRANCO. Tristíssimo. Só lhe faltava as riscas verdes. Esse SAPOLA só não nomeia para os Nosso jogos o bimbo da bosta ou o grunho paspalho porque não pode, senão até essa provocação Nos fazia. e Nós a tratarmos essa GENTALHA com toda a deferência do mundo.
O melhor da Final: O HINO do Nosso BENFICA cantado pelos milhares de apaixonados pelo Clube. S U B L I ME. Não há lágrima que resista a ficar quieta. SOLTAM-SE
BENFICA, sempre. Amo-TE. ATÉ MESMO DEPOIS DA MORTE.
De Diamantino Cunha a 19 de Maio de 2014 às 09:53
Embora este meu aparte nada tenha a ver diretamente com o artigo, gostaria apenas de realçar um pormenor ( para mim, um "pormaior"). Cheguei a conhecer ainda o guarda-redes Bastos e, como tal, alguns mais, e, com exceção do Bento ( cujas exibições não segui assiduamente por me encontrar nas áfricas), desde o grandíssimo Preud'homme que não via no meu Benfica um guardião como Oblac! É tão-somente a minha opinião, e como tal vale o que vale. Desde que o miúdo começou a defender as nossas balizas, até o Luisão começou a parecer o melhor do mundo, quiçá merecedor, segundo alguns, de um lugar na Seleção do Brasil, só que eu tenho memória, a mesma memória de épocas anteriores, e onde estão gravadas as imagens de Germano, Humberto, Mozer, Ricardo Gomes. Obviamente que nada me move contra o "Girafa" ( nem tal teria razão de ser), mas pretendi apenas chamar a atenção sobre o Oblac, e até gostaria de conhecer a sua clausula de rescisão, pois as equipas de futebol, as grandes equipas, têm de ser estruturadas a partir de trás, a começar pelo guarda-redes, como diria o Sr. de la Palisse! Um abraço.
De inês Lima a 19 de Maio de 2014 às 09:54
Que felicidade começar esta semana com esta ressaca boa, boa mesmo, da festa da Taça. Que Orgulho!
Mais uma vez abrimos caminho, o que automaticamente valorizou ainda mais a Taça da Liga. Já ninguém se vai querer livrar dela...
E ainda tive o gozo supremo do momento "Paula Rego" do J.J., que foi capaz de diluir o efeito que alguns comentários azedinhos dos comentadores televisivos sobre o nosso "ganda mister", tiveram em mim.
Sempre Presente
De Joao Coelho a 19 de Maio de 2014 às 10:45
Um jogo de fim de época onde o que interessava era o resultado. A equipa estava morta e o jogo foi uma bela porcaria. Mas o que interessava era o caneco. Parabéns a todos pela boa época, que não foi excelente porque um nazi nos retirou a hipótese de ganharmos a Liga Europa. JJ à 5ª tentativa lá conseguiu ganhar a Taça de Portugal. Se não é recorde anda lá perto.

A época que se segue já deve estar a ser preparada e preocupa-me as mensagens de mulheres dos jogadores no Twitter. Vamos perder Garay, André Gomes, Rodrigo com toda a certeza, mas Gaitan, Siqueira, Silvio, Enzo e Markovic vão ser muito disputados neste defeso, sendo que no caso do Silvio e Siqueira os empréstimos têm de se converter em compra.

Relativamente ao Treinador, só espero que alguém leve o JJ e de uma vez por todas temos de ir buscar o Marco Silva. Com a idade dele JJ nem tinha metade do curriculum e se lhe derem tempo como deram ao JJ de certeza absoluta que em 5 anos ganhamos mais do que uma tripleta.

De moleculasdeamor a 19 de Maio de 2014 às 10:51
Há 5 anos defendi a vinda de JJ - penso que fiz bem... depois no ano passado defendi a sua saída... custa-me que não jogue em 4.3.3 em alguns jogos, para fazer "descansar" a equipa... tem méritos... colocou o Benfica a jogar à bola... a última vez que me lembre de ver o benfica a jogar á bola tinha sido no inicio da década de 90... no entanto vou dizer uma coisa que vos vai surpreender... penso que neste momento o treinador indicado para o Benfica é Fernando Santos... mas se Jesus ficar será certamente muito bom para o clube.... a minha ideia não vale rigorosamente nada!

Daquilo que observo vão sair estes jogadores:
Steven Vitória, Artur Morais, Paulo , Garay(?????), Gaitan, Rodrigo, Cardozo e André Gomes!
Temos Lisandro Lopes, Mitrovic, Candeias (?), Ola John, Pizzi, Nelson Oliveira, Farina(?) e Bernardo Silva... Lindhelof é também um jogador INTERESSANTÍSSIMO (mentalidade á Oblak) que faz várias posições... toda a defesa e trinco... no meu entender precisamos de um grande avançado e dois médios centro de muita qualidade... ficar com o Silvio e o Siqueira era muito importante memso...


ENORMÍSSIMA ÉPOCA!!!!!!!!!!!!!!! GRATO À EQUIPA TÉCNICA E AOS JOGADORES E AO PRESIDENTE (com o qual não me identifico minimamente)
De ARRIFANA a 19 de Maio de 2014 às 11:23
´PICO ÉPICO ÉPICO

SOFRI COMO NOS VELHOS TEMPOS MAS VALEU A PENA

LAMENTO QUE SÓ HAJAM ESTES COMENTÁRIOS PORQUE SE TIVÉSSEMOS PERDIDO ERAM DEZENAS

VIVA O BENFICA NAS VITORIAS E DERROTAS

VIVA JESUS
VIVA VIEEIRA POR MUITOS ANO
De Manuel Afonso a 19 de Maio de 2014 às 11:46
Muito rapidamente o que tenho a dizer em relação ao jogo é as finais são para se ganhar. Ganhámos.
Uma palavra para o Oblak, que é um fora de série, para o Maxi, cujas limitações óbvias não lhe conferem qualidade suficiente para ser um lateral titular no Benfica, na minha opinião, mas que em jogos destes, onde o que vale é a alma e o pulmão diz sempre presente, e aos restantes heróis que deram o que tinham e o que não tinham neste jogo. Excluo apenas o André Gomes que em jogos para homens de barba rija parece um menino.

Chegou então a altura de fazer o balanço da época.
É vão-me perdoar se não o faço em Novilíngua futebolística, mas percebo mal o idioma.
Frases que antigamente faziam todo o sentido, neste novo dialeto soam a algo completamente diferente. Deixo apenas alguns exemplos.

Em dialeto antigo - Até um relógio partido está certo duas vezes por dia.
Em novilíngua- Qualquer imbecíl que passe a vida enganado, ao acertar uma vez prova inequivocamente que sempre teve razão.

Em dialeto antigo- Em desporto de alta competição o que interessa é ganhar.
Em novilíngua- O que interessa é o caminho percorrido até à derrota final.

Em dialeto antigo-Em desporto de alta competição o que interessa são os resultados.
Em novilíngua- O que interessa é chegar ás decisões.

Em dialeto antigo-O terinador é sempre responsavel nas derrotas e nas vitórias.
Em novilíngua- O treinador não tem responsabilidade rigorosamente nenhuma nas derrotas ou é o único responsavel por elas. Nas vitórias tanto pode ser o único responsavel como ter responsabilidade nenhuma. Varia com a pronúncia.

Em dialeto antigo- Treinador a quem são dadas todas as condições para ganhar tudo e não consegue ganhar nada deve ser despedido.
Em novilíngua- Populismo.

Falando então no dialeto dos meus antepassados, esta época foi excelente.
Foi excelente exactamente na mesma medida em que o ano passado foi terrivel.
Foi excelente porque o Benfica é um clube com uma história. Uma história que não começou há 5 anos, 10, 15 ou 20. Começou há mais de 100.
E em mais de 100 anos de história contam-se pelos dedos de uma mão as épocas de igual sucesso desportivo.
Dirão alguns que só assim foi porque o plantel é excelente. É evidente que sim, mas também não conheço equipas que consigam realizer épocas excelentes sem ter planteis excelentes.

Assim sendo, parabéns a todos, diregentes, treinadores, jogadores e restantes funcionários, com especial ênfase no presidente.

Para o futuro, em termos das decisões estratégicas tenho como sempre tive total confiança nesta direcção. Sendo certo que a aposta na formação tem que começar a ser sensivel já na próxima época, a contenção de custos tem que ser sensivel já na próxima época, tanto a nivel das contratações como das vendas, e que vai ser necessário fazer mais com menos.

Neste meu dialeto diz-se que treinador campeão não se despede. Em novilíngua não sei como soa, mas de certeza que vou ter oportunidade de aprender hoje.
Isto para dizer que após esta época, o treinador, Jorge Jesus, ganhou o direito, o previlégio de estar ao comando da equipa do Benfica mais uma época.
Não porque pense de forma diferente em relação ás suas capacidades, menos ainda por encarar a época que aí vem com optimismo ou confiança.
Mas apenas e só porque sei que não inventar é meio caminho andado para se acertar mais vezes do que um relógio partido.
Porque sei que a coragem de se ser coerente é o resto do caminho que se percorre para se estar muito mais vezes certo do que errado.
Não sei se isto é ser populista, também nesta matéria sou pouco versado, e de novilíngua, como já disse, percebo muito pouco.












Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Cinzenta

Frustrante

Lamentável

Desnecessário

Desilusão

Estrelinha

Paciência

Incontestável

Difícil

Serenata

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds