VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Domingo, 22 de Novembro de 2015

Zero

É a única palavra que me vem constantemente à cabeça para descrever aquilo que o Benfica joga hoje em dia. Zero. Nadinha. Mandamos onze jogadores para dentro do campo, e depois pode ser que saia alguma jogada, ou alguma iniciativa individual. Porque em termos de equipa, nada me parece trabalhado nem vejo evolução por mais boa vontade que eu queira ter e por mais tempo que eu queira dar. Lamento, faço o que posso, mas simplesmente não consigo ver. A nossa equipa hoje em dia é uma manta de retalhos sem rei nem roque, que ataca mal e defende ainda pior e que vê cartões estúpidos numa série de jogos - hoje conseguimos ter dois jogadores expulsos por palavras (um deles no banco) - o que se calhar revelará alguma coisa acerca do estado de espírito actual do plantel.

 

 

Hoje até começámos da melhor maneira possível, com um golo no primeiro remate que fizemos, pelo Mitroglou logo aos seis minutos. Mas a mentalidade pequena não deu para mais, fomos recuando progressivamente no terreno, a partir do final do primeiro quarto de hora já o factor choque do golo a abrir tinha sido esbanjado, e como a equipa não sabe defender acabou por conceder um golo que só posso apelidar de anedótico no período de descontos antes do intervalo (quando o intervalo chegou, esse tal primeiro remate que fizemos e que deu golo continuava a manter-se teimosamente como o único remate feito). Depois pareceu que jogámos sobretudo a pensar no prolongamento, e a seguir a isso a pensar nos penáltis. Deu para o torto, sofremos mais um golo a oito minutos do final do prolongamento e acabou-se. E sim, o Jorge Sousa é um escroque, mas isso não é de hoje, é de sempre, e se calhar em vez de estarmos a fazer barulho agora deveríamos era não ter ficado a dormir no início da época enquanto os outros davam a golpada do Proença na Liga. Depois disso acontecer, tudo isto era previsível. Agora é chorar sobre leite derramado.

 

Para que conste, eu sou benfiquista e não um adepto do Jorge Jesus. A partir do momento em que ele é posto a andar do Benfica, é passado e assunto arrumado; estou-me positivamente nas tintas para ele. O meu problema, já o disse e volto a dizer, nunca foi dispensarem os serviços do Jorge Jesus. O meu problema foi sempre a escolha feita para o substituir. Era um ponto fulcral: era fundamental acertar na escolha. E na minha opinião, falhámos. Tenho a certeza de que o Rui Vitória tem o seu valor e as suas competências, mas sinceramente nunca o consegui ver como a pessoa certa para o lugar que ocupa. E quem me conhece sabe bem que esta já era a minha opinião muito antes de algum benfiquista sonhar sequer com a possibilidade de se trocar de treinador. Tendo em conta o futebol que sempre vi nas equipas por si orientadas, não acreditava que ele fosse o treinador certo para trazer sucesso ao clube. Infelizmente, e pelo menos até agora, ainda não consegui mudar de opinião. Eu não culpo o Rui Vitória pelo que se está a passar; ele faz o melhor que sabe e pode. Para mim a culpa é de quem o escolheu - e a culpa não mora apenas nessa escolha, porque houve ainda mais erros a acumularem-se, nomeadamente na construção do plantel. Mas pronto, o que eu mais desejo é estar espectacularmente errado e que no final da época venham aqui gozar comigo e acusarem-me de não perceber absolutamente nada sobre futebol depois dos títulos que conseguirmos conquistar. Acreditem que poucas coisas me darão tanto prazer.

 

Por agora, para julgar tenho apenas os números daquilo que foi feito até agora. E esses dizem-me que em quatro meses conseguimos acumular tantas derrotas frente aos patetas do Lumiar quantas aquelas que tínhamos averbado nas últimas oito épocas juntas. E pelo caminho, já perdemos dois troféus. Pode ser apenas coincidência, ou um indicador de que alguma coisa está errada. Ou então, se calhar, só é preciso ter paciência e dar mais tempo.

tags:
publicado por D`Arcy às 10:34
link do post | comentar
49 comentários:
De Anónimo a 22 de Novembro de 2015 às 10:41
nos ultimos 4 anos, a media de derrotas do benfica em jogos oficiais foi de 6 por ano.

este ano, em novembro ja vamos com essas 6. e na semana que vem vamos aos confins do cazaquistao e depois a braga.
De antonio fonseca a 22 de Novembro de 2015 às 11:37
Bom dia,

Inteiramente de acordo com o post. A nossa equipa são 11 jogadores que não apresentam fio de jogo. Não apresentam jogo de equipa e como tal já vão na terceira machadada dada pelos calimeros. Custa perder desta maneira e para mais contra estes viscondes calimeros

Ontem apresentaram-se em campo 3 equipas para ganhar o jogo: a da arbitragem, a da lagartagem e a nossa. Quem ganhou? primeiro a da arbitragem com mais uma arbitragem maliciosa, onde valeu de tudo contra os nossos, com a mostragem de amarelos alguns com razão e outros nem tanto. O slimane tem uma entrada à cotovelada sobre o samaris e outra patada sobre o julio cesar e nada , o capitão deles fartou-se de aviar porrada e só no final é que levou um amarelo, E para culminar mais um penalty escamoteado á nossa equipa. Desta maneira não é possivel atigir o que se pretendia porque a aliar ao nosso mau jogo existem outras forças que nos impedem.

Segunda, ganharam os calimeros porque de tanto se chorarem estão a colher os frutos. Tal como diz o adepto, para quando marcar um penalty contra o sportem?.

Terceiro, perdeu o slb pelas considerações já expostas pelo moderador.

Assim confesso que vai ser uma época bastante negativa. É inconcebível que de uma época para outra se jogue tão mal, e ainda pela atitude medrosa que entram em campo, e ontem até começou de feição. O 1º golo foi de uma imbecilidade total onde as culpas têm que se assacar ao Julio Cesar e a toda a defesa pela passividade demonstrada.

O segundo golo foi mais uma mer** de alívio do jardel (que nódoa este ano) com toda a defesa a ver a moda passar.

No fundo esta exibição vem no seguimento de muitas, miseráveis..

A continuar assim no próximo jogo em Braga vai ser o final de uma época frustrante.

Saudações benfiquistas.
De Ricardo Fernandes a 22 de Novembro de 2015 às 11:51
Estás absolutamente certo... infelizmente.
De Sem eira nem beira a 22 de Novembro de 2015 às 11:52
Tristeza e frustracao. Mesmo sem o Jesus as coisas poderiam e deveriam ter sido diferentes. Se tivesse havido competencia na celebre 'estrutura'. A unica coisa boa e que vamos ter muito tempo para preparar a proxima epoca. Pode ser que desta vez facam as coisas da maneira acertada. Que sejam competentes. Que saibam tomar decisoes, mesmo dificeis. E que percebam de uma vez por todas que o romantismo da aposta no Seixal a qualquer preco e o caminho mais certo para a ausencia de titulos.
De luisgarcia a 22 de Novembro de 2015 às 12:11
não posso estar mais de acordo,nem vou acrescentar nada ,desejo um Bom Dia
De Red Angel a 22 de Novembro de 2015 às 12:32
É verdade tudo o que dizes. É verdade que o Benfica pouco joga. é verdade que os jogadores do Benfica parece sempre que estão a dormir (só assim se pode explicar o golo do Sporting), demoram a reagir e chegam sempre tarde aos lances. Eu também acho que é culpa do treinador que é demasiado mole. Mas...
A verdade é que Slimani devia ter sido expulso no inicio da segunda parte quando agrediu Samaris sem bola. A verdade é que há um penalti descarado sobre o Luisão no lance em que parte o braço. A verdade é que Slimani devia ter visto pelo menos amarelo no lance sobre Júlio César. A verdade é que não havia lances para jogadores do Sporting ( não contesto os do Benfica talvez com excepção para o 2º amarelo ao Samaris). A verdade é que o Benfica até estava a jogar bem até começar o festival de amarelos (dados a uns e poupados a outros). A verdade é que o arbitro inclinou o campo e a partir de dada altura os jogadores do Benfica perceberam isso e começaram a ficar nervosos.
Tens razão no que dizes mas és demasiado contundente e não atendes aos condicionalismos.
De jes a 22 de Novembro de 2015 às 12:34
Globalmente de acordo. Mas não se pode fazer omeletes sem ovos, como dizia Otto Glória. Este plantel do Benfica é fraco, independentemente da pré-época, dos árbitros, do Proença, do Bruno ou do Vitória... O plantel de 2009/10 foi sendo gradualmente substituído, com sucesso, até à constituição dum outro grande plantel, 2013/14. Depois disso, nada. A política de renovação estava certa, a alteração que se quis implementar foi brusca e precipitada, sem dar garantias de manter a equipa ao nível das ambições que justificadamente tem e deve ter.
De Henrique Teixeira a 22 de Novembro de 2015 às 12:42
Está a acontecer o que quase toda a gente previa, depois de Luís Filipe Vieira fazer o mesmo que Manuel Damásio fez em 1994.
Até parece que o Benfica não gosta de quem lhe dê títulos.
Já foram afastados, ou não lhe foram renovados contratos, muitos treinadores acabados de ser campeões. Estou-me a lembrar de Béla Guttmann (depois de ser bicampeão europeu), Fernando Riera, Elek Schwartz, John Mortimore, Toni, Trapattoni e Jorge Jesus. Creio que Fernando Riera e Toni foram afastados duas vezes nessas condições.
Além disso há ainda a lamentar os erros que permitiram a saída de José Mourinho e não permitiram a sua reentrada.
Mas também noutras modalidades o Benfica tem cometido os mesmos erros. Estou-me a lembrar do Futsal e do Andebol, aqui com Aleksander Donner a sair depois de ter dado um título que fugia há muitos anos e que ainda não voltou a ser conquistado.
A opção do presidente por um treinador que a maioria dos benfiquistas não queria, as más contratações, a errada digressão da pré-época, as alterações na liga, as más arbitragens, etc. tudo isto está a produzir maus resultados.
Tal como o Gonçalo, também eu gostaria de ser gozado no final da época pelo meu pessimismo, porque aquilo que mais me alegra são as vitórias e os títulos do Benfica.
De pv a 22 de Novembro de 2015 às 12:51
Subscrevo.
De Luis Agostinho a 22 de Novembro de 2015 às 13:29
Vejo muita gente a pedir a cabeça do Rui Vitória mas penso que ele é o menos culpado. A verdade é que não temos equipa. Isto de fazer uma equipa com os jogadores da formação e tal e tal, só podia dar nisto. Não ter precavido a falta de laterais no inicio da época, quando todos víamos que não os tínhamos, só podia dar nisto. Temos uma "equipa" muito estranha, muito desequilibrada e com pouco talento e acima de tudo com pouca garra (ontem fomos sacos de pancada das osgas).

Tenho sido apoiante do presidente e acho que ele fez um grande trabalho à frente do Benfica, mas não votei neste projecto que apareceu bruscamente, de um ano em que fomos bi-campeões, para o outro. Nunca acreditei neste novo, repentino projecto, e o resultado está à vista. Logo agora que estávamos a um passo de conseguirmos a hegemonia no futebol nacional...lembram-se?

Depois, houve o erro estratégico clamoroso de deixar o porco gordo da filial alfacinha do recreativo de caalá tomar conta da agenda informativa na totalidade. Ele denegriu-nos, insultou-nos, mentiu sobre nós, faltou-nos ao respeito, pressionou os árbitros, fez eleger um amigo para a liga, e o que fez o Benfica? Nada! Fez queixas na justiça....Acordem! Justiça portuguesa? Estão à espera de justiça no sistema de justiça português no qual ninguém confia?

Agora vem o Rui Vitória exigir respeito. Não é um bocado tarde, quando deixámos que o porco gordo do lumiar nos faltasse ao respeito como bem lhe apeteceu?

Criámos e ajudámos a criar as condições para a tempestade perfeita e na verdade, o Benfica está em crise. Irá o presidente continuar calado? Manter o rumo direito ao abismo? Vamos a ver, receio bem que sim.

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Desnecessário

Desilusão

Estrelinha

Paciência

Incontestável

Difícil

Serenata

Crença

Evidente

Talento

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds