VAMOS ACABAR COM AS IMBECILIDADES
Domingo, 2 de Outubro de 2022

Zero

E ao décimo quarto jogo não ganhámos. Foi um jogo de zeros: no final dos noventa minutos em Guimarães ficou tudo a zeros, e o que nós produzimos enquanto equipa neste jogo foi também zero, quer no campo, quer no banco. Por isso o resultado só pode surpreender quem não viu o jogo, porque na verdade nada fizemos para justificar outro desfecho.

1.jpg

Neste momento a maior dúvida que há em relação ao onze do Benfica para um jogo é quem ocupará a direita da defesa. O Bah parece estar a levar vantagem nesta altura e foi por isso ele quem ocupou esse posto, com o resto da equipa a ser a esperada. E quase que posso parar aqui no que diz respeito à primeira parte. Porque a verdade é que não fizemos absolutamente nada durante a mesma. Se às vezes se utiliza a expressão 'dar uma parte de avanço', então ela aplica-se perfeitamente ao que aconteceu. Foi com toda a certeza a pior exibição que eu vi o Benfica fazer esta época; uma nulidade tão grande que o primeiro remate que fizemos foi do Enzo, aos quarenta e dois(!) minutos, de fora da área e para a bancada. Foi essa a produção ofensiva do Benfica no primeiro tempo, durante o qual não conseguimos produzir qualquer jogo ofensivo pelas alas, pressão alta não existiu, o Rafa foi controlado e mantido fora do jogo pelo adversário, o João Mário fez-me insultar diversas vezes a minha televisão (das poucas vezes que criámos desequilíbrios, infelizmente era sempre aos pés dele que a bola ia parar e invariavelmente ele decidiu mal, fazendo passes para os defesas adversários) e foi até o Vitória quem mais vezes se aproximou da nossa área. Perante uma tão pobre primeira parte esperava uma reacção imediata e enérgica no banco logo ao intervalo de forma a alterar o rumo dos acontecimentos, mas não houve quaisquer alterações. Voltámos de facto mais pressionantes e conseguimos empurrar o Vitória mais para junto da sua área, mas sem qualquer evolução no que diz respeito à produção ofensiva. Muito sinceramente, não me recordo de qualquer lance de perigo da parte do Benfica, ou do Varela ter feito uma única defesa. Achei que o nosso treinador foi lento a reagir perante uma produção tão pobre dentro do campo, e quando finalmente (a vinte minutos do final) fez três alterações de uma vez, nada alterou tacticamente. Foram trocas directas - Florentino/Aursnes, Gonçalo Ramos/Musa, Neres/Draxler - e passou o João Mário para a direita. Irritou-me em particular a troca de avançados pois teria preferido passar a jogar com dois, já que durante todo o jogo me pareceu que tivemos muito pouca presença na área. A coisa só não ficou pior porque numa rara demonstração de utilidade, o VAR ajudou a reverter o Taremi que o árbitro tinha assinalado a favor do Vitória. Ainda fizemos nova troca directa, entrando o Diogo Gonçalves para o lugar do João Mário, e já no período de descontos fizemos uma última substituição que me deixou profundamente desiludido. Trocar o Rafa pelo matacão Brooks, para meter o central americano a jogar na frente para o chuveirinho (que nem sequer aconteceu) foi para mim um sinal claro da completa desinspiração também do nosso treinador ontem à noite - foi o equivalente à estratégia habitual da malta do Lumiar quando manda o Coates lá para a frente, porque já não têm mais ideias. O único efeito prático disto foi ver o Brooks a atirar-se para cima dos adversários e a conseguir fazer faltas em praticamente todas as bolas que tentou disputar.

2.jpg

É difícil fazer qualquer destaque num jogo tão cinzento da nossa equipa. Acho que os dois médios foram dos que mais se empenharam para alterar o rumo do jogo, e talvez o Grimaldo a espaços e o Rafa na segunda parte, depois de estar praticamente ausente em parte incerta durante a primeira. Em sentido oposto, os dois alas (Neres e João Mário) fizeram um jogo péssimo, tal como o Bah, pelo que passei bastante tempo a desejar que o Gilberto entrasse para o lugar dele.

 

Na prática entrámos nesta jornada com dois pontos de vantagem sobre o segundo classificado e agora temos três. Mas isto não pode servir de motivo de satisfação, porque interrompemos a série vitoriosa e a frutaria nos recuperou dois pontos. Pior ainda, mais do que o resultado, uma exibição tão pobre assim é que pode mesmo fazer regressar velhos fantasmas que não queremos de todo ver. Foi a primeira vez esta época em que cheguei ao final de um jogo extremamente insatisfeito com toda a equipa, do relvado ao banco. O próximo jogo vai ser de dificuldade extremamente elevada, mas espero ver já uma reacção forte ao que vi ontem à noite.

tags:
publicado por D'Arcy às 09:25
link do post | comentar
9 comentários:
De Carlos a 2 de Outubro de 2022
Paragem no campeonato... devido ao vírus Fifa... e eis que a equipa perde o foco e perde pontos logo na retoma do campeonato!

Uma exibição negra, onde ninguém se aproveitou, tirando o jovem patrão António Silva!

Uma equipa que não mostrou vontade de ganhar e onde os fantasmas de um penoso passado recente assombrararam de novo a equipa! Basta apanhar equipas que utilizam o físico e dureza dos seus jogadores e os nossos "guerreiros" tremem como vara verdes e não criam rigorosamente NADA!

Um jogo ao nível do Quique Flores!

Isto é o BENFICA!!

ACORDEM CRLH!!
De antonio fonseca a 2 de Outubro de 2022
Boa tarde,
Completamente de acordo com o post.Dizer que tambem me sinto desiludido com a produção efectuada. Zero!!!!, este jogo faz lembrar os jogos da epoca passada. Sem velocidade, sem antecipação, e jogo para o lado muito e muito devagarinho. Quando o Grimaldo chega a linha e não faz o centro de imediato, ja sei que da uma volta e joga para tras. Na epoca passada também começou assim o descalabro. Espero que esta situação não se repita, e na quarta feira contra o psg, os nossos tomem uma atitude completamente contraria.
Saudações benfiquistas.
De Luis Agostinho a 2 de Outubro de 2022
Se me permites, faço minha a tua análise ao jogo. Foi muito mau, por vezes, quando via cruzamentos que saíam para trás da baliza ou pela linha lateral do outro lado, até parecia déjà-vu da época passada. Como é possível?

Com um jogo tão mau da parte do Benfica, nem vale a pena falar das muitas faltas atacantes marcadas ao Benfica, por tudo e por nada, nem do André André ter passado o tempo todo a insultar o árbitro, só faltando bater-lhe, e o Rafa foi quem levou o amarelo...

Olho para a exibição e não consigo destacar ninguém, tão má foi a exibição de todos. O que se passou? Foram as férias? De qualquer forma, foi uma maneira muito má de iniciar o ciclo muito difícil que se aproxima. Por esta e muitas outras razões é que eu detesto estes mega-intervalos para as "selecções". Os clubes gastam milhões a comprar os passes dos jogadores, os ordenados dos jogadores, e depois ficam todos destabilizados com estas paragens. E nem vale a pena falar no que se passa na equipa da federação de FRUTAbol. Já agora, reparei que o fruteiro pepo recuperou muito bem da lesão que o afastou da equipa da federação de FRUTAbol.

Saudações Benfiquistas
De Luis Agostinho a 2 de Outubro de 2022
Queria acrescentar que o meu comentário era em relação à crónica do jogo do D'arcy e não em resposta ao António Fonseca, embora também concorde que o que ele escrever. Não sei como apareceu como resposta ao seu comentário, devo ter "clicado" no sítio errado.
De antonio fonseca a 3 de Outubro de 2022
Bom dia amigo Luis,
Tambem estou de acordo consigo.
Saudações benfiquistas
De Anónimo a 2 de Outubro de 2022
Caro D’Arcy
Completamente de acordo com a análise ao jogo: fomos zero do relvado ao banco, passando pelos nossos supostos adeptos que foram para Braga criar desacatos. É tempo da direcção do Benfica verificar isto é impedir estes adeptos, se o são, de acompanhar o SLB.
Este jogo parece um de javieu das duas últimas épocas: tudo na maior até à sétima ou oitava jornadas e depois é o descalabro.
Tenho uma opinião muito minha que a paragem cerebral que a equipa sofre após paragens não é só culpa das selecções, pois entendo que os jogadores que ficam deveriam ser mentalmente preparados para irem a jogo no reinício.
Não percebo a não utilização do Rodrigo Pinho. Custa perceber a paragem cerebral do nosso treinador, pois notava-se que era preciso mais gente na frente, até por que os centrais adversários jogavam à vontade.
Nunca ganhamos uma segunda bola.
Agora é pensar no Rio Ave, pois não se pode ir a Contumil com menos de 3 pontos de vantagem.
Vou esperar o próximo jogo do Guimarães para ver se as asas que ganharam foram à custa do Red Bull, como diz a publicidade.
Sócio há 28 anos, hoje mais Benfiquista que ontem.
De O apartidário a 3 de Outubro de 2022
Isto vai voltar ao que era duas semanas atrás,foi só um pequeno descanso na caminhada, e depois era a festa do Vitória meus amigos e não queriamos estragar a festa pois não?
De Manuel a 3 de Outubro de 2022
Jogos sem golos são sempre uma monotonia.
De Anónimo a 5 de Outubro de 2022
enorme espetáculo lembrando tempos gloriosos ...

Paris Já Está a Arder?

Comentar post

escribas

pesquisar

links

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

tags

todas as tags

posts recentes

Normal

Justa

Competência

Naturalidade

Inesquecível

Alegria

Pouco

Cabeça

Aviso

Repetição

origem

E-mail da Tertúlia

tertuliabenfiquista@gmail.com
blogs SAPO

subscrever feeds